SlideShare uma empresa Scribd logo

Trabalho_Transformaçao Materiais.pptx

Trabalho_Transformaçao Materiais.pptx

1 de 12
Baixar para ler offline
A Transformação
dos Materiais
Origem dos
materiais
Os materiais que utilizamos com mais
frequência são materiais que o homem
encontrou na natureza e que foi aprendendo a
transformar e utilizar. Outros foram
inventados, e por essa razão dizemos que são
artificiais.
PAPEL A matéria-prima cuja transformação dá origem ao
papel é a madeira das árvores. A madeira dos
eucaliptos é a mais utilizada para a produção de
papel. Também se pode fazer papel, usando como
matéria-prima o papel já usado. Esta forma de
produção, a reciclagem, favorece o equilíbrio do
meio ambiente, porque evita o abate de árvores,
que tanta importância para a qualidade do ar.
Tanto uma como outra, são indústrias poluentes
que consomem grandes quantidades de água.
Transformação
Os troncos de madeira, depois de descascados, são triturados
em pedaços. Depois a madeira é moída até se desfazer
completamente e se transformar numa pasta de celulose. A
pasta é depois submetida a um processo de branqueamento
até ficar pronta para a produção de papel. Finalmente passa a
alta velocidade, por rolos aquecidos, formando as folhas de
papel que secam por esse processo. Transformação Os troncos
de madeira, depois de descascados, são triturados em pedaços.
Depois a madeira é moída até se desfazer completamente e se
transformar numa pasta de celulose. A pasta é depois
submetida a um processo de branqueamento até ficar pronta
para a produção de papel. Finalmente passa a alta velocidade,
por rolos aquecidos, formando as folhas de papel que secam
por esse processo.
ARGILA A argila é uma rocha que é extraída do solo.
Por isso é de origem mineral. Podem ser de
várias cores, de acordo com a constituição dos
solos de onde são extraídas. Podem ser
acinzentadas, amareladas ou avermelhadas.
Transformação
Ao local de extração da argila chama-se
barreiro. O barro pode ser encontrado à
superfície ou em camadas mais profundas. Após
a extração, passa por três fases de
transformação. A primeira é a desagregação,
que consiste em partir os torrões da terra,
transformando-os em pequenos pedaços de
tamanho mais ou menos igual. A segunda fase é
a da limpeza, que é passar a argila desagregada
por uma peneira ou crivo, para separar pedras,
areias grossas e outras impurezas. Depois inicia-
se a lavagem barro amolece na água durante
vários dias, sendo mexida frequentemente. A
operação fica concluída quando a mistura passa
por uma rede e são extraídas impurezas mais
finas. Quando a água evapora, está pronta para
ser trabalhada.

Recomendados

Materiais APRESENTAÇÃO.pptx
Materiais APRESENTAÇÃO.pptxMateriais APRESENTAÇÃO.pptx
Materiais APRESENTAÇÃO.pptxNunoBarros44
 
Apresentação horta
Apresentação hortaApresentação horta
Apresentação hortaCarlaensino
 
Recursos Naturais UtilizaçAo E ConsequêNcias
Recursos  Naturais  UtilizaçAo  E  ConsequêNciasRecursos  Naturais  UtilizaçAo  E  ConsequêNcias
Recursos Naturais UtilizaçAo E ConsequêNciasguest69ca1e7
 
Materiais e tecnologia têxtil III
Materiais e tecnologia têxtil IIIMateriais e tecnologia têxtil III
Materiais e tecnologia têxtil IIIFernanda
 

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Trabalho_Transformaçao Materiais.pptx

Como se forma o papel
Como se forma o papelComo se forma o papel
Como se forma o papel123Carmo
 
Apostila Orquídeas
Apostila OrquídeasApostila Orquídeas
Apostila OrquídeasPupi Crystel
 
Capítulo 04 a estrutura da terra
Capítulo 04   a estrutura da terraCapítulo 04   a estrutura da terra
Capítulo 04 a estrutura da terraIgor Brant
 
