Professor Wilson 
E-mail: limawjm@hotmail.com 
Arquivosanatomia.wix.com/wilson
Compreender melhor o corpo humano; 
Entender mais sua vulnerabilidade; 
Desenvolver normas e regras que protejam o corp...
A anatomia é a ciência que estuda a estrutura de nosso corpo. 
Podemos dividi-la em: 
- Anatomia Sistêmica 
- Anatomia T...
As descrições anatômicas tendem a relacionar a estrutura com a posição anatômica, padronizando e facilitando o seu entend...
Descrevem as relações das partes do nosso corpo em posição anatômica. 
• Anterior ou ventral; 
• Posterior ou dorsal; 
• ...
OSTEOLOGIA 
(SISTEMA ÓSSEO) 
SISTEMA ESQUELÉTICO
Osteologia é o estudo dos ossos. 
O osso é uma forma rígida de tecido conjuntivo que forma a maior parte do esqueleto e é...
TODOS OS OSSOS DO ESQUELETO SE ARTICULAM ENTRE SI, COM EXCEÇÃO DO OSSO HIÓIDE.
1)PROTEÇÃO DE ESTRUTURAS VITAIS; 
2)SUSTENTAÇÃO DO CORPO; 
3)BASE MECÂNICA PARA MOVIMENTOS; 
4)PRODUÇÃO DE CÉLULAS SANGUÍN...
OSSO COMPACTO 
OSSO 
ESPONJOSO
CANAL MEDULAR 
(SOMENTE NOS OSSOS LONGOS)
MEDULA ÓSSEA 
AMARELA 
VERMELHA
CLASSIFICAÇÃO DOS OSSOS QUANTO A FORMA: 
LONGOS 
CHATOS OU PLANOS 
CURTOS 
IRREGULARES
OSSO LONGO 
COMPRIMENTO>LARGURA E ESPESSURA 
Ex. Femur, Falanges, Úmero...
OSSO CHATO OU PLANO 
COMPRIMENTO E LARGURA > ESPESSURA 
Ex. Escapula
OSSO CURTO 
COMPRIMENTO=LARGURA=ESPESSURA Ex. Carpo e tarso
OSSO IRREGULAR 
Várias formas 
Ex. Ilíaco, vertebras,... 
OSSO PNEUMÁTICO
DISTRIBUIÇÃO DOS OSSOS 
OSSOS LONGOS (MEMBROS) 
OSSOS CURTOS 
(CARPO) 
OSSOS CURTOS 
(TARSO) 
OSSO IRREGULAR 
OSSO CHATO (...
O esqueleto humano pode dividir-se em duas partes principais: 
Esqueleto Apendicular 
Esqueleto Axial
Os ossos do esqueleto axial situam-se em torno do centro do corpo; compreendem os ossos da cabeça e os ossos do tronco. 
T...
O esqueleto da cabeça compreende os ossos do crânio e os da face. 
O crânio forma uma caixa resistente onde se encontra ...
Parietal 
Frontal 
Occipital 
Temporal 
Esfenóide 
Orbital 
Nasal 
Zigomático 
Maxila 
Mandíbula 
Ossos do crânio 
Ossos d...
O esqueleto do tronco compreende: 
Esterno 
Coluna vertebral 
Costelas
 É formada pela sobreposição de 33 vértebras, algumas das quais se encontram soldadas formando dois ossos — o sacro e o c...
Esterno 
Vértebras dorsais 
Costelas verdadeiras (7) 
Costelas falsas (3) 
Costelas flutuantes (2)
Inclui os membros superiores, os membros inferiores e os ossos que fazem a ligação dos membros ao esqueleto axial. 
Membro...
Compreende 4 regiões: 
Clavícula 
Escápula 
Cintura escapular 
Úmero 
Braço 
Antebraço 
Rádio 
Ulna 
Mão 
Carpo (8 ossos) ...
Constituidos por 4 regiões: 
Osso do Quadril 
Cintura pélvica 
Fémur 
Coxa 
Tíbia 
Fíbula 
Perna 
Pé 
Patela 
Pé 
Metatars...
DEFORMAÇÕES 
CIFOSE (Costas arqueadas) 
ESCOLIOSE (desvio lateral da coluna) 
LORDOSE 
(curvatura excessiva na região lomb...
As ligações entre os ossos do esqueleto que permitem a mobilidade são as articulações. 
Existem 3 tipos de articulações: 
...
Móveis 
Semimóveis 
Imóveis
SISTEMA MUSCULAR
SISTEMA MUSCULAR Conceito 
Sistema formado por mais de 600 órgãos denominados “ músculos”, que por sua vez são formados po...
