Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 cilindro

1.456 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.456
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 cilindro

  1. 1. 8. CILINDRO / PISTÃOBIZ125 KS ••••• ES REMOÇÃO DO PISTÃO 8-5 INSTALAÇÃO DO PISTÃO 8-7 MONTAGEM DO CILINDRO 8-8 INSTALAÇÃO DO CILINDRO 8-9 COMPONENTES DO SISTEMA 8-0 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 8-1 DIAGNOSE DE DEFEITOS 8-2 REMOÇÃO DO CILINDRO 8-3 DESMONTAGEM DO CILINDRO 8-3 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO INSTRUÇÕESGERAIS • Não é necessário remover o motor do chassi para efetuar os serviços no cilindro/pistão. • Tome cuidado para não danificar as paredes do cilindro e do pistão. • Tome cuidado para não danificar as superfícies de contato durante a remoção do cilindro. Não bata no cilindro com força excessiva durante a remoção. • O óleo para lubrificação da árvore de comando e dos balancins é alimentado através das passagens de óleo no cilindro. Limpe as passagens de óleo antes de instalar o cilindro. 8-1 8 ESPECIFICAÇÕES Item Padrão Limite de Uso Cilindro D.I. 52,405 – 52,415 52,445 Ovalização – 0,10 Conicidade – 0,10 Empenamento – 0,05 Direção da marca do pistão Marca “IN” voltada para o – lado de admissão D.E. do pistão 52,370 – 52,390 52,30 Ponto de medição do D.E. do pistão 10 mm da base da saia – D.I. da cavidade do pino do pistão 13,002 – 13,008 13,03 D.E. do pino do pistão 12,994 – 13,000 12,98 Folga entre pistão e pino 0,002 – 0,014 0,075 Folga entre anel e canaleta 1º anel 0,030 – 0,065 0,10 2º anel 0,015 – 0,050 0,09 1º anel 0,10 – 0,30 0,5 2º anel 0,10 – 0,30 0,5 Anel de óleo (anel lateral) 0,20 – 0,70 1,1 Folga entre cilindro e pistão 0,015 – 0,045 0,10 D.I. da cabeça da biela 13,016 – 13,034 13,05 Folga entre biela e pino do pistão 0,016 – 0,040 0,07 Unidade: mm Pistão e anéis do pistão Folga entre as extremidades dos anéis do pistão
  2. 2. BIZ125 KS ••••• ESCILINDRO/PISTÃO COMPONENTES DO SISTEMA 8-0
  3. 3. 8-2 CILINDRO / PISTÃOBIZ125 KS ••••• ES VALOR DETORQUE Prisioneiro do cilindro 11 N.m (1,1 kgf.m) DIAGNOSE DE DEFEITOS Compressão muito baixa, partida difícil ou desempenho insatisfatório em baixas rotações • Vazamento na junta do cabeçote • Anel do pistão desgastado, engripado ou quebrado • Cilindro e pistão desgastados ou danificados Compressão muito alta, superaquecimento ou detonação • Depósitos excessivos de carvão no pistão ou câmara de combustão Fumaça excessiva • Cilindro, pistão ou anéis do pistão desgastados • Anéis do pistão instalados incorretamente • Pistão ou parede do cilindro riscados ou arranhados Ruído anormal • Pino do pistão ou cavidade do pino do pistão desgastado • Cilindro, pistão ou anéis do pistão desgastados • Cabeça da biela desgastada
  4. 4. 8-3 CILINDRO / PISTÃO BIZ125 KS ••••• ES REMOÇÃO DO CILINDRO Remova o cabeçote (página 7-7). Remova as borrachas do cilindro. DESMONTAGEM DO CILINDRO Remova os parafusos, espaçadores, borrachas e os suportes do protetor das pernas. Remova a junta e os pinos-guia. NOTA Não golpeie o cilindro com força excessiva. Não danifique as superfícies de contato com uma chave de fenda. NOTA Durante a remoção das borrachas, marque as posições para assegurar a instalação em suas posições originais. CILINDRO JUNTA PINOS-GUIA PARAFUSOS/ESPAÇADORES/BORRACHAS SUPORTES DO PROTETOR DAS PERNAS BORRACHAS Remova o cilindro.
