SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Baixar para ler offline
LISTA ATIVIDADES - ASSOCIAÇÕES POLÍTICAS
1. Sobre os BRICS, assinale o que for INCORRETO:
a) É um grupo formado pelos países considerados emergentes, formando um dos
maiores blocos econômicos do planeta, atrás apenas da União Europeia.
b) Formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, o BRICS é um acordo
internacional diplomático entre nações consideradas emergentes.
c) Até 2011, a sigla era conhecida apenas por “BRIC”, sendo alterada após a inclusão
da África do Sul no grupo.
d) Recentemente, os BRICS vêm discutindo sobre a criação de um banco
internacional próprio do grupo, paralelo ao FMI e ao Banco Mundial.
2. Há dez anos, no dia 30 de novembro, criei o acrônimo Bric para descrever a
provável expansão vigorosa das economias do Brasil, Rússia, Índia e China.
Comparada às minhas previsões na época, a história dos Brics se mostrou um
sucesso muito maior do que eu podia imaginar. No quadro mais otimista, sugeria que
os Brics chegariam talvez a representar coletivamente 14% do Produto Interno Bruto
(PIB) global, em relação aos seus então 8%. Na realidade, alcançaram cerca de 19%.
Há 10 anos, eu pensava que a China poderia se tornar tão grande quanto à Alemanha.
No entanto, ela chegou ao dobro do tamanho da Alemanha e passou à frente do
Japão. O Brasil superou a Itália e é hoje a 7ª maior economia mundial, muito mais do
que eu calculara (na semana passada, divulgou-se que o Brasil passou a Grã-
Bretanha e já é a sexta economia do mundo) [...].
O'NEILL, Jim. 10 anos de Brics, muito para comemorar. Estadão, 01/01/12. Disponível
em: estadão.com.br
Com base no texto acima e em seus conhecimentos sobre o grupo dos Brics, julgue as
afirmações abaixo, assinalando V (para verdadeiro) ou F (para falso).
1. ( ) O autor do texto, Jim O’Neill, foi o criador da expressão “BRIC” para designar o
grupo de países emergentes até então: Brasil, Rússia, Índia e China.
2. ( ) Pode-se afirmar que a participação acima do esperado dos Brics no PIB global
se deveu às sucessivas crises nos países desenvolvidos na década de 2000
associadas ao crescimento econômico dos países emergentes.
3. ( ) Entre os BRICS, o país que apresentou as maiores taxas de crescimento nos
últimos anos foi a China, seguida pela Índia.
4. ( ) Quando o acrônico “BRIC” foi criado, não se imaginava que ele pudesse se
transformar em um agrupamento internacional formado pelos mais novos países
desenvolvidos do mundo.
5. ( ) No trecho “há 10 anos, eu pensava que a China poderia se tornar tão grande
quanto à Alemanha”, fica evidente que o autor não previa que a China se tornaria a
economia com o maior PIB do mundo, o que ocorreu em 2010.
3. Trata-se de um país que faz parte dos chamados BRICS e que sofreu com uma
profunda crise ao longo dos anos 1990, superando as suas dificuldades econômicas a
partir das exportações de combustíveis fósseis, sobretudo o petróleo. Apesar de não
ser uma nação desenvolvida, é respeitada e temida por muitos países em razão de
seu poderio militar.
O país ao qual o texto faz referência é:
a) Brasil
b) Rússia
c) Índia
d) China
e) África do Sul
4. (UERJ) Os líderes dos países que integram os Brics – Brasil, Rússia, Índia, China e
África do Sul – encerraram seu terceiro encontro com um comunicado em que pedem
conjunta e explicitamente, pela primeira vez, mudanças no Conselho de Segurança
das Nações Unidas. O texto defende reformas na ONU para aumentar a
representatividade na instituição, além de alterações no Fundo Monetário Internacional
e no Banco Mundial. Para os líderes dos Brics, a reforma da ONU é essencial, pois
não é mais possível manter as formas institucionais erguidas logo após a Segunda
Guerra Mundial.
(Adaptado de O Globo, 15/04/2011).
Uma das principais mudanças no contexto internacional contemporâneo que se
relaciona com as reformas propostas pelos Brics está indicada em:
a) afirmação da multipolaridade
b) proliferação de armas atômicas
c) hegemonia econômica dos EUA.
d) diversificação dos fluxos de capitais
5. (FATEC)
É correto afirmar que as regiões destacadas em preto no mapa representam os países
que:
a) formam os BRICS, conjunto de países emergentes que possuem características
comuns como, por exemplo, relevante crescimento econômico.
b) priorizam a energia nuclear como matriz energética e, por esse motivo, investem no
enriquecimento de urânio para abastecer suas usinas.
c) são os maiores exportadores de produtos primários, como a cana-de-açúcar,
banana e soja, por serem países de solo fértil.
d) formam o bloco econômico NAFTA, que tem como finalidade eliminar as barreiras
alfandegárias entre seus membros.
e) formam o bloco denominado G5, que se caracteriza pela desaceleração da
industrialização e pela crise econômica.
6. (ENEM - 2010) - O G-20 é o grupo que reúne os países do G-7, os mais
industrializados do mundo (EUA, Japão, Alemanha, França, Reino Unido, Itália e
Canadá), a União Europeia, os principais emergentes, além da Austrália. Esse grupo
de países vem ganhando força nos fóruns internacionais de decisão e consulta.
(ALLAN, R. Crise global. Disponível em: http://conteudoclippingmp.planejamento.gov.br. Acesso
em: 31 jul. 2010).
Entre os países emergentes que formam o G-20, estão os chamados BRIC (Brasil,
Rússia, Índia e China), termo criado em 2001 para referir-se aos países que:
a) apresentam características econômicas promissoras para as próximas décadas.
b) possuem base tecnológica mais elevada.
c) apresentam índices de igualdade social e econômica mais acentuados.
d) apresentam diversidade ambiental suficiente para impulsionar a economia global.
e) possuem similaridades culturais capazes de alavancar a economia mundial.
7. Sobre a formação do G20, pode-se afirmar que