FUNÇÕES DO SISTEMA MUSCULAR
MOVIMENTAÇÃO
PRODUÇÃO DE CALOR Quando o tecido muscular se contrai ele produz calor e grande parte desse calor liberado pelo músculo é ...
SUSTENTAÇÃO E POSTURA CORPORAL
CARACTERÍSTICAS DO SISTEMA MUSCULAR
IRRITABILIDADE Sensível a estímulos nervosos
CONTRATILIDADE Encurtamento das fibras musculares
EXTENSIBILIDADE E ELASTICIDADE Fibras podem se estirar além do tamanho normal e depois recuar ao seu tamanho original
TIPOS DE TECIDO MUSCULAR
MÚSCULO LISO 
Involuntário (S.N.A.) 
S. Circulatório 
S. Digestório 
S. Respiratório
MÚSCULO ESTRIADO ESQUELÉTICO 
Voluntário (S.N.S.) 
S. Esquelético
MÚSCULO ESTRIADO CARDÍACO 
Involuntário (S.N.A.) 
Coração
COMPONENTES ANATÔMICOS DE UM MÚSCULO ESTRIADO ESQUELÉTICO
VENTRE MUSCULAR 
Porção Média do Músculo 
Parte Ativa (Contrátil) - Fibras Musculares 
Cor Vermelha (Carne)
TENDÃO OU APONEUROSE 
•Extremidades dos Músculos 
•Estrutura não-contrátil 
•Extremamente rígida e resistente 
•Cor esbran...
TENDÃO OU APONEUROSE
FÁSCIA MUSCULAR 
•Envolve os Músculos 
•Bainha Elástica de Contenção 
•Extremamente rígida e resistente
ORIGEM e INSERÇÃO 
Origem: Extremidade do músculo que não se desloca durante a execução do movimento. 
Inserção: Extremida...
ORIGEM e INSERÇÃO
CONTRAÇÃO MUSCULAR 
•Actina e Miosina 
•Vídeo 
(http://www.youtube.com/watch?v=EdHzKYDxrKc)
CLASSIFICAÇÃO DOS MÚSCULOS Quanto a: 
Quanto ao ponto fixo (origens): Bíceps, Tríceps e Quadríceps. 
Situação Topográfica:...
DANGELO, J. G.; FATTINI, C. A. Anatomia humana básica. São Paulo: Atheneu, 2010. 
MOORE, K. L.; DALLEY, A. F. Anatomia o...
Aula de Sistema Esquelético e Muscular - Curso T. em Seg. do Trabalho.
Aula de Sistema Esquelético e Muscular - Curso T. em Seg. do Trabalho.
Aula de Sistema Esquelético e Muscular - Curso T. em Seg. do Trabalho.
Aula de Sistema Esquelético e Muscular - Curso T. em Seg. do Trabalho.
Aula de Sistema Esquelético e Muscular - Curso T. em Seg. do Trabalho.
Aula de Sistema Esquelético e Muscular - Curso T. em Seg. do Trabalho.
Aula de Sistema Esquelético e Muscular - Curso T. em Seg. do Trabalho.
Aula de Sistema Esquelético e Muscular - Curso T. em Seg. do Trabalho.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula de Sistema Esquelético e Muscular - Curso T. em Seg. do Trabalho.

764 visualizações

Publicada em

Aula ministrada para o curso técnico em segurança do trabalho - 16 de novembro de 2014

Publicada em: Ciências
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
764
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula de Sistema Esquelético e Muscular - Curso T. em Seg. do Trabalho.

  1. 1. Professor Wilson E-mail: limawjm@hotmail.com Arquivosanatomia.wix.com/wilson
  2. 2. Compreender melhor o corpo humano; Entender mais sua vulnerabilidade; Desenvolver normas e regras que protejam o corpo; Descrever com precisão acidentes de trabalho em relatórios; Disciplina importante para o melhor entendimento de: Primeiros socorros, Ergonomia, Higiene ocupacional, etc.
  3. 3. A anatomia é a ciência que estuda a estrutura de nosso corpo. Podemos dividi-la em: - Anatomia Sistêmica - Anatomia Topográfica - Anatomia Clínica
  4. 4. As descrições anatômicas tendem a relacionar a estrutura com a posição anatômica, padronizando e facilitando o seu entendimento. O indivíduo em posição anatômica: • Está em pé (posição ereta ou ortostática); • Com a cabeça voltada anteriormente e o olhar na linha do horizonte; • Tem os membros superiores pendentes ao longo do tronco, com as palmas das mãos voltadas anteriormente; • Tem os membros inferiores justapostos, com os dedos dos pés direcionados anteriormente.