Apresentação: empresa celulose e papel pappercut
Apresentação:   empresa celulose  e papel pappercutApresentação:   empresa celulose  e papel pappercut
Apresentação: empresa celulose e papel pappercutKarina Miranda
 
Aula3 materiais
Aula3 materiaisAula3 materiais
Aula3 materiaisTiago Cruz
 

Semelhante a Trabalho_Transformaçao Materiais.pptx (8)

Como se forma o papel
Como se forma o papelComo se forma o papel
Como se forma o papel
 
Powerpointsolo(2)
Powerpointsolo(2)Powerpointsolo(2)
Powerpointsolo(2)
 
Papermaking pt
Papermaking ptPapermaking pt
Papermaking pt
 
Sobreiro
SobreiroSobreiro
Sobreiro
 
Apostila Orquídeas
Apostila OrquídeasApostila Orquídeas
Apostila Orquídeas
 
Capítulo 04 a estrutura da terra
Capítulo 04   a estrutura da terraCapítulo 04   a estrutura da terra
Capítulo 04 a estrutura da terra
 
Apresentação: empresa celulose e papel pappercut
Apresentação:   empresa celulose  e papel pappercutApresentação:   empresa celulose  e papel pappercut
Apresentação: empresa celulose e papel pappercut
 
Aula3 materiais
Aula3 materiaisAula3 materiais
Aula3 materiais
 

Mais de CristinaCarvalho717285

167746394-Slides-Deserto.................
167746394-Slides-Deserto.................167746394-Slides-Deserto.................
167746394-Slides-Deserto.................CristinaCarvalho717285
 
Biomas das zonas quentes,,,,,,,,,,,,,,,,
Biomas das zonas quentes,,,,,,,,,,,,,,,,Biomas das zonas quentes,,,,,,,,,,,,,,,,
Biomas das zonas quentes,,,,,,,,,,,,,,,,CristinaCarvalho717285
 
Biomas das zonas quentes.......................
Biomas das zonas quentes.......................Biomas das zonas quentes.......................
Biomas das zonas quentes.......................CristinaCarvalho717285
 
Ensino Diferenciado - Testes de Avaliação.pdf
Ensino Diferenciado - Testes de Avaliação.pdfEnsino Diferenciado - Testes de Avaliação.pdf
Ensino Diferenciado - Testes de Avaliação.pdfCristinaCarvalho717285
 
Ideias para trabalho interdisciplinar - 7º ano.pdf
Ideias para trabalho interdisciplinar - 7º ano.pdfIdeias para trabalho interdisciplinar - 7º ano.pdf
Ideias para trabalho interdisciplinar - 7º ano.pdfCristinaCarvalho717285
 
Ideias para trabalho interdisciplinar - 7º ano (1).pdf
Ideias para trabalho interdisciplinar - 7º ano (1).pdfIdeias para trabalho interdisciplinar - 7º ano (1).pdf
Ideias para trabalho interdisciplinar - 7º ano (1).pdfCristinaCarvalho717285
 
A representação na amada na lírica de Camões.pptx
A representação na amada na lírica de Camões.pptxA representação na amada na lírica de Camões.pptx
A representação na amada na lírica de Camões.pptxCristinaCarvalho717285
 
Reflexão_Direitos Humanos_Duarte.pptx
Reflexão_Direitos Humanos_Duarte.pptxReflexão_Direitos Humanos_Duarte.pptx
Reflexão_Direitos Humanos_Duarte.pptxCristinaCarvalho717285
 

Mais de CristinaCarvalho717285 (19)

167746394-Slides-Deserto.................
167746394-Slides-Deserto.................167746394-Slides-Deserto.................
167746394-Slides-Deserto.................
 
Biomas das zonas quentes,,,,,,,,,,,,,,,,
Biomas das zonas quentes,,,,,,,,,,,,,,,,Biomas das zonas quentes,,,,,,,,,,,,,,,,
Biomas das zonas quentes,,,,,,,,,,,,,,,,
 
Biomas das zonas quentes.......................
Biomas das zonas quentes.......................Biomas das zonas quentes.......................
Biomas das zonas quentes.......................
 
