SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
P A N D E M I A S
9º ANO A – Grupo 3 SESI 005 LIMEIRA/SP 2020
Como a
maioria dos
vírus surgiu?
A hipótese atual é chamada de
evolução gradual dos sistemas
químicos. De acordo com a hipótese
heterotrófica, os primeiros
organismos eram muito simples.
Eles viviam em um meio aquoso,
com certa abundância de matéria
orgânica. Com o decorrer do tempo,
além da abundância de matéria
orgânica presente natural, surgiram
seres fotossintetizantes que
propiciaram a transformação de
CO2 em heterotróficos aeróbios.
Principais
possibilidades
de como será o
mundo depois
da pandemia!
• A primeira constatação sobre o que
vem por aí depois da pandemia é
simples: não dá para saber. São
tantas as variáveis em jogo que
qualquer previsão será frustrada.
• A única certeza é a mudança. Não
apenas nos hábitos — e nada tão
certo quanto mudanças de hábitos.
Assim como nos acostumamos ao
cinto de segurança ou a gastar menos
energia depois do apagão, é possível
imaginar um mundo em que persistam
o sabão, o álcool em gel e o
“distanciamento social”. Menos
apertos de mão e beijinhos no rosto.
Principais
possibilidades
de como vai ser
o mundo depois
da pandemia!
• Menos eventos irrelevantes, menos
viagens de avião desnecessárias ou
reuniões inúteis — fala-se em
economias anuais na casa do trilhão
de dólares só com isso.
• Escritórios com pelo menos metade
do tamanho atual. Mais gente
trabalhando em casa, para alegria de
Slack, Zoom, Teams, Webex,
Hangouts, Classroom ou outros
badulaques digitais de nome em
inglês.
• Se os novos hábitos persistirem no
mundo corporativo, deverá haver um
salto enorme na produtividade. As
mudanças poderão se estender a
outros aspectos da sociedade.
Principais
possibilidades
de como vai ser
o mundo depois
da pandemia!
• Talvez haja mais espírito
cívico, mais voluntários a
ajudar idosos ou grupos
ameaçados pelas novas
ondas do vírus. Maior respeito
por quem trabalha no serviço
público ou pelos profissionais
de saúde, heróis indiscutíveis
no combate à pandemia.
• Poderemos, numa visão
otimista, rumar para um
mundo em que a ameaça
comum do vírus acabe por
gerar mais união em vez de
divisão.
Principais
possibilidades
de como vai ser
o mundo depois
da pandemia!
• A principal razão para
o otimismo é que,
embora venha sendo
comparada a guerras
ou às crises
financeiras do passado
recente, a pandemia
tem um impacto de
outra natureza, já que
mexe diretamente com
a saúde e a vida.
Como será o
nosso
futuro?
Muitos cientista pensam que
empresas terão mais lucro se
mandarem alguns
funcionários trabalharam em
casa.
A aposta é que haverá mais
compras online como comida
e diversas outras coisas.
Em paralelo a tendência é de
menos festas com
aglomeração e mais cuidado
com a saúde.
Quais os
novos
hábitos?
Entre os novos hábitos de
consumo durante a pandemia
do novo coronavírus que se
aceleraram, três são os mais
visíveis: o aumento das
compras online em geral, a
compra de comida pelos
serviços de delivery e as
compras de supermercado por
aplicativo.
Valores
sociais após
o Corona.
• O corona vai nos fazer
revisar valores, já que
minorias são colocadas em
conjunto com as maiorias.
Afinal, como em uma
guerra, é unidos que
podemos vencer, já que
apenas uma pessoa pode
ser responsável pela vida
das outras, independente de
sua "classe".
Tecnologias
com o vírus.
Tecnologias pensadas
antigamente foram
adiantados, mesmo sem
suporte, como o ensino à
distância, e em alguns
casos, até o trabalho à
