1º Período1º Período
- Caim- Caim
2º Período2º Período
- Florbela Espanca- Florbela Espanca
- Cem poemas de Sofia- Cem poe...
Florbela
Espanca
Pequenos pézinhos dando os primeiros pontapés
Na barriga da mãe,
É o que ela chama de pontadas
Com as unhas pouco aguçadas...
Ao ver o seu marido fazer o que antes lhe tinha jurado que não voltaria a fazer,a dama levanta-se
súbitamente da mesa,agar...
Após a leitura deste livro,pude concluir que não devemos deixar de ser quem somos para agradar outra pessoa.
Por mais que ...
P.i.l
P.i.l
P.i.l
P.i.l
P.i.l
P.i.l
P.i.l
P.i.l
P.i.l
P.i.l
P.i.l
P.i.l
P.i.l
P.i.l
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

P.i.l

157 visualizações

Publicada em

literatura

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
157
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

P.i.l

  1. 1. 1º Período1º Período - Caim- Caim 2º Período2º Período - Florbela Espanca- Florbela Espanca - Cem poemas de Sofia- Cem poemas de Sofia 3ºPeríodo3ºPeríodo -A dama pé-de-cabra-A dama pé-de-cabra ● -A mula-A mula
  2. 2. Florbela Espanca
  3. 3. Pequenos pézinhos dando os primeiros pontapés Na barriga da mãe, É o que ela chama de pontadas Com as unhas pouco aguçadas mas a força bem direcionada Uma mão aqui,outra acolá E assim ela começa a gatinhar Um pequeno passo num pequeno mundo Para começar a caminhar, É só uma questão de um segundo Ela já fala e até já canta Com a sua doce voz os seus males espanta É uma moça feliz e inteligente, Que quando sorri mostra todos os dentes, De tão contente Infeliz e incompreendida, Assim começa mais uma fase da sua vida Amada e odiada, Por todos se sente julgada Um pé aqui outro acolá, Assim se começa a libertar Passando a fase da maldade, Começa a fase da vaidade!
  4. 4. Ao ver o seu marido fazer o que antes lhe tinha jurado que não voltaria a fazer,a dama levanta-se súbitamente da mesa,agarrando no seu filho pelo braço.Dom Diego Lopes tenta aproximar-se dela mas esta foge levando o seu filho consigo. Passaram vários anos e a pequena Dalila cresceu,tornando-se uma bela dama.Seu pai Dom Diego, fazia questão de a casar o mais rápido possível pois já não tinha muito tempo.Apareceram-lhe no corpo umas manchas avermelhadas que teimavam em não desaparecer,deixando o seu corpo cada vez mais debilitado.Até hoje não se sabe que doença profana era aquela mas há quem diga que foi um feitiço que a dama lhe lançou. Como já não estava casado,ou melhor, não vivia com a dama pé-de-cabra,Dom Diego e a sua filha tinham voltado para a cidade mas apesar de Dalila ser muito bonita,ninguém se aproximava dela pois sabiam da sua história.Por ventura,alguns homens lá se aproximavam mas não ficavam por muito tempo. Dom Diego não entedeu porquê de isto se suceder até chegar o dia da sua morte.Ao quebrar a sua promessa com a dama,ele ficou amaldiçoado com um azar eterno e sendo Dalila uma parte dele e estando ela sempre tão perto dele,a sua herança foi inevitávelmente o azar do pai. Mudanca da historia
  5. 5. Após a leitura deste livro,pude concluir que não devemos deixar de ser quem somos para agradar outra pessoa. Por mais que tentemos mudar,mais cedo ou mais tarde, a nossa verdadeira “identidade” vem ao de cima.Não basta os outros gostarem de nós pois o mais importante é nós gostarmos de nós mesmos e só assim é que os outros poderão ,ou não, gostar realmente do que somos. Moral da historia

×