  5. 5. 8-4 CILINDRO / PISTÃOBIZ125 KS ••••• ES INSPEÇÃO Inspecione a parede do cilindro quanto a riscos e desgaste. Meça e anote o D.I. da cavidade do cilindro em três pontos: topo, centro e base do curso do pistão, e em duas direções, X eY, em ângulo reto. Considere a leitura máxima para determinar o desgaste do cilindro. Calcule a conicidade do cilindro em três pontos nas direções X eY. Considere a leitura máxima para determinar a conicidade. Caso o limite de uso seja excedido, o cilindro deverá ser retificado para utilização de um pistão sobremedida. Os seguintes pistões sobremedida estão disponíveis: 0,25 mm, 0,50 mm, 0,75 mm, 1,00 mm O cilindro deverá ser retificado de modo que a folga para o pistão sobremedida seja de 0,015 – 0,045 mm. Verifique o cilindro quanto a empenamento colocando uma régua de precisão e um cálibre de lâminas ao longo dos orifícios dos prisioneiros e parafusos, conforme mostrado. SUBSTITUIÇÃODOPRISIONEIRODOCILINDRO Caso substitua os prisioneiros do cilindro, efetue a instalação conforme mostrado. Esses números de peças podem ser alterados sem aviso por escrito. Rosqueie duas porcas no prisioneiro e aperte-as em conjunto. Use uma chave para girar o prisioneiro para fora. Aplique óleo para motor na rosca inferior do novo prisioneiro e instale-o (a saliência do prisioneiro em relação à superfície de contato do cilindro é de 183 ± 1 mm). TORQUE: 11 N.m (1,1 kgf.m) NOTA Remova o pistão, se necessário (página 8-5). Limite de Uso 52,445 mm Limite de Uso 0,10 mm Limite de Uso 0,10 mm Limite de Uso 0,05 mm Calcule a ovalização do cilindro em três pontos nas direções X eY. Considere a leitura máxima para determinar a ovalização. TOPO CENTRO BASE 90031-KPH-9000 90033-KPH-9000 90032-KPH-9000
  6. 6. 8-5 CILINDRO / PISTÃO BIZ125 KS ••••• ES Limpe os depósitos de carvão das canaletas do pistão utilizando um anel descartado. REMOÇÃO DO PISTÃO Remova a presilha do pino do pistão utilizando um alicate de bico. Retire o pino do pistão e da biela. Em seguida, remova o pistão. ATENÇÃO Coloque um pano limpo sobre a carcaça do motor para evitar que as presilhas caiam em seu interior. ATENÇÃO Não danifique os anéis abrindo-os excessivamente. Abra cada anel do pistão e remova-o levantando pelo lado oposto à sua abertura. NOTA Nunca utilize uma escova de arame. Caso contrário, as canaletas serão danificadas. INSPEÇÃO Inspecione o pistão quanto a trincas ou outros danos. Meça o diâmetro externo do pistão em um ponto a 10 mm da base da saia e a 90° da cavidade do pino do pistão. Calcule a folga entre o cilindro e o pistão. Considere a leitura máxima para determinar a folga (D.I. do cilindro: página 8-4). Limite de Uso 52,30 mm Limite de Uso 0,10 mm PISTÃO PRESILHAPINO DO PISTÃO ANEL DO PISTÃO ANEL DO PISTÃO USADO CANALETA DO ANEL DO PISTÃO 90° 10 mm