distância. Essa ideia existe
faz muito tempo, mas agora
temos um contexto para
colocar em prática, e até
mesmo sem um suporte
completo, e sem estar
perfeito, o uso
momentâneo desse tipo de
ferramenta, vai
praticamente forçar seu
desenvolvimento
A medicina
mudará?
Estrutura e investimento
• Nada menos que 75% dos
brasileiros contam apenas com o
Sistema Único de Saúde (SUS).
Entretanto, o SUS dispõe de
apenas 23 mil leitos de UTI, o que
equivale a 1,4 leito de terapia
intensiva para cada grupo de 10 mil
pessoas.
• Já o sistema privado, que atende os
25% restantes da população, conta
com praticamente a mesma
quantidade de leitos de UTI (são
22,7 mil).
A medicina
mudará?
Números assim expõem
uma fraqueza da saúde
pública nacional: o
desequilíbrio que leva,
inevitavelmente, a uma
superdemanda do SUS. “Há
um subfinanciamento e uma
baixa capacidade de
regulação entre as
segmentações pública e
privada”, afirma a médica
Marília Louvison, diretora do
Conselho Deliberativo
da Associação Brasileira
de Saúde Coletiva
(Abrasco).
A medicina
mudará?
Confiança na Ciência
A ciência também tem oferecido
alternativas ao tratamento da doença.
Uma equipe multidisciplinar da Escola
Politécnica da Universidade de São
Paulo (Poli/USP), por exemplo,
desenvolveu um respirador pulmonar
emergencial de baixo custo, capaz de
ser fabricado em até duas horas.
O aparelho foi aprovado em todos os
testes, e sua licença está disponível
para qualquer empresa que desejar
fabricá-lo. De acordo com Marília
Louvison, a ciência e a tecnologia serão
dois trunfos para levar a qualificação da
saúde coletiva a cada vez mais
brasileiros.
E sobre a
economia?
A pandemia causada
pela COVID-19 tem
causado grandes
impactos na economia:
o vírus já contaminou o
PIB brasileiro, que caiu
1,5% no primeiro
trimestre e deve só
seguir ladeira abaixo.
E sobre a eco
Muitos fatores contribuíram
para que a economia tivesse
esse aumento tão drástico
nos valores:
• O primeiro e maior impacto
foi o distanciamento social e
isolamento, com isso as
pessoas deixaram de sair
na rua também deixando de
consumir como antes
• Medidas como a
paralisação do comercio
contribuíram e muito para
esse aumento.
E sobre a
economia
?
E sobre a
economia?
• Sem dinheiro para manter
as empresas, começaram se o
corte de funcionários e a
diminuição de salário.
• Essas medidas acabaram
levando uma queda brusca na
renda familiar, e então as
famílias cortam gastos .
• Voltando assim para a queda de
consumo que reflete na
produção das industrias, que
também é reduzido.
• Com as empresas faturando
menos , são recolhidos menos
impostos pelo poder público
• Fazendo com que os gastos
públicos aumente, para suprir as
necessidades dos governos
para assim ajudar no auxílio
desemprego dos cidadãos.
REFERÊNCIA
S
• https://www.agazeta.com.br/es/economia/
ponto-a-ponto-os-impactos-da-pandemia-
na-economia-e-no-seu-bolso-0620
• https://secad.artmed.com.br/blog/coronavir
us/licoes-coronavirus-na-saude/
• https://www.terraempresas.com.br/blog/novos-
habitos-de-consumo-durante-a-
pandemia/?cdConvenio=
• https://sincofarma.org.br/noticias/como-o-
coronavirus-vai-mudar-nossas-vidas-dez-
tendencias-para-o-mundo-pos-pandemia/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Covid-19: Normas de Biossegurança elaboradas pela UFRJ
Covid-19: Normas de Biossegurança elaboradas pela UFRJ Covid-19: Normas de Biossegurança elaboradas pela UFRJ
Covid-19: Normas de Biossegurança elaboradas pela UFRJ
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 

