Projeto de elaboração de instalaçoes de gás

1.306 visualizações

Publicada em

Projeto e elaboração de sistemas de instalações de gás

Publicada em: Engenharia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.306
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
52
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto de elaboração de instalaçoes de gás

  1. 1. Como estou Lecionando? Ligue: 331-9418 ECV 5644 Instalações Prediais Instalações de Gás Objetivo: Fornecer Gás Combustível com segurança e sem interrupções para residências. Tipos de Gases: Os gases combustíveis oferecidos no Brasil são: GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) Botijões GN (Gás Natural) Gás de Rua (SP e RJ) GNC – GNV (Gás Natural Comprimido – Gás Natural Veicular)
  2. 2. Como estou Lecionando? Ligue: 331-9418 ECV 5644 Instalações Prediais Características do GLP e do GN PCS = 28 205 kcal/Nm³ Dens. rel. ar = 1,76 PCS = 9 958 kcal/Nm³ Dens. rel. ar = 0,602 GN • metano (± 90%) • etano (5 - 8%) • propano ( < 3%) • butano • C5 a C11 Gasolinas (traços) • hélio • CO2 • nitrogênio GLP • Etano, Eteno (traços) • Propano • n-Butano iso-Butano • Propeno • n-Buteno iso-Buteno • Butadieno-1,3 (traços) • iso-Pentano (traços) PCS =poder calorífico superior
  3. 3. Como estou Lecionando? Ligue: 331-9418 ECV 5644 Instalações Prediais SISTEMA GÁS COMBUSTIVEL CENTRALIZADO 1. Central de Gás (Central de G.L.P.) onde ficam armazenados os cilindros de gás. 2. Rede de canalizações (tubulações) que levam o gás combustível da Central até as diversas unidades da edificação (pontos de consumo). 3. Medidores de consumo instalados na entrada de cada unidade
  4. 4. Como estou Lecionando? Ligue: 331-9418 ECV 5644 Instalações Prediais SISTEMA GÁS COMBUSTIVEL CENTRALIZADO Um sistema de Gás Centralizado está composto de: 1. Central de Gás (Central de G.L.P.) onde ficam armazenados os cilindros de gás. 2. Rede de canalizações (tubulações) que levam o gás combustível da Central até as diversas unidades da edificação (pontos de consumo). 3. Medidores de consumo instalados na entrada de cada unidade Projeto de Gás Centralizado Segundo as Normas do Centro de Atividades Técnicas do Corpo de Bombeiros da Policia Militar de Santa Catarina, o Sistema de Gás de uma edificação deverá fazer parte integrante do Projeto de Prevenção Contra Incêndios, constando de: 1. Planta Baixa e Cortes 2. Detalhes Construtivos das Canalizações 3. Planilha de Cálculo do Dimensionamento das Canalizações 4. Planilha de Cálculo do Dimensionamento da Central de Gás
  5. 5. Como estou Lecionando? Ligue: 331-9418 ECV 5644 Instalações Prediais Gás: Central de Gás É onde ficam localizados os cilindros para armazenamento do gás. Os cilindros, que podem conter 45 kg ou 90 kg de G.L.P. (P-45 e P-90), são separados em duas baterias, uma "ATIVA" que fica em carga (em uso), e a outra "DE RESERVA", que só será acionada quando o gás da outra tiver terminado.
  6. 6. Como estou Lecionando? Ligue: 331-9418 ECV 5644 Instalações Prediais Gás: Central de Gás (Cont.) A quantidade de cilindros a ser instalada em uma central é dimensionada em projeto, de forma que venha atender adequadamente a demanda de consumo, sem vir a ocorrer o fenômeno denominado de "congelamento" (gás que está no estado líquido, dentro dos cilindros, não passar para o estado gasoso, O dimensionamento de uma bateria será feito em função básica da média do somatório das potências nominais em kcalImin dos aparelhos técnicos de queima, pelo grau de simultaneidade, pelo número de horas diárias e pelo número de dias em uso.
  7. 7. Como estou Lecionando? Ligue: 331-9418 ECV 5644 Instalações Prediais Gás: Central de Gás - Segurança 1.Dentro do abrigo deverão ser instaladas as seguintes peças: - Válvula de Primeiro Estágio - Manômetro - Registro de Paragem (fecho rápido) Quantidade de G.L.P Total de C-E Até 360 kg 01 De 361 kg até 720 kg 02 De 721 kg até 1.080 kg 03 A proteção da Central de Gás deverá ser feita por extintores portáteis de incêndio conforme tabela abaixo, de acordo com a Capacidade Extintora (C-E):
  8. 8. Como estou Lecionando? Ligue: 331-9418 ECV 5644 Instalações Prediais Gás: Tubulações 1. Na Central de Gás 2. Na Edificação Não podem passar por: Dutos de lixo e ar condicionado - Reservatórios de água - Incineradores de lixo - Poços de elevadores - Subsolos ou porões -Compartimentos não ventilados - Poços de Ventilação - Ao longo de qualquer tipo de forro falso Dutos de ventilação
  9. 9. Como estou Lecionando? Ligue: 331-9418 ECV 5644 Instalações Prediais Gás: Medidores As instalações prediais deverão dispor de abrigos, dentro dos quais serão instalados os medidores de consumo. A localização desses abrigos deverá obedecer às seguintes condições: 1. Estar situado em área comum 2. Possuir fácil acesso. 3. Não podem ser instalados em compartimentos que tenham outras destinações 4. Não podem ser instalados em escadas nem em seus patamares
