TUBOS DE AÇO
E
MANGUEIRA DE ALTA PRESSÃO
Aço
O ferro, primeira etapa de fabricação do aço, é o mesmo para
todos os produtos.
Aço carbono é a composição da liga q...
Aço Carbono
 Imagem de estrutura cristalina do Aço
 Cúbica de face Centrada
 Elevada dureza e resistência mecânica
Classificação - Baixo Carbono
• Baixo carbono possui no máximo 0,30%
• Aplicações: chapas automobilísticas, perfis estrutu...
Classificação - Médio Carbono
• médio carbono apresenta de 0,30 a 0,60%
• Aplicações:
• rodas e equipamentos ferroviários,...
Classificação - Alto Carbono
• alto carbono possui de 0,60 a 1,00%
• Aplicações: é o de maior resistência e dureza
• talha...
Classificação – Tipos de Aço
• Os aços são classificados em Grau, Tipo e Classe, por meio de letra,
número, símbolo ou nom...
Ferro Fundido
O ferro fundido é uma liga de aço e carbono com teor deste último acima de
2,11%. Entretanto, um teor consid...
Classificação – Tipos de Aço
API 5 CT - Destinado ao revestimento de Poços e de Produção
API 5 L - Transporte de Fluido e ...
Especificações e aplicações :
1- API 5L com a finalidade do transporte do gás, água, óleo na
indústria dos óleo e gás.
2- ...
com costura (solda longitudinal por alta• OsTubos de condução
freqüência “ERW”)
• Aço de Baixo Teor de Carbono.
• ABNT 100...
Tubos de condução com costura (solda longitudinal por alta freqüência
“ERW”)
Processo de Solda ERW
• A partir de bobinas l...
Formação
e soldagem
Inspeção por
ultra-som
Teste hidrostático
Inspeção por
ultra-som
Processo de produção de Tubos API 5CT...
Classificação – Aço Inox
• Formação - A família de aço inoxidável contém no mínimo 11% de
Cromo, elemento o qual concede a...
Solda
 Soldagem é um processo que visa a união localizada de materiais,
baseada na ação de forças em escala atômica semel...
Solda
• Os Processos de soldagem se baseia no uso de calor, aquecimento e
fusão parcial das partes a serem unidas, denomin...
Soldagem com eletrodo revestido
• Consiste em um arco elétrico que é formado com o contato do eletrodo
(revestido) na peça...
Soldagem com eletrodo revestido
• Vantagens
• Baixo custo do equipamento
• Versatilidade
• Soldagem em locais de difícil a...
Soldagem com eletrodo revestido
Material do núcleo do eletrodo(metal a ser fundido)
Material do revestimento do eletrodo
(casca em volta)
Soldagem com eletrodo revestido
O revestimento protege o eletrodo (alma) do
oxigênio durante a solda. O revestimento solta...
Soldagem com eletrodo revestido
O revestimento é bem visível . Uma camada
cinza sobre o metal que será derretido para
faze...
Soldagem com eletrodo revestido
O cordão é bem
visivel . Uma
camada
vermelha de
metal derretido
sob a a ação do
calor gera...
Soldagem TIG
• O processo de soldagem TIG (Tungsten Inert Gas) é definido como
o processo de soldagem a arco elétrico esta...
Soldagem TIG Vantagens
 Soldas de excelente qualidade
 Acabamento do cordão de solda
 Menor aquecimento da peça soldad...
Soldagem MIG
• No processo de soldagem MIG (Metal Inert Gas) o arco
elétrico é aberto entre um arame alimentado continuame...
Soldagem MIG
• Vantagens
• Facilidade de operação
• Alta produtividade
• Processo automatizável
• Baixo custo
• Não forma ...
Falhas de Soldagem
• Porosidade
Falhas de Soldagem
• Inclusão de escória – Resto do revestimento
Falhas de Soldagem
• Trincas
Falhas de Soldagem
• Excesso de Respingos
Mangueiras de alta Pressão
• São usadas para transporte de óleo cru a altas pressões,
acima de 5000 PSI.
• São feitas de v...
Mangueiras de alta Pressão
• São mangueiras flutuantes e submersas, criadas
para a transferência de petróleo bruto e deriv...
Mangueiras de alta Pressão
• Os sensores detectam a migração do petróleo, em caso de
vazamento na mangueira interna primár...
Mangueiras de Super Pressão
GH506
Fabricação: 3/4" até 2" Diametro Interno.
Aplicação: Sistemas hidráulicos com
petróleo e...
Materiais da Mangueira
Aplicação:
Recomendada para circuitos hidráulicos de super pressão,
com alta resistência a pulso de...
Engates
Engate rápido completo
São chamados de engates rápido pois num
simples encaixe as partes não se soltam mais.
A não...
Engates
Engate rápido completo
Macho do engate Fêmea do engate
Conexão Mangueira - Rosca
Rosca
Mangueira fixada
no pino através de
Espiga
Conexão Mangueira – Ponta rosca NPT
Ponta com rosca NPT
Questionário
1 – Qual a pressão máxima que uma mangueira pode suportar ?
2 – Em que principio se baseia a solda elétrica...
FIM
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

