Index2

820 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
820
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
477
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Index2

  1. 1. 2. Nossa Senhora de Laus“Muitos pecadores e pecadoras aqui se converterão”
  2. 2. Saint-Étienne-le-Laus – França 1664 a 1718
  3. 3. Síntese das Aparições Num período excepcionalmente longo dentre as várias aparições marianas, Nossa Senhora se manifestou a uma jovem pobre e analfabeta, chamada Benoîte Rencurel*, simples pastora de uma pequena e remota aldeia situada nos Alpes Franceses. As aparições tiveram início em maio de 1664, quando a vidente tinha apenas 16 anos e se estenderam por 54 anos até a sua morte (1664 – 1718). Após as aparições iniciais quase diárias, Nossa Senhora, que se apresentou como “Senhora Maria, a Mãe de Jesus”, pediu à Benoîte que se construísse no local uma igreja e uma casa para acolher sacerdotes (Laus** era uma aldeia isolada e sua pequena comunidade não tinha, assim, a presença de sacerdotes e acesso aos sacramentos, especialmente à confissão) e a preparou, no longo período das aparições, como testemunha privilegiada da graça da conversão. Em Laus, Nossa Senhora ratifica a imperiosa necessidade da participação freqüente dos homens, de todos os homens, ainda que vivendo em lugares remotos e isolados, nas graças santificantes dos sacramentos da Santa Igreja como instrumentos necessários e indispensáveis à plena conversão. * pronuncia-se: Benuate Rencuréu (em português, usa-se Benedita, Benta ou Benita) ** pronuncia-se: lú (‘laus’ significa ‘lago’, no dialeto então falado na região)
  4. 4. Síntese das Mensagens a Benoîte 1a Aparição (maio de 1664)Em um dia de maio de 1664, Benoîte cuidava de rebanhos de alguns camponesesvizinhos e estava rezando o Rosário, quando teve a visão de Saint Maurice, na formade um velho bispo da Igreja Antiga, que, depois de se identificar (próximo do local,havia uma capela dedicada a este santo, então em ruínas), recomendou à pastoraguiar o seu rebanho para outro local, o chamado Vallon des Fours onde, então, elaveria a Mãe de Deus. No dia seguinte, bem cedo, a jovem dirigiu seu rebanho até ovale indicado e lá viu realmente uma bela Senhora diante de uma gruta, trazendoconsigo um menino de beleza singular. “Formosa Senhora! – disse-lhe, sem a devidapercepção: – o que estão fazendo aí em cima? Querem comer comigo?”. A Senhorasorriu diante de sua simplicidade, mas não lhe disse nada. Benoîte então pediu àSenhora para ficar um pouco com o menino, mas a Senhora sorriu de novo semresponder. Depois de permanecer algum tempo com Benoîte, a Senhora, com omenino nos braços, entrou na gruta e se foi.
  5. 5. Síntese das Mensagens a Benoîte Aparições Iniciais (1664)Por quatro meses, nos campos de Saint-Ètienne (no Vallon des Fours), a Mãe de Deusse mostrou todos os dias e conversou com grande familiaridade com a jovem,educando-a para sua futura missão. Em 29 de agosto, Benoîte quis saber o nome daSenhora, ao que Ela lhe respondeu: “Senhora Maria, a Mãe de Jesus”. Depois disso, avidente ficou um mês sem ver a Senhora. Em 29 de setembro de 1664, Nossa Senhorainstruiu a vidente a dirigir-se, então, à pequena capela de Laus (aldeia situada cerca de4km de Saint-Ètienne), local em que as aparições passaram a ocorrer desde então. Estacapela, construída pelo moradores do vilarejo em 1640, tinha sido dedicada a ‘NossaSenhora do Bom Encontro’ (Nossa Senhora da Anunciação).
