Curso De Soldagem Mig Mag

61.888 visualizações

Publicada em

6 comentários
24 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
61.888
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6.407
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1.926
Comentários
6
Gostaram
24
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Curso De Soldagem Mig Mag

  1. 1. Soldagem MIG/MAG Professor Wendel Fernandes da Rocha
  2. 2. Conceitos <ul><li>Soldagem </li></ul><ul><li>É a operação que visa obter a união de duas ou mais peças, assegurando na junta a continuidade das propriedades físicas e químicas. </li></ul><ul><li>Arco elétrico </li></ul><ul><li>É a passagem de corrente elétrica através de uma atmosfera ionizada </li></ul>
  3. 3. Terminologia de soldagem <ul><li>Fusão </li></ul><ul><li>É a mudança de estado físico solido –liquido </li></ul><ul><li>Metal de base </li></ul><ul><li>Material da peça que sofre o processo de soldagem </li></ul><ul><li>Metal de adição </li></ul><ul><li>Material adicionado no estado liquido durante a soldagem </li></ul><ul><li>Poça de fusão </li></ul><ul><li>Região em fusão a cada instante durante uma soldagem </li></ul><ul><li>Penetração </li></ul><ul><li>Distancia da superfície original do metal de base ao ponto em que termina a fusão,medida perpendicularmente à mesma </li></ul><ul><li>Junta </li></ul><ul><li>Região entre as peças que serão unidas </li></ul><ul><li>Chanfro </li></ul><ul><li>Corte efetuado na junta para possibilitar/facilitar a soldagem em toda a sua espessura </li></ul>
  4. 4. Figuras
  5. 6. <ul><li>Elementos de um chanfro </li></ul><ul><li>Encosto ou nariz (s) </li></ul><ul><li>Parte não chanfrada de um componente da junta </li></ul><ul><li>Garganta folga ou fresta (f ) </li></ul><ul><li>menor distancia entre as peças a soldar </li></ul><ul><li>Ângulo de abertura da junta ( α ) </li></ul><ul><li>Ângulo do chanfro ( β ) </li></ul>
  6. 7. <ul><li>Raiz - Região mais profunda do cordão de solda em uma junta chanfrada </li></ul><ul><li>Face - Região oposta a raiz da solda </li></ul><ul><li>Passe – Deposito de material obtido pela progreção sucessiva de uma só poça de fusão </li></ul><ul><li>Camada - Conjunto de passes localizados em uma mesma altura no chanfro </li></ul><ul><li>Reforço - Altura máxima alcançada pelo excesso de material de adição medida a partir da superfície do metal de base </li></ul><ul><li>Margem – linha de encontro entre a face da solda e a superfície do metal de base </li></ul>
  7. 9. Principais posições de soldagem
  8. 10. <ul><li>Princípio de Funcionamento </li></ul><ul><li>A Proteção do banho em fusão, das gotas de material de adição e do cordão de soldadura é obtida através de uma proteção gasosa </li></ul><ul><li>Proteção Inerte –Argônio ou Hélio ou misturas de ambos (mais comum 50% ou 75% de Argônio) </li></ul><ul><li>Proteção Ativa -CO2 ou misturas Argônio + CO2 5%, 18% ou 20%, ou misturas Argônio + O2a 5%, ou misturas Argônio + CO2+ O2. </li></ul>
  9. 11. <ul><li>MIG –Metal Inert Gás </li></ul><ul><li>Utiliza só gases Inertes </li></ul><ul><li>Só faz a proteção ao material fundido (banho e metal de adição) </li></ul><ul><li>Não Existem Reações Químicas </li></ul><ul><li>Aplicável a não ferrosos (Al e CU) e materiais reativos (Ti e Nb) </li></ul>
  10. 12. <ul><li>MAG –Metal Active Gás </li></ul><ul><li>Utiliza CO2 e misturas de Gases Inertes e Ativos </li></ul><ul><li>Faz a proteção ao material fundido (banho e metal de adição) </li></ul><ul><li>Provoca Reações Químicas de Oxi-redução Exotérmicas </li></ul><ul><li>Aplicável a Ferrosos </li></ul>
