Trt português 02

140 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
140
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trt português 02

  1. 1. TRT/PE e TRT/RJ – REVISÃO DA MATÉRIA POR MEIO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES FCC Português Rodrigo Bezerra 1 Flexão verbal - correlações 01.(FCC) Está adequada a articulação entre os tempos e os modos verbais na frase: (A) Sempre haverá quem prefere ter-se omitido diante da violência de que venha a ser vítima. (B) Houve sempre quem preferisse omitir-se diante da violência de que tivesse sido vítima. (C) Há sempre quem preferia se omitir diante da violência de que tenha sido vítima. (D) Havia sempre quem prefere se omitir diante da violência de que é vítima. (E) Sempre há quem prefere se omitir diante da violência de que viesse a ser vítima. 02.(FCC – APOF/SP) Todos os verbos estão corretamente flexionados na frase: (A) O fotógrafo teria intervido na cena de brutalidade, se pudesse, mas limitou-se a registrá-la. (B) Nenhum comentário que sobrevir ao impacto causado por esse livro terá força comparável à de suas fotos. (C) Se sempre retêssemos dos clichês um mínimo de verdade, acabaríamos por tomá-los como verdades completas. (D) Se os fotógrafos não intervissem na realidade, documentando cada barbárie, a história humana seria ainda mais violenta. (E) Industriais e políticos nazistas convieram quanto aos interesses comuns, que se sobrepunham às suas ambições particulares. 3.(TRE/PR – Analista) Ela queria fazer justiça a Mankiewicz, que caíra em esquecimento, enquanto Welles entrara para a história com a reputação de gênio maldito, frequentemente reivindicando para si as principais qualidades de “Kane” e a coautoria do roteiro − embora Pauline jurasse que Welles não escrevera nem sequer uma linha do script. Outra redação para o trecho destacado, que preserva o sentido e a correção originais, é: (A) a despeito de Pauline jurar que Welles não tinha escrito nem ao menos uma linha do script. (B) apesar de Pauline negar a Welles o mérito de escrever mais do que uma linha do script. (D) mesmo tendo sabido que Pauline jurou: “Welles não escreve ainda que seja uma linha do script”. (E) apesar da crítica Pauline jurar que Welles não escrevia pelo menos uma linha do script. 04.(TRE/PR Técnico) ... que forneciam o óleo dos lampiões e lamparinas, caiu drasticamente. (1o parágrafo) O emprego das formas verbais grifadas acima indica, respectivamente, (A) ação contínua no passado e fato consumado. (B) hipótese que pode ser comprovada e declaração prolongada no tempo. (C) ideia aproximada e fato que acontece habitualmente. (D) fato anterior a outro também passado e ação repetida. (E) fato terminado e declaração enfática de um fato. 05.(FCC – TJ/PE – Analista Judiciário) Está inteiramente correta a articulação entre os tempos e modos verbais da frase: (A) A pesquisa de Johnson analisou um fenômeno que constituísse uma verdadeira obsessão que caracterize o homem moderno: o fascínio pela TV. (B) Caso fiquemos muito tempo no zapping, estaríamos demonstrando certa agitação íntima que caracterizasse nosso estado de insatisfação. (C) Sugere-se, nessa pesquisa, que o fato de nos aprisionarmos em nossa sala de TV fosse o responsável pela nossa predisposição a que cometêramos atos violentos. (D) Mesmo que não apresente grandes novidades em relação a pesquisas já realizadas, a de Johnson dá corpo à tese de que a exposição contínua à tela de TV torna-nos mais violentos. (E) Se de fato viéssemos a nos contentar com o que somos, as inúmeras janelas abertas pela TV não terão a mesma força de atração que as pesquisas demonstrassem. 06.(FCC – TRT 9ª – ANALISTA JUDICIÁRIO) Está INADEQUADA a correlação entre os tempos e modos verbais nesta reconstrução de uma frase do texto:
