Fundamentos em Cinesiologia Sistemica

1.348 visualizações

Publicada em

Um método de avaliação e correção do sistema de movimento que integra fisioterapia, terapia manual, treinamento funcional e medicina chinesa para tratar pessoas com problemas posturais, dores osteomusculares, disfunções orgânicas e doenças relacionadas ao estresse.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.348
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
217
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
38
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fundamentos em Cinesiologia Sistemica

  1. 1. Um método de avaliação e correção do sistema de movimento que integra fisioterapia, terapia manual, treinamento funcional e medicina chinesa para tratar pessoas com problemas posturais, dores osteomusculares, disfunções orgânicas e doenças relacionadas ao estresse.
  2. 2. Promover a saúde e levar bem estar ao maior número possível de pessoas, difundindo e divulgando os princípios filosóficos, os fundamentos científicos e o modelo de prática clínica da Cinesiologia Sistêmica.
  3. 3. Cinesiologia O termo “cinesiologia” vem do grego kinesis, que significa movimento. Cinesiologia é a ciência que estuda o movimento humano associando conhecimentos de anatomia funcional, biomecânica e fisiologia.
  4. 4. O Estudo da Cinesiologia permite que os profissionais da fisioterapia, educação física e terapia ocupacional compreendam as forças que produzem os movimentos corporais e saibam como exercer influências reguladoras sobre elas, com o objetivo de tratar problemas osteomusculares, prevenir lesões ou melhorar o desempenho humano.
  5. 5. A Cinesiologia Sistêmica utiliza o teste muscular como instrumento de avaliação funcional, técnicas de regulação neuromuscular, abordagens sistêmicas de terapia manual (manipulação visceral, manipulação neural, manipulação articular), estímulos sobre os meridianos de acupuntura, exercícios terapêuticos e harmonização neuroemocional. O método Cinesiologia Sistêmica
  6. 6. O método O teste muscular funcional é utilizado para localizar áreas corporais em desequilíbrio e para monitorar respostas do corpo a perturbações físicas, orgânicas ou emocionais. Em conjunto com o teste muscular são empregadas outras técnicas de avaliação, como observação da postura e dos padrões de movimento, testes de mobilidade, palpação miofascial e ausculta visceral.
  7. 7. As informações obtidas durante o processo de avaliação são interpretadas a partir de um ponto de vista sistêmico para se chegar a um diagnóstico funcional. Esse diagnóstico orienta a escolha de uma abordagem terapêutica individualizada e eficaz. O diagnóstico funcional
  8. 8. O propósito O propósito da Cinesiologia Sistêmica é levar o indivíduo a um estado de bem estar e saúde integral, encontrando e corrigindo disfunções nos três grandes sistemas do corpo: biomecânico (postura e movimento), orgânico (circulação, metabolismo, atividade visceral e glandular) e mental (organização neurológica e cognição). Para alcançar esse objetivo foram estruturados três protocolos de atendimento:  Alinhamento Postural;  Balanceamento Sistêmico;  Centramento Neuroemocional.
  9. 9. Alinhamento Postural Desenvolvido para corrigir a postura, melhorar a mobilidade corporal e a orientação espacial. Avalia e trata disfunções biomecânicas do corpo, equilibrando o tônus e a rigidez dos principais músculos envolvidos no controle postural.
  10. 10. Balanceamento Sistêmico Método empregado para regular o controle neural dos músculos e restaurar a função ideal dos órgãos e glândulas. Promove a consciência corporal e a coordenação motora. Tem grande valor preventivo pois permite a identificação de desequilíbrios funcionais, antes que uma doença se manifeste.
  11. 11. Centramento Neuroemocional Método desenvolvido para organizar o sistema nervoso e aumentar a capacidade de adaptação ao estresse. Facilita a liberação de emoções negativas armazenadas no corpo e no cérebro. Ajuda o indivíduo a identificar os fatores de tensão capazes de perturbar sua estabilidade emocional.
  12. 12. Balanceam ento Centram ento Alinhamento As três dimensões da saúdeAs três dimensões da saúde
