Desenvolvimento com criatividade
Superando paradigmas
Lincoln Weinhardt
Macaé, 28.05.2015
Porque fazer esta apresentação?
Superando Paradigmas...
Superando Paradigmas...
Superando Paradigmas...
Superando Paradigmas...
Royalties!
Royalties, uma mesada que nos deixou mal acostumados.
A palavra royalty é de origem anglo‐saxônica, e significa...
Royalties!
Os Royalties e Participações Especiais são tributos, cuja origem remontam a
questões indenizatórias da monarqui...
Royalties!
Evolução do tributo.
Este tributo, que incide sobre as atividades extrativistas, evoluiu e passou a indenizar o...
Royalties!
Indenização relativa aos impactos socioambientais!
Este é o ponto chave deste paradigma: Os impactos socioambie...
Royalties!
Ao esquivar do debate sobre os impactos, as verbas oriundas
da mesada do petróleo são destinadas a quaisquer ou...
Royalties!
Quais são os impactos gerados pela atividade petrolífera em
Macaé ?
Nestas quatro décadas de produção de petról...
Royalties!
Em Macaé os impactos são nítidos e óbvios.
Adensamento demográfico, aumento das demandas sociais, demandas por
...
Royalties!
Conforme já citado: em Macaé há impactos socioambientais em decorrência da produção
de petróleo em alto-mar.
Ta...
O que é desenvolvimento para um estado ou município?
Diferentemente da perspectiva do crescimento econômico, que vê o bem-...
Qual deveria ser o objetivo dos gestores públicos?
Desenvolvimento!
O conceito de Desenvolvimento Humano parte do
pressupo...
As 10 melhores pequenas cidades do Brasil para se viver
Os 10 melhores municípios do país, com menos de 100 mil habitantes...
Ranking dos melhores municípios!
2º) Joaçaba (SC) – É considerada a capital do Vale do Rio do Peixe, no oeste
catarinense....
Ranking dos melhores municípios!
4º) Nova Lima (MG) – Localizada na região metropolitana de Belo
Horizonte, a cidade tem I...
Ranking dos melhores municípios!
6º) Rio Fortuna (SC) – Com IDH de 0,806 e apenas 4.400 habitantes, Rio
Fortuna é pacata, ...
Ranking dos melhores municípios!
8º) São Miguel do Oeste (SC) – Mais de 650 quilômetros separam a cidade
do extremo oeste ...
Ranking dos melhores municípios!
10º) Concórdia (SC) – Com IDH de 0,800 e 72 mil habitantes, Concórdia, a
450 quilômetros ...
76 7 Mandaguari PR 0,847
77 56 Pederneiras SP 0,846
78 3 Santa Cruz do Sul RS 0,846
79 57 Lençóis Paulista SP 0,846
80 2 V...
Macaé e seu desenvolvimento!
É imprescindível que o desenvolvimento econômico venha
acompanhado de desenvolvimento social....
Macaé e seu desenvolvimento!
Novos empregos ou novos migrantes?
A construção, seguida da operação de um novo porto em Maca...
Macaé e seu desenvolvimento!
Os paradigmas também servem
para justificar crises?
O fraco desempenho do comércio e a defici...
Macaé e seu desenvolvimento!
Exemplo dos elevados preços praticados em Macaé.
Preços de reservas em hotéis Ibis para o dia...
Macaé e seu desenvolvimento!
Os paradigmas
também servem
para justificar
crises?
Apesar de ter
melhorado no ranking,
Macaé...
Macaé e seu desenvolvimento!
Os paradigmas também servem para justificar crises?
Sofismas são criados para fortalecer cris...
Macaé e seu desenvolvimento!
Temos que quebrar paradigmas e ousar criar?
Quem conhece o litoral norte de Macaé se pergunta...
Macaé e seu desenvolvimento!
Para se resolver um problema, primeiro devemos reconhecer
que há um problema!
Assim como Sidn...
Macaé e seu desenvolvimento!
O que é Macaé?
Macaé é uma cidade, cuja economia se baseia no suporte às
atividades de explor...
Como fizeram cidades e países que deram a volta
por cima, alcançando um elevado IDH, trazendo
orgulho e bem-estar aos seus...
Bonito - MS
O que atrai um turista europeu a viajar 11h em um voo internacional até o
Rio de Janeiro, tomar outro voo de 3...
Bonito - MS
Rede Globo, Jornal Hoje, 09 de setembro de 2013.
Anualmente, a cidade, que recebe cerca de 200
mil turistas, tornou-se referência pelo fato de
desenvolver o turismo respon...
Nova Zelândia
O que atrai um turista europeu a viajar de 14h a
mais de 20h em um voo internacional até
Auckland ou Welling...