Mais procurados (20)

Covid-19: Normas de Biossegurança elaboradas pela UFRJ
Covid-19: Normas de Biossegurança elaboradas pela UFRJ Covid-19: Normas de Biossegurança elaboradas pela UFRJ
Covid-19: Normas de Biossegurança elaboradas pela UFRJ
 
Nota de Alerta SBP - Vacinas COVID-19 em crianças no Brasil: Uma questão prio...
Nota de Alerta SBP - Vacinas COVID-19 em crianças no Brasil: Uma questão prio...Nota de Alerta SBP - Vacinas COVID-19 em crianças no Brasil: Uma questão prio...
Nota de Alerta SBP - Vacinas COVID-19 em crianças no Brasil: Uma questão prio...
 
Covid-19: Gestantes e Puérperas/Lactantes devem ser vacinadas imediatamente
Covid-19: Gestantes e Puérperas/Lactantes devem ser vacinadas imediatamente Covid-19: Gestantes e Puérperas/Lactantes devem ser vacinadas imediatamente
Covid-19: Gestantes e Puérperas/Lactantes devem ser vacinadas imediatamente
 
Sociedade de Pediatria do DF: Covid-19, aspectos epidemiológicos e retorno às...
Sociedade de Pediatria do DF: Covid-19, aspectos epidemiológicos e retorno às...Sociedade de Pediatria do DF: Covid-19, aspectos epidemiológicos e retorno às...
Sociedade de Pediatria do DF: Covid-19, aspectos epidemiológicos e retorno às...
 
Psicologia e covid 19
Psicologia e covid 19Psicologia e covid 19
Psicologia e covid 19
 
Pandemia de medo_e_covid_19_agressividade
Pandemia de medo_e_covid_19_agressividadePandemia de medo_e_covid_19_agressividade
Pandemia de medo_e_covid_19_agressividade
 
O comportamento do consumidor em tempos de COVID-19
O comportamento do consumidor em tempos de COVID-19O comportamento do consumidor em tempos de COVID-19
O comportamento do consumidor em tempos de COVID-19
 
Covid-19: Manual de Recomendações para a Assistência da Gestante e Puérpera
Covid-19: Manual de Recomendações para a Assistência da Gestante e PuérperaCovid-19: Manual de Recomendações para a Assistência da Gestante e Puérpera
Covid-19: Manual de Recomendações para a Assistência da Gestante e Puérpera
 
Coronavírus & Amamentação: Departamento Científico de AM / SBP
Coronavírus & Amamentação: Departamento Científico de AM / SBPCoronavírus & Amamentação: Departamento Científico de AM / SBP
Coronavírus & Amamentação: Departamento Científico de AM / SBP
 
Aula 15
Aula 15Aula 15
Aula 15
 
Nota Técnica Fiocruz sobre a Importância da Vacinação contra COVID-19 em Cria...
Nota Técnica Fiocruz sobre a Importância da Vacinação contra COVID-19 em Cria...Nota Técnica Fiocruz sobre a Importância da Vacinação contra COVID-19 em Cria...
Nota Técnica Fiocruz sobre a Importância da Vacinação contra COVID-19 em Cria...
 
Veja o protocolo de biossegurança do MEC para volta às aulas
Veja o protocolo de biossegurança do MEC para volta às aulasVeja o protocolo de biossegurança do MEC para volta às aulas
Veja o protocolo de biossegurança do MEC para volta às aulas
 
Vacinas Contra covid-19: publicação atualizada / SBP
Vacinas Contra covid-19: publicação atualizada / SBP Vacinas Contra covid-19: publicação atualizada / SBP
Vacinas Contra covid-19: publicação atualizada / SBP
 
Vigilância e Prevenção do Óbito Infantil, Fetal e Materno: Eixo Estratégico V...
Vigilância e Prevenção do Óbito Infantil, Fetal e Materno: Eixo Estratégico V...Vigilância e Prevenção do Óbito Infantil, Fetal e Materno: Eixo Estratégico V...
Vigilância e Prevenção do Óbito Infantil, Fetal e Materno: Eixo Estratégico V...
 
Covid-19: Dicas para Pais & filh@s em Isolamento Social / SBP
Covid-19: Dicas para Pais & filh@s em Isolamento Social / SBP Covid-19: Dicas para Pais & filh@s em Isolamento Social / SBP
Covid-19: Dicas para Pais & filh@s em Isolamento Social / SBP
 
Covid-19 & Amamentação: Nota Técnica do Ministério da Saúde
Covid-19 & Amamentação: Nota Técnica do Ministério da Saúde Covid-19 & Amamentação: Nota Técnica do Ministério da Saúde
Covid-19 & Amamentação: Nota Técnica do Ministério da Saúde
 
Saúde e atividades diárias. Medidas Gerais de Prevenção da COVID-19
Saúde e atividades diárias. Medidas Gerais de Prevenção da COVID-19  Saúde e atividades diárias. Medidas Gerais de Prevenção da COVID-19
Saúde e atividades diárias. Medidas Gerais de Prevenção da COVID-19
 