a) é uma forma de reconhecimento à maior participação destes países em problemas
regionais, substituindo os organismos internacionais tradicionais como a ONU, o FMI
e, na esfera militar, a OTAN.
b) foi produto das transformações políticas que ocorreram após o fim da Guerra Fria e
expressa a nova divisão do mundo por grandes áreas de civilização, das quais esses
países são os principais representantes.
c) expressa os resultados políticos das mudanças na divisão internacional do trabalho,
com ênfase na agricultura, contra subsídios dos países ricos e pela liberalização
comercial global.
d) representa o crescimento da importância do comércio de commodities no mundo
atual e a preocupação, por parte dos países ricos, de que a sua escassez possa gerar
conflitos internacionais.
e) reflete a nova divisão do mundo entre uma maioria industrializada e uma parcela de
países exportadores de produtos primários excluídos das decisões econômicas
mundiais.
8. (UERJ - 2009) - Cercada de expectativas, a reunião do G-20, grupo que congrega
os países mais ricos e os principais emergentes do mundo, chegou ao fim, em
Londres, com o consenso da necessidade de combate aos paraísos fiscais e da
criação de novas regras de fiscalização para o sistema financeiro. Além disso, os
líderes concordaram, dentre várias medidas, em injetar US$ 1,1 trilhão na economia
para debelar a crise.
Adaptado de http://zerohora.clicrbs.com.br
A passagem da década de 1980 para a de 1990 ficou marcada como um momento
histórico no qual se esgotou um arranjo geopolítico e teve início uma nova ordem
política internacional, cuja configuração mais clara ainda está em andamento.
Conforme se observa na notícia, essa nova geopolítica possui a seguinte
característica marcante:
a) Diminuição dos fluxos internacionais de capital.
b) Aumento do número de polos de poder mundial.
c) Redução das desigualdades sociais entre o Norte e o Sul.
d) Crescimento da probabilidade de conflitos entre países centrais e periféricos.
9. Por que A Rússia deixou de praticar da reunião do G7 em 2014?
-
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
10.“O conceito, que deu origem a um grupo, foi criado pelo economista Jim O’Neill, do
banco Goldman Sachs, em um estudo de 2001 que previa que as quatro economias
emergentes teriam um PIB superior ao do G6 até 2050. As projeções, sob o título de
Dreaming with the BRICs (em tradução livre, “Sonhando com os Brics” –bric significa
tijolo em inglês), foram recebidas com ceticismo por muitos, mas, nos anos seguintes,
os números começaram a exceder em muito o “sonho” das projeções.”
http://economia.uol.com.br
- O grupo ganhou recentemente um “S” que se refere:
a) ao Senegal.
b) ao Sudão do Norte.
c) à África do Sul.
d) às Seicheles.
e) ao Sri Lanka.
RESPOSTAS
Questão 1
a) Incorreto – Os BRICS não formam um bloco econômico, mas sim um agrupamento em
formação de associação internacional de cooperação diplomática. Quando se fala em bloco
econômico, pressupõe-se o livre comércio, a diminuição ou extinção das barreiras
alfandegárias entre os membros, entre outros fatores, o que não ocorre nesse grupo.
b) Correto – O BRICS é formado pelas nações ditas emergentes, que possuem grande
potencial de se tornarem grandes economias nos próximos anos.
c) Correto – Em 2011, a África do Sul foi incorporada ao BRIC, que passou então a ser chamar
BRICS.
d) Correto – A discussão sobre o Banco dos BRICS foi um dos principais temas da cúpula
organizada pelos países que compõem o grupo em 2013 e deve se efetivar nos próximos
anos, com provável sede na África do Sul.
Questão 2
1. (V) – a expressão “BRIC” foi criada pelo economista norte-americano Jim O’Neill, no início
dos anos 2000.
2. (V) – As crises de 2001 e 2008/09 foram responsáveis pelo baixo crescimento e até
regressão das economias de alguns países desenvolvidos, o que contribuiu
significativamente para o aumento da participação das nações emergentes.
3. (V) – A China vem registrando sucessivas taxas de crescimento superiores a 9% ao ano,
seguida pela Índia, cujo crescimento oscila entre 6 e 7% ao ano.
4. (F) – Inicialmente criado apenas como um termo econômico, os BRIC passaram a se tornar
um organismo internacional a partir de 2006. Entretanto, ao contrário do que a alternativa
afirma, essas nações emergentes não podem ser consideradas ainda como países
desenvolvidos.
5. (F) – A China não se tornou a economia com o maior PIB do mundo, pois ainda se encontra
muito atrás dos Estados Unidos.
Questão 3
b) Rússia.
A Rússia sofreu com uma terrível crise com a liberalização de sua economia no período após
o término da Guerra Fria. A saída foi intensificar a exportação de produção de petróleo a fim
de melhorar o superávit do país e gerar mais empregos e riquezas. Por conta disso,
apresenta ainda uma economia muito frágil, o que contrasta com o seu grande arsenal
militar, herança da extinta União Soviética.
Questão 4
A criação da ONU em 1945 aconteceu após a Segunda Guerra Mundial e assinalou um
contexto histórico que demarcaria o início da polarização entre EUA e URSS. O argumento
dos países dos Brics é que, desde então, muitas alterações aconteceram nas ordens
econômicas e políticas internacionais, em sinal claro da atual condição de multipolaridade a
qual perpassa as relações internacionais.
letra A.
Questão 5
No mapa, estão indicadas as localizações de Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, países
que formam o BRICS, grupo de nações de economias emergentes.
Letra A.
Questão 6
Letra A.
Questão 7
Letra C.
Questão 8
Letra B.
Questão 9
Após a crise na Ucrânia, o G7 decidiu deixar de convidar a Rússia para as reuniões do grupo.
A Rússia não foi definitivamente eliminada, mas sim suspensa pelos países do G7 em
represália à anexação da Crimeia.
Questão 10
Letra C.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

