Adjetivos

2.721 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre artigos e substantivos

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Adjetivos

  1. 1. AdjetivoAdjetivo Adjetivo é a palavra variável que modifica substantivos, atribuindo uma característica aos seres nomeados por eles.
  2. 2. Identificação do AdjetivoIdentificação do Adjetivo A maioria das palavras registradas no dicionário como adjetivos pode ter seu sentido intensificado. Essa intensificação pode ocorrer basicamente: • Por meio de advérbios como tão, muito, extremamente, etc. garoto alto tão alto, muito alto, extremamente alto... • Por meio de sufixos que denotam intensidade: -íssimo, -limo, -rimo... garoto alto altíssimo
  3. 3. Adjetivo e SubstantivoAdjetivo e Substantivo Leia o verbete: brasileiro Adj. Que se refere ao Brasil. S.m. O natural ou habitante do Brasil. O dicionário registra a palavra brasileiro como pertencente a mais de uma classe gramatical. Nesse caso, a distinção de classe só se revela pelo contexto. O brasileiro é muito crédulo. substantivo O povo brasileiro é muito crédulo. adjetivo
  4. 4. Adjetivo e SubstantivoAdjetivo e Substantivo Muitas palavras da língua apresentam essa possibilidade de se enquadrar em uma dessas duas classes gramaticais, substantivo e adjetivo. Compare as frases: • Tratava-se de um advogado amigo. adjetivo Meu melhor amigo é o Juvenal. substantivo
  5. 5. Adjetivo e SubstantivoAdjetivo e Substantivo Nem todo substantivo pode funcionar como modificador. Alguns podem, quando empregados em sentido figurado, fato comum na gíria e na linguagem poética. A mala estava vazia. O substantivo destacado não pode exercer a função de modificador, quando empregado em sentido denotativo. Mas veja no sentido figurado: Ela tem um marido mala. (mala = chato, maçante. Gíria)
  6. 6. Locução AdjetivaLocução Adjetiva Locuções adjetivas são expressões equivalentes a adjetivos, formadas geralmente de preposição + substantivo. homem sem capacidade homem incapaz material de escola material escolar amor de filho amor filial casa do pai casa paterna Há locuções adjetivas constituídas de preposição + advérbio: músicas de sempre
  7. 7. Correspondência entreCorrespondência entre locução adjetiva e adjetivolocução adjetiva e adjetivo Em alguns dos exemplos anteriores, vimos locuções adjetivas que apresentam adjetivos correspondentes a elas. Essa correspondência nem sempre ocorre. Veja: cabeça de um índio livro de Ana parede de concreto aula de Física desculpa sem pés nem cabeça dia do jogo sala de televisão
  8. 8. Preferência pela locuçãoPreferência pela locução adjetivaadjetiva Adoro estes filmes ingleses em que nunca chove ou há céu plúmbeo... (O Estado de S. Paulo) A floresta existe na Amazônia há muito mais tempo do que se imaginava e sobreviveu intacta mesmo durante o período glacial. (O Estado de S. Paulo) Os adjetivos destacados significam: • Plúmbeo: de chumbo; da cor do chumbo; relativo ao chumbo. • Glacial: relativo ao gelo.
  9. 9. Preferência pela locuçãoPreferência pela locução adjetivaadjetiva Como esses, muitos adjetivos conservam um radical latino pouco comum para o usuário atual da língua, fato que dificulta o reconhecimento do seu significado. Nesse caso, na comunicação cotidiana o falante prefere substituir esse adjetivo pela locução correspondente, que permite entendimento mais imediato. Por isso as locuções equivalentes a esses adjetivos ocorrem com maior frequência do que os adjetivos. Assim, “atitude de velho” é mais comum na fala cotidiana do que “atitude senil”.