Seminário - PNI (Programa Nacional de Imunização)
Seminário - PNI (Programa Nacional de Imunização)Seminário - PNI (Programa Nacional de Imunização)
Seminário - PNI (Programa Nacional de Imunização)
 
Vacinas e Epidemias - Verdade ou Mito em Tempos de Fake News
Vacinas e Epidemias - Verdade ou Mito em Tempos de Fake NewsVacinas e Epidemias - Verdade ou Mito em Tempos de Fake News
Vacinas e Epidemias - Verdade ou Mito em Tempos de Fake News
 
Eventos Adversos Pós-vacinação
Eventos Adversos Pós-vacinaçãoEventos Adversos Pós-vacinação
Eventos Adversos Pós-vacinação
 

Semelhante a 9º ano A (Grupo 3) - Pandemias

Mortes evitaveis por_covid-19_no_brasil_para_internet_1
Mortes evitaveis por_covid-19_no_brasil_para_internet_1Mortes evitaveis por_covid-19_no_brasil_para_internet_1
Mortes evitaveis por_covid-19_no_brasil_para_internet_1
Editora 247
 

Semelhante a 9º ano A (Grupo 3) - Pandemias (20)

Bussola covid19 report_diario_07_05
Bussola covid19 report_diario_07_05Bussola covid19 report_diario_07_05
Bussola covid19 report_diario_07_05
 
Bussola covid19 report_diario_07_05
Bussola covid19 report_diario_07_05Bussola covid19 report_diario_07_05
Bussola covid19 report_diario_07_05
 
PANDEMIA E DESIGUALDADE : Representação Social e Política da Pandemia do Coro...
PANDEMIA E DESIGUALDADE : Representação Social e Política da Pandemia do Coro...PANDEMIA E DESIGUALDADE : Representação Social e Política da Pandemia do Coro...
PANDEMIA E DESIGUALDADE : Representação Social e Política da Pandemia do Coro...
 
Bussola covid19 report_diario_08_22
Bussola covid19 report_diario_08_22Bussola covid19 report_diario_08_22
Bussola covid19 report_diario_08_22
 
Mortes evitaveis por_covid-19_no_brasil_para_internet_1
Mortes evitaveis por_covid-19_no_brasil_para_internet_1Mortes evitaveis por_covid-19_no_brasil_para_internet_1
Mortes evitaveis por_covid-19_no_brasil_para_internet_1
 
AREAS DA SAUDE.pdf
AREAS DA SAUDE.pdfAREAS DA SAUDE.pdf
AREAS DA SAUDE.pdf
 
Futuro sombrio para o brasil no combate ao coronavirus
Futuro sombrio para o brasil no combate ao coronavirusFuturo sombrio para o brasil no combate ao coronavirus
Futuro sombrio para o brasil no combate ao coronavirus
 
Coronavirus e seus impactos sobre a economia mundial
Coronavirus e seus impactos sobre a economia mundialCoronavirus e seus impactos sobre a economia mundial
Coronavirus e seus impactos sobre a economia mundial
 
Covid-19 e sua influência na Natureza
Covid-19 e sua influência na NaturezaCovid-19 e sua influência na Natureza
Covid-19 e sua influência na Natureza
 
Bussola covid19 report_diario_08_23 (2)
Bussola covid19 report_diario_08_23 (2)Bussola covid19 report_diario_08_23 (2)
Bussola covid19 report_diario_08_23 (2)
 
Bussola covid19 report_diario_07_26
Bussola covid19 report_diario_07_26Bussola covid19 report_diario_07_26
Bussola covid19 report_diario_07_26
 
Bussola covid19 report_diario_07_26
Bussola covid19 report_diario_07_26Bussola covid19 report_diario_07_26
Bussola covid19 report_diario_07_26
 
Agenda TGI 2022: Painel 2022
Agenda TGI 2022: Painel 2022Agenda TGI 2022: Painel 2022
Agenda TGI 2022: Painel 2022
 
Bussola covid19 report_diario_08_01
Bussola covid19 report_diario_08_01Bussola covid19 report_diario_08_01
Bussola covid19 report_diario_08_01
 