  7. 7. 8-6 CILINDRO / PISTÃOBIZ125 KS ••••• ES Inspecione os anéis do pistão e substitua-os caso estejam desgastados. Instale novamente os anéis do pistão nas canaletas do pistão. Meça o D.I. da cavidade do pino do pistão nas direções X e Y. Considere a leitura máxima para determinar o D.I. Limite de Uso 13,03 mm Limite de Uso 12,98 mm Limite de Uso 0,075 mm Meça o D.E. do pino do pistão em três pontos, conforme mostrado. Calcule a folga entre o pistão e o pino do pistão. Limite de Uso 13,05 mm Limite de Uso 0,07 mm Meça o D.I. da cabeça da biela. Calcule a folga entre a cabeça da biela e o pino do pistão. NOTA Sempre substitua os anéis do pistão em conjunto. Gire os anéis do pistão e inspecione-os quanto à suavidade de movimento. Os anéis devem girar em suas canaletas suavemente, sem engripar. Pressione o anel até que sua superfície externa fique aproximadamente nivelada com o pistão e meça a folga entre o anel e a canaleta utilizando um cálibre de lâminas. 1º anel 0,5 mm Limite de Uso 2º anel 0,5 mm Anel de óleo (anel lateral) 1,1 mm 1º anel 0,10 mm Limite de Uso 2º anel 0,09 mm Utilizando um pistão, insira o anel do pistão em esquadro na parte inferior do cilindro e meça a abertura das extremidades utilizando um cálibre de lâminas. ANEL DO PISTÃO
  8. 8. 8-7 CILINDRO / PISTÃO BIZ125 KS ••••• ES INSTALAÇÃO DO PISTÃO Limpe a cabeça, as canaletas e a saia do pistão. Instale cuidadosamente os anéis no pistão com suas marcas voltadas para cima. ATENÇÃO ••••• Tome cuidado para não danificar o pistão durante a instalação dos anéis. ••••• Não inverta o primeiro anel com o segundo. NOTA • Ao instalar o anel de óleo, primeiro instale o espaçador e em seguida os anéis laterais. • Não alinhe as extremidades dos anéis laterais do anel de óleo. Separe as aberturas das extremidades dos anéis a 120° uma da outra, conforme mostrado. Antes da instalação do pistão, coloque um pano limpo sobre a cavidade da carcaça do motor a fim de evitar a entrada de sujeira ou poeira no motor e limpe todo o material de junta da superfície de contato do cilindro na carcaça do motor. ATENÇÃO Tome cuidado para não danificar as superfícies de contato da junta. Após a instalação dos anéis, certifique-se de que eles girem livremente nas canaletas. SUPERFÍCIE DE CONTATO DO CILINDRO MARCAS “RS” 1º ANEL 2º ANEL ESPAÇADOR ANÉIS LATERAIS ou mais IN
  9. 9. 8-8 CILINDRO / PISTÃOBIZ125 KS ••••• ES Instale as novas presilhas do pino do pistão. Coloque um pano limpo sobre a carcaça do motor para evitar que as presilhas do pino do pistão caiam em seu interior. Aplique óleo para motor na cabeça da biela e na superfície externa do pino do pistão. Instale o pistão com sua marca “IN” voltada para o lado de admissão e insira o pino do pistão através do pistão e da biela. MONTAGEM DO CILINDRO Instale as borrachas em suas posições originais conforme anotado durante a remoção. Instale os suportes do protetor das pernas, as borrachas e os espaçadores. Em seguida, aperte os parafusos firmemente. ATENÇÃO ••••• Encaixe firmemente a presilha do pistão na ranhura. ••••• Não alinhe a abertura da extremidade da presilha com o recorte do pistão. MARCA “IN” PISTÃO PINO DO PISTÃO PRESILHAS BORRACHAS BORRACHAS/ESPAÇADORES/PARAFUSOS SUPORTES DO PROTETOR DAS PERNAS NOVA ÓLEO