  10. 10. Locução adjetiva Adjetivo relativo a abelha apícola relativo a águia aquilino relativo a aluno discente relativo a astro sideral relativo a audição ótico, auditivo relativo a bispo episcopal relativo a boca oral, bucal relativo a boi bovino relativo a cabelo capilar relativo a cabra caprino relativo a cavalo equino, equídeo relativo a chuva pluvial relativo a cidade urbano, citadino relativo a coração cardíaco, cordial relativo a criança pueril, infantil
  11. 11. Locução adjetiva Adjetivo relativo a estômago gástrico, estomacal relativo a estrela estelar relativo a fogo ígneo relativo a garganta gutural relativo a guerra bélico relativo a ilha insular relativo a inverno hibernal relativo a irmão fraterno, fraternal relativo a macaco simiesco relativo a marfim ebúrneo relativo a morte mortal, letal relativo a norte setentrional relativo a olho ocular relativo a orelha auricular relativo a ouro áureo
  12. 12. Locução adjetiva Adjetivo relativo a paixão passional relativo a porco suíno relativo a prata argênteo relativo a professor docente relativo a rio fluvial relativo a rocha rupestre relativo a sonho onírico relativo a sul meridional, austral relativo a tarde vespertino, vesperal relativo a velho senil relativo a verão estival relativo a visão óptico, ótico
  13. 13. Posição do adjetivo na frasePosição do adjetivo na frase Certos adjetivos, pelas suas propriedades semânticas (= propriedades de significado), devem ocupar posição específica em relação ao substantivo, dependendo do sentido que se quer atualizar. Nesses casos, a mudança na ordem das palavras pode afetar o sentido da expressão. • Bonita roupa. Grande homem. Roupa bonita. Homem grande.
  14. 14. Posição do adjetivo na frasePosição do adjetivo na frase • Pobre mulher – mulher infeliz Mulher pobre – mulher sem recursos • Velho amigo – amigo de há muito tempo Amigo velho – amigo idoso • Único trabalho – trabalho que é só um Trabalho único – trabalho exclusivo, excepcional
  15. 15. Adjetivos -Adjetivos - FlexãoFlexão O adjetivo pode variar em gênero, número e grau.
  16. 16. GêneroGênero O adjetivo concorda com o substantivo em gênero, isto é, assume o gênero do substantivo por ele modificado. casaco novo saia nova masc. masc. fem. fem. Quanto ao gênero, os adjetivos podem ser uniformes ou biformes.
  17. 17. GêneroGênero • Adjetivos uniformes – são os adjetivos que têm uma só forma para indicar os dois gêneros: sonho constante – ilusão constante triste engano – triste lembrança caráter ímpar – condição ímpar
  18. 18. GêneroGênero • Adjetivos biformes – são os adjetivos que têm duas formas diferentes: uma para o masculino e outra para o feminino. sonho dourado – ilusão dourada leito solitário – cama solitária líquido impuro – matéria impura
  19. 19. NúmeroNúmero O adjetivo concorda com o substantivo por ele modificado, assumindo a forma singular ou plural desse substantivo. bom propósito - bons propósitos masc. sing. masc. pl. lágrima amarga - lágrimas amargas fem. sing. fem. pl.
