B7 obtenção de matéria pelos seres heterotróficos - parte ii

909 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
909
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
60
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

B7 obtenção de matéria pelos seres heterotróficos - parte ii

  1. 1. 2 Permeabilidade seletivaO transporte depende de :• Dimensão• Carga elétrica do composto• Solubilidade do composto Nuno Correia 11/12
  2. 2. 3 Nuno Correia 11/12
  3. 3. 4A membrana é permeável à água Nuno Correia 11/12
  4. 4. 5Movimentação de água Nuno Correia 11/12
  5. 5. 6 Vacúolo ContrátilResponsáveis pela osmorregulação, isto é, pela regulação do equilíbrio hidríco dacélula.Como estes organismos vivem na água doce, há tendência para a água entrar nacélula por osmose. O excesso de água é drenado para as vesículas do vacúolocontrátil que, por contração, a expelem para o exterior através de um poro excretor. Nuno Correia 11/12
  6. 6. 7Dispositivo experimental Nuno Correia 11/12
  7. 7. 8 Nuno Correia 11/12
  8. 8. 9 Pressão osmótica Pressão necessária paracontrabalançar a tendência da água para se mover,através de uma membrana seletivamente permeável, da região onde há maior quantidade de moléculasde água para a região onde há menor quantidade de moléculas de água. Nuno Correia 11/12
  9. 9. 10 Meio hipotónico Meio em que existe uma baixaconcentração de soluto. Nuno Correia 11/12
  10. 10. 11 HipertónicaCorresponde a ummeio em que existe uma elevada concentração de soluto Nuno Correia 11/12
  11. 11. 12Aquaporinas Nuno Correia 11/12
  12. 12. 13 Osmose Movimento da água pordifusão, de um meio comelevada concentração de água para um meio com menor concentração de água. A favor do gradiente de concentração (+  -) Nuno Correia 11/12
  13. 13. 14 TurgescênciaAumento de volumecelular ocorrido pela entrada de água. Nuno Correia 11/12
  14. 14. 15 Pressão de turgescênciaCorresponde à pressão que o conteúdo celular exerce sobre as paredes celulares, quando a célula fica túrgida após a entrada de água http://lsvr12.kanti-frauenfeld.ch/KOJ/Java/Osmosis.html Nuno Correia 11/12
  15. 15. 16Velocidade osmótica Nuno Correia 11/12
  16. 16. 17Movimento de água em células animais Nuno Correia 11/12
  17. 17. 18Conclusão Nuno Correia 11/12
  18. 18. 19 Difusão simplesA água não é a única substância que se movimenta através da membrana celular. Nuno Correia 11/12
  19. 19. 20 Nuno Correia 11/12
  20. 20. 21 Difusão simples As moléculas movimentam-se do meio onde a sua concentraçãoé mais elevada para o meio onde a sua concentração é mais baixa. Nuno Correia 11/12
  21. 21. 22Outros compostos atravessam a membrana por difusão simples Nuno Correia 11/12
  22. 22. 23Difusão simples A sua ocorrência não acarreta gastos de energia por parte da célula. Nuno Correia 11/12
  23. 23. 24 As células de nosso corpo são banhadas por um líquido isotónico proveniente do sangue, que contém água, gásoxigénio, glícidos (principalmente glicose), aminoácidos, iões e diversas outras substâncias. Nuno Correia 11/12
  24. 24. 25Difusão facilitada Nuno Correia 11/12
  25. 25. 26Difusão Facilitada Um elevado número de moléculas polares de dimensões consideráveis, atravessam a membrana celular a favor do gradiente de concentração, mas a uma velocidade superior à esperada, se o fizessem por difusão simples. Nuno Correia 11/12
  26. 26. 27Taxas de difusão Nuno Correia 11/12
  27. 27. 28 Nuno Correia 11/12
  28. 28. 29 Permeases A difusão facilitada deve-se à existência de proteínas transportadoras na membrana, que promovem a passagemdestas moléculas. As proteínas são específicas para cada tipo de substância e denominam-se permeases. Nuno Correia 11/12
  29. 29. 30Difusão facilitada Nuno Correia 11/12
  30. 30. 31 Transporte ActivoTransporte de solutos através de membranas contra o gradiente de concentração.Implica consumo de energia. Nuno Correia 11/12
  31. 31. 32O transporte de compostos contra o gradiente de concentração ecom gastos de energia é efectuado por proteínas designadas porbombas. ATPase Nuno Correia 11/12
  32. 32. 33Bomba de Sódio Nuno Correia 11/12
  33. 33. 34 Nuno Correia 11/12
  34. 34. 35 Nuno Correia 11/12
  35. 35. 36 Nuno Correia 11/12
  36. 36. 37 Nuno Correia 11/12
  37. 37. 38 Nuno Correia 11/12
  38. 38. 39 Nuno Correia 11/12
  39. 39. 40 Nuno Correia 11/12
  40. 40. 41 Nuno Correia 11/12
  41. 41. 42 Nuno Correia 11/12
  42. 42. 43Nuno Correia 11/12

×