Estados Unidos - Industrialização Americana

5.976 visualizações

Publicada em

Apresentação de slides que trata sobre a industrialização americana, desde o período em que o país era formado pelas treze colônias britânicas, até os principais centros tecnológicos atuais como o Vale do Silício.

Publicada em: Dados e análise
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.976
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
274
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estados Unidos - Industrialização Americana

  1. 1. Industrialização
  2. 2.  Antes da Independência, o Estados Unidos era formado por treze colônias controladas por uma metrópole, a Inglaterra. Dentro do contexto histórico do século XVIII, os ingleses usavam estas colônias para obter lucros e recursos minerais e vegetais não disponíveis na Europa. Além disso, também, era muito grande a exploração metropolitana, com relação aos impostos e taxas cobrados dos colonos norte-americanos.  Entre os anos de 1756 e 1763 ocorreu a chamada Guerra dos 7 Anos, onde a Inglaterra e a França lutaram pela posse dos territórios da América do Norte e a Inglaterra venceu.  Colonos foram envolvidos na guerra, e reivindicaram benefícios por sua participação, recebendo somente sansões dos ingleses.
  3. 3.  Inconformados com tais desmandos e inspirados pelos escritos dos pensadores John Locke e Thomas Paine – francos opositores da dominação colonial – os colonos norte-americanos começaram a se opor à presença britânica nas Treze Colônias. Em dezembro de 1773, organizaram uma revolta contra o monopólio do chá que ficou conhecida como Boston Tea Party.  Durante o Segundo Congresso da Filadélfia em 1776, Thomas Jefferson escreveu a Declaração de Independência dos Estados Unidos da América, que foi prontamente recusado pela Inglaterra.  No dia 4 de Julho, os colonos declaram independência da Inglaterra e começam a Guerra da Independência das Treze Colônias, por fim vencendo-a.
  4. 4.  Antes dos Estados Unidos se tornarem independentes, tiveram um grande numero de imigrantes, em sua maioria britânicos que fugiam das más condições de vida que tinham na Europa industrializada e da perseguição político religiosa que sofriam.  Grande parte desses imigrantes eram artesãos, que traziam junto consigo suas ferramentas, como a maioria se concentrou no Norte das colônias, lá, aos poucos foi se formando um mercado interno. Trabalho familiar nos campos e assalariados nas cidades, desta forma criando condições para uma expansão das manufaturas, casas de comercio e bancos.  A economia do sul se baseava no plantations, grandes propriedades monocultoras, utilizando trabalho escravo. A riqueza sulista estava fortemente concentrada nas mãos destes grandes fazendeiros, desta forma o mercado interno crescia lentamente. No norte os negócios expandiam-se rapidamente e a capital se acumulava na mão da burguesia local.
  5. 5.  Outros fatores fundamentais para o processo de industrialização foram os naturais, os recursos ricos e variados tiveram influencia direta para a consolidação de grades negócios. Além disso, o abastecimento abundante de água ajudou o potencial das máquinas industriais e o grande número de florestas influenciou no surgimento e aumento de produtos de madeira para construção civil, e também as grandes quantidades de carvão e minério de ferro do solo ajudaram no progresso para a construção máquinas, trilhos, pontes, automóveis e arranha-céus. Outros minerais industrialmente valiosos incluídos foram o cobre, prata e petróleo, este ultimo que se tornou particularmente importante depois que o automóvel entrou em uso generalizado no início do século XX.  Os Grandes Lagos existentes nas colônias do Norte não podem ser deixados de citar como um dos principais fatores para o poder econômico da região, através de canais artificiais que interligavam esses lagos formando assim uma grande rota de comércio que também ia para o Atlântico por onde poderiam comerciar com a Europa.
  6. 6.  Após a independência dos Estados Unidos, as diferenças econômicas, sociais e culturais entre nortistas e sulistas se tornavam cada vez mais evidente, o que acarretou em revoltas e uma guerra.
  7. 7.  Com a vitória dos estados do Norte e a unificação definitiva dos Estados Unidos, os estadunidenses começaram a ver uma grande ascensão econômica derivada das medidas da Elite Nortenhas, que estimularam a imigração para, assim, aumentarem o mercado consumidor para os bens produzidos por suas indústrias. Para isto, criaram a Lei Lincoln que dava a todo imigrante, 65 hectares de terra no Oeste dos Estados Unidos.  Com isso, os estados na região nordeste/oeste se tornaram altamente industrializados, além disso, lá havia grandes quantidades de minério de ferro e carvão, que alavancou ainda mais a industrialização nessas áreas.
  8. 8. Boston: A região metropolitana de Boston se desenvolveu e abrigou diversas empresas do setor bélico, eletrônico e biotecnológicos. Esse desenvolvimento se dá principalmente ao grande conhecido cientifico-tecnológico desenvolvido na região que abriga duas das mais importantes universidades do mundo, a Universidade de Harvard e o MIT.
  9. 9. Vale do Silício: Localizado no norte da Califórnia, o Vale do Silício é considerado o maior tecnopolo do mundo, onde se localizam diversas empresas do setor da Eletrônica e Informática. O desenvolvimento do local se deu devido à grande presença de empresas de capitais de risco que se estabeleceram na área, somado a proximidade a Universidade de Stanford, que permitiu que empreendedores da universidade dessem origem a suas empresas se estabelecendo no local. Google, Apple, AMD, Intel, Oracle e Adobe são empresas que tem suas sedes no Vale do Silício. Grandes empresas do ramo da tecnologia como Samsung e Microsoft tem filiais e departamentos sediados ali.

×