Xilema

3.341 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.341
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
38
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Xilema

  1. 1. Sistema Vascular Floema Para dentro Formado pelo Xilema e Floema: Célula do câmbio Ambos são tecidos complexos; Para fora Características de plantas superiores; Xilema Encarregados de transporte de água e 1 Parênquima - liber outras substâncias: 2 Fibra liber Xilema água e sais minerais; 3 Célula-mãe dos tubos crivados Floema água junto com fotoassimilados; 4 Tubo crivado com célula anexa Origem: 5 Parenquima lenhoso Tecidos primários procâmbio 6 Fibra lenhosa 7 Traqueídeo pontoado Tecidos secundários câmbio vascular: 8 Traqueídeo anelar 9 Traqueídeo espiralado 10 Traqueídeo pontoado Xilema XilemaAtividade do Procâmbio ou Câmbio Vascular Derivado de xilos madeira; Elementos traqueais condução de água e Forma a parte dura da madeira; Macroscopicamente é mais visível que o Floema; substâncias nela dissolvidas: Origem: Elementos de vasos; Xilema primário (proto e metaxilema) derivados do Traqueídes; procâmbio; Xilema secundário derivado do câmbio vascular - Elementos não vasculares: somente quando existe crescimento secundário; Células parenquimáticas reserva e translocação de Função: substâncias ; Transporte de água e das substâncias dissolvidas Fibras esclerenquimáticas (fibras do xilema) nela desde a raiz até o resto da planta; sustentação e, às vezes, reserva (fibras septadas) 1
  2. 2. Xilema elementos de vaso Xilema elementos de vasosElementos de vaso; Tipos de elementos de vasos segundo o encontrados somente em angiospermas (mono e engrossamento da parede; dicotiledôneas); No xilema primário: as demais plantas tem traqueídes; anulares: engrossamento em anel; Características: curtos e largos, perfurados na extremidade, em geral com espiralado: engrossamento em espiral; contorno arredondado e sem extremidade afilada. No xilema secundário: Função: reticulados: forma de rede; condução e sustentação; pontoadas: engrossamento por inteiro com Tamanho variado: presença de pontoações (simples ou areoladas 10 cm de comprimento e 0,1 mm de espessura; elemento pontoado); podem chegar a medir até 5 m e 0,7 mm de espessura. escalariforme: com pontoações mais largas (em escada); 1 - Anelar 1 Células do parênquima 2 - Espiralada 2 Mixta escalariforme 3 - Dupla-espiralada 3 Reticulada 1 2 3 1 2 3 2
  3. 3. Xilema elementos de vasos Perfurações: Áreas que não apresentam parede primária e secundária; Orifícios na parede celular paredes terminais (tb nas laterais); Região da parede que porta a perfuração PLACA DE PERFURAÇÃO Tipos de Placas de Perfurações: simples uma perfuração única e grande, resultado da fusão de muitas perfurações pequenas normalmente horizontal; composta várias perfurações - normalmente oblíquas; escalariformes; reticuladas; foraminadas. União das placas de perfuração - VASOS Xilema traqueídes Características: células alongadas, estreitas, imperfuradas com extremidades afiladas e aspecto poligonal (em corte transversal); parede secundárias lignificadas; tipo de célula mais primitivo que o elemento de vaso; parede primária das paredes laterais formam engrossamentos do tipo: anelar, espiralado, pontuado e escalariforme; principal elemento condutor da maioria das pteridófitas e gimnosperma ocorre tanto no xilema primário quanto no secundário. Funções:A - Perfuração simples B - Perfuração escalariforme Placa de perfuração madura de um elemento condução e sustentação. de vaso de uma angiosperma Perfuração escalariforme e atrás reticulado 3
  4. 4. Xilema parênquimaAssociadas aos elementos de condução doxilema principalmente angiospermas; Proporcionam solutos aos elementos condutores (aa, hormônios, sais minerais) Algumas armazenam substâncias de reserva (amido). Podem ter ou não cloroplastos;As paredes podem lignificar e apresentarpontoações simples;Xilema secundário parênquima radial e axial; Diferem fundamentalmente na orientação de suas células e na origem.As tílides são projeções parenquimáticas dentrodos elementos condutores. Xilema fibras Diferenças entre o Xilema 1ário e 2árioCélulas esclerenquimáticas; Células longas, parede secundária (geralmente lignificadas); Xilema primário Varia de espessura; Se origina do procâmbio no início da diferenciação dos Pontoações simples ou areoladas; Simples fibras libriformes; caules, raízes e folhas; Areoladas fibrotraqueídes; O primeiro a aparecer é o METAXILEMA e mais tarde o Elementos de sustentação dos tecidos vasculares; PROTOXILEMA;Parecidos com os traqueídes, porém são mais largas e possuem METAXILEMA apresenta poucos elementos traqueaisparedes mais grossas; (anelares, espiralado e anelo-espiralares) e muito parênquima; Parecem ter evoluído das traqueídes.Fibras septadas fibras que se desenvolveram depois da parede Além dos elementos traqueais possui células do parênquimasecundária já formada células divididas em compartimentos; e fibras;Fibras gelatinosas ocorre na região do xilema secundário que se Tecido funcional enquanto crescimento primário;desenvolve sob pressão (lenho de reação) ; PROTOXILEMA muito mais tardio. Contém um número maior apresentam paredes pouco lignificadas. de elementos de vasos, que são mais grossas e lignificadasDerivam do procâmbio e câmbio vascular. (com engrossamentos helicoidais, reticulares e pontoados). 4
  5. 5. TIPOS DO XILEMA 1ario A xilema corte transversal 1 elemento de vaso anelar B xilema corte longitudinal 2 parênquima lenhoso 1 protoxilema 3 elementos de vasos helicoidais 2 metaxilema 3 espiralado 4 anelar 5 escalariforme 6 pontoado 1 2 3 Diferenças entre o Xilema 1ário e 2ário Diferenças entre o Xilema 1ário e 2ário Xilema secundárioXilema primário Deriva do câmbio vascular; TIPOS (de acordo com sua localização): Dois tipos: sistema vertical ou axial derivado das células iniciais exarco os vasos do centro do órgão se diferenciam primeiro, fusiformes; sistema horizontal ou radiomedular derivado das células (raízes de todas as plantas vasculares); iniciais radiais; endarco os vasos mais internos se diferenciam primeiro, Anualmente o câmbio produz novas células (caules das plantas superiores); xilemáticas e floemáticas; Anéis de crescimento as diferenças do volume dos mesarco os vasos centrais se diferenciam e logo cresce em elementos vasculares formados na primavera (mais círculos (em folhas de plantas superiores e caules de plantas grossos) e no outono (mais finos), determinam a imagem dos anéis do crescimento anuais. inferiores). 5
  6. 6. Suber Floema secundário Xilema secundário (3 ano) Xilema secundário (2 ano)A 1 ano de idade Xilema secundário (1 ano)B 2 anos de idade Xilema primário Parênquima medularC 3 anos de idade Parênquima cortical Raio medular 6
  7. 7. This document was created with Win2PDF available at http://www.daneprairie.com.The unregistered version of Win2PDF is for evaluation or non-commercial use only.

×