  20. 20. Número – Formação doNúmero – Formação do pluralplural • Adjetivos simples Seguem as mesmas regras de formação do plural dos substantivos simples. quadro pequeno – quadros pequenos
  21. 21. Número – Formação doNúmero – Formação do pluralplural • Adjetivos compostos Nos adjetivos compostos, só o último elemento vai para o plural: intervenção médico-cirúrgica – intervenções médico-cirúrgicas caminho recém-aberto – caminhos recém-abertos
  22. 22. Número – Formação doNúmero – Formação do pluralplural • EXCEÇÕES: azul-marinho é invariável: blusa azul-marinho – blusas azul-marinho surdo-mudo tem seus dois elementos flexionados: menino surdo-mudo – meninos surdos-mudos
  23. 23. Número – Formação doNúmero – Formação do pluralplural • EXCEÇÕES: São invariáveis os adjetivos compostos referentes a cores, quando o segundo elemento da composição é um substantivo: blusa verde-abacate – blusas verde-abacate vestido azul-pavão – vestidos azul-pavão
  24. 24. GrauGrau A característica de um ser pode variar em intensidade. Ao expressar essa variação, cabe ao falante colocar o adjetivo no grau comparativo ou no grau superlativo, dependendo da circunstância. • Grau comparativo Resulta da comparação: a. de duas qualidades do mesmo ser
  25. 25. Grau comparativoGrau comparativo Observe a frase: João é gordo e esperto. Da comparação dessas duas características e de acordo com a intenção do falante, podem resultar essas variações: João é mais esperto do que gordo. (superioridade) João é tão esperto quanto gordo. (igualdade) João é menos esperto do que gordo. (inferioridade)
  26. 26. Grau comparativoGrau comparativo b. da mesma característica em dois ou mais seres Aquele fato é estranho. Este fato é estranho. Da comparação da mesma característica e de acordo com a intenção do falante, podem resultar as seguintes variações: Aquele fato é mais estranho que este. (superioridade) Aquele fato é tão estranho quanto este. (igualdade) Aquele fato é menos estranho que este. (inferioridade)
  27. 27. Grau superlativoGrau superlativo É o grau mais intenso da característica expressa por um adjetivo. O superlativo resulta de uma das seguintes conclusões do falante: Conclusão a: a qualidade apresenta-se no seu mais intenso grau, independentemente de ter sido relacionada com a mesma qualidade em outros seres. O adjetivo ficará então no grau superlativo absoluto, que pode ser expresso basicamente de duas formas.
  28. 28. Grau superlativoGrau superlativo • Superlativo absoluto sintético O fato era estranhíssimo. O adjetivo foi flexionado. O sufixo –íssimo expressa a variação de grau.
  29. 29. Grau superlativoGrau superlativo • Superlativo absoluto analítico “Homens muito obesos ou muito magros têm maior chance de morrer de forma prematura. (...) O risco de morte foi 150% maior nos muito obesos e 250% maior nos excessivamente magros. (Folha de S. Paulo) Os adjetivos obeso e magro não foram flexionados para indicar grau. As palavras muito e excessivamente intensificam a característica expressa pelo adjetivo. Além dessas, são comuns como intensificadores os termos bastante, extremamente, incrivelmente, etc.
  30. 30. Grau superlativoGrau superlativo • Conclusão b: A característica apresenta-se no grau mais intenso (superior ou inferior), se relacionada com a mesma característica de outro ser. O adjetivo ficará no grau superlativo relativo, que se forma sempre pelo processo analítico e pode ser:
  31. 31. Grau superlativoGrau superlativo • Superlativo relativo de superioridade João é o mais esperto da classe. • Superlativo relativo de inferioridade João é o menos esperto da classe. Observe que o superlativo relativo resulta de uma espécie de comparação.
  32. 32. Alguns adjetivos apresentam formas especiais: bom mau grande pequeno Comparativo de superioridade melhor pior maior menor Superlativo absoluto ótimo péssimo máximo mínimo Superlativo relativo o melhor o pior o maior o menor
  33. 33. Grau superlativoGrau superlativo • Formação do superlativo absoluto sintético Este superlativo forma-se de maneiras diferentes, dependendo do adjetivo. a. Acrescentando-se o sufixo –íssimo à forma não- flexionada do adjetivo: normal – normalíssimo popular – popularíssimo
  34. 34. Grau superlativoGrau superlativo Se o adjetivo terminar em vogal, ela desaparece quando acrescentamos o sufixo –íssimo. belo – belíssimo elegante – elegantíssimo b. Os adjetivos terminados em –vel formam o superlativo em –bilíssimo: confortável – confortabilíssimo terrível – terribilíssimo
  35. 35. Grau superlativoGrau superlativo c. Os adjetivos terminados em –z formam o superlativo em –císsimo: feliz – felicíssimo feroz – ferocíssimo

×