Nova Zelândia
http://www.deepask.com
Nova Zelândia
A Nova Zelândia é um país moderno e desenvolvido, com
aproximadamente 4,5 milhões de ...
Brasil fica em 85º entre 187 países em ranking de
desenvolvimento humano - IDH
http://www.deepask.com/goes?page=Brasil-fic...
http://www.deepask.com
Turismo
Internacional
BRASIL
Extrema-MG, uma cidade normal
Extrema-MG
Segundo o site G1, 3.12.2012, Extrema (MG) é a cidade de Minas Gerais com o melhor desempenho no Índice de
Dese...
Macaé-RJ x Extrema -MG!
http://www.deepask.com
Macaé-RJ x Extrema -MG!
http://www.deepask.com
Macaé-RJ x Extrema -MG!
http://www.deepask.com
Servidores Municipais
http://www.deepask.com
Desenvolvimento com criatividade
superando paradigmas!
Sugestões ousadas, considerando a vocação do
município de Macaé par...
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Duas regatas anuais Macaé-Búzios
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Duas regatas anuais Macaé-Búzios
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Centro hípico de Macaé
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Centro hípico de Macaé
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Macaé Golf Clube
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Torneio de Kitesurf de Macaé
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Torneio de Kitesurf de Macaé
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Torneio de Parapente de Macaé
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Torneio de Parapente de Macaé
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Torneio de Flyboard de Macaé
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Torneio de Flyboard de Macaé
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Torneio de Bodyboard de Macaé
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Torneio de Bodyboard de Macaé
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Torneio de Triatlo de Macaé
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Torneio de Triatlo de Macaé
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Competição de Ironman de Macaé
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Competição de Ironman de Macaé
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Etapa de Macaé no Tour do Rio
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Etapa de Macaé no Ciclismo Nacional de MTB
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Etapa de Macaé de Circuito Nacional de Mo...
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Etapa de Macaé de Circuito Nacional de Mo...
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Torneio de Rafting de Macaé
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Manter o Incentivo ao Macaé Esporte
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo desportivo!
Manter o Incentivo à Associação Macaé de ...
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo gatronômico!
Polo Gastronômico de Cantagalo-Imboassica
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo gastronômico!
Festival Internacional de Gastronômia
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo gastronômico!
Encontro Internacional do Vinho
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo gastronômico!
Encontro Internacional da Cerveja
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo ambiental!
Circuito de Trilhas de Macaé
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo ambiental!
Circuito de Trilhas de Macaé
Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do
município para o turismo ambiental!
Trilhas de Macaé
Trilhas e Passeio ao Parq...
Segundo polo hoteleiro do Estado do RJ!
Além de belezas naturais, há infraestrutura hoteleira disponível
Este lugar ainda não existe! Mas pode ser criado!
Obrigado!
Lincoln Weinhardt
Desenvolvimento com criatividade - Superando paradigmas...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Desenvolvimento com criatividade - Superando paradigmas...

373 visualizações

Publicada em

Desenvolvimento com criatividade - Superando paradigmas

Conceitos abordados: Paradigmas, Royalties e Desenvolvimento Humano.
Ranking dos Melhores Municípios do Brasil.
Macaé e seu Desenvolvimento.
Macaé não é a capital nacional do petróleo!
Como fizeram cidades e países que deram a volta por cima, alcançando um elevado IDH, trazendo orgulho e bem-estar aos seus habitantes!
Sugestões ousadas, considerando a vocação do município de Macaé para o turismo desportivo, ambiental e gastronômico.

Publicada em: Meio ambiente
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
373
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Desenvolvimento com criatividade - Superando paradigmas...

  1. 1. Desenvolvimento com criatividade Superando paradigmas Lincoln Weinhardt Macaé, 28.05.2015 Porque fazer esta apresentação?
  2. 2. Superando Paradigmas...
  3. 3. Superando Paradigmas...
  4. 4. Superando Paradigmas...
  5. 5. Superando Paradigmas...
