Apresentacao Alunos UFSCAR

512 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
512
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentacao Alunos UFSCAR

  1. 1. Normalização técnicade documentosRosana Alvarez Paschoalino
  2. 2. HonoráriosBibliotecário ConsultorSALÁRIO HORA SEM VÍNCULOEMPREGATÍCIO
  3. 3. • Consultoria e assessoria: diagnóstico e projeto; organização/implantação/manutenção (de, bibliotecas, centros de informação e sistemas de informação/base de dados) = R$ 63,60/hora• Treinamento/cursos de aperfeiçoamento = R$ 31,80 a R$106,00 - hora/aulaPRESTAÇÃO DE SERVIÇOS• Elaboração de ficha catalográfica na fonte = R$42,40• Levantamento bibliográfico até 15 referências bibliográficas = R$42,40• Indexação de periódico = R$ 31,80 (por artigo)• Elaboração de índice = R$3,71 por página• Normalização de referências = R$2,12 por título referenciado• Normalização de documento completo (compreendendo preenchimento de solicitação de ISBN ou ISSN; ficha catalográfica de catalogação na fonte; normalização dos elementos: Capa/ Primeira capa / Segunda capa / Terceira capa / Quarta capa/ folha de rosto - ABNT-NBR- 6029/2006/ Expediente/ editorial; sumário; numeração e legenda bibliográfica; normalização dos artigos - ABNT-NBR 6022/2003; normas de apresentação tabular do IBGE) = R$477,00.• Processamento técnico por unidade: compreendendo a catalogação, classificação, número do autor (Cutter), indexação, digitação para a inclusão na base de dados e etiquetagem do documento = R$7,00 a R$25,00, dependendo da quantidade de documentos para processamento técnico.
  4. 4. ASSOCIAÇÃO PROFISSIONAL DOS BIBLIOTECÁRIOS DE PERNAMBUCORecomendação Salarial no. 01/98, de 12 de março de 1998, da AssociaçãoProfissional dos Bibliotecários de Pernambuco:• Salário base mensal mínimo para uma carga de 40 horas semanais - 10 vezes o salário mínimo;• Carga horária de 30 horas semanais - 8 vezes o salário mínimo e carga horária de 20 horas - 6 vezes o salário mínimo.• Salário hora para contrato de prestação de serviços, 15% do salário mínimo;• Consultoria e assessoria: diagnóstico, projeto, organização /implantação / manutenção (de bibliotecas, arquivos, base de dados); treinamento/cursos de aperfeiçoamento, levantamentos bibliográficos, normalização de documentos, monografias, teses, textos, etc) - hora técnica de 25% do salário mínimo;• Unidade tratada (documentos na estante não inclui digitação/datilografia de fichas) e normalização bibliográfica (a cada 10 referências) - 10% do salário mínimo.
  5. 5. ASSOCIAÇÃO RIOGRANDENSE DE BIBLIOTECÁRIOSRESOLUÇÃO n.º 01/82 - ARBFoi publicado, no D. O.E. – Indústria e Comércio do dia 13 de julho, na página 12, a Resolução n º 1/82 daARB, recomendando uma tabela salarial para o bibliotecário, a qual reproduzimos abaixo.A ASSOCIAÇÃO RIO-GRANDENSE DE BIBLIOTECÁRIOSConsiderando ser o Bibliotecário profissional de nível superior;Considerando não existir, ainda, o salário mínimo profissional para a categoria;Considerando que ao Bibliotecário cabe justa remuneração, proporcional às responsabilidades exercidas;RESOLVE RECOMENDAR:a) Salário base mensal mínimo;Para 40 horas semanais – 9 salários mínimos regionaisPara 30 horas semanais – 7 salários mínimos regionaisPara 20 horas semanais – 5 salários mínimos regionaisb) Salário hora - 13,5% do salário mínimo regional.c) Catalogação e classificação na fonte editora por obra – 15% do salário mínimo regional.d) Referências bibliográficas (revisão);Até 5 referências – 10% do salário mínimo regionalCada referência adicional – 3% do salário mínimo regionale) Levantamento bibliográfico por ano e por parte consultada:Até o limite de 10 referências:Taxa inicial – 18% do salário mínimo regionalReferências adicionais (cada) – 5% do salário mínimo regional.Porto Alegre, 25 de junho de 1982.