2014 Brics - potencialidades e desconfianças
2014 Brics - potencialidades e desconfianças2014 Brics - potencialidades e desconfianças
2014 Brics - potencialidades e desconfianças
MARIANO C7S
 
Unidade2 2 a_lista_setor371_revisao_sartre
Unidade2 2 a_lista_setor371_revisao_sartreUnidade2 2 a_lista_setor371_revisao_sartre
Unidade2 2 a_lista_setor371_revisao_sartre
Ademir Aquino
 
Organizações supranacionais e blocos
Organizações supranacionais e blocosOrganizações supranacionais e blocos
Organizações supranacionais e blocos
Alexandre Gangorra
 
Blocos supranacionais
Blocos supranacionaisBlocos supranacionais
Blocos supranacionais
Débora Sales
 
Revisão de geografia 2º ano
Revisão de geografia 2º anoRevisão de geografia 2º ano
Revisão de geografia 2º ano
eunamahcado
 
Lista de atividades - globalização
Lista de atividades - globalizaçãoLista de atividades - globalização
Lista de atividades - globalização
matheuslw
 
Power point cap. 15 (alca)
Power point cap. 15 (alca)Power point cap. 15 (alca)
Power point cap. 15 (alca)
José Roberto
 

Mais procurados (20)

2014 Brics - potencialidades e desconfianças
2014 Brics - potencialidades e desconfianças2014 Brics - potencialidades e desconfianças
2014 Brics - potencialidades e desconfianças
 
Bric’s
Bric’sBric’s
Bric’s
 
Unidade2 2 a_lista_setor371_revisao_sartre
Unidade2 2 a_lista_setor371_revisao_sartreUnidade2 2 a_lista_setor371_revisao_sartre
Unidade2 2 a_lista_setor371_revisao_sartre
 
Primeira lista exercicios_globaliz_satrte_2020
Primeira lista exercicios_globaliz_satrte_2020Primeira lista exercicios_globaliz_satrte_2020
Primeira lista exercicios_globaliz_satrte_2020
 
Aula de atualidade.
Aula de atualidade.Aula de atualidade.
Aula de atualidade.
 