  6. 6. Royalties! Royalties, uma mesada que nos deixou mal acostumados. A palavra royalty é de origem anglo‐saxônica, e significa coisa relativa ao rei ou realeza. Historicamente, compreendia uma compensação ou uma contraprestação paga ao rei pelo uso ou exploração de bens sob seu domínio. Este pagamento se devia por conta da fruição de recursos minerais, uso da água, de madeira etc. http://www.tributarioeconcursos.com/2013/11/enquadramento-financeiro-dos-royalties.html
  7. 7. Royalties! Os Royalties e Participações Especiais são tributos, cuja origem remontam a questões indenizatórias da monarquia britânica. “The stannaries“. Em 1201, 14 anos antes da Carta Magna, John I (João Sem-Terra) concedeu a primeira procuração aos produtores de estanho, ratificando o "direito adquirido" dos mineiros de Cornwall e Devonshire, ao livre acesso às terras devolutas. Esta autorização deu aos mineiros o poder legislativo em questões de mineração, fundição e entrega de estanho. A contrapartida desta autogestão foi o pagamento de royalty ou dízimo, que variava entre um oitavo ou um nono do valor do estanho produzido, a ser pago à Coroa. Além disso, quando as terras eram fechadas por um particular, o "tinner“ (produtor de estanho) era obrigado a pagar um pedágio adicional para o arrendatário por danos à superfície. http://www.landman.org/docs/educational-material-(pdf)/105.pdf
  8. 8. Royalties! Evolução do tributo. Este tributo, que incide sobre as atividades extrativistas, evoluiu e passou a indenizar o proprietário do solo, devido ao recurso natural extraído, e a população local pelos impactos socioambientais causados. No caso da produção petrolífera marítima no Brasil em Águas Jurisdicionais Brasileiras, a indenização pela extração do hidrocarboneto, recurso natural, deve ser paga à União.
  9. 9. Royalties! Indenização relativa aos impactos socioambientais! Este é o ponto chave deste paradigma: Os impactos socioambientais. Estes impactos são o verdadeiro motivo de existirem os chamados estados e municípios produtores de um petróleo extraído no mar, fora de seus territórios. Este tema é frequentemente afastado dos debates políticos nos estados e municípios “produtores”. O motivo político é quase óbvio. Caso fossem identificados os impactos negativos gerados pela atividade extrativista offshore, os recursos indenizatórios (Royalties e Participações Especiais) deveriam ser aplicados na mitigação e prevenção destes impactos.
  10. 10. Royalties! Ao esquivar do debate sobre os impactos, as verbas oriundas da mesada do petróleo são destinadas a quaisquer outros interesses que os governantes julguem ser mais adequados. Da ausência do debate sobre os impactos gerados pela atividade extrativista surgem novas distorções e sofismas que parecem reais aos cidadãos e eleitores, seja por desconhecimento, ingenuidade ou interesses menores, que tornam esses sofismas mais interessantes que a realidade dos fatos.
  11. 11. Royalties! Quais são os impactos gerados pela atividade petrolífera em Macaé ? Nestas quatro décadas de produção de petróleo na Bacia de Campos, nunca houve uma mancha de óleo que tenha chegado ao litoral do estado do Rio de Janeiro. Mesmo com a ocorrência de acidentes de grande porte, como o vazamento no campo de Frade, o naufrágio da P-36, rupturas de risers etc. Independente do fato acima, de forma preventiva, simulados e treinamentos são realizados frequentemente pelas empresas produtoras, com acompanhamento do órgão federal de meio ambiente.
  12. 12. Royalties! Em Macaé os impactos são nítidos e óbvios. Adensamento demográfico, aumento das demandas sociais, demandas por infraestrutura básica: água, esgoto, energia elétrica, mobilidade urbana, aumento da violência etc. A população do município cresceu exponencialmente, após a instalação da Petrobras e outras empresas no município, em função da existência do Porto de Imbetiba. A vinda de profissionais qualificados, de várias partes do Brasil e do Mundo, trouxe demandas de consumo que geraram a vinda outros profissionais especializados em outros segmentos, em especial na área de serviços e na indústria da construção civil. Temos de reconhecer este é um grande impacto: ao longo destes quarenta anos, a população de Macaé, outrora conhecida como A Princesinha do Atlântico, se multiplica e a torna em uma cidade industrial de apoio à atividade extrativista.
  13. 13. Royalties! Conforme já citado: em Macaé há impactos socioambientais em decorrência da produção de petróleo em alto-mar. Também é sabido que as atividades de suporte à indústria extrativista migram em função da localização de novas jazidas ou do esgotamento das existentes. Assim, nada mais natural de que as indenizações (Royalties) ocorram em função dos impactos atuais de dos futuros impactos, quando a infraestrutura instalada não se fizer mais necessária. A ausência do debate, sobre os impactos gerados pela atividade extrativista, gera situações contraditórias como por exemplo: quando municípios que não tiveram qualquer impacto negativo, como Niterói-RJ, que ao contrário, devido as demandas da atividade offshore, viu sua indústria naval ser reerguida, reativando milhares de empregos. Por este e outros motivos o debate é desconversado!