  6. 6. Síntese das Mensagens a Benoîte Aparições na Capela da Aldeia de LausNa primeira aparição na Capela de Laus, Benoîte vê Nossa Senhora sobre o altarcoberto de poeira e oferece, então, o seu avental para que a Virgem ficasse sobre ele.Nossa Senhora agradece o seu ato e lhe dirige estas palavras: “Em pouco tempo nadafaltará, e você verá toalhas de linho no altar, velas e outros ornamentos. Quero que sefaça construir aqui uma grande igreja em honra de meu Filho e de mim e também umacasa para acolher sacerdotes. Muitos pecadores e pecadoras aqui se converterão”.Durante o inverno de 1664-1665, as aparições se tornam freqüentes e Nossa Senhorarecomenda à vidente “rezar continuamente pelos pecadores”. A notícia das apariçõesse propaga entre os aldeãos, graças às vigílias das noites de inverno. Em 25 de marçode 1665, menos de um ano após a primeira aparição, a pequena capela torna-se ocentro de peregrinação de uma grande multidão.
  7. 7. Síntese das Mensagens a Benoîte Primeiro Milagre e Construção da IgrejaNa época, Laus pertencia à diocese de Enbrum, cujo vigário geral era o Padre AntoineLambert, totalmente cético em relação às aparições. Tendo-se deslocado à região, nointuito de fechar a capela às peregrinações, foi testemunha ocular de um portentosomilagre: a recuperação súbita e inexplicável de Catherine Vial, mulher da regiãoconhecida por uma invalidez disforme em ambas as pernas e que passou, de repente, aandar normalmente após uma novena a Nossa Senhora de Laus. Impressionado com ofato, o Padre Lambert autorizou o culto na capela e a construção imediata da nova igreja.
  8. 8. Síntese das Mensagens a Benoîte Aparições de Jesus e Dores da PaixãoEntre 1669 e 1679, Benoîte foi contemplada com cinco aparições de Jesus. Nasexta-feira, 7 de julho de 1673, Benoîte teve a visão de Jesus Crucificado, que lhedirigiu estas palavras: “Minha filha, mostro-me neste estado para que participes dasdores de minha Paixão”. A partir de então, todas as semanas e durante 15 anos, elasofreu uma mística crucificação entre a noite de quinta-feira e a manhã de sábado,à exceção do período entre 1677 a 1679, em que se dedicou à tarefa de preparar aalimentação dos trabalhadores envolvidos na construção da residência dos padresem Laus.
  9. 9. Síntese das Mensagens a Benoîte Aparições por toda a Vida (54 anos)Durante 54 anos, pelo menos uma vez por mês, a vidente foi contemplada com asaparições de Nossa Senhora (estimadas em mais de 600) e preparada, dia após dia,como instrumento de graça e conversão dos pecadores. Fiel à sua missão, durantetoda a sua vida, Benoîte nunca deixou de rezar e aceitar os inúmeros sofrimentos eprovações recebidas, exortando a todos os homens à penitência e à conversão notemplo e no coração de Nossa Senhora de Laus, refúgio dos pecadores.
  10. 10. Aprovação da Santa IgrejaEm 18 de setembro de 1665, as aparições foram reconhecidas oficialmente pela autoridadediocesana (Padre Antoine Lambert, vigário geral da diocese de Enbrum). Em 7 de outubro de 1666,Festa do Santo Rosário, o Padre Pierre Gaillard, Vigário Geral da Diocese de Gap, depositou aprimeira pedra da nova igreja. Foi ele também o responsável pela execução do templo, que foiconstruído entre 1666 e 1670, incorporando a antiga capela, que se tornou o coro da nova igreja. AIgreja foi elevada à categoria de Basílica Menor em 18 de março de 1893 pelo Papa Leão XIII. Em 04de maio de 2008, durante missa solene celebrada no santuário de Laus, o bispo de Gap, Jean-Michel di Falco Léandri, aprovou oficialmente, em nome da Igreja Católica, as aparições de NossaSenhora à jovem pastora de Laus. No evento, retransmitido por uma cadeia pública de televisão eassistido por 20 bispos e cardeais e pelo núncio apostólico na França, o bispo assim semanifestou: "Reconheço a origem sobrenatural das aparições e dos fatos vividos e narrados porBenoîte Rencurel, ocorridos entre 1664 e 1718“. A festa litúrgica de Nossa Senhora de Laus écelebrada no dia 12 de maio.