  2. 2. TRT/PE e TRT/RJ – REVISÃO DA MATÉRIA POR MEIO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES FCC Português Rodrigo Bezerra 2 (A) Cercar-nos-íamos de inimigos reais ou virtuais e precisaríamos proteger nosso país. (B) O pacto que acabássemos por realizar com o poder teria um preço muito alto. (C) A menos que as coisas venham a mudar profundamente, será difícil ver essa estabilidade ameaçada. (D) Tivesse sido assim, será que possamos contemplar um mundo com futuro? (E) Teria sido bom se nos houvéssemos perguntado como chegamos até aqui. 07. (FCC) A forma verbal que, além de corretamente flexionada, indica fato passado anterior a outro, também passado, está grifada na frase: (A) Para que se precavissem os efeitos prejudiciais ao meio ambiente, interromperam-se as queimadas na região. (B) Após a derrubada da mata, sobreviram alterações significativas no clima de toda a área, antes coberta por ela. (C) O especialista ativera-se à análise dos dados obtidos, para defender o programa de responsabilidade ambiental. (D) Proporam-se medidas de combate à degradação da floresta, porém os resultados danosos já haviam se instalado em toda a área. (E) Se não fosse imediatamente interrompido o corte das árvores, a região transformar-se-ia numa extensa área desertificada. 08.(FCC) Estão corretos o emprego e a flexão de todas as formas verbais na frase: (A) Se os homens dessem ouvido à consciência e contessem seus instintos, as relações sociais seriam mais harmoniosas. (B) Aos homens nunca aprouve respeitar os princípios coletivos quando não prescrita uma punição para quem viesse a menosprezá-los. (C) Se os cidadãos elegerem princípios e convirem que estes são justos, só os infligirá quem se valer de má fé. (D) No caso de evidente erro judiciário, deve-se ratificar a sanção aplicada para que a punição injusta não constitue um argumento a favor da impunidade. (E) Quando todos revirmos o papel social que nos cabe e nos dispormos a exercê-lo de fato, nenhum caso de impunidade será tolerado. 09.(TRT 11ª região – Analista) Estamos vivendo uma época em que a bandeira da discriminação se apresenta em seu sentido mais positivo: trata-se de aplicar políticas afirmativas para promover aqueles que vêm sofrendo discriminações históricas. Mantém-se adequada correlação entre tempos e modos verbais com a substituição das formas sublinhadas no trecho acima, na ordem dada, por: (A) Estávamos - apresentava - tratava-se - vinham (B) Estaríamos - apresentara - tratava-se - viessem (C) Estaremos - apresente - tratar-se-ia - venham (D) Estávamos - apresentou - tratar-se-á - venham (E) Estaremos - apresentara - tratava-se - viessem 10.(FCC – APOF/SP) Está plenamente adequada a correlação entre tempos e modos verbais na seguinte frase: (A) É muito difícil que viesse a ocorrer uma reversão no sistema nacional de transportes, pela qual se possa reabilitar o prestígio que os trens já teriam alcançado. (B) Se ainda houvesse viagens de trem no Brasil, muitos não terão hesitado em optar por elas, em vez de continuarem a fazê-las por ônibus ou automóvel. (C) Ao contrário dos trens japoneses, que foram concebidos para atingir alta velocidade, os brasileiros assumiriam um ritmo que os executivos de Tóquio não houvessem de admitir. (D) Caso um trem apresentasse defeito, os passageiros não reclamariam, uma vez que aproveitariam o tempo de ócio para gastá-lo contemplando os bucólicos arredores. (E) A viagem lenta não impedia que os namorados iam antegozando o encontro com as amadas, certos de que elas os esperassem com a mesma paixão de sempre.