  6. 6. ASSOCIAÇÃO DOS BIBLIOTECÁRIOS DE SERGIPERESOLUÇÃO Nº 01/2002A APBDSE, usando das prerrogativas que lhe confere o Estatuto e considerando: Ser o Bibliotecário profissional de nível superior. Sernecessário orientar os profissionais bibliotecários e seus empregadores para uma remuneração justa e proporcional às atividades exercidas.RESOLVE:Art. 01 – Estabelecer a seguinte Recomendação Salarial mínima aos bibliotecários em exercício no Estado de Sergipe:a) Salário base mensal mínimo para uma carga horária de 40 horas semanais: 10 salários mínimos.b) Salário base mensal mínimo para uma carga horária de 30 horas semanais: 8 salários mínimos.c) Salário base mensal mínimo para uma carga horária de 20 horas semanais: 6 salários mínimos.d) Direção/Coordenação de Bibliotecas: 15 salários mínimos.Art. 2 – Serviços Técnicos/Especializadosa) Organização completa de Acervos: 10,00 reais por livro.b) Treinamento/Cursos de Aperfeiçoamento: Hora-aula de 25% do salário mínimo.c) Assessoria e Consultoria: Hora prestada de 25% do salário mínimo.d) Levantamento Bibliográfico (cada 10 referências) 25% do salário mínimo.e) Referências Bibliográficas (cada 10 referências) 25% do salário mínimo.f) Normalização de Documentos (cada página) revisão, elaboração de folha de rosto, sumário...: 25% do salário mínimo.g) Elaboração de ficha catalográfica: 25% do salário mínimo.Art. 3 – Recomenda-se que seja firmado contrato, assinado por ambas as partes na presença de suas testemunhas, em duas vias de igualteor, para que produza os efeitos legais.Art. 4 – Os valores desta Tabela são sugestões de preço mínimo. Assim sendo, é de inteira responsabilidade de cada profissional a avaliação dotrabalho a ser desenvolvido e a forma de negociação com o cliente levando-se em conta seu nível de experiência profissional.Aracaju,SE, 14 de setembro de 2002
  7. 7. ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE BIBLIOTECÁRIOS - ACBRECOMENDAÇÃO 001/97, de 10 de setembro de 1997.Recomenda sobre a aplicação do salário mínimo profissional de Bibliotecário, e estabelece a padronização de valores para a prestação de serviçosprofissionais na área de Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação no Estado de Santa Catarina.A Associação Catarinense de Bibliotecários - ACB, considerando:1. Ser O Bibliotecário profissional de nível superior;1. Que ao Bibliotecário cabe justa remuneração, proporcional às responsabilidades exercidas;1. Estar sua remuneração regulamentada somente no âmbito do Serviço Público ;1. E por existir grande expansão e diversificação no mercado de trabalho;RESOLVE RECOMENDAR:1. PISO SALARIAL HORAS SEMANAIS SALÁRIOS10 horas semanais 4 salários mínimos20 horas semanais 6 salários mínimos30 horas semanais 8 salários mínimos40 horas semanais 10 salários mínimos40 horas - Coordenação 15 salários mínimos40 horas - Direção 20 salários mínimosSalário hora 20% salário mínimo2. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS1. Catalogação e classificação na fonte- editora por obra - 30% do salário mínimo2. Referências bibliográficas - até 5 (cinco) referências - 10% do salário mínimo - cada referência adicional - 3% do salário mínimo3. Levantamento Bibliográfico por ano e por parte consultada até o limite de 10 referências - 18% do salário mínimo - cada referência adicional - 5% dosalário mínimo4. Assessoria e consultoria - 50% do salário mínimo cobrado por hora prestada, comunicado com antecedênciaEntende-se por assessoria e consultoria:Diagnóstico, planejamento e projeto de Bibliotecas, Centros de Documentação e Informação, Arquivos, etc.;Automação de Bibliotecas e Sistemas de Documentação e Informação;Planejamento de pesquisas de perfil de usuários e outras pesquisas na área;Implantação de serviços de protocolo, almoxarifado e secretaria geral;Reconstituição da memória de Instituições públicas e privadas;Assessoria na organização, desenvolvimento e dinamização de bibliotecas, sistemas de informação e banco de dados.3. Revoga-se a recomendação 001/91, de 10 de julho de 1991; a presente tabela está sujeita a reajuste, de acordo com o tempo de serviço e o salário mínimovigente.Florianópolis, 10 de setembro de 1997.