  11. 13. Esquemas dos perfis e penetração dos cordões de solda em função dos gases utilizados
  12. 14. Formas de identificação dos cilindros de gases Através das cores
  13. 15. Identificação dos gases
  14. 16. Principais aplicações
  15. 17. Vantagens do processo <ul><li>Aplica-se a materiais ferrosos e não ferrosos </li></ul><ul><li>Alta taxa de deposição do metal de adição em comparação com outros processos </li></ul><ul><li>O processo é de fácil automatização </li></ul><ul><li>O processo não apresenta escoria exceto com o uso de CO2 </li></ul><ul><li>É aplicável em todas as posições de soldagem </li></ul><ul><li>Apresenta baixos níveis de hidrogênio </li></ul>
  16. 18. Desvantagens <ul><li>Apresenta investimentos iniciais com equipamentos mais caros </li></ul><ul><li>Grande sensibilidade a correntes de ar </li></ul><ul><li>Exige profissionais melhores treinados para operação dos equipamentos </li></ul><ul><li>Apresenta custos maiores com gases de proteção </li></ul>
  17. 19. Equipamentos e acessórios para soldagem MIG/MAG <ul><li>Esquema de equipamento de soldagem </li></ul>
  18. 20. Fontes de corrente para soldagem MIG/MAG Fonte com cabeçote alimentador externo Fonte com cabeçote alimentador embutido
  19. 21. Dispositivo de tracionamento do arame
  20. 22. Tocha de soldagem, grampo terra e limpador de bocal
  21. 23. Esquema básico de tochas de soldagem
  22. 25. Medidores de pressão e reguladores de vazão <ul><li>Regulador de pressão e medidor de vazão </li></ul><ul><li>Dispositivo acoplado ao cilindro com gases de referência que permite a verificação da pressão (conteúdo existente dentro do cilindro) e regula a saída dos gases em uma determinada unidade de tempo </li></ul><ul><li>Fluxômetro de bocal </li></ul><ul><li>Dispositivo utilizado para aferir a vazão do gás </li></ul>
  23. 26. Tipos de transferência do metal de adição <ul><li>Transferência por curto circuito </li></ul><ul><li>O arame aproxima-se cresce ao ponto de tocar a poça de fusão </li></ul><ul><li>Ocorre o destacamento da mesma </li></ul><ul><li>Da-se continuidade a deposição </li></ul><ul><li>Pode ser usada em todas as posições de soldagem </li></ul>
  24. 27. Transferência por globular <ul><li>Caracterizada pela media tensão </li></ul><ul><li>e intensidade de corrente </li></ul><ul><li>Limitada a soldagem na posição plana </li></ul>
  25. 28. <ul><li>Transferência por Spray </li></ul><ul><li>Caracterizada pela elevada tensão e intensidade da corrente </li></ul><ul><li>Limitada a soldagem na posição plana </li></ul>
  26. 29. Simbologia referente aos arames sólidos segundo AWS American Welding Society
  27. 30. Consumíveis arames sólidos especificações técnicas <ul><li>Norma AWS 70S-6 </li></ul>
  28. 31. Descontinuidades na soldagem MIG/MAG <ul><li>Embicamento </li></ul><ul><li>Reforço excessivo ou sobre espessura </li></ul>
  29. 32. <ul><li>Falta de enchimento ou concavidade excessiva </li></ul>
  30. 33. <ul><li>Penetração excessiva </li></ul><ul><li>Falta de fusão na raiz da solda </li></ul>
  31. 34. <ul><li>Falta de penetração </li></ul>
  32. 35. <ul><li>Desalinhamento </li></ul><ul><li>Falta de fusão </li></ul>
  33. 36. <ul><li>Porosidades </li></ul><ul><li>Exame de um cordão de solda através de raio X </li></ul>
  34. 37. <ul><li>Inclusões </li></ul><ul><li>Fissuração ou trincas a quente </li></ul>
  35. 38. <ul><li>Fissuração ou trinca a frio </li></ul>
  36. 39. <ul><li>Arco parasita </li></ul><ul><li>Mordedura </li></ul>
  37. 40. Defeitos e suas principais causas

×