Sindemia tema
Sindemia  temaSindemia  tema
Sindemia tema
 
Bússola covid19 report_diario_07_2
Bússola covid19 report_diario_07_2Bússola covid19 report_diario_07_2
Bússola covid19 report_diario_07_2
 
Bussola covid19 report_diario_07_21
Bussola covid19 report_diario_07_21Bussola covid19 report_diario_07_21
Bussola covid19 report_diario_07_21
 
Bussola covid19 report_diario_07_07
Bussola covid19 report_diario_07_07Bussola covid19 report_diario_07_07
Bussola covid19 report_diario_07_07
 
[Marketplace Conference 2020| Live Edition] Se tornar um Marketplace faz sent...
[Marketplace Conference 2020| Live Edition] Se tornar um Marketplace faz sent...[Marketplace Conference 2020| Live Edition] Se tornar um Marketplace faz sent...
[Marketplace Conference 2020| Live Edition] Se tornar um Marketplace faz sent...
 
A “uberização” da sociedade e os impactos no setor de saúde
A “uberização” da sociedade e os impactos no setor de saúdeA “uberização” da sociedade e os impactos no setor de saúde
A “uberização” da sociedade e os impactos no setor de saúde
 

Mais de Saber interáreas SESI 005 - LIMEIRA

Mais de Saber interáreas SESI 005 - LIMEIRA (18)

9º ano C (Grupo 2) - Fome de quê?
9º ano C (Grupo 2) - Fome de quê?9º ano C (Grupo 2) - Fome de quê?
9º ano C (Grupo 2) - Fome de quê?
 
9º ano C (Grupo 1) - Fome de quê?
9º ano C (Grupo 1) - Fome de quê?9º ano C (Grupo 1) - Fome de quê?
9º ano C (Grupo 1) - Fome de quê?
 
9º ano C (Grupo 3) - Fome de quê?
9º ano C (Grupo 3) - Fome de quê?9º ano C (Grupo 3) - Fome de quê?
9º ano C (Grupo 3) - Fome de quê?
 
9º ano B (Grupo 3) - Racismo
9º ano B (Grupo 3) - Racismo9º ano B (Grupo 3) - Racismo
9º ano B (Grupo 3) - Racismo
 
9º ano B (Grupo 2) - Racismo
9º ano B (Grupo 2) - Racismo9º ano B (Grupo 2) - Racismo
9º ano B (Grupo 2) - Racismo
 
9º ano B (Grupo 1) - Racismo
9º ano B (Grupo 1) - Racismo9º ano B (Grupo 1) - Racismo
9º ano B (Grupo 1) - Racismo
 
9º ano A (Grupo 2) - Pandemias
9º ano A (Grupo 2) - Pandemias9º ano A (Grupo 2) - Pandemias
9º ano A (Grupo 2) - Pandemias
 
9º ano A (Grupo 1) - Pandemias
9º ano A (Grupo 1) - Pandemias9º ano A (Grupo 1) - Pandemias
9º ano A (Grupo 1) - Pandemias
 
8º ano C (Grupo 1) - Racismo e desigualdade
8º ano C (Grupo 1) - Racismo e desigualdade8º ano C (Grupo 1) - Racismo e desigualdade
8º ano C (Grupo 1) - Racismo e desigualdade
 
8º ano C (Grupo 2) - Racismo e desigualdade
8º ano C (Grupo 2) - Racismo e desigualdade8º ano C (Grupo 2) - Racismo e desigualdade
8º ano C (Grupo 2) - Racismo e desigualdade
 
8º ano B (Grupo 1) - O corpo em (des)ordem
8º ano B (Grupo 1) - O corpo em (des)ordem8º ano B (Grupo 1) - O corpo em (des)ordem
8º ano B (Grupo 1) - O corpo em (des)ordem
 
8º ano B (Grupo 2) - O corpo em (des)ordem
8º ano B (Grupo 2) - O corpo em (des)ordem8º ano B (Grupo 2) - O corpo em (des)ordem
8º ano B (Grupo 2) - O corpo em (des)ordem
 
8º ano A (Grupo 3) - Autoestima dos jovens
8º ano A (Grupo 3) - Autoestima dos jovens8º ano A (Grupo 3) - Autoestima dos jovens
8º ano A (Grupo 3) - Autoestima dos jovens
 
