Jane Eyre - Adriana Narciso

1.535 visualizações

Publicada em

Apresentação do livro Jane Eyre de Charlotte Brontë.

  • Seja o primeiro a comentar

Jane Eyre - Adriana Narciso

  1. 1. Escola Básica 2,3/ S Mestre Martins Correia Golegã<br />Disciplina de Português – Ano Lectivo 2010/2011<br />12ºAno<br />Adriana Narciso<br />Nº1<br />Jane Eyre<br />Charlotte Brontë<br />
  2. 2. C<br />H<br />A<br />R<br />L<br />O<br />T<br />T<br />e<br /> Charlotte Brontë nasceu a 21 de Abril de 1816 e morreu a 31 de Março de 1855.<br /> Filha de um pastor irlandês, Charlotte e as suas irmãs, Anne e Emily (O Monte do Vendavais), partilharam a infância entre o sinistro presbitério de Haworth, de onde só viam o cemitério e terrenos baldios, e uma pensão para eclesiásticos pobres, onde as suas irmãs mais novas viriam a morrer. <br /> Depois de um ano em Bruxelas, as irmãs tentaram fundar uma escola, mas não conseguiram encontrar alunos devido à má conduta do irmão. A escrita surgiu como forma de sobreviver. <br /> Em 1847, Charlotte publicou, com o pseudónimo de Currer Bell, Jane Eyre, o seu maior e mais duradouro sucesso, Shirley(1849) e Villette(1853). <br />Brontë<br />
  3. 3. Jane Eyre<br /> Jane Eyre é uma criança que ao ficar órfã vai viver com o tio e com a sua mulher. Depois da morte do seu tio, Jane fica sozinha com a sua tia, Senhora Reed, que a odeia, e com os seus três primos que também a tratam mal. <br /> De forma a tirá-la de sua casa, a tia manda-a para um orfanato, não voltando a falar com ela durante os anos seguintes. <br /> Jane passa os anos seguintes no orfanato, onde acaba por se tornar professora. Querendo sempre sair dali, oito anos depois surge a oportunidade de ensinar e ajudar a cuidar de uma criança, oportunidade que Jane não desperdiça e que a leva finalmente para longe daquele orfanato. <br />
  4. 4. Jane vai assim morar para Thornfield Hall, onde tem como<br />missão ensinar a jovem Adèle que está ao encargo do Senhor Rochester, Edward.<br /> É em Thornfield Hall que Jane se vai sentir feliz pela primeira vez na vida, pelo facto de nunca ter sido mal tratada por ninguém e sempre tratada como uma igual, mesmo pelo Senhor Rochester. <br /> Com o passar do tempo e depois de muitos obstáculos, Jane e Edward declaram finalmente o amor que sentem um pelo outro e marcam casamento. <br />
  5. 5. O que parece ser um conto de fadas para Jane acaba por se tornar num pesadelo quando, no dia do seu casamento se descobre que Rochester já tinha casado uma vez e a sua esposa ainda está viva. Como se não bastasse, tem estado escondida, prisioneira na casa de Rochester. <br /> Edward volta a relembrar o que há tantos anos tenta esquecer: tinha casado há quinze anos atrás com uma mulher que ele não sabia que era louca. Ao descobrir, levou-a para a sua casa e manteve-a escondida lá de forma a ninguém sequer ouvir falar dela ou suspeitar do que estava a acontecer. <br />
  6. 6. Depois de descobrir toda a verdade, Jane foge de Thornfield Hall. Sem nenhum local para onde ir, vagueia por vários sítios até que acaba por parar devido à exaustão que sentia. St. John encontra-a e leva-a para sua casa e das suas irmãs. <br /> Quando acorda, Jane não se lembra de quem é e aceita um trabalho como professora na escola para raparigas local. Depois de algum tempo, descobre que St. John e as suas irmãs são seus primos, filhos de um tio de Jane que a Senhora Reed nunca lhe tinha dito que existia e que ao ser questionada por ele respondeu que Jane tinha morrido.<br />
  7. 7. Com a sua memória a voltar, Jane decide voltar a Thornfield Hall. Quando lá chega, vê a casa em ruínas devido a um incêndio causado pela mulher de Edward. <br /> Seguindo informações de alguém que encontrou em Thornfield Hall, Jane foi até uma casa, num local remoto, onde, aí sim, voltou a encontrar o seu amado, cego e inválido, devido ao incêndio, quando ainda tentou salvar a sua mulher louca e, depois de tudo isto, fizeram juras de amor eterno. <br />
  8. 8. C<br />I<br />T<br />A<br />Ç<br />Õ<br />E<br />s<br />F<br />A<br />V<br />O<br />R<br />I<br />T<br />A<br />s<br />“Estava perfeitamente consciente de que um momento de revolta implicava, para mim, uma série de castigos e, como todos os escravos rebeldes, tinha-me decidido, no meu desespero, a ir até extremos.”<br />“Era nestas últimas palavras que residia todo o mistério do quarto encarnado, o encanto que o tornava tão solitário apesar da sua grandeza.”<br />“É muito melhor aguentar pacientemente um castigo que ninguém sente a não ser nós, do que cometer uma acção impensada cujas infelizes consequências sejam sofridas por outras pessoas relacionadas connosco.”<br />
  9. 9. Charlotte Brontë escreveu Jane Eyre usando o pseudónimo Currer Bell<br />Ao longo dos anos, o livro tem sido adaptado para cinema e para a televisão, tal como serviu de inspiração para muitos outros. A série de televisão adaptada mais recentemente foi para o ar em 2006.<br />Está prevista para 2011 a estreia do filme Jane Eyre, baseado no livro. <br />Curiosidades<br />
  10. 10. FIM<br />

×