  5. 5. Descrevem as relações das partes do nosso corpo em posição anatômica. • Anterior ou ventral; • Posterior ou dorsal; • Superior ou cranial; • Inferior ou podálico; • Medial: mais próximo do plano mediano; • Lateral; • Intermédio: entre uma estrutura lateral e outra medial; • Proximal: mais próximo do tronco ou do ponto de origem do membro; • Distal: mais distante do tronco ou do ponto de origem do membro; • Médio: entre uma estrutura proximal e outra distal; • Superficial: mais próximo da superfície; • Profundo: mais distante da superfície; • Interno: no interior de um órgão ou de uma cavidade; • Externo: externamente a um órgão ou a uma cavidade; • Ipsilateral: do mesmo lado; • Contralateral: do lado oposto.
  6. 6. OSTEOLOGIA (SISTEMA ÓSSEO) SISTEMA ESQUELÉTICO
  7. 7. Osteologia é o estudo dos ossos. O osso é uma forma rígida de tecido conjuntivo que forma a maior parte do esqueleto e é o principal tecido de sustentação do corpo. Número de ossos: 206 em adultos.
  8. 8. TODOS OS OSSOS DO ESQUELETO SE ARTICULAM ENTRE SI, COM EXCEÇÃO DO OSSO HIÓIDE.
  9. 9. 1)PROTEÇÃO DE ESTRUTURAS VITAIS; 2)SUSTENTAÇÃO DO CORPO; 3)BASE MECÂNICA PARA MOVIMENTOS; 4)PRODUÇÃO DE CÉLULAS SANGUÍNEAS (extremidades dos ossos longos, esterno e costelas, nas vértebras e nos ossos planos do crânio); 5)ARMAZENAMENTO DE SAIS – Ca, P, Mg.
  10. 10. OSSO COMPACTO OSSO ESPONJOSO
  11. 11. CANAL MEDULAR (SOMENTE NOS OSSOS LONGOS)
  12. 12. MEDULA ÓSSEA AMARELA VERMELHA
  13. 13. CLASSIFICAÇÃO DOS OSSOS QUANTO A FORMA: LONGOS CHATOS OU PLANOS CURTOS IRREGULARES
  14. 14. OSSO LONGO COMPRIMENTO>LARGURA E ESPESSURA Ex. Femur, Falanges, Úmero...
  15. 15. OSSO CHATO OU PLANO COMPRIMENTO E LARGURA > ESPESSURA Ex. Escapula
  16. 16. OSSO CURTO COMPRIMENTO=LARGURA=ESPESSURA Ex. Carpo e tarso
  17. 17. OSSO IRREGULAR Várias formas Ex. Ilíaco, vertebras,... OSSO PNEUMÁTICO
  18. 18. DISTRIBUIÇÃO DOS OSSOS OSSOS LONGOS (MEMBROS) OSSOS CURTOS (CARPO) OSSOS CURTOS (TARSO) OSSO IRREGULAR OSSO CHATO (EM TORNO DE CAVIDADES)
  19. 19. O esqueleto humano pode dividir-se em duas partes principais: Esqueleto Apendicular Esqueleto Axial
  20. 20. Os ossos do esqueleto axial situam-se em torno do centro do corpo; compreendem os ossos da cabeça e os ossos do tronco. Tronco Cabeça
  21. 21. O esqueleto da cabeça compreende os ossos do crânio e os da face. O crânio forma uma caixa resistente onde se encontra alojado o encéfalo, sendo constituído por 8 ossos, uns pares e outros ímpares: os parietais, o frontal, o occipital, os temporais e inferiormente o esfenóide e o etmóide. A face apresenta as órbitas onde se alojam os olhos, os ossos nasais, os malares, os maxilares superiores e o maxilar inferior ou mandíbula crânio face
  22. 22. Parietal Frontal Occipital Temporal Esfenóide Orbital Nasal Zigomático Maxila Mandíbula Ossos do crânio Ossos da face
  23. 23. O esqueleto do tronco compreende: Esterno Coluna vertebral Costelas
  24. 24.  É formada pela sobreposição de 33 vértebras, algumas das quais se encontram soldadas formando dois ossos — o sacro e o cóccix.  Na coluna vertebral podem observar-se cinco regiões: Região cervical (7 vértebras) Região dorsal (12 vértebras) Região lombar (5 vértebras) Sacro (5 vértebras soldadas) Cóccix (4 vértebras soldadas)
  25. 25. Esterno Vértebras dorsais Costelas verdadeiras (7) Costelas falsas (3) Costelas flutuantes (2)
  26. 26. Inclui os membros superiores, os membros inferiores e os ossos que fazem a ligação dos membros ao esqueleto axial. Membros inferiores Membros superiores
  27. 27. Compreende 4 regiões: Clavícula Escápula Cintura escapular Úmero Braço Antebraço Rádio Ulna Mão Carpo (8 ossos) Falanges Metacarpo (5 ossos) Mão
  28. 28. Constituidos por 4 regiões: Osso do Quadril Cintura pélvica Fémur Coxa Tíbia Fíbula Perna Pé Patela Pé Metatarso (5 ossos) Tarso (7 ossos) Falanges (2 ossos no dedo grande e 3 nos outros dedos)
  29. 29. DEFORMAÇÕES CIFOSE (Costas arqueadas) ESCOLIOSE (desvio lateral da coluna) LORDOSE (curvatura excessiva na região lombar
  30. 30. As ligações entre os ossos do esqueleto que permitem a mobilidade são as articulações. Existem 3 tipos de articulações: Articulações imóveis: como os que existem entre os ossos do crânio; não permitem qualquer tipo de movimento. Articulações semimóveis: como as das vértebras entre si, permitindo movimentos pouco amplos. Articulações móveis: como do joelho e cotovelo, em que os movimentos são amplos.