  10. 10. 8-9 CILINDRO / PISTÃO BIZ125 KS ••••• ES INSTALAÇÃO DO CILINDRO Instale os pinos-guia e a nova junta. ATENÇÃO Não reutilize a junta, substitua-a por uma nova. Aplique óleo para motor limpo na cavidade do cilindro, superfície externa do pistão e anéis do pistão. ATENÇÃO Tome cuidado para não danificar os anéis do pistão e a parede do cilindro. Encaminhe a corrente de comando através do cilindro e instale o cilindro sobre o pistão, enquanto comprime os anéis do pistão com os dedos. Instale o cabeçote (página 7-16). PINOS-GUIA ANÉIS DO PISTÃO ÓLEO CAVIDADE DO CILINDRO NOVA ÓLEO JUNTA
  11. 11. COMOUSARESTEMANUAL Este manual descreve os procedimentos de serviço para a motocicleta BIZ 125 KS ••••• ES. Siga as recomendações da Tabela de Manutenção (Capítulo 3) para assegurar que o veículo esteja em perfeitas condições de funcionamento. A realização da primeira manutenção programada é extremamente importante. O desgaste inicial que ocorre durante o período de amaciamento será compensado. Os capítulos 1 e 3 aplicam-se para toda a motocicleta. O capítulo 2 descreve os procedimentos de remoção/ instalação dos componentes necessários para possibilitar os serviços dos capítulos a seguir. Os capítulos 4 a 17 descrevem as peças da motocicleta, agrupadas de acordo com sua localização. Encontre o capítulo desejado nesta página e consulte a tabela de índice na primeira página do capítulo. A maioria dos capítulos apresenta inicialmente a ilustração de um conjunto ou sistema, informações de serviço e diagnose de defeitos para aquele capítulo. As páginas seguintes apresentam procedimentos detalhados. Se não houver conhecimento sobre a causa do problema, consulte o capítulo 19, “Diagnose de Defeitos”. ÍNDICEGERAL INFORMAÇÕES GERAISBIZ125 KS ••••• ES TODAS AS INFORMAÇÕES, ILUSTRAÇÕES, INSTRU- ÇÕES E ESPECIFICAÇÕES INCLUÍDAS NESTA PU- BLICAÇÃO SÃO BASEADAS NAS INFORMAÇÕES MAIS RECENTES DISPONÍVEIS NA OCASIÃO DA APROVAÇÃO DA IMPRESSÃO DO MANUAL. A MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA. SE RESERVA O DIREI- TO DE ALTERAR AS CARACTERÍSTICAS DA MOTO- CICLETA A QUALQUER MOMENTO E SEM PRÉVIO AVISO, NÃO INCORRENDO, ASSIM, EM OBRIGA- ÇÕES DE QUALQUER ESPÉCIE. NENHUMA PARTE DESTA PUBLICAÇÃO PODE SER REPRODUZIDA SEM PERMISSÃO POR ESCRITO. ESTE MANUAL FOI ELABORADO PARA PESSOAS QUE TENHAM CO- NHECIMENTOS BÁSICOS SOBRE A MANUTENÇÃO DAS MOTOCICLETAS HONDA. MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA. Departamento de Serviços Pós-venda (Depto.de Publicações Técnicas) INFORMAÇÕES GERAIS 1 AGREGADOS DO CHASSI / SISTEMA DE ESCAPAMENTO 2 MANUTENÇÃO 3 SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO 4 SISTEMA DE ALIMENTAÇÃO 5 REMOÇÃO / INSTALAÇÃO DO MOTOR 6 CABEÇOTE / VÁLVULAS 7 CILINDRO / PISTÃO 8 EMBREAGEM / SELETOR DE MARCHAS 9 ALTERNADOR / EMBREAGEM DE PARTIDA 10 ÁRVORE DE MANIVELAS / TRANSMISSÃO / CONJUNTO DE PARTIDA 11 RODA DIANTEIRA / FREIO / SUSPENSÃO / DIREÇÃO 12 RODATRASEIRA / FREIO / SUSPENSÃO 13 BATERIA / SISTEMA DE CARGA 14 SISTEMA DE IGNIÇÃO 15 PARTIDA ELÉTRICA (BIZ 125 ES) 16 LUZES / INSTRUMENTOS / INTERRUPTORES 17 DIAGRAMAS ELÉTRICOS 18 DIAGNOSE DE DEFEITOS 19 CHASSISISTEMAELÉTRICOMOTOR

×