Aulas 02 e 03 - Blocos econômicos
Aulas 02 e 03 - Blocos econômicosAulas 02 e 03 - Blocos econômicos
Aulas 02 e 03 - Blocos econômicos
 
O mundo multipolar
O mundo multipolarO mundo multipolar
O mundo multipolar
 
O Brasil na economia global
O Brasil na economia globalO Brasil na economia global
O Brasil na economia global
 
Africa oportunidades para empresas brasileiras revista brasileira de comer...
Africa   oportunidades para empresas brasileiras  revista brasileira de comer...Africa   oportunidades para empresas brasileiras  revista brasileira de comer...
Africa oportunidades para empresas brasileiras revista brasileira de comer...
 
Organizações supranacionais e blocos
Organizações supranacionais e blocosOrganizações supranacionais e blocos
Organizações supranacionais e blocos
 
PALESTRA DO PROFESSOR ALBERTO BORGES MATHIAS ABIGRAF
PALESTRA DO PROFESSOR ALBERTO BORGES MATHIAS ABIGRAFPALESTRA DO PROFESSOR ALBERTO BORGES MATHIAS ABIGRAF
PALESTRA DO PROFESSOR ALBERTO BORGES MATHIAS ABIGRAF
 
RIO+20 E O BRICS
RIO+20 E O BRICSRIO+20 E O BRICS
RIO+20 E O BRICS
 
Blocos supranacionais
Blocos supranacionaisBlocos supranacionais
Blocos supranacionais
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
Revisão de geografia 2º ano
Revisão de geografia 2º anoRevisão de geografia 2º ano
Revisão de geografia 2º ano
 
01
0101
01
 
E.j.a prova setembro escola de ensino médio raultavares cavalcante 2
E.j.a prova setembro escola de ensino médio raultavares cavalcante 2E.j.a prova setembro escola de ensino médio raultavares cavalcante 2
E.j.a prova setembro escola de ensino médio raultavares cavalcante 2
 
Lista de atividades - globalização
Lista de atividades - globalizaçãoLista de atividades - globalização
Lista de atividades - globalização
 
Power point cap. 15 (alca)
Power point cap. 15 (alca)Power point cap. 15 (alca)
Power point cap. 15 (alca)
 
Teste de Atualidades para concurso TRT Bahia do professor Orlando Stiebler
Teste de Atualidades para concurso TRT Bahia do professor Orlando StieblerTeste de Atualidades para concurso TRT Bahia do professor Orlando Stiebler
Teste de Atualidades para concurso TRT Bahia do professor Orlando Stiebler
 

Semelhante a Lista atividades ASSOCIAÇÕES POLÍTICAS

Exercicio de geografia sobre economia global com gabarito
Exercicio de geografia sobre economia global com gabaritoExercicio de geografia sobre economia global com gabarito
Exercicio de geografia sobre economia global com gabarito
Estude Mais
 
Os BRICS e seus desafios no combate à desigualdade
Os BRICS e seus desafios no combate à desigualdadeOs BRICS e seus desafios no combate à desigualdade
Os BRICS e seus desafios no combate à desigualdade
Oxfam Brasil
 
Geografia globalização e desenvolvimento 01 – 2013 – ifba
Geografia   globalização e desenvolvimento 01 – 2013 – ifbaGeografia   globalização e desenvolvimento 01 – 2013 – ifba
Geografia globalização e desenvolvimento 01 – 2013 – ifba
Jakson Raphael Pereira Barbosa
 
Avaliação de Geografia 3° ano 3° bimestre.docx
Avaliação de Geografia 3° ano  3° bimestre.docxAvaliação de Geografia 3° ano  3° bimestre.docx
Avaliação de Geografia 3° ano 3° bimestre.docx
ssuser9666b0
 
Brasil Projeções de Poder
Brasil Projeções de PoderBrasil Projeções de Poder
Brasil Projeções de Poder
mundogeofieo
 

Semelhante a Lista atividades ASSOCIAÇÕES POLÍTICAS (20)

Atividade de geografia
Atividade de geografiaAtividade de geografia
Atividade de geografia
 
BRICS.pptx
BRICS.pptxBRICS.pptx
BRICS.pptx
 
Exercicio de geografia sobre economia global com gabarito
Exercicio de geografia sobre economia global com gabaritoExercicio de geografia sobre economia global com gabarito
Exercicio de geografia sobre economia global com gabarito
 
Atualidades brics
Atualidades   bricsAtualidades   brics
Atualidades brics
 
Lista de Exercício China.
Lista de Exercício China.Lista de Exercício China.
Lista de Exercício China.
 