  11. 11. Basílica de Nossa Senhora de Laus Saint-Étienne-le-laus, França www.notre-dame-du-laus.comAltar da Capela das Aparições (incorporada à Igreja) Basílica de Laus consagrada em 18/03/1893
  12. 12. Síntese da Vida da VidenteBenoîte Rencurel nasceu em 16 de setembro de 1647 em Saint-Étienne d’Avançon (AlpesFranceses). Seu pai faleceu quando ela tinha 7 anos. De família muito pobre, cuidava dos animaisde camponeses vizinhos e nunca aprendeu a ler ou escrever. Tinha 16 anos (maio de 1664)quando recebeu as primeiras aparições de Nossa Senhora. Preparada pela Virgem, dedicou toda asua vida à causa da conversão dos pecadores, tendo recebido o carisma especial de ler oscorações e ressaltar aos pecadores seus pecados omitidos ou esquecidos. Em 1666, entrou paraa Ordem Terceira Dominicana, passando a ser conhecida como ‘Irmã Benoîte’. Entre 1669 e 1679,foi contemplada com cinco aparições de Nosso Senhor Jesus Cristo e passou a experimentar asdores da paixão. A partir de 1693, por quase 20 anos, passou por outras pesadas provações,quando as aparições foram questionadas e ridicularizadas, em função da propagação das idéiasjansenistas na França, incluindo-se até mesmo a proibição de falar aos peregrinos (a partir de1700), tudo enfrentando com enorme serenidade e paz. A renovação do espírito de conversão sóretornou a Laus a partir de 1712, com a designação de uma nova ordem de sacerdotes comoresponsáveis pelo santuário. Benoîte experimentou singular contatos com os anjos(especialmente seu anjo da guarda) e foi muito atormentada pelos demônios por causa dasinúmeras conversões de pecadores. No dia de Natal de 1718, recebeu a comunhão e, três diasdepois, se confessou e recebeu a extrema-unção. Por volta das oito horas da noite do dia 28 dedezembro de 1718, Benoîte faleceu aos 71 anos em odor de santidade. Irmã Benoîte Rencurel foideclarada Venerável em 16 de outubro de 1872 pelo papa Pio IX e seu processo de beatificação,interrompido em 1913, foi retomado em 1981, por autorização do Papa João Paulo II.
  13. 13. Benoîte Rencurel
  14. 14. Síntese dos Carismas  visões  interação com anjosA vidente experimentou singular contatos com os anjos (especialmente seu anjo da guarda) e foimuito atormentada pelos demônios por causa das inúmeras conversões de pecadores. Em 18 demarço de 1700, o Anjo da Guarda de Benoîte lhe fez a seguinte revelação: "A devoção a Laus éobra de Deus, que nem o homem nem o diabo podem destruir. Irá continuar até o fim do mundo,prosperando cada vez mais e produzindo grandes frutos em todos os lugares".
  15. 15. Síntese dos Carismas  aroma sobrenaturalOs primeiros historiadores de Laus são unânimes em relatar as doces e paradisíacas fragrânciasque emanavam da capela e se espalhavam pelas redondezas e, muitas vezes, se propagando portodo o vale, sendo sentidas pelos peregrinos em muitas e diferentes ocasiões. Esta fragrânciasobrenatural era captada por todo o povo toda vez que a Senhora aparecia à vidente e ficavaimpregnada, por vários dias, nas próprias roupas usadas por Benoîte. Ainda hoje, este aroma doscéus pode ser sentido ocasionalmente em Laus por algumas pessoas, pelo que, normalmente, nãose permite o uso de flores na ornamentação da igreja.
  16. 16. Síntese dos Carismas  unção com óleoUm dia, no inverno de 1665, Nossa Senhora fez saber à vidente que, naquele lugar especialmentedestinado à conversão dos pecadores, era concedida a graça de curas físicas e morais aosperegrinos, por meio da unção com o óleo da queima do candeeiro existente na capela. Ao sefazer, com profunda fé, a unção com o óleo, eles seriam curados. Ainda hoje, diante da estátua deNossa Senhora de Laus entronizada no altar da mesma capela, milhares de peregrinos se benzemcom o óleo da lâmpada do santuário.
  17. 17. Oração a Nossa Senhora de LausNossa Senhora de Laus, refúgio dos pecadores, olhai com bondade e compaixão paraas misérias físicas e morais da nossa época! Tende misericórdia de vossos filhos edignai-vos converter-nos a todos ao amor do vosso Divino Filho!

×