  3. 3. TRT/PE e TRT/RJ – REVISÃO DA MATÉRIA POR MEIO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES FCC Português Rodrigo Bezerra 3 Regências verbal e nominal 01.(FCC) Está correto o emprego de ambos os pronomes sublinhados na frase: (A) Não basta pensar na prevenção; exercer-lhe é o dever que nos compete. (B) Se a violência é indiscriminada, devemos repudiá-la, submetendo-a à execração pública. (C) Quem aceita a barbárie, legitima-lhe; quem lhe rejeita, pede a punição do responsável. (D) Diante das autoridades, devemos cobrá-las as providências para, nos casos de iminente violência, prevenir-lhes. (E) Se te prevines, não precisarás preocupar-se com as situações sem remédio. 02.(FCC – APOF/SP) A informalidade é instável, mas como muitos consideram a informalidade o único meio de sobreviver, tendem a atribuir à informalidade um caráter permanente, receando substituir a informalidade pelo risco de uma outra situação desconhecida. (A) consideram-lhe - atribuí-la - substituí-la (B) a consideram - atribuir-lhe - substituí-la (C) a consideram - atribuí-la - a substituir (D) lhe consideram - atribuir-lhe - substituir-lhe (E) consideram-na - atribuir a ela - lhe substituir 03.(TRT 11ª região – Analista) Está correto o emprego da expressão sublinhada em: (A) Os dicionários são muito úteis, sobretudo para bem discriminarmos o sentido das palavras em cujas resida alguma ambiguidade. (B) O texto faz menção ao famoso caso das cotas, pelas quais muitos se contrapuseram por considerá-las discriminatórias. (C) Por ocasião da defesa de políticas afirmativas, com as quais tantos aderiram, instaurou-se um caloroso debate público. (D) Um dicionário pode oferecer muitas surpresas, dessas em que não conta quem vê cada palavra como a expressão de um único sentido. (E) Esclarece-nos o texto as acepções da palavra discriminação, pela qual se expressam ações inteiramente divergentes. 04.(FCC – TRT 23ª região – Analista Judiciário) Se há iniciativa e astúcia na ação do homem injusto, não há iniciativa e astúcia no bom cidadão que, apesar de indignado, não confere à iniciativa e à astúcia o mesmo valor que o mau reconhece na iniciativa e na astúcia. (A) há elas - não as confere - reconhece nelas. (B) as há - não lhes confere - nelas reconhece. (C) as há - não confere-lhes - as reconhece. (D) há as mesmas - não lhes confere - reconhece-lhes. (E) há estas - não as confere - nelas reconhece. 05. (FCC – MPU Analista 2007) Em 1766 surge contra os vadios das Minas a primeira investida oficial de que se tem notícia. Considerado o contexto, uma outra redação para o segmento destacado acima, que está correta e que não prejudica o sentido original, é: (A) cuja existência se conhece. (B) da qual a notícia foi dada. (C) que a notícia foi veiculada. (D) na qual se tem o registro. (E) de que a notícia chegou até nós. 06.(FCC) É adequado o emprego de AMBAS as expressões sublinhadas na frase: (A) As fogueiras de que todos testemunhamos nos noticiários da TV constituem um sinal a quem ninguém pode ser insensível. (B) O encolhimento do Estado, ao qual muita gente foi complacente, abriu espaço para a lógica do mercado, de cuja frieza vem fazendo um sem- número de vítimas. (C) Com essa sua subserviência, pela qual muitos se insurgem, o Estado deixa de cumprir o papel social de que tantos estão contando. (D) As medidas repressivas de que o Estado vem se valendo em nada contribuem para o encaminhamento das soluções a que os desempregados aspiram. (E) Diante da pujança do Mercado europeu, de cuja poucos vêm desfrutando, os excluídos acendem fogueiras cujo o vigor fala por si só.