  14. 14. O que é desenvolvimento para um estado ou município? Diferentemente da perspectiva do crescimento econômico, que vê o bem-estar de uma sociedade apenas pelos recursos ou pela renda que ela pode gerar, a abordagem de desenvolvimento humano procura olhar diretamente para as pessoas, suas oportunidades e capacidades. A renda é importante, mas como um dos meios do desenvolvimento e não como seu fim. Com o desenvolvimento humano, o foco é transferido do crescimento econômico, ou da renda, para o ser humano. Desenvolvimento! http://www.pnud.org.br/idh/DesenvolvimentoHumano.aspx?indiceAccordion=0&li=li_DH Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) = a rede de desenvolvimento global da Organização das Nações Unidas.
  15. 15. Qual deveria ser o objetivo dos gestores públicos? Desenvolvimento! O conceito de Desenvolvimento Humano parte do pressuposto de que para aferir o avanço na qualidade de vida de uma população é preciso ir além do viés puramente econômico e considerar outras características sociais, culturais e políticas que influenciam a qualidade da vida humana. Esse conceito é a base do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e do Relatório de Desenvolvimento Humano (RDH), publicados anualmente pelo PNUD.
  16. 16. As 10 melhores pequenas cidades do Brasil para se viver Os 10 melhores municípios do país, com menos de 100 mil habitantes, com base em dados do IBGE e do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Ranking dos melhores municípios! 1º) Águas de São Pedro (SP) – Esse é o lugar para quem procura uma vida muito sossegada. Com 2.700 habitantes, o munícipio é o menos populoso dentre as 50 cidades brasileiras que estão no topo do ranking do IDH. Nessa lista de desenvolvimento humano que compara as mais de 5 mil cidades brasileiras, Águas de São Pedro está em segundo lugar, com 0,854 de IDH. Como uma das estâncias hidrominerais do estado de São Paulo, a cidade que fica a 187 quilômetros da capital, apoia sua economia no turismo. http://www.semprefamilia.com.br/as-10-melhores-pequenas-cidades-do- brasil-para-se-viver/
  17. 17. Ranking dos melhores municípios! 2º) Joaçaba (SC) – É considerada a capital do Vale do Rio do Peixe, no oeste catarinense. A maior parte da população de 28 mil habitantes tem origem nos migrantes gaúchos, principalmente da região de Caxias do Sul, de origem italiana e alemã, que, de posse de pequenas glebas de terra, deram os primeiros passos na produção agrícola. A economia da cidade baseia-se também em indústrias do setor metalomecânico. Joaçaba está entre as dez primeiras cidades do ranking nacional com IDH de 0,827. 3º) Vinhedo (SP) – Educação é a política pública de destaque em Vinhedo, cidade da região de Campinas que fica a 75 quilômetros da capital paulista, tem 71 mil habitantes e IDH de 0,817. Ano passado, Vinhedo recebeu o selo de cidade livre do analfabetismo e ganhou reconhecimento da mídia por seu método de ensino municipal. A cidade viveu o ciclo de café, mas hoje é conhecida pela produção de uva. Os condomínios de alto padrão fortaleceram o comércio e os serviços, como o parque de diversões Hopi Hari.
  18. 18. Ranking dos melhores municípios! 4º) Nova Lima (MG) – Localizada na região metropolitana de Belo Horizonte, a cidade tem IDH de 0,813 e 88 mil habitantes. Nos últimos anos, se consolidou como uma cidade de condomínios de alto padrão procurados por quem trabalha em BH e quer um lugar mais tranquilo para viver. Embora o grande símbolo do esporte seja o futebol do Villa Nova Atlético Clube, a cidade se rendeu ao rúgbi, talvez por inspiração dos antigos imigrantes ingleses, com o Nova Lima Rugby Club, o time dos “leões da montanha”. 5º) Ilha Solteira (SP) – Localizada no noroeste paulista, a quase 700 quilômetros da capital paulista, Ilha Solteira é uma estância turística nascida de forma planejada no fim dos anos 60 para abrigar os trabalhadores da Hidrelétrica de Ilha Solteira, instalada pela CESP no Rio Paraná. Por isso, seu padrão de urbanização é bastante elevado, com atendimento universal de energia elétrica, água e saneamento básico para seus 26 mil habitantes. O IDH de Ilha Solteira é de 0,812. Os destaques de sua economia são a indústria e a pecuária.
  19. 19. Ranking dos melhores municípios! 6º) Rio Fortuna (SC) – Com IDH de 0,806 e apenas 4.400 habitantes, Rio Fortuna é pacata, mas está próxima do movimento dos balneários catarinenses de Laguna, Imbituba e Garopaba, além de estar a apenas 125 quilômetros da capital, Florianópolis. A cidade, que integra a região metropolitana de Tubarão, tem sua formação ligada à agropecuária familiar adotada pelos colonizadores alemães. Mais recentemente, a cidade tem se apoiado economicamente também na piscicultura. 7º) Rio do Sul (SC) – A cidade de 66 mil habitantes, localizada no vale do Itajaí, está a meio caminho entre Joinville e Florianópolis, ambas a cerca de 180 quilômetros. Como muitas cidades vizinhas, Rio do Sul guarda a herança germânica da colonização na cultura e na culinária. As escolas modelo municipais, de ensino integral, contribuem para o IDH de 0,802. Na economia destacam-se os setores têxtil, metalomecânico, eletrônico e agropecuário. Há, contudo, um problema cíclico que tira o sono dos rio- sulenses: as cheias do Rio Itajaí-Açu.