  10. 10. Como estou Lecionando? Ligue: 331-9418 ECV 5644 Instalações Prediais Gás: Sistema de Tanque Fixo O uso de baterias substituíveis de botijões de GLP nos sistemas de gás centralizado está se tornando ultrapassado e praticamente não é mais utilizado. Praticamente todos os projetos de novas edificações já estão prevendo o sistema de gás centralizado com tanque fixo recarregável. O novo sistema desenvolvido permite o abastecimento do GLP diretamente de um caminhão para o tanque estacionário (fixo) localizado dentro da casa de gás. As principais vantagens deste novo sistema de armazenamento do GLP são:
  11. 11. Como estou Lecionando? Ligue: 331-9418 ECV 5644 Instalações Prediais Gás: Sistema de Tanque Fixo Vantagens •O novo sistema proporciona maior segurança, sendo que o risco de vazamento fica reduzido aos menores níveis. •Maior economia de espaço •Menor tempo de abastecimento •No sistema de baterias removíveis o consumidor sempre perde com o resíduo de GLP remanescente nos cilindros que acaba indo para a distribuidora dentro dos cilindros considerados "vazios". •O tanque estacionário além de ser equipado com dispositivo de segurança, possui em sua parte superior um mostrador de nível (volume) que indica com precisão o nível de gás ainda disponível, facilitando ao usuário o controle da recarga. Ooo •O próprio caminhão da empresa distribuidora do gás possui uma impressora que imediatamente após o abastecimento emite comprovante de medição, incluindo a quantidade fornecida, data e hora do fornecimento.
  12. 12. Como estou Lecionando? Ligue: 331-9418 ECV 5644 Instalações Prediais Sistema de Tanque Fixo: Central de Gás
  13. 13. Como estou Lecionando? Ligue: 331-9418 ECV 5644 Instalações Prediais Gás: Dimensionamento da Tubulação Normas Brasileiras NBR 13932 "Instalações internas de gás liqüefeito de petróleo (GLP) – Projeto e execução", NBR 13933 "Instalações internas de gás natural (GN) – Projeto e execução" NBR 14570 "Instalações internas para uso alternativo dos gases GN e GLP - Projeto e execução" Rede Primária Do regulador de primeiro estágio até o de segundo estágio (150kPa) Rede Secundária Do regulador de segundo estágio ou único até o ponto de consumo
  14. 14. Como estou Lecionando? Ligue: 331-9418 ECV 5644 Instalações Prediais Gás: Dimensionamento da Tubulação Consumo de Potência dos Aparelhos Aparelhos Tipo Capacidade Nominal kcal/h Fogão 4 bocas com forno 7000 Fogão 4 bocas sem forno 5000 Fogão 6 bocas com forno 11000 Fogão 6 bocas sem forno 8000 Forno de parede - 3000 Aquecedor acumulação 100-150 (L) 9000 Aquecedor acumulação 200-300 (L) 15000 Aquecedor passagem 10 l/min 14700 Aquecedor passagem 25 l/min 22800 Aquecedor passagem 30 l/min 38000 Aquecedor passagem 15 l/min 45000 Aquecedor passagem 25 l/min 38000 Secadora de roupa - 6000
  15. 15. Como estou Lecionando? Ligue: 331-9418 ECV 5644 Instalações Prediais Gás: Dimensionamento da Tubulação Fator de Simultaneidade Fator de Simultaneidade 0 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 0 5000 10000 15000 20000 Consumo em [kcal/min] Fatordesumtaneidade[%]
  16. 16. Como estou Lecionando? Ligue: 331-9418 ECV 5644 Instalações Prediais Gás: Dimensionamento da Tubulação Planilha de Dimensionamento Col 1: Denominação do trecho Col 2: C = Soma das potências do ramal Col 3: F = Fator de Simultaneidade (da curva) Col 4: A= Potência adotada = CxF Ter- cho Pot. Calc . kcal /h Fat. Sim ul. % Pot. Adot. Kcal/ h Vaz ão m3/ h Co mp. Tub os m Comp. Equiv. em m Co mp. Tot al m Pres inic. kPa Perda de Press. kPa Press ão Final kPa D N
  17. 17. Como estou Lecionando? Ligue: 331-9418 ECV 5644 Instalações Prediais Gás: Dimensionamento da Tubulação Col 5: Q = Vazão do gas (Q) = (A) / (PCI) , onde devemos adotar PCI (Poder Calorífico Inferior) do GLP como sendo 24.000 kcal/ m3 Se adota um diâmetro para a tubulação Col 6: L = Comprimentos dos tubos Col 7: Lequi = Comprimento equivalente das singualridases (curvas, reduções) Col 8: Ltotal = Comprimento Total Col 9: Pressão inicial – Depois do regulador Col 10: Perda de pressão no trecho: Não pode ser maior que 15kPa Rede Primária D QLd PP g BA 82,4 82,1 2273 =− D QLd PP g absBabsA 82,4 82,1 2 )( 2 )( 467000 =− Rede Secundária Col 11: Pressão final: não pode ser inferior a 2,5kPa em redes secundárias (Aumentar o diâmetro)
  18. 18. Como estou Lecionando? Ligue: 331-9418 ECV 5644 Instalações Prediais Dimensionamento da Tubulação: Exemplo
  19. 19. Como estou Lecionando? Ligue: 331-9418 ECV 5644 Instalações Prediais Gás: Simbologia de Projeto

×