  4. 4. TRT/PE e TRT/RJ – REVISÃO DA MATÉRIA POR MEIO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES FCC Português Rodrigo Bezerra 4 07.(FCC – Fiscal de Rendas/SP) “... aquele monarca distante e invisível cujo poder Cortés representava.” Considerado do ponto de vista estritamente gramatical, o segmento acima mantém a correção se a forma verbal representava for substituída por: (A) se apoiava. (B) contestava. (C) se curvava. (D) desconfiava. (E) fazia frente. 08.(FCC) A frase em que a regência está totalmente de acordo com o padrão culto é: (A) Esperavam encontrar todos os documentos que os estudiosos se apoiaram para descrever a viagem de Colombo. (B) Estavam cientes de que teriam muito a fazer para conseguir os registros de que dependiam. (C) Encontraram-se referências à coerção que marinheiros mais experientes faziam contra os mais novos que trabalhassem mais arduamente. (D) Foram informados que esboços da inóspita região circundada com imensas pedras podiam ser consultados. (E) Havia registro de uma insatisfação em que os insurretos às atitudes arbitrárias de um navegante foram impedidos de lhe inquirir. 09.(FCC) Está correto o emprego de ambos os elementos sublinhados na frase: (A) Essa tendência obsessiva, cujo o preço é alto, consome muito dinheiro, além de inspirar um tipo de comportamento que o ridículo é freqüente. (B) Essa obsessão é uma prática a que ninguém deveria se orgulhar, embora haja cada vez mais gente que dela se submeta. (C) É a frase de uma época onde os valores tendiam ao equilíbrio e à permanência, ao contrário da nossa, onde tudo é transitório. (D) Custam caro esses produtos e serviços, de cujos dependem os que vivem obcecados ao compromisso de atingirem a perfeição da forma física. (E) O quadro em que o valor da atividade intelectual se encontra em declínio é o mesmo em cujos estreitos limites impera a exaltação absoluta do corpo. 10.(FCC) Está correto o emprego de ambas as expressões sublinhadas na frase: (A) A consciência humana, em cuja é difícil se fixar um valor moral, é levada a estabelecer um conceito de justiça do qual os homens pudessem se satisfazer. (B) A consciência humana, à qual cabe discernir os valores essenciais, esbarra na definição de justiça, conceito a que faltam precisão e rigor. (C) As leis do direito, nas quais geram tantas controvérsias, são os instrumentos em que dispomos para tentar regular nossas ações. (D) Não falta aos juristas, a quem contamos para a proposição de leis, conhecimento técnico – que não é, todavia, suficiente para estabelecer o consenso de que aspiramos. (E) Para Hans Kelsen, de onde se citam algumas idéias, a “felicidade da justiça” é uma expressão em cuja os homens deveriam buscar inspiração. 11.(FCC – TRT 23ª região – Analista Judiciário) Está adequado o emprego do elemento sublinhado na frase: (A) A resignação diante dos descalabros é uma reação de cujos efeitos só trazem benefícios aos maus cidadãos. (B) A firme reação dos justos será uma surpresa de que os desonestos jamais estarão preparados. (C) A desonestidade e o egoísmo são defeitos de cujos nenhum contraventor se envergonha. (D) Os princípios de dignidades aos quais o homem honesto vê uma prioridade devem transformar-se em ação. (E) A inação dos justos é uma condição com que contam os desonestos para continuar operando. 12.(FCC – APOF/SP) As expressões de que e por que preenchem corretamente, nessa ordem, as lacunas da frase: (A) As revoluções ................... essas fotos constituem um notável depoimento acarretam traumas ........................ ninguém quer passar.
  5. 5. TRT/PE e TRT/RJ – REVISÃO DA MATÉRIA POR MEIO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES FCC Português Rodrigo Bezerra 5 (B) O livro ............... Michel Löwy organizou constitui um painel admirável, ............... as fotos são contundentes. (C) O livro Revoluções, ................ se informa no texto, ficou famoso ................. apresenta imagens fortes e surpreendentes. (D) O batido clichê .................. se refere o texto não explica o fato .................... ficou tão famoso o livro de Michel Löwy. (E) As revoluções dos séculos XIX e XX, .................. tanto já se escreveu, estão documentadas em fotos ...................... muita gente se admirará.

×