  20. 20. Ranking dos melhores municípios! 8º) São Miguel do Oeste (SC) – Mais de 650 quilômetros separam a cidade do extremo oeste da capital catarinense, Florianópolis. São Miguel, com IDH de 0,801, foi fundada em 1954, mas tem raízes nas migrações de gaúchos atraídos pela extração de madeira nos anos 20. Embora tenha 39 mil habitantes, a cidade integra uma região com 200 municípios, entre eles Chapecó, que juntos somam 2 milhões de habitantes. Seu parque industrial é formado por empresas dos ramos metalomecânico, de transportes, móveis e softwares. 9º) Pirassununga (SP) – O fenômeno da piracema no Rio Mojiguaçu, que os tupis descreviam como “peixes barulhentos”, deu nome à cidade. Hoje, no entanto, é a forte presença de estudantes entre os 74 mil habitantes que movimenta Pirassununga. Além de um campus da USP, fica lá a Academia da Força Aérea Brasileira. A cidade, localizada a 206 quilômetros de São Paulo, na próspera região de Campinas, conta também com mais de 100 indústrias, entre elas a que produz a famosa cachaça 51. Seu IDH é de 0,801.
  21. 21. Ranking dos melhores municípios! 10º) Concórdia (SC) – Com IDH de 0,800 e 72 mil habitantes, Concórdia, a 450 quilômetros de Florianópolis, é terceira maior cidade do oeste catarinense e lidera a produção nacional de suínos e aves. Não por acaso, ali nasceu a Sadia. A maior bacia leiteira de Santa Catarina e o Centro Nacional de Pesquisa de Suínos e Aves também estão em Concórdia. Em 2014, o município obteve o primeiro lugar estadual no índice Firjan de qualidade de vida, que leva em conta indicadores de educação, saúde, emprego e renda. http://www.semprefamilia.com.br/as-10-melhores-pequenas-cidades-do- brasil-para-se-viver/ Segundo o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD-2010, Macaé está na 304º posição.
  22. 22. 76 7 Mandaguari PR 0,847 77 56 Pederneiras SP 0,846 78 3 Santa Cruz do Sul RS 0,846 79 57 Lençóis Paulista SP 0,846 80 2 Vitória ES 0,846 81 58 Franca SP 0,846 82 6 Tubarão SC 0,846 83 4 Tupandi RS 0,844 84 59 Taubaté SP 0,843 85 5 Erechim RS 0,843 86 60 Fernandópolis SP 0,843 87 7 Rio do Sul SC 0,843 88 61 Vargem Grande Paulista SP 0,842 89 8 Joinville SC 0,842 90 62 Bálsamo SP 0,842 91 5 Pouso Alegre MG 0,842 92 1 Palmas TO 0,841 93 9 Brusque SC 0,841 94 63 Taguaí SP 0,841 95 6 Gramado RS 0,84 96 7 Marau RS 0,84 97 64 Hortolândia SP 0,84 98 65 Guarulhos SP 0,84 99 66 Caieiras SP 0,84 100 67 Novo Horizonte SP 0,84 26 21 Jaboticabal SP 0,869 27 22 Botucatu SP 0,869 28 23 Ribeirão Preto SP 0,868 29 1 Curitiba PR 0,868 30 24 Bebedouro SP 0,867 31 25 Mococa SP 0,867 32 26 Pontes Gestal SP 0,867 33 1 Nova Lima MG 0,866 34 27 Cerquilho SP 0,865 35 4 Maravilha SC 0,865 36 28 Paraguaçu Paulista SP 0,865 37 29 Sorocaba SP 0,865 38 2 Maringá PR 0,865 39 30 Catanduva SP 0,864 40 31 São Paulo SP 0,864 41 5 Itajaí SC 0,864 42 2 Patos de Minas MG 0,862 43 3 Apucarana PR 0,862 44 32 Paraíso SP 0,861 45 33 Piracicaba SP 0,861 46 34 Potirendaba SP 0,86 47 35 Iacanga SP 0,86 48 36 São Bernardo do Campo SP 0,859 49 2 Bento Gonçalves RS 0,859 50 1 Eusébio CE 0,856 51 37 Jaguariúna SP 0,856 52 1 Linhares ES 0,856 53 38 Americana SP 0,855 54 3 Santa Rita do Sapucaí MG 0,855 55 39 Meridiano SP 0,854 56 40 Sertãozinho SP 0,854 57 41 Barretos SP 0,853 58 42 Mogi Guaçu SP 0,852 59 4 Cianorte PR 0,851 60 43 Descalvado SP 0,851 61 5 Francisco Beltrão PR 0,851 62 44 Leme SP 0,851 63 45 Itapira SP 0,851 64 46 Birigui SP 0,851 65 47 Porto Ferreira SP 0,85 66 48 Santa Gertrudes SP 0,85 67 49 Cordeirópolis SP 0,849 68 6 Cascavel PR 0,849 69 50 Jarinu