Ácidos e bases.pptx
Ácidos e bases.pptxÁcidos e bases.pptx
Ácidos e bases.pptx
 
catequista.pptx
catequista.pptxcatequista.pptx
catequista.pptx
 
Dossiê do Professor (3).pdf
Dossiê do Professor (3).pdfDossiê do Professor (3).pdf
Dossiê do Professor (3).pdf
 
Teacher's Resource File (1).pdf
Teacher's Resource File (1).pdfTeacher's Resource File (1).pdf
Teacher's Resource File (1).pdf
 
Mon 1er Collimage en Français.pdf
Mon 1er Collimage en Français.pdfMon 1er Collimage en Français.pdf
Mon 1er Collimage en Français.pdf
 
Dossiê do Professor.pdf
Dossiê do Professor.pdfDossiê do Professor.pdf
Dossiê do Professor.pdf
 
Dossiê do Professor (2).pdf
Dossiê do Professor (2).pdfDossiê do Professor (2).pdf
Dossiê do Professor (2).pdf
 
Dossiê do Professor (1).pdf
Dossiê do Professor (1).pdfDossiê do Professor (1).pdf
Dossiê do Professor (1).pdf
 
Ensino Diferenciado - Testes de Avaliação.pdf
Ensino Diferenciado - Testes de Avaliação.pdfEnsino Diferenciado - Testes de Avaliação.pdf
Ensino Diferenciado - Testes de Avaliação.pdf
 
Ideias para trabalho interdisciplinar - 7º ano.pdf
Ideias para trabalho interdisciplinar - 7º ano.pdfIdeias para trabalho interdisciplinar - 7º ano.pdf
Ideias para trabalho interdisciplinar - 7º ano.pdf
 
Testes e Fichas.pdf
Testes e Fichas.pdfTestes e Fichas.pdf
Testes e Fichas.pdf
 
Ideias para trabalho interdisciplinar - 7º ano (1).pdf
Ideias para trabalho interdisciplinar - 7º ano (1).pdfIdeias para trabalho interdisciplinar - 7º ano (1).pdf
Ideias para trabalho interdisciplinar - 7º ano (1).pdf
 
A representação na amada na lírica de Camões.pptx
A representação na amada na lírica de Camões.pptxA representação na amada na lírica de Camões.pptx
A representação na amada na lírica de Camões.pptx
 
Reflexão_Direitos Humanos_Sofia.pptx
Reflexão_Direitos Humanos_Sofia.pptxReflexão_Direitos Humanos_Sofia.pptx
Reflexão_Direitos Humanos_Sofia.pptx
 
Reflexão_Direitos Humanos_Clara.pptx
Reflexão_Direitos Humanos_Clara.pptxReflexão_Direitos Humanos_Clara.pptx
Reflexão_Direitos Humanos_Clara.pptx
 
Reflexão_Direitos Humanos_Duarte.pptx
Reflexão_Direitos Humanos_Duarte.pptxReflexão_Direitos Humanos_Duarte.pptx
Reflexão_Direitos Humanos_Duarte.pptx
 

Último

Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...
Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...
Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...mariaclarinhaa2723
 
vvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv
vvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv
vvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvRenandantas16
 
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS II - 51 2024.docx
(43)98816 5388 ASSESSORIA  MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS II - 51 2024.docx(43)98816 5388 ASSESSORIA  MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS II - 51 2024.docx
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS II - 51 2024.docxdaimonkonicz6
 
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...AcademicaDlaUnicesum
 
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - VIBRAÇÕES MECÂNICAS E ACÚSTICAS - 51 2024.docx
(43)98816 5388 ASSESSORIA  MAPA - VIBRAÇÕES MECÂNICAS E ACÚSTICAS - 51 2024.docx(43)98816 5388 ASSESSORIA  MAPA - VIBRAÇÕES MECÂNICAS E ACÚSTICAS - 51 2024.docx
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - VIBRAÇÕES MECÂNICAS E ACÚSTICAS - 51 2024.docxdaimonkonicz6
 