Os BRICS e seus desafios no combate à desigualdade
Os BRICS e seus desafios no combate à desigualdadeOs BRICS e seus desafios no combate à desigualdade
Os BRICS e seus desafios no combate à desigualdade
 
E.j.a provas globalização
E.j.a provas globalizaçãoE.j.a provas globalização
E.j.a provas globalização
 
Trabalho de Geografia - BRICS
Trabalho de Geografia - BRICSTrabalho de Geografia - BRICS
Trabalho de Geografia - BRICS
 
BRICS
BRICSBRICS
BRICS
 
DIEESE - Nota Técnica - Banco dos BRICs
DIEESE - Nota Técnica - Banco dos BRICsDIEESE - Nota Técnica - Banco dos BRICs
DIEESE - Nota Técnica - Banco dos BRICs
 
Geo 8 resp
Geo 8 respGeo 8 resp
Geo 8 resp
 
Geografia globalização e desenvolvimento 01 – 2013 – ifba
Geografia   globalização e desenvolvimento 01 – 2013 – ifbaGeografia   globalização e desenvolvimento 01 – 2013 – ifba
Geografia globalização e desenvolvimento 01 – 2013 – ifba
 
Avaliação de Geografia 3° ano 3° bimestre.docx
Avaliação de Geografia 3° ano  3° bimestre.docxAvaliação de Geografia 3° ano  3° bimestre.docx
Avaliação de Geografia 3° ano 3° bimestre.docx
 
Brics
BricsBrics
Brics
 
PAÍSES EMERGENTES
PAÍSES EMERGENTESPAÍSES EMERGENTES
PAÍSES EMERGENTES
 
Segunda lista exercicios_globaliz_satrte_2020
Segunda lista exercicios_globaliz_satrte_2020Segunda lista exercicios_globaliz_satrte_2020
Segunda lista exercicios_globaliz_satrte_2020
 
Simulado _fcc
Simulado  _fccSimulado  _fcc
Simulado _fcc
 
Brasil Projeções de Poder
Brasil Projeções de PoderBrasil Projeções de Poder
Brasil Projeções de Poder
 
Apostila atualidades - 2012 - gesiel oliveira
Apostila   atualidades - 2012 - gesiel oliveiraApostila   atualidades - 2012 - gesiel oliveira
Apostila atualidades - 2012 - gesiel oliveira
 
Geo 8 uni8
Geo 8 uni8Geo 8 uni8
Geo 8 uni8
 

Mais de CADUCOC

Blocos economicos parte_1
Blocos economicos parte_1Blocos economicos parte_1
Blocos economicos parte_1
CADUCOC
 
O desemprego estrutural
O desemprego estruturalO desemprego estrutural
O desemprego estrutural
CADUCOC
 
Principais eventos da guerra fria
Principais eventos da guerra friaPrincipais eventos da guerra fria
Principais eventos da guerra fria
CADUCOC
 
Aula 1 terceiro ano
Aula 1 terceiro anoAula 1 terceiro ano
Aula 1 terceiro ano
CADUCOC
 
Listao Enem Sartre_Comentada
Listao Enem Sartre_ComentadaListao Enem Sartre_Comentada
Listao Enem Sartre_Comentada
CADUCOC
 
Lista revisão Tigres_Asiáticos_frente_1_cadu
Lista revisão Tigres_Asiáticos_frente_1_caduLista revisão Tigres_Asiáticos_frente_1_cadu
Lista revisão Tigres_Asiáticos_frente_1_cadu
CADUCOC
 
TEXTO_COMPLEMENTAR_Resumo china
TEXTO_COMPLEMENTAR_Resumo chinaTEXTO_COMPLEMENTAR_Resumo china
TEXTO_COMPLEMENTAR_Resumo china
CADUCOC
 

Mais de CADUCOC (20)

Blocos economicos parte_1
Blocos economicos parte_1Blocos economicos parte_1
Blocos economicos parte_1
 
O Novo Nafta
O Novo NaftaO Novo Nafta
O Novo Nafta
 
Blocos economicos segunda_parte
Blocos economicos segunda_parteBlocos economicos segunda_parte
Blocos economicos segunda_parte
 
O desemprego estrutural
O desemprego estruturalO desemprego estrutural
O desemprego estrutural
 
Principais eventos da guerra fria
Principais eventos da guerra friaPrincipais eventos da guerra fria
Principais eventos da guerra fria
 
Lista enem 2018_geografia
Lista enem 2018_geografiaLista enem 2018_geografia
Lista enem 2018_geografia
 
Lista enem 2017_geografia
Lista enem 2017_geografiaLista enem 2017_geografia
Lista enem 2017_geografia
 