SP 0,849 70 51 Boituva SP 0,849 71 52 Bady Bassitt SP 0,849 72 53 Cosmorama SP 0,848 73 54 Tietê SP 0,848 74 55 Araras SP 0,847 75 4 Varginha MG 0,847 1 1 Louveira SP 0,916 2 2 São José do Rio Preto SP 0,916 3 3 São Caetano do Sul SP 0,904 4 4 Barueri SP 0,904 5 5 Santos SP 0,902 6 6 Votuporanga SP 0,902 7 7 Amparo SP 0,901 8 8 Vinhedo SP 0,899 9 9 Indaiatuba SP 0,897 10 10 Jundiaí SP 0,895 11 11 Atibaia SP 0,888 12 1 Concórdia SC 0,885 13 12 Itatiba SP 0,884 14 1 Lucas do Rio Verde MT 0,884 15 1 Lajeado RS 0,882 16 13 Bauru SP 0,878 17 14 Cajamar SP 0,878 18 2 Chapecó SC 0,877 19 15 Marília SP 0,876 20 16 Santana de Parnaíba SP 0,875 21 17 Mendonça SP 0,875 22 18 Araraquara SP 0,875 23 3 Balneário Camboriú SC 0,872 24 19 Campinas SP 0,87 25 20 Matão SP 0,87 100 melhores cidades para viver no Brasil - Firjan (IFDM) Entre as 100 melhores cidades levantadas pela Firjan, não há nenhuma do Estado do Rio de Janeiro.
  23. 23. Macaé e seu desenvolvimento! É imprescindível que o desenvolvimento econômico venha acompanhado de desenvolvimento social. A polêmica do novo porto! É óbvio, que a vinda de um novo empreendimento para uma cidade gera aumento da atividade econômica. Mas, qualquer empreendimento deve ser bem-vindo? Além do famoso terceiro porto de Macaé, outros empreendimentos, igualmente ousados, como a implantação de um autódromo, capaz de receber a Fórmula Indy ou a Fórmula 1 ou um possível Parque da Disney LatinAmerica, também iriam trazer desenvolvimento econômico para o município e região.
  24. 24. Macaé e seu desenvolvimento! Novos empregos ou novos migrantes? A construção, seguida da operação de um novo porto em Macaé não gerará um número significativo de empregos. Não havendo também qualquer garantia de que esta mão-de-obra seja absorvida pela população local. O novo porto irá trazer uma nova geração de migrantes, aumentando a população municipal e com consequente gerando mais aumento das demandas sociais. Os impactos gerados pela indústria do petróleo estariam sendo ampliados com este tipo de empreendimento, e não mitigado! Este é um bom exemplo de porque não se discute os reais impactos da atividade extrativista?
  25. 25. Macaé e seu desenvolvimento! Os paradigmas também servem para justificar crises? O fraco desempenho do comércio e a deficiência na ocupação dos hotéis de Macaé não possui qualquer vínculo causal com a existência ou não de um novo porto em Macaé, mas provavelmente se devem aos elevados preços praticados na cidade. Exemplos dos elevados preços praticados pelo comércio e segmento de serviços. http://www.custodevida.com.br/rj/macae/
  26. 26. Macaé e seu desenvolvimento! Exemplo dos elevados preços praticados em Macaé. Preços de reservas em hotéis Ibis para o dia 22.12.2014:
  27. 27. Macaé e seu desenvolvimento! Os paradigmas também servem para justificar crises? Apesar de ter melhorado no ranking, Macaé tem o preço da refeição acima de SP e BH!
  28. 28. Macaé e seu desenvolvimento! Os paradigmas também servem para justificar crises? Sofismas são criados para fortalecer crises e justificar necessidades. Um exemplo é a argumentação de que para se construir um arco viário no município, para desafogar o trânsito de carretas no centro, dependeria da aprovação do novo porto? A cidade vizinha de Rio das Ostras, que não possui nenhum porto, possui crescimento econômico e urbano maior que o de Macaé e há anos possui um arco viário com cerca de 25 Km. Da mesma forma no município vizinho a maioria de suas ruas estão pavimentadas contando com passeio público adequado aos pedestres.