Comente sobre a importância da análise da margem de contribuição para maximiz...
Comente sobre a importância da análise da margem de contribuição para maximiz...Comente sobre a importância da análise da margem de contribuição para maximiz...
Comente sobre a importância da análise da margem de contribuição para maximiz...Unicesumar
 
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 51 2024.docx
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 51 2024.docx(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 51 2024.docx
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 51 2024.docxdaimonkonicz6
 
Considerando a importância da gestão de riscos no cenário empresarial brasile...
Considerando a importância da gestão de riscos no cenário empresarial brasile...Considerando a importância da gestão de riscos no cenário empresarial brasile...
Considerando a importância da gestão de riscos no cenário empresarial brasile...AaAssessoriadll
 
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS I - 51 2024.docx
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS I - 51 2024.docx(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS I - 51 2024.docx
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS I - 51 2024.docxdaimonkonicz6
 
Química Geral - Aula 1 - Introdução.pdf
Química Geral - Aula 1 - Introdução.pdfQuímica Geral - Aula 1 - Introdução.pdf
Química Geral - Aula 1 - Introdução.pdfphvs120
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...AaAssessoriadll
 
Artigo científico Cassio Kazedani Zakabi.pdf
Artigo científico Cassio Kazedani Zakabi.pdfArtigo científico Cassio Kazedani Zakabi.pdf
Artigo científico Cassio Kazedani Zakabi.pdfCassioZakabi
 
75172524-rolamentos-especificacao-falhas.ppt
75172524-rolamentos-especificacao-falhas.ppt75172524-rolamentos-especificacao-falhas.ppt
75172524-rolamentos-especificacao-falhas.pptJefersonCavalcante10
 
O DESAFIO DE ENGAJAR FUNCIONÁRIOS NA PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO Qual ...
O DESAFIO DE ENGAJAR FUNCIONÁRIOS NA PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO Qual ...O DESAFIO DE ENGAJAR FUNCIONÁRIOS NA PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO Qual ...
O DESAFIO DE ENGAJAR FUNCIONÁRIOS NA PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO Qual ...AcademicaDlaUnicesum
 
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51 20...
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51 20...(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51 20...
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51 20...daimonkonicz6
 
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - ACIONAMENTOS ELÉTRICOS - 51 2024.docx
(43)98816 5388 ASSESSORIA  MAPA - ACIONAMENTOS ELÉTRICOS - 51 2024.docx(43)98816 5388 ASSESSORIA  MAPA - ACIONAMENTOS ELÉTRICOS - 51 2024.docx
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - ACIONAMENTOS ELÉTRICOS - 51 2024.docxdaimonkonicz6
 
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA ECIV - MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 2024 5...
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA ECIV - MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 2024 5...(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA ECIV - MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 2024 5...
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA ECIV - MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 2024 5...daimonkonicz6
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024ptadanip
 
MAPA - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 51/2024
MAPA - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 51/2024MAPA - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 51/2024
MAPA - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 51/2024Unicesumar
 
A atividade proposta corresponde a Atividade de Estudo 1 UM BREVE RESUMO SOBR...
A atividade proposta corresponde a Atividade de Estudo 1 UM BREVE RESUMO SOBR...A atividade proposta corresponde a Atividade de Estudo 1 UM BREVE RESUMO SOBR...
A atividade proposta corresponde a Atividade de Estudo 1 UM BREVE RESUMO SOBR...leitev350
 

Último (20)

Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...
Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...
Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...
 
vvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv
vvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv
vvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv
 
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS II - 51 2024.docx
(43)98816 5388 ASSESSORIA  MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS II - 51 2024.docx(43)98816 5388 ASSESSORIA  MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS II - 51 2024.docx
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS II - 51 2024.docx
 
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...
 