Aula 1 terceiro ano
Aula 1 terceiro anoAula 1 terceiro ano
Aula 1 terceiro ano
 
Listao Enem Sartre_Comentada
Listao Enem Sartre_ComentadaListao Enem Sartre_Comentada
Listao Enem Sartre_Comentada
 
Lista revisão Tigres_Asiáticos_frente_1_cadu
Lista revisão Tigres_Asiáticos_frente_1_caduLista revisão Tigres_Asiáticos_frente_1_cadu
Lista revisão Tigres_Asiáticos_frente_1_cadu
 
Aula Tigres_Asiáticos_Sartre_postar
Aula Tigres_Asiáticos_Sartre_postarAula Tigres_Asiáticos_Sartre_postar
Aula Tigres_Asiáticos_Sartre_postar
 
Lista China
Lista ChinaLista China
Lista China
 
Lista II unidade_industria_sartre_frente_1
Lista II unidade_industria_sartre_frente_1Lista II unidade_industria_sartre_frente_1
Lista II unidade_industria_sartre_frente_1
 
TEXTO_COMPLEMENTAR_Resumo china
TEXTO_COMPLEMENTAR_Resumo chinaTEXTO_COMPLEMENTAR_Resumo china
TEXTO_COMPLEMENTAR_Resumo china
 
Aula CHINA 3° ANO SARTRE
Aula CHINA 3° ANO SARTREAula CHINA 3° ANO SARTRE
Aula CHINA 3° ANO SARTRE
 
Lista Revisão Oligopólios
Lista Revisão OligopóliosLista Revisão Oligopólios
Lista Revisão Oligopólios
 
Todas questões da Strix Geografia gabarito = CADU
Todas questões da Strix Geografia gabarito = CADUTodas questões da Strix Geografia gabarito = CADU
Todas questões da Strix Geografia gabarito = CADU
 
Resumo geografia oligopólios
Resumo geografia oligopóliosResumo geografia oligopólios
Resumo geografia oligopólios
 
Aula - industria 3 ANO
Aula -  industria 3 ANOAula -  industria 3 ANO
Aula - industria 3 ANO
 
Resumo fordismo toytismo_volvismo
Resumo fordismo toytismo_volvismoResumo fordismo toytismo_volvismo
Resumo fordismo toytismo_volvismo
 

Último

Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Kelly Mendes
 

Último (20)

Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 

Lista atividades ASSOCIAÇÕES POLÍTICAS

  • 1. LISTA ATIVIDADES - ASSOCIAÇÕES POLÍTICAS 1. Sobre os BRICS, assinale o que for INCORRETO: a) É um grupo formado pelos países considerados emergentes, formando um dos maiores blocos econômicos do planeta, atrás apenas da União Europeia. b) Formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, o BRICS é um acordo internacional diplomático entre nações consideradas emergentes. c) Até 2011, a sigla era conhecida apenas por “BRIC”, sendo alterada após a inclusão da África do Sul no grupo. d) Recentemente, os BRICS vêm discutindo sobre a criação de um banco internacional próprio do grupo, paralelo ao FMI e ao Banco Mundial. 2. Há dez anos, no dia 30 de novembro, criei o acrônimo Bric para descrever a provável expansão vigorosa das economias do Brasil, Rússia, Índia e China. Comparada às minhas previsões na época, a história dos Brics se mostrou um sucesso muito maior do que eu podia imaginar. No quadro mais otimista, sugeria que os Brics chegariam talvez a representar coletivamente 14% do Produto Interno Bruto (PIB) global, em relação aos seus então 8%. Na realidade, alcançaram cerca de 19%. Há 10 anos, eu pensava que a China poderia se tornar tão grande quanto à Alemanha. No entanto, ela chegou ao dobro do tamanho da Alemanha e passou à frente do Japão. O Brasil superou a Itália e é hoje a 7ª maior economia mundial, muito mais do que eu calculara (na semana passada, divulgou-se que o Brasil passou a Grã- Bretanha e já é a sexta economia do mundo) [...]. O'NEILL, Jim. 10 anos de Brics, muito para comemorar. Estadão, 01/01/12. Disponível em: estadão.com.br Com base no texto acima e em seus conhecimentos sobre o grupo dos Brics, julgue as afirmações abaixo, assinalando V (para verdadeiro) ou F (para falso). 1. ( ) O autor do texto, Jim O’Neill, foi o criador da expressão “BRIC” para designar o grupo de países emergentes até então: Brasil, Rússia, Índia e China. 2. ( ) Pode-se afirmar que a participação acima do esperado dos Brics no PIB global se deveu às sucessivas crises nos países desenvolvidos na década de 2000 associadas ao crescimento econômico dos países emergentes.
  • 2. 3. ( ) Entre os BRICS, o país que apresentou as maiores taxas de crescimento nos últimos anos foi a China, seguida pela Índia. 4. ( ) Quando o acrônico “BRIC” foi criado, não se imaginava que ele pudesse se transformar em um agrupamento internacional formado pelos mais novos países desenvolvidos do mundo. 5. ( ) No trecho “há 10 anos, eu pensava que a China poderia se tornar tão grande quanto à Alemanha”, fica evidente que o autor não previa que a China se tornaria a economia com o maior PIB do mundo, o que ocorreu em 2010. 3. Trata-se de um país que faz parte dos chamados BRICS e que sofreu com uma profunda crise ao longo dos anos 1990, superando as suas dificuldades econômicas a partir das exportações de combustíveis fósseis, sobretudo o petróleo. Apesar de não ser uma nação desenvolvida, é respeitada e temida por muitos países em razão de seu poderio militar. O país ao qual o texto faz referência é: a) Brasil b) Rússia c) Índia d) China e) África do Sul 4. (UERJ) Os líderes dos países que integram os Brics – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul – encerraram seu terceiro encontro com um comunicado em que pedem conjunta e explicitamente, pela primeira vez, mudanças no Conselho de Segurança das Nações Unidas. O texto defende reformas na ONU para aumentar a representatividade na instituição, além de alterações no Fundo Monetário Internacional e no Banco Mundial. Para os líderes dos Brics, a reforma da ONU é essencial, pois não é mais possível manter as formas institucionais erguidas logo após a Segunda Guerra Mundial. (Adaptado de O Globo, 15/04/2011). Uma das principais mudanças no contexto internacional contemporâneo que se relaciona com as reformas propostas pelos Brics está indicada em: a) afirmação da multipolaridade b) proliferação de armas atômicas c) hegemonia econômica dos EUA.
  • 3. d) diversificação dos fluxos de capitais 5. (FATEC) É correto afirmar que as regiões destacadas em preto no mapa representam os países que: a) formam os BRICS, conjunto de países emergentes que possuem características comuns como, por exemplo, relevante crescimento econômico. b) priorizam a energia nuclear como matriz energética e, por esse motivo, investem no enriquecimento de urânio para abastecer suas usinas. c) são os maiores exportadores de produtos primários, como a cana-de-açúcar, banana e soja, por serem países de solo fértil. d) formam o bloco econômico NAFTA, que tem como finalidade eliminar as barreiras alfandegárias entre seus membros. e) formam o bloco denominado G5, que se caracteriza pela desaceleração da industrialização e pela crise econômica. 6. (ENEM - 2010) - O G-20 é o grupo que reúne os países do G-7, os mais industrializados do mundo (EUA, Japão, Alemanha, França, Reino Unido, Itália e Canadá), a União Europeia, os principais emergentes, além da Austrália. Esse grupo de países vem ganhando força nos fóruns internacionais de decisão e consulta. (ALLAN, R. Crise global. Disponível em: http://conteudoclippingmp.planejamento.gov.br. Acesso em: 31 jul. 2010). Entre os países emergentes que formam o G-20, estão os chamados BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China), termo criado em 2001 para referir-se aos países que: a) apresentam características econômicas promissoras para as próximas décadas.
