Ditadura militar

1.273 visualizações

Publicada em

Alguns aspectos relevantes do período da Ditadura Militar no Brasil.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.273
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
618
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ditadura militar

  1. 1. Ditadura Militar Professora: Maria Elizabeth http://3001ditaduramilitarnobrasil.blogspot.com.br/
  2. 2. DITADURA MILITAR
  3. 3. DITADURA MILITAR • • • • • • • Atos Institucionais; Censura à imprensa Repressão SNI Tortura “ Milagre Econômico” Protestos da população civil
  4. 4. CATELLO BRANCO
  5. 5. CASTELO BRANCO • • • • • • • Fim da estabilidade no emprego; Criação do FGTS Fechamento da UNE Atos institucionais; 1,2,3 e4 Favorecimento do capital estrangeiro Fim do pluripartidarismo Bipartidarismo: ARENA x MDB
  6. 6. BIPARTIDARISMO
  7. 7. Costa e Silva
  8. 8. COSTA E SILVA • • • • • • • • A I -5 Aumento da repressão Aumento das contestações ao regime Greves Passeata dos cem mil Atuação do CCC ( comando de caça aos comunistas) Mackenzie x USP Teatro e cinema de contestação
  9. 9. Médici
  10. 10. GARRASTAZU MÉDICI • • • • • • • • Anos de chumbo; “ Milagre econômico” ; Guerrilhas; Mais torturas; Uso e abuso da propaganda; “ Brasil: ame-o ou deixe-o Ninguém segura este país Rede Globo: manutenção e defesa da ditadura.
  11. 11. Guerrilhas Guerrilha do Araguaia foi um movimento guerrilheiro existente na região amazônica brasileira, ao longo do rio Araguaia, entre fins da década de 1960 e a primeira metade da década de 1970. Criada pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB), tinha por objetivo fomentar uma revolução socialista, a ser iniciada no campo, baseada nas experiências vitoriosas da Revolução Cubana e da Revolução Chinesa. http://pt.wikipedia.org/wiki/Guerrilha_do_Arag
  12. 12. Médici "Sinto-me feliz, todas as noites, quando ligo a televisão para assistir ao jornal. Enquanto as notícias dão conta de greves, agitações, atentados e conflitos em várias partes do mundo, o Brasil marcha em paz, rumo ao desenvolvimento. É como se eu tomasse um tranqüilizante, após um dia de trabalho". Presidente Emílio Garrastazu Média, 22/03/1973.
  13. 13. Obras faraônicas
  14. 14. E agora, José? A festa acabou, a luz apagou, o povo sumiu, a noite esfriou, e agora, José ?
  15. 15. Ernesto Geisel
  16. 16. ERNESTO GEISEL • • • • • • • • “ Abertura lenta, gradual e segura” Pacote de Abril Extensão do mandato de presidente Lei Falcão Senadores biônicos Extinção do AI 5 Morte de Herzog e Manoel Fiel Filho Novo sindicalismo
  17. 17. NOVO SINDICALISMO
  18. 18. João Batista Figueiredo
  19. 19. João Batista Figueiredo • • • • • • • Anistia política; Volta ao pluripartidarismo; 1982: eleições diretas para governadores; Inflação; Desemprego; Aumento da dívida externa; Campanha das Diretas-já
  20. 20. ELEIÇÃO INDIRETA

×