8º ano A (Grupo 2) - Autoestima dos jovens
8º ano A (Grupo 2) - Autoestima dos jovens8º ano A (Grupo 2) - Autoestima dos jovens
8º ano A (Grupo 2) - Autoestima dos jovens
 
8º ano A (Grupo 1) - Autoestima dos jovens
8º ano A (Grupo 1) - Autoestima dos jovens8º ano A (Grupo 1) - Autoestima dos jovens
8º ano A (Grupo 1) - Autoestima dos jovens
 
7º ano B (Grupo 3) - Let's play: jogo e improvisação
7º ano B (Grupo 3) - Let's play: jogo e improvisação7º ano B (Grupo 3) - Let's play: jogo e improvisação
7º ano B (Grupo 3) - Let's play: jogo e improvisação
 
7º ano B (Grupo 1) - Let's play: jogo e improvisação
7º ano B (Grupo 1) - Let's play: jogo e improvisação7º ano B (Grupo 1) - Let's play: jogo e improvisação
7º ano B (Grupo 1) - Let's play: jogo e improvisação
 
7º ano A (Grupo 3) - Let's play: jogo e improvisação
7º ano A (Grupo 3) - Let's play: jogo e improvisação7º ano A (Grupo 3) - Let's play: jogo e improvisação
7º ano A (Grupo 3) - Let's play: jogo e improvisação
 

