Judaismo

2.939 visualizações

Publicada em

5 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.939
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
129
Comentários
5
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Judaismo

  1. 1. ÍNDICE  Introdução; A História do Judaísmo;  Cultura judaica;  Símbolos do judaísmo;  Livro sagrado;  Festas religiosas;  Conclusão;  Bibliografia.
  2. 2. A HISTÓRIA DO JUDAÍSMO E O SEU FUNDADOR. De acordo com a narrativa bíblica, no tempo recuado dos patriarcas-Abraão, Isaac e Jacob-, Deus ordenou a Abraão que partisse para Canaã (actual Palestina, Israel ou Terra Santa) prometendo abençoar seus descendentes à categoria de nação poderosa. Mais tarde, Deus revelou-se a Moisés aparecendo-lhe no monte Sinai. Depois Deus começou a falar por meio dos profetas ao povo de Israel para lhes recordar o compromisso que tinham estabelecido com ele.
  3. 3. Esse compromisso consistia em que Deus se comprometia a abençoar e proteger o seu povo, e o povo comprometia-se a cumprir a vontade de Deus escrita nos 10 mandamentos. A aliança no Sinai constitui o evento que faz parte do judaísmo e que confirma o povo de Israel como um povo de Deus. A experiência da libertação (libertação do Egipto), a aliança e a lei são “provas” vivas de fé e da existência de Israel. E com estes acontecimentos o judaísmo nasceu e desenvolveu-se. Monte Sinai Moisés
  4. 4. CULTURA JUDAICA A cultura judaica actual, moldada por 2 mil anos engloba os aspectos da vida das comunidades judaicas, integradas nos diversos povos e culturas. Os principais aspectos são: a língua, o vestuário e a alimentação. LÍNGUA: O hebraico também chamado Lashon haKodesh – língua sagrada – é o principal idioma do judaísmo.
  5. 5. VESTUÁRIO: O judaísmo possui tradições em relação aos trajes e podemos destacar: o Kippá - espécie de pequeno barrete, é um símbolo usado pelos judeus, mas só pelos homens, para manifestar respeito a Deus; o Tefilim - duas caixinhas de couro onde guardam um pergaminho com excertos da Torah, que se prendem à testa e ao braço esquerdo no momento de oração, para indicar a presença da palavra de Deus na mente e no coração Tzitzit - espécie de xaile, é a sua parte mais importante Serve para lembrar os judeus do cumprimento das leis só Pode ser usado por homens kippá Adultos durante a oração da manhã tefilim
  6. 6. ALIMENTAÇÃO: De acordo com a lei mosaica ( lei de Moisés) os judeus têm um código que lhes permite comer apenas determinados alimentos . Ao conjunto de leis dietéticas do judaísmo dá-se nome de kashrut. Aos alimentos permitidos comer chamam-se Kosher. Actualmente, os produtos à venda possuem uma identificação que os estabelece como alimentos kosher. Exemplos de alimentos treif proibidos: carne de porco, camarão, a lagosta. Todos os frutos do mar, peixes que não têm escamas, a carne com sangue ou qualquer alimento que mistura a carne e leite Símbolo Kosher
  7. 7. SÍMBOLOS DO JUDAÍSMO A Menorah é um dos símbolos mais antigos da fé judaica. É um candelabro com sete braços, simboliza o judaísmo e o Estado de Israel e serve para iluminar. A estrela de David, estrela de seis pontas, feita com dois triângulos equiláteros, é símbolo do judaísmo desde o séc.XVII d.C.
  8. 8. A Mão de Hamesh é um dos símbolos mais usados na joalharia judaica. É uma mão invertida com um olho no centro e com várias letras hebraicas. O Mezuzza é uma pequena caixa que, contém num rolo pergaminho com o Shema - texto bíblico em que Deus ordena que conservem as suas palavras nas suas mentes e corações. O mezuzza é fixado no umbral de todas as casas. O chai é geralmente visto em colares e representa a palavra chai (viver)
  9. 9. TEXTOS SAGRADOS A Torah (le-horot – ensino) é a escritura mais importante do Judaísmo é o livro sagrado por excelência. É a Lei.
  10. 10. FESTAS RELIGIOSAS As principais festas judaicas são:  A Páscoa (Pessah) – recorda a libertação do Egipto e celebra e actualiza a aliança de Deus com o povo de Israel;  Tendas ou tabernáculos (Sukoth) – recorda a vida de Israel no deserto e celebra e realiza as bênçãos de Deus em favor do seu povo;  Pentecostes ( Shavuoth) – recorda o dom dos Dez Mandamentos e celebra e realiza o restabelecimento da Lei;  Dia do perdão ( Yom Kippur) – é o dia da pena, única ocasião do ano em que o sumo-sacerdote entrava no Santo dos Santos ( interior do tempo de Jerusalém);
  11. 11. Principio do ano ( Rosh Hashanah) – exalta Deus como criador e rei;  Dedicação ou Festa da Luzes ( Hanukah) – comemora a restauração da independência no século II a.C. e a reedificação do templo. 
  12. 12. Trabalho realizado por: Afonso Sousa Professora: Lucília

×