PAULO CALÇADE: UMA NOVA VISÃO SOBRE O
JORNALISMO ESPORTIVO
Comentarista na ESPN, Paulo Calçadedefende o conhecimento geral...
Vida de Professor
Dejornalista a radialista, de colunista a comentarista, Calçade já viveu muito
em pouco tempo, mas vem e...
A palestra foi encerrada com aplausos dos alunos restantes no auditório,
prosseguindo para um discreto “MeetandGreet” no p...
Perfil – Paulo Ricardo Calçade
Comunicação Social – Jornalismo 6º Semestre
Profª Carla Tozo
Nathalia Ghilardi Santos RA 91...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Reportagem Paulo Calçade

390 visualizações

Publicada em

Reportagem sobre o comentarista da ESPN, Paulo Calçade.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
390
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
43
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reportagem Paulo Calçade

  1. 1. PAULO CALÇADE: UMA NOVA VISÃO SOBRE O JORNALISMO ESPORTIVO Comentarista na ESPN, Paulo Calçadedefende o conhecimento geral para um melhor desenvolvimento de sua área Paulo Ricardo Calçade, desde pequeno adorava ouvir partidas de futebol em seu radinho de pilha. Hoje em dia, do outro lado do radinho ganha a vida explicando a leigos o mundo do futebol. Em 1983, aos 21 anos Paulo Calçade iniciava sua carreira como repórter n’A Gazeta Esportiva. Nos próximos dez anos que viriam a seguir, o paulistano, formado em jornalismo pela Fundação Cásper Líbero, passou por jornais impressos de renome como Diário Popular, Jornal do Brasil e Folha de S. Paulo. Calçade chegou ainda a apresentar o programa “Terceiro Tempo” na Rede Record de Televisão, onde entrevistou diversos jogadores, dirigentes e árbitros. Em 1994, passou a fazer parte do canal TVA Esportes, canal que foi comprado pela ESPN no ano 2000. Foi nessa época que Calçade, com um pouco mais de tempo sobrando, percebeu que apenas a formação como jornalista não bastava, decidindo que precisava de mais. Jornalismo e o Esporte Com um gosto voltado para o meio esportivo, Calçade resolveu correr atrás de cursos que fossem relacionados a isso, participando de cursos desde Arbitragem até cursos de treinador. O jornalista acabou se formando em treinamento na Fundação Getúlio Vargas, concluindo com uma pós-graduação em futebol pela Escola de Educação Física e esporte da USP em 2003. Em sua carreira como radialista, juntou-se à equipe da Rádio Bandeirantes, onde trabalhou como comentarista esportivo junto de Mario Beting, Silvio Luiz, Milton Neves, entre outros; trabalhando em seguida na Rádio Estadão/ ESPN. Ainda na ESPN, trabalhou por muito tempo no programa Fora de Jogo, passando pelo Bate-Bola, Linha de Passe, Bola da Vez, Futebol no Mundo eSportsCenter.
  2. 2. Vida de Professor Dejornalista a radialista, de colunista a comentarista, Calçade já viveu muito em pouco tempo, mas vem explorando um outro lado de sua carreira. Como professor convidado no grupo docente da USP, “criou” a disciplina de Jornalismo Esportivo dentro do Curso de Esporte e Educação Física. Segundo Calçade, em entrevista para o portal Ludopédio, o intuito da disciplina não é formar jornalistas, mas mostrar para os estudantes de Educação Física o mundo do jornalismo e fazer um paralelo com o mundo do entretenimento, mostrando os valores desta área de atuação. 2012 marcou o último ano de Calçade como professor na Universidade, sendo substituído em 2013 por Ary Rocco. A disciplina criada por Calçade ganhou tanta força que se tornará uma matéria optativa com possibilidade de ser aderida por outras Universidades. Além de lecionar, Calçade participa como palestrante em determinados lugares. Sua última aparição foi em uma Aula Magna sobre Jornalismo Esportivo na Universidade Nove de Julho – UNINOVE. A palestra girou em torno do programa apresentado pelo mesmo, onde o apresentador contou o dia a dia da produção e apresentação do programa, dando enfoque ao futebol no Brasil. Calçade chegou ainda a mencionar ex-jogadores que acabaram como comentaristas esportivos após o término de suas carreiras. O jornalista continuou passando a contar provações pessoais como um jurado de banca para um trabalho de conclusão de curso. Ele ainda explicou o espaço que é dado na mídia ao futebol, deixando de lado outros esportes. Como já era de se esperar, talvez por causa de suas tantas histórias, ou pela constante interrupção do coordenador do curso durante a palestra, o convidado começou a perder plateia em grande número. Alunos talvez descontentes com as declarações dadas anteriormente pelo jornalista começaram a deixar o auditório em grande número, causando um evidente desconforto ao palestrante e outros colegas de curso. Após o “estouro da boiada” o coordenador do curso deu espaço aos questionamentos da plateia, onde alguns internautas se demoraram em debater o programa apresentado pelo convidado na ESPN. O assunto mais abordado pela plateia foi o futebol no Brasil e como isso “rouba o espaço” de outros esportes na mídia, passando por temas como blog sobre esportes escritos por pessoas sem diploma e como isso afeta a carreira dos jornalistas, que acabam perdendo espaço na mídia para os mesmos. Concluindo a palestra, Calçade comentou a proibição das torcidas organizadas nos estádios, desejando que o torcedor verdadeiro seja mais respeitado para se sentir livre para ir a um jogo sem esperar brigas no estádio.
  3. 3. A palestra foi encerrada com aplausos dos alunos restantes no auditório, prosseguindo para um discreto “MeetandGreet” no palco. Segredos do Esporte Atualmente, escreve uma coluna para O Estado de S. Paulo e apresenta o programa semanal “Segredos do Esporte” ao lado do ex-tenista Fernando Meligeni. O programa, que é uma atração adequada do rádio para a Televisão, entrou na grade da ESPN com a intençãode deixar a programação esportiva mais diversificada. Discutindo o outro lado do esporte, sempre com a ajuda de convidados, o programa discute e aprofunda a visão em temas diversificados, discutindo desde a vida de atletas e dos clubes até os investimentos no esporte, tratamentos realizados em jogadores e temas polêmicos, como brigas entre torcidas.
  4. 4. Perfil – Paulo Ricardo Calçade Comunicação Social – Jornalismo 6º Semestre Profª Carla Tozo Nathalia Ghilardi Santos RA 910205528

×