  31. 31. Móveis Semimóveis Imóveis
  32. 32. SISTEMA MUSCULAR
  33. 33. SISTEMA MUSCULAR Conceito Sistema formado por mais de 600 órgãos denominados “ músculos”, que por sua vez são formados por células especializadas em contração e relaxamento.
  34. 34. FUNÇÕES DO SISTEMA MUSCULAR
  35. 35. MOVIMENTAÇÃO
  36. 36. PRODUÇÃO DE CALOR Quando o tecido muscular se contrai ele produz calor e grande parte desse calor liberado pelo músculo é usado na manutenção da temperatura corporal.
  37. 37. SUSTENTAÇÃO E POSTURA CORPORAL
  38. 38. CARACTERÍSTICAS DO SISTEMA MUSCULAR
  39. 39. IRRITABILIDADE Sensível a estímulos nervosos
  40. 40. CONTRATILIDADE Encurtamento das fibras musculares
  41. 41. EXTENSIBILIDADE E ELASTICIDADE Fibras podem se estirar além do tamanho normal e depois recuar ao seu tamanho original
  42. 42. TIPOS DE TECIDO MUSCULAR
  43. 43. MÚSCULO LISO Involuntário (S.N.A.) S. Circulatório S. Digestório S. Respiratório
  44. 44. MÚSCULO ESTRIADO ESQUELÉTICO Voluntário (S.N.S.) S. Esquelético
  45. 45. MÚSCULO ESTRIADO CARDÍACO Involuntário (S.N.A.) Coração
  46. 46. COMPONENTES ANATÔMICOS DE UM MÚSCULO ESTRIADO ESQUELÉTICO
  47. 47. VENTRE MUSCULAR Porção Média do Músculo Parte Ativa (Contrátil) - Fibras Musculares Cor Vermelha (Carne)
  48. 48. TENDÃO OU APONEUROSE •Extremidades dos Músculos •Estrutura não-contrátil •Extremamente rígida e resistente •Cor esbranquiçada e brilhante •Tecido Conjuntivo Denso
  49. 49. TENDÃO OU APONEUROSE
  50. 50. FÁSCIA MUSCULAR •Envolve os Músculos •Bainha Elástica de Contenção •Extremamente rígida e resistente
  51. 51. ORIGEM e INSERÇÃO Origem: Extremidade do músculo que não se desloca durante a execução do movimento. Inserção: Extremidade do músculo que se desloca durante a execução do movimento.
  52. 52. ORIGEM e INSERÇÃO
  53. 53. CONTRAÇÃO MUSCULAR •Actina e Miosina •Vídeo (http://www.youtube.com/watch?v=EdHzKYDxrKc)
  54. 54. CLASSIFICAÇÃO DOS MÚSCULOS Quanto a: Quanto ao ponto fixo (origens): Bíceps, Tríceps e Quadríceps. Situação Topográfica: Profundo/Superficial Forma: Longos, curtos e planos Orientação das Fibras: Paralelas, Oblíquas, Esfincteres e orbiculares Quanto ao ponto móvel (inserção): Bicaudado e Policaudado
  55. 55. DANGELO, J. G.; FATTINI, C. A. Anatomia humana básica. São Paulo: Atheneu, 2010. MOORE, K. L.; DALLEY, A. F. Anatomia orientada para a clínica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2007. TORTORA, Gerard. Corpo Humano: Fundamentos de Anatomia e Fisiologia. 6ª ed. Porto Alegre: Artmed, 2006.

×