  13. 13. O diferencial da CS O diferencial da Cinesiologia Sistêmica é seu método permitir a compreensão da importância relativa de fatores biomecânicos, viscerais e neurais no processo de origem e evolução de uma doença ou disfunção.
  14. 14. 1. O pensamento sistêmico 2. O triângulo da saúde 3. O modelo educacional
  15. 15. O pensamento sistêmico • O uso da palavra “sistêmica” no nome do método indica a aplicação do pensamento sistêmico na compreensão do movimento humano. Pensar de um modo sistêmico implica pensar em termos de globalidade, contexto, ordens e hierarquias.
  16. 16. O pensamento sistêmico • O corpo é visto como um sistema complexo constituído de vários subsistemas (musculoesquelético, nervoso, visceral, glandular, circulatório, etc.) que interagem e cooperam entre si para manter a integridade funcional do organismo como um todo. • Um desequilíbrio em qualquer subsistema vai afetar a função dos outros e comprometer o funcionamento do todo. A partir desse ponto de vista a chave para solucionar uma disfunção musculo-esquelética pode estar no sistema visceral ou neural.
  17. 17. O Triângulo da Saúde • A saúde de indivíduo é composta pelo equilíbrio entre fatores biomecânicos, viscerais e neuroemocionais. Num indivíduo saudável esses três fatores se encontram em equilíbrio, como num triângulo equilátero onde os três lados têm igual importância.
  18. 18. Visceral Neural Biomecânico O triângulo da saúdeO triângulo da saúde
  19. 19. Origem e evolução das doenças • Na origem e evolução de uma doença ou disfunção, um dos lados do triângulo entra primariamente em desarmonia, desequilibrando secundariamente os outros dois. Em uma doença crônica dois ou até mesmo os três lados já estão envolvidos. • No processo de cura ocorre um processo inverso. Os desequilíbrios secundários tender a desaparecer primeiro, restando por último as disfunções primárias, mais antigas e mais enraizadas.
  20. 20. As três redes holísticas Na Cinesiologia Sistêmica discernimos três sistemas fisiológicos no corpo que funcionam como “redes holísticas de comunicação”:  A rede fascial  A rede circulatória  A rede neural Esses três sistemas estão presentes de tal forma em todas as regiões corporais que, se fosse possível separá-los intactos, veríamos em cada um a forma exata de todo o corpo.
  21. 21. Rede fascial (energia elástica) Rede circulatória (energia química) Rede nervosa (energia elétrica) As três redes holísticas
  22. 22. Em função das conexões fasciais entre todas as estruturas corporais, é impossível pensar em um problema mecânico que afete apenas um segmento do corpo. Um problema no pé, por exemplo, tende a criar desequilíbrios ascendentes em direção ao joelho, quadril, pelve e coluna, podendo chegar à região cervical e à cabeça. Do mesmo modo, um problema que começa na cabeça ou no abdome pode ser transmitido para os membros inferiores até o pé. É por essa razão que a abordagem mecanicista da ortopedia ou da fisioterapia clássica, que trata apenas a região onde o sintoma se manifesta, tem resultados tão limitados e temporários.
  23. 23. A rede fascial transmite informação biomecânica, sob a forma de tensões, alongamentos e compressões, através das fibras colágenas do tecido conjuntivo. A rede circulatória distribui informação bioquímica carreada por substâncias como hormônios e neuropeptídeos, em meio fluido (sangue, plasma, linfa). A rede neural carrega informações bioelétricas (impulsos nervosos) digitalmente codificadas em padrões binários do tipo “liga ou desliga”. A transmisão de informação pelas três redes holísticas
  24. 24. A relação da Cinesiologia com a Medicina Chinesa Desequilíbrios músculo-esqueléticos, orgânicos e psíquicos podem ser corrigidos pela regulação do fluxo de energia (Qi) dos meridianos, através do toque terapêutico em pontos de acupuntura.
  25. 25. O sistema de meridianos é uma quarta rede holística REDECIRCULATÓRIA REDENEURAL REDE FIBROSA Energiaquímica Energiapsíquica Energia mecânica Meridianos Qi
  26. 26. TFS I Treinamento Funcional I E M Eficiência Muscular TFS II T. Funcional II TMS I Terapia Manual I TMS II Terapia Manual II TMS III Terapia Manual III TFS III T. Funcional III T F E T. F. para Esportes AP Alinhamento Postural BS Balanceamento Sistêmico CNE Centramento Neuroemocional FCS Fundamentos O programa de formação

×