  8. 8. SINDICATO DOS BIBLIOTECÁRIOS NO ESTADO DE SÃO PAULO Abrange: Diagnóstico, planejamento e projeto de bibliotecas, centro de documentação ePor meio do SinBiesp, foi estabelecido legalmente o piso salarial para a categoria dos informação, arquivos etc;bibliotecários. A definição desse piso salarial se deu em 19??, quando da instauração Assessoria na organização, desenvolvimento e dinamização de bibliotecas, sistemasdo primeiro dissídio coletivo da categoria por decisão da diretoria do Sindicato de informações e banco de dados;naquela época. Desde então, o piso salarial vem sendo corrigido anualmente por meio Automação de bibliotecas e sistemas de documentação e informação;de um processo de negociação ou por via judicial, levados a efeito por iniciativa dadiretoria do Sindicato através da assessoria jurídica. Planejamento de pesquisas de perfil de usuários e outras pesquisas na área; Implantação de serviços de protocolo, almoxarifado e secretaria geral;Piso salarial atual - R$ 1237,02 (hum mil duzentos e trinta e sete reais e dois Reconstituição de memória das empresas.centavos) mensais, com validade para o período de 01/09/2004 a31/08/2005, conforme homologado pelo TRT - Tribunal Regional do Trabalho. Treinamento de funcionários - Valor por hora:O Piso salarial é indicado para bibliotecários recém-formados ou com menos de dois Empresas: R$91,34anos de experiência. Autônomos: R$54,91 Abrange:Outras faixas salariais: • Levantamento bibliográfico;Bibliotecários com experiência de 2 anos, conhecimentos de informática e noções de • Localização e recuperação de artigos, documentos e livros;um idioma, tem faixa salarial variando entre R$ 1.700,00 (hum mil e setecentos reais) • Normalização de trabalhos científicos;a R$ 4.000,00 (quatro mil reais). • Execução de pesquisa de perfil de usuários;Bibliotecários com experiência comprovada, conhecimentos de informática e de maisde um idioma, que direta ou indiretamente exercem cargos de chefia, tem faixa • Elaboração de índices de periódicos;salarial variando de R$ 4.000,00 (quatro mil reais) a R$ 7.000,00 (sete mil reais). • Elaboração de listas de cabeçalhos de assuntos (tesauros);No caso de Auxiliar de biblioteca, embora o SinBiesp seja restrito a bibliotecários • Conservação e restauração de materiais bibliográficos;formados, mas por força da existência imprescindível da função, temos constatado • Editoração de documentos.que a faixa salarial varia de R$ 550,00 (quinhentos e cinqüenta reais) a R$ 700,00 Os valores acima são sugestões de preços mínimos. O profissional deve avaliar o(setecentos reais) mensais. trabalho a ser desenvolvido, deslocamento e a forma de cobrança (por hora, por projeto etc). É importante levar em conta sua experiência, assim como a relaçãoHONORÁRIOS DE CONSULTORES E AUTÔNOMOS custo-benefício para o cliente.Consultoria, Assessoria e Treinamento - Valor por hora: O contrato, caso seja feito por um período superior a um ano, deve ter previsão de• Empresas: R$127,86 reajuste. Podem ser aplicados o IGPM ou o INPC, entre outros índices de correção.• Autônomos: R$80,40
  9. 9. SINDICATO DOS BIBLIOTECÁRIOS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRORESOLUÇÃO Nº 02/04O Sindicato dos Bibliotecários no Estado do Rio de Janeiro - SINDIB-RJ, usando das prerrogativas quelhe conferem o Estatuto e considerando ser necessário orientar os bibliotecários e seus empregadoresquanto a uma remuneração justa e proporcional às atividades exercidas Resolve:Art 1º Estabelecer a seguinte Recomendação salarial para os bibliotecários em exercício no Estado doRio de Janeiro:Piso Salarial- Para 40 horas semanas---------------------R$1500,00(Hum mil e quinhentos reais)- Para 30 horas semanas---------------------R$1125.00(Hum mil cento e vinte cinco reais)- Para 20 horas semanas---------------------R$ 750,00(Setecentos e cinqüenta reais)Salário Hora- R$ 6,85 (seis reais e oitenta e cinco centavos)Prestação de Serviços- R$ 52,00 para elaboração de ficha catalográfica na fonte;- R$26,00 para levantamento bibliográfico por ano/fonte de 0 até 15 referência;- R$ 18,20 para preparo técnico por unidade bibliográfica;- R$ 7,80 para indexação de cada artigo de periódico;- R$ 2,60 para cada referência adicional.
  10. 10. SINDICATO DOS BIBLIOTECÁRIOS DO ESTADO DO PARANÁPiso Salarial• 40 horas semanais 8h/dia = R$2.000,00• 30 horas semanais 6h/dia = R$1.600,00• 20 horas semanais 4h/dia = R$1.200,00Salário Hora• Consultoria = R$60,00• Normalização de documentos = R$40,00• Hora técnica = R$25,00Prestação de Serviços• Elaboração de ficha catalográfica na fonte = R$25,00• Levantamento bibliográfico por ano/fonte de 0 até 15 referências bibliográficas = R$20,00• Preparo técnico por unidade bibliográfica = R$10,00• Indexação de cada artigo de periódico = R$6,00• Normalização bibliográfica - cada 10 referências = R$20,00• Normalização de documentos = R$3,00/folha ou (salário/hora)
  11. 11. Ferramentas
  12. 12. Novos serviços
  13. 13. IdResearch MyCitation Índice h Fator de Impacto Web 2.0

×