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - VIBRAÇÕES MECÂNICAS E ACÚSTICAS - 51 2024.docx
(43)98816 5388 ASSESSORIA  MAPA - VIBRAÇÕES MECÂNICAS E ACÚSTICAS - 51 2024.docx(43)98816 5388 ASSESSORIA  MAPA - VIBRAÇÕES MECÂNICAS E ACÚSTICAS - 51 2024.docx
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - VIBRAÇÕES MECÂNICAS E ACÚSTICAS - 51 2024.docx
 
Comente sobre a importância da análise da margem de contribuição para maximiz...
Comente sobre a importância da análise da margem de contribuição para maximiz...Comente sobre a importância da análise da margem de contribuição para maximiz...
Comente sobre a importância da análise da margem de contribuição para maximiz...
 
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 51 2024.docx
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 51 2024.docx(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 51 2024.docx
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL I - 51 2024.docx
 
Considerando a importância da gestão de riscos no cenário empresarial brasile...
Considerando a importância da gestão de riscos no cenário empresarial brasile...Considerando a importância da gestão de riscos no cenário empresarial brasile...
Considerando a importância da gestão de riscos no cenário empresarial brasile...
 
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS I - 51 2024.docx
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS I - 51 2024.docx(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS I - 51 2024.docx
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA - TEORIA DAS ESTRUTURAS I - 51 2024.docx
 
Química Geral - Aula 1 - Introdução.pdf
Química Geral - Aula 1 - Introdução.pdfQuímica Geral - Aula 1 - Introdução.pdf
Química Geral - Aula 1 - Introdução.pdf
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
Artigo científico Cassio Kazedani Zakabi.pdf
Artigo científico Cassio Kazedani Zakabi.pdfArtigo científico Cassio Kazedani Zakabi.pdf
Artigo científico Cassio Kazedani Zakabi.pdf
 
75172524-rolamentos-especificacao-falhas.ppt
75172524-rolamentos-especificacao-falhas.ppt75172524-rolamentos-especificacao-falhas.ppt
75172524-rolamentos-especificacao-falhas.ppt
 
O DESAFIO DE ENGAJAR FUNCIONÁRIOS NA PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO Qual ...
O DESAFIO DE ENGAJAR FUNCIONÁRIOS NA PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO Qual ...O DESAFIO DE ENGAJAR FUNCIONÁRIOS NA PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO Qual ...
O DESAFIO DE ENGAJAR FUNCIONÁRIOS NA PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO Qual ...
 
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51 20...
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51 20...(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51 20...
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51 20...
 
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - ACIONAMENTOS ELÉTRICOS - 51 2024.docx
(43)98816 5388 ASSESSORIA  MAPA - ACIONAMENTOS ELÉTRICOS - 51 2024.docx(43)98816 5388 ASSESSORIA  MAPA - ACIONAMENTOS ELÉTRICOS - 51 2024.docx
(43)98816 5388 ASSESSORIA MAPA - ACIONAMENTOS ELÉTRICOS - 51 2024.docx
 
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA ECIV - MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 2024 5...
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA ECIV - MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 2024 5...(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA ECIV - MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 2024 5...
(43)99668 6495 ASSESSORIA MAPA ECIV - MAPA - INTRODUÇÃO À ENGENHARIA - 2024 5...
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
 
MAPA - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 51/2024
MAPA - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 51/2024MAPA - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 51/2024
MAPA - CCONT - ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA - 51/2024
 
A atividade proposta corresponde a Atividade de Estudo 1 UM BREVE RESUMO SOBR...
A atividade proposta corresponde a Atividade de Estudo 1 UM BREVE RESUMO SOBR...A atividade proposta corresponde a Atividade de Estudo 1 UM BREVE RESUMO SOBR...
A atividade proposta corresponde a Atividade de Estudo 1 UM BREVE RESUMO SOBR...
 