  29. 29. Macaé e seu desenvolvimento! Temos que quebrar paradigmas e ousar criar? Quem conhece o litoral norte de Macaé se pergunta: o que falta para ser feito um calçadão com ciclovia nos bairros de São José do Barreto e Lagomar, valorizando suas lindas praias, as quais são interligadas a um Parque Nacional - um luxo em qualquer lugar do mundo? Este investimento minimizaria a desigualdade entre as áreas Norte e Sul da cidade. Além da geração de empregos diretos, da humanização e valorização da região, teríamos como efeito colateral, a redução do uso de automóveis e ônibus no município, pois a ciclovia litorânea estaria interligando a cidade de norte a sul.
  30. 30. Macaé e seu desenvolvimento! Para se resolver um problema, primeiro devemos reconhecer que há um problema! Assim como Sidney não é a capital da Austrália, Macaé não é a capital nacional do petróleo! Capital é o local aonde as decisões são tomadas. Neste caso devemos refletir: Onde estão as sedes de todas as operadoras petrolíferas no Brasil (Petrobras, Shell, Chevron, Total etc.)? As sedes de todas as grandes prestadoras de serviços especializados do setor petrolífero no Brasil (Schlumberger, Halliburton, NOV, Baker Hughes, Technip etc.)? As sedes das principais entidades do segmento (IBP, ONIP etc.)? E a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis - ANP? Sim, todos estão sediados no Rio de Janeiro-RJ!
  31. 31. Macaé e seu desenvolvimento! O que é Macaé? Macaé é uma cidade, cuja economia se baseia no suporte às atividades de exploração e produção de petróleo e gás, no ambiente offshore. Como em qualquer atividade extrativista, seu centro de suporte é dinâmico e se move para próximo às jazidas. A pujança da economia do petróleo cega e faz que muitos se esqueçam que Macaé é uma bela cidade, com uma população multicultural, que poderá ter um futuro próspero e único, se abrir mão da caricatura de capital do petróleo. “A idade da pedra não acabou por falta de pedra. Também, a era do petróleo não irá acabar por falta de petróleo”.
  32. 32. Como fizeram cidades e países que deram a volta por cima, alcançando um elevado IDH, trazendo orgulho e bem-estar aos seus habitantes! Pessoas pragmáticas dizem que o turismo não influencia em nada no funcionamento e desenvolvimento do mundo. Se arriscariam até em dizer que o turismo não possui importância, sendo uma futilidade no girar das engrenagens desenvolvimentistas. Mas não é bem assim! Nova ZelândiaBonito-MS O jornal New York Times, em artigo escrito por Randy Durband, chefe executivo do Conselho Global de Turismo Sustentável, cita Bonito como referência em turismo sustentável. O artigo fala sobre os desafios atuais de lutar contra a degradação do meio ambiente, o turismo sexual e a união entre o poder público e o setor privado.
  33. 33. Bonito - MS O que atrai um turista europeu a viajar 11h em um voo internacional até o Rio de Janeiro, tomar outro voo de 3h até Campo Grande-MS e finalmente mais 3h de estrada até chegar em Bonito-MS? Será somente a exuberância das águas cristalinas? Acrescentetambém:qualidadedosserviços,hospitalidade,preçojustoetc.!
  34. 34. Bonito - MS Rede Globo, Jornal Hoje, 09 de setembro de 2013.
  35. 35. Anualmente, a cidade, que recebe cerca de 200 mil turistas, tornou-se referência pelo fato de desenvolver o turismo responsável, com limite de acessos aos pontos turísticos, visitas guiadas e orientadas, além de priorizar a segurança dos visitantes. O modelo único de gestão implantado no município garante a preservação das belezas naturais e faz a cidade se tornar exemplo no Brasil. A sociedade, a iniciativa privada e o poder público se adaptaram conforme as necessidades de Bonito, para construir um modelo único de gestão integrada. http://www.capitalnews.com.br/conteudo.php?cid=261425 Bonito – MS http://www.deepask.com/goes?page=bonito/MS-Confira-o-PIB---Produto-Interno-Bruto---no-seu-municipio
  36. 36. Nova Zelândia O que atrai um turista europeu a viajar de 14h a mais de 20h em um voo internacional até Auckland ou Wellington, na Nova Zelândia? É só para ver as belas paisagens naturais? Acrescente também: qualidade dos serviços, hospitalidade, preço justo etc.!