  • 4. b) possuem base tecnológica mais elevada. c) apresentam índices de igualdade social e econômica mais acentuados. d) apresentam diversidade ambiental suficiente para impulsionar a economia global. e) possuem similaridades culturais capazes de alavancar a economia mundial. 7. Sobre a formação do G20, pode-se afirmar que a) é uma forma de reconhecimento à maior participação destes países em problemas regionais, substituindo os organismos internacionais tradicionais como a ONU, o FMI e, na esfera militar, a OTAN. b) foi produto das transformações políticas que ocorreram após o fim da Guerra Fria e expressa a nova divisão do mundo por grandes áreas de civilização, das quais esses países são os principais representantes. c) expressa os resultados políticos das mudanças na divisão internacional do trabalho, com ênfase na agricultura, contra subsídios dos países ricos e pela liberalização comercial global. d) representa o crescimento da importância do comércio de commodities no mundo atual e a preocupação, por parte dos países ricos, de que a sua escassez possa gerar conflitos internacionais. e) reflete a nova divisão do mundo entre uma maioria industrializada e uma parcela de países exportadores de produtos primários excluídos das decisões econômicas mundiais. 8. (UERJ - 2009) - Cercada de expectativas, a reunião do G-20, grupo que congrega os países mais ricos e os principais emergentes do mundo, chegou ao fim, em Londres, com o consenso da necessidade de combate aos paraísos fiscais e da criação de novas regras de fiscalização para o sistema financeiro. Além disso, os líderes concordaram, dentre várias medidas, em injetar US$ 1,1 trilhão na economia para debelar a crise. Adaptado de http://zerohora.clicrbs.com.br A passagem da década de 1980 para a de 1990 ficou marcada como um momento histórico no qual se esgotou um arranjo geopolítico e teve início uma nova ordem política internacional, cuja configuração mais clara ainda está em andamento. Conforme se observa na notícia, essa nova geopolítica possui a seguinte característica marcante: a) Diminuição dos fluxos internacionais de capital. b) Aumento do número de polos de poder mundial.
  • 5. c) Redução das desigualdades sociais entre o Norte e o Sul. d) Crescimento da probabilidade de conflitos entre países centrais e periféricos. 9. Por que A Rússia deixou de praticar da reunião do G7 em 2014? - ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ 10.“O conceito, que deu origem a um grupo, foi criado pelo economista Jim O’Neill, do banco Goldman Sachs, em um estudo de 2001 que previa que as quatro economias emergentes teriam um PIB superior ao do G6 até 2050. As projeções, sob o título de Dreaming with the BRICs (em tradução livre, “Sonhando com os Brics” –bric significa tijolo em inglês), foram recebidas com ceticismo por muitos, mas, nos anos seguintes, os números começaram a exceder em muito o “sonho” das projeções.” http://economia.uol.com.br - O grupo ganhou recentemente um “S” que se refere: a) ao Senegal. b) ao Sudão do Norte. c) à África do Sul. d) às Seicheles. e) ao Sri Lanka. RESPOSTAS
  • 6. Questão 1 a) Incorreto – Os BRICS não formam um bloco econômico, mas sim um agrupamento em formação de associação internacional de cooperação diplomática. Quando se fala em bloco econômico, pressupõe-se o livre comércio, a diminuição ou extinção das barreiras alfandegárias entre os membros, entre outros fatores, o que não ocorre nesse grupo. b) Correto – O BRICS é formado pelas nações ditas emergentes, que possuem grande potencial de se tornarem grandes economias nos próximos anos. c) Correto – Em 2011, a África do Sul foi incorporada ao BRIC, que passou então a ser chamar BRICS. d) Correto – A discussão sobre o Banco dos BRICS foi um dos principais temas da cúpula organizada pelos países que compõem o grupo em 2013 e deve se efetivar nos próximos anos, com provável sede na África do Sul. Questão 2 1. (V) – a expressão “BRIC” foi criada pelo economista norte-americano Jim O’Neill, no início dos anos 2000. 2. (V) – As crises de 2001 e 2008/09 foram responsáveis pelo baixo crescimento e até regressão das economias de alguns países desenvolvidos, o que contribuiu significativamente para o aumento da participação das nações emergentes. 3. (V) – A China vem registrando sucessivas taxas de crescimento superiores a 9% ao ano, seguida pela Índia, cujo crescimento oscila entre 6 e 7% ao ano. 4. (F) – Inicialmente criado apenas como um termo econômico, os BRIC passaram a se tornar um organismo internacional a partir de 2006. Entretanto, ao contrário do que a alternativa afirma, essas nações emergentes não podem ser consideradas ainda como países desenvolvidos. 5. (F) – A China não se tornou a economia com o maior PIB do mundo, pois ainda se encontra muito atrás dos Estados Unidos. Questão 3 b) Rússia. A Rússia sofreu com uma terrível crise com a liberalização de sua economia no período após o término da Guerra Fria. A saída foi intensificar a exportação de produção de petróleo a fim de melhorar o superávit do país e gerar mais empregos e riquezas. Por conta disso, apresenta ainda uma economia muito frágil, o que contrasta com o seu grande arsenal militar, herança da extinta União Soviética. Questão 4
  • 7. A criação da ONU em 1945 aconteceu após a Segunda Guerra Mundial e assinalou um contexto histórico que demarcaria o início da polarização entre EUA e URSS. O argumento dos países dos Brics é que, desde então, muitas alterações aconteceram nas ordens econômicas e políticas internacionais, em sinal claro da atual condição de multipolaridade a qual perpassa as relações internacionais. letra A. Questão 5 No mapa, estão indicadas as localizações de Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, países que formam o BRICS, grupo de nações de economias emergentes. Letra A. Questão 6 Letra A. Questão 7 Letra C. Questão 8 Letra B. Questão 9 Após a crise na Ucrânia, o G7 decidiu deixar de convidar a Rússia para as reuniões do grupo. A Rússia não foi definitivamente eliminada, mas sim suspensa pelos países do G7 em represália à anexação da Crimeia. Questão 10 Letra C.