Trabalho_Transformaçao Materiais.pptx

  • 2. Origem dos materiais Os materiais que utilizamos com mais frequência são materiais que o homem encontrou na natureza e que foi aprendendo a transformar e utilizar. Outros foram inventados, e por essa razão dizemos que são artificiais.
  • 3. PAPEL A matéria-prima cuja transformação dá origem ao papel é a madeira das árvores. A madeira dos eucaliptos é a mais utilizada para a produção de papel. Também se pode fazer papel, usando como matéria-prima o papel já usado. Esta forma de produção, a reciclagem, favorece o equilíbrio do meio ambiente, porque evita o abate de árvores, que tanta importância para a qualidade do ar. Tanto uma como outra, são indústrias poluentes que consomem grandes quantidades de água.
  • 4. Transformação Os troncos de madeira, depois de descascados, são triturados em pedaços. Depois a madeira é moída até se desfazer completamente e se transformar numa pasta de celulose. A pasta é depois submetida a um processo de branqueamento até ficar pronta para a produção de papel. Finalmente passa a alta velocidade, por rolos aquecidos, formando as folhas de papel que secam por esse processo. Transformação Os troncos de madeira, depois de descascados, são triturados em pedaços. Depois a madeira é moída até se desfazer completamente e se transformar numa pasta de celulose. A pasta é depois submetida a um processo de branqueamento até ficar pronta para a produção de papel. Finalmente passa a alta velocidade, por rolos aquecidos, formando as folhas de papel que secam por esse processo.
  • 5. ARGILA A argila é uma rocha que é extraída do solo. Por isso é de origem mineral. Podem ser de várias cores, de acordo com a constituição dos solos de onde são extraídas. Podem ser acinzentadas, amareladas ou avermelhadas.
  • 6. Transformação Ao local de extração da argila chama-se barreiro. O barro pode ser encontrado à superfície ou em camadas mais profundas. Após a extração, passa por três fases de transformação. A primeira é a desagregação, que consiste em partir os torrões da terra, transformando-os em pequenos pedaços de tamanho mais ou menos igual. A segunda fase é a da limpeza, que é passar a argila desagregada por uma peneira ou crivo, para separar pedras, areias grossas e outras impurezas. Depois inicia- se a lavagem barro amolece na água durante vários dias, sendo mexida frequentemente. A operação fica concluída quando a mistura passa por uma rede e são extraídas impurezas mais finas. Quando a água evapora, está pronta para ser trabalhada.
  • 7. TÊXTEIS Os materiais têxteis têm origem natural, que tanto pode ser animal, vegetal e mineral. Também existem materiais têxteis que tem origem artificial, pois são feitos com materiais inventados pelo homem. Todos os materiais têxteis, seja qual for a sua origem, são pequeníssimos fios que se ligam entre si formando fios mais espessos e resistentes.
  • 9. Transformação A extração das matérias-primas que dão origem aos materiais têxteis tem processos diferentes consoante se trata de produtos de origem animal, vegetal ou mineral. Lã - a extração da lã faz-se tosquiando as ovelhas, carneiros, cabras, camelos. Seda – a seda é produzida pela segregação glandular do bicho-da-seda que com a sua baba, vai construindo o casulo. Algodão – é de origem vegetal, extraída da flor da planta. Linho – é de origem vegetal, extraída de uma planta. Sisal – origem vegetal, extraída de uma planta. Juta – origem vegetal, extraída de uma planta. Amianto – origem mineral, extraída do solo. Poliamida- origem sintética. Poliéster – origem sintética.
  • 10. METAIS Os metais são materiais de origem mineral (são extraídos de minas do subsolo ou da superfície terrestre) e encontram-se na natureza. São constituídos por matérias-primas sólidas que, posteriormente, são submetidas a tratamentos em fornos adequados. Nalguns casos como os do ouro e do cobre, esses minérios apresentam os metais quase em estado puro. Por essa razão, foram os primeiros a ser descobertos pelo homem. Também permitiu a descoberta das ligas metálicas, misturando dois ou mais metais. A primeira a ser descoberta foi o bronze, que é uma combinação do cobre com o estanho.
  • 11. Transformação Após a extração dos minérios, estes são sujeitos à fundição a altas temperaturas. Esta operação permite separar o metal propriamente dito do minério. Ao ser fundido, o metal é levado do estado sólido ao estado líquido, o que permite vertê-lo para moldes.
  • 12. 6º D Trabalho realizado por: Rúben n.º 18 Duarte n.º 6 Sofia n.º 20 Clara n.º 2