  37. 37. Nova Zelândia
  38. 38. http://www.deepask.com Nova Zelândia A Nova Zelândia é um país moderno e desenvolvido, com aproximadamente 4,5 milhões de habitantes, que exercem pouca pressão sobre o espaço geográfico e os recursos naturais. Isso faz com que sua população não sofra dos grandes males urbanos, existentes em muitos outros países desenvolvidos, como poluição, congestionamentos e problemas de saúde. Nos diversos rankings mundiais apresentados pela ONU, a Nova Zelândia se classifica sempre com ótimas posições em quesitos como desenvolvimento humano, qualidade de vida, esperança de vida, alfabetização, educação pública, facilidade de fazer negócios, falta de corrupção, liberdade de imprensa, entre outros. As cidades de Auckland e Wellington estão entre as 25 melhores cidades do mundo para se viver, de acordo o ranking de The Economist. http://www.australiancentre.com.br/site/novazelandia/cultura.asp
  39. 39. Brasil fica em 85º entre 187 países em ranking de desenvolvimento humano - IDH http://www.deepask.com/goes?page=Brasil-fica-em-85-entre-187-paises-em-ranking-de-desenvolvimento-humano-confira-mapa-mundial-do-IDH
  40. 40. http://www.deepask.com Turismo Internacional BRASIL
  41. 41. Extrema-MG, uma cidade normal
  42. 42. Extrema-MG Segundo o site G1, 3.12.2012, Extrema (MG) é a cidade de Minas Gerais com o melhor desempenho no Índice de Desenvolvimento Municipal, segundo levantamento feito pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). A pesquisa considera três áreas de desenvolvimento: emprego e renda, educação e saúde. Segundo a pesquisa, o município ficou em primeiro lugar no estado com pontuação de 0,901. O índice varia de zero a um ponto e quanto mais próximo de um, melhor a classificação. No ranking geral, o município está na 26ª colocação. Extrema-MG, uma cidade normal
  43. 43. Macaé-RJ x Extrema -MG! http://www.deepask.com
  44. 44. Macaé-RJ x Extrema -MG! http://www.deepask.com
  45. 45. Macaé-RJ x Extrema -MG! http://www.deepask.com
  46. 46. Servidores Municipais http://www.deepask.com
  47. 47. Desenvolvimento com criatividade superando paradigmas! Sugestões ousadas, considerando a vocação do município de Macaé para o turismo desportivo, ambiental e gastronômico. A proposta é fazer muito com pouco investimento, gerando muita projeção nacional e internacional, aproveitando as riquezas naturais e o parque hoteleiro instalado!
  48. 48. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Duas regatas anuais Macaé-Búzios
  49. 49. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Duas regatas anuais Macaé-Búzios
  50. 50. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Centro hípico de Macaé
  51. 51. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Centro hípico de Macaé
  52. 52. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Macaé Golf Clube
  53. 53. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Torneio de Kitesurf de Macaé
  54. 54. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Torneio de Kitesurf de Macaé
  55. 55. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Torneio de Parapente de Macaé
  56. 56. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Torneio de Parapente de Macaé
  57. 57. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Torneio de Flyboard de Macaé
  58. 58. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Torneio de Flyboard de Macaé
  59. 59. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Torneio de Bodyboard de Macaé
  60. 60. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Torneio de Bodyboard de Macaé
  61. 61. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Torneio de Triatlo de Macaé
  62. 62. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Torneio de Triatlo de Macaé
  63. 63. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Competição de Ironman de Macaé
  64. 64. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Competição de Ironman de Macaé
  65. 65. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Etapa de Macaé no Tour do Rio
  66. 66. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Etapa de Macaé no Ciclismo Nacional de MTB
  67. 67. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Etapa de Macaé de Circuito Nacional de Motocross
  68. 68. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Etapa de Macaé de Circuito Nacional de Motocross
  69. 69. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Torneio de Rafting de Macaé
  70. 70. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Manter o Incentivo ao Macaé Esporte
  71. 71. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo desportivo! Manter o Incentivo à Associação Macaé de Basquete
  72. 72. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo gatronômico! Polo Gastronômico de Cantagalo-Imboassica
  73. 73. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo gastronômico! Festival Internacional de Gastronômia
  74. 74. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo gastronômico! Encontro Internacional do Vinho
  75. 75. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo gastronômico! Encontro Internacional da Cerveja
  76. 76. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo ambiental! Circuito de Trilhas de Macaé
  77. 77. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo ambiental! Circuito de Trilhas de Macaé
  78. 78. Sugestões ousadas, pressupondo a vocação do município para o turismo ambiental! Trilhas de Macaé Trilhas e Passeio ao Parque Nacional de Jurubatiba
  79. 79. Segundo polo hoteleiro do Estado do RJ! Além de belezas naturais, há infraestrutura hoteleira disponível
  80. 80. Este lugar ainda não existe! Mas pode ser criado!
  81. 81. Obrigado! Lincoln Weinhardt

×