9º ano A (Grupo 3) - Pandemias

  • 1. P A N D E M I A S 9º ANO A – Grupo 3 SESI 005 LIMEIRA/SP 2020
  • 2. Como a maioria dos vírus surgiu? A hipótese atual é chamada de evolução gradual dos sistemas químicos. De acordo com a hipótese heterotrófica, os primeiros organismos eram muito simples. Eles viviam em um meio aquoso, com certa abundância de matéria orgânica. Com o decorrer do tempo, além da abundância de matéria orgânica presente natural, surgiram seres fotossintetizantes que propiciaram a transformação de CO2 em heterotróficos aeróbios.
  • 3. Principais possibilidades de como será o mundo depois da pandemia! • A primeira constatação sobre o que vem por aí depois da pandemia é simples: não dá para saber. São tantas as variáveis em jogo que qualquer previsão será frustrada. • A única certeza é a mudança. Não apenas nos hábitos — e nada tão certo quanto mudanças de hábitos. Assim como nos acostumamos ao cinto de segurança ou a gastar menos energia depois do apagão, é possível imaginar um mundo em que persistam o sabão, o álcool em gel e o “distanciamento social”. Menos apertos de mão e beijinhos no rosto.
  • 4. Principais possibilidades de como vai ser o mundo depois da pandemia! • Menos eventos irrelevantes, menos viagens de avião desnecessárias ou reuniões inúteis — fala-se em economias anuais na casa do trilhão de dólares só com isso. • Escritórios com pelo menos metade do tamanho atual. Mais gente trabalhando em casa, para alegria de Slack, Zoom, Teams, Webex, Hangouts, Classroom ou outros badulaques digitais de nome em inglês. • Se os novos hábitos persistirem no mundo corporativo, deverá haver um salto enorme na produtividade. As mudanças poderão se estender a outros aspectos da sociedade.
  • 5. Principais possibilidades de como vai ser o mundo depois da pandemia! • Talvez haja mais espírito cívico, mais voluntários a ajudar idosos ou grupos ameaçados pelas novas ondas do vírus. Maior respeito por quem trabalha no serviço público ou pelos profissionais de saúde, heróis indiscutíveis no combate à pandemia. • Poderemos, numa visão otimista, rumar para um mundo em que a ameaça comum do vírus acabe por gerar mais união em vez de divisão.
  • 6. Principais possibilidades de como vai ser o mundo depois da pandemia! • A principal razão para o otimismo é que, embora venha sendo comparada a guerras ou às crises financeiras do passado recente, a pandemia tem um impacto de outra natureza, já que mexe diretamente com a saúde e a vida.
  • 7. Como será o nosso futuro? Muitos cientista pensam que empresas terão mais lucro se mandarem alguns funcionários trabalharam em casa. A aposta é que haverá mais compras online como comida e diversas outras coisas. Em paralelo a tendência é de menos festas com aglomeração e mais cuidado com a saúde.
  • 8. Quais os novos hábitos? Entre os novos hábitos de consumo durante a pandemia do novo coronavírus que se aceleraram, três são os mais visíveis: o aumento das compras online em geral, a compra de comida pelos serviços de delivery e as compras de supermercado por aplicativo.
  • 9. Valores sociais após o Corona. • O corona vai nos fazer revisar valores, já que minorias são colocadas em conjunto com as maiorias. Afinal, como em uma guerra, é unidos que podemos vencer, já que apenas uma pessoa pode ser responsável pela vida das outras, independente de sua "classe".
  • 10. Tecnologias com o vírus. Tecnologias pensadas antigamente foram adiantados, mesmo sem suporte, como o ensino à distância, e em alguns casos, até o trabalho à distância. Essa ideia existe faz muito tempo, mas agora temos um contexto para colocar em prática, e até mesmo sem um suporte completo, e sem estar perfeito, o uso momentâneo desse tipo de ferramenta, vai praticamente forçar seu desenvolvimento
  • 11. A medicina mudará? Estrutura e investimento • Nada menos que 75% dos brasileiros contam apenas com o Sistema Único de Saúde (SUS). Entretanto, o SUS dispõe de apenas 23 mil leitos de UTI, o que equivale a 1,4 leito de terapia intensiva para cada grupo de 10 mil pessoas. • Já o sistema privado, que atende os 25% restantes da população, conta com praticamente a mesma quantidade de leitos de UTI (são 22,7 mil).
  • 12. A medicina mudará? Números assim expõem uma fraqueza da saúde pública nacional: o desequilíbrio que leva, inevitavelmente, a uma superdemanda do SUS. “Há um subfinanciamento e uma baixa capacidade de regulação entre as segmentações pública e privada”, afirma a médica Marília Louvison, diretora do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco).
  • 13. A medicina mudará? Confiança na Ciência A ciência também tem oferecido alternativas ao tratamento da doença. Uma equipe multidisciplinar da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli/USP), por exemplo, desenvolveu um respirador pulmonar emergencial de baixo custo, capaz de ser fabricado em até duas horas. O aparelho foi aprovado em todos os testes, e sua licença está disponível para qualquer empresa que desejar fabricá-lo. De acordo com Marília Louvison, a ciência e a tecnologia serão dois trunfos para levar a qualificação da saúde coletiva a cada vez mais brasileiros.
  • 14. E sobre a economia? A pandemia causada pela COVID-19 tem causado grandes impactos na economia: o vírus já contaminou o PIB brasileiro, que caiu 1,5% no primeiro trimestre e deve só seguir ladeira abaixo.
  • 15. E sobre a eco Muitos fatores contribuíram para que a economia tivesse esse aumento tão drástico nos valores: • O primeiro e maior impacto foi o distanciamento social e isolamento, com isso as pessoas deixaram de sair na rua também deixando de consumir como antes • Medidas como a paralisação do comercio contribuíram e muito para esse aumento. E sobre a economia ?
  • 16. E sobre a economia? • Sem dinheiro para manter as empresas, começaram se o corte de funcionários e a diminuição de salário. • Essas medidas acabaram levando uma queda brusca na renda familiar, e então as famílias cortam gastos . • Voltando assim para a queda de consumo que reflete na produção das industrias, que também é reduzido. • Com as empresas faturando menos , são recolhidos menos impostos pelo poder público • Fazendo com que os gastos públicos aumente, para suprir as necessidades dos governos para assim ajudar no auxílio desemprego dos cidadãos.
  • 17. REFERÊNCIA S • https://www.agazeta.com.br/es/economia/ ponto-a-ponto-os-impactos-da-pandemia- na-economia-e-no-seu-bolso-0620 • https://secad.artmed.com.br/blog/coronavir us/licoes-coronavirus-na-saude/ • https://www.terraempresas.com.br/blog/novos- habitos-de-consumo-durante-a- pandemia/?cdConvenio= • https://sincofarma.org.br/noticias/como-o- coronavirus-vai-mudar-nossas-vidas-dez- tendencias-para-o-mundo-pos-pandemia/