10 aula tubos de aço e mangueiras de alta pressão

857 visualizações

Publicada em

.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
857
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

10 aula tubos de aço e mangueiras de alta pressão

  1. 1. TUBOS DE AÇO E MANGUEIRA DE ALTA PRESSÃO
  2. 2. Aço O ferro, primeira etapa de fabricação do aço, é o mesmo para todos os produtos. Aço carbono é a composição da liga que confere ao aço o seu nível de resistência mecânica. Na fase seguinte, quando os elementos de liga são adicionados ou suprimidos no ferro, é que são determinadas as grandes famílias de aço, dos mais rígidos aos mais estampáveis. O Carbono é o principal elemento endurecedor em relação ao ferro.
  3. 3. Aço Carbono  Imagem de estrutura cristalina do Aço  Cúbica de face Centrada  Elevada dureza e resistência mecânica
  4. 4. Classificação - Baixo Carbono • Baixo carbono possui no máximo 0,30% • Aplicações: chapas automobilísticas, perfis estruturais, placas para produção de tubos, construção civil, pontes e latas de folhas de flandres.
  5. 5. Classificação - Médio Carbono • médio carbono apresenta de 0,30 a 0,60% • Aplicações: • rodas e equipamentos ferroviários, engrenagens, virabrequins e outras peças de máquinas, que necessitem de elevadas resistências mecânica e ao desgaste e tenacidade.
  6. 6. Classificação - Alto Carbono • alto carbono possui de 0,60 a 1,00% • Aplicações: é o de maior resistência e dureza • talhadeiras, folhas de serrote, martelos e facas.
  7. 7. Classificação – Tipos de Aço • Os aços são classificados em Grau, Tipo e Classe, por meio de letra, número, símbolo ou nome. O Grau identifica a faixa de composição química do produto. • O sistema de classificação mais adotado na prática é o SAE-AISI. Nele, o aço carbono utiliza o grupo 1xxx, e é classificado da seguinte forma: • 10xx : Aço carbono comum (Mn : 1,00% máx.) • 15xx : Aço carbono comum (Mn : 1,00 a 1,65%)
  8. 8. Ferro Fundido O ferro fundido é uma liga de aço e carbono com teor deste último acima de 2,11%. Entretanto, um teor considerável de silício está quase sempre presente e, por isso, alguns autores consideram o ferro fundido uma liga de ferro, carbono e silício. Outra característica é a existência de carbono livre, na forma de lamelas ou veios de grafita. Apesar de os ferros fundidos apresentarem em geral propriedades mecânicas inferiores às dos aços, elas podem ser consideravelmente modificadas pela adição de elementos de liga e tratamentos térmicos adequados. E os ferros fundidos podem substituir os aços em muitas aplicações. Em algumas delas, são mais adequados que aços. Exemplo: estruturas e elementos deslizantes de máquinas são construídos quase sempre em ferro fundido, devido à maior capacidade de amortecer vibrações, à melhor estabilidade dimensional e à menor resistência ao deslizamento, em razão do poder lubrificante do carbono livre em forma de grafita.
  9. 9. Classificação – Tipos de Aço API 5 CT - Destinado ao revestimento de Poços e de Produção API 5 L - Transporte de Fluido e gases em Refinaria Norma A.P.I. (American Petroleum Institute)
  10. 10. Especificações e aplicações : 1- API 5L com a finalidade do transporte do gás, água, óleo na indústria dos óleo e gás. 2- Tubulação das especificações 5CT do API são usados para extrair o petróleo e o gás natural. Serve como parede do poço. 3- ASTM A53 é usado transportando a água, o petróleo, gás e outros líquidos comuns. Tubos usados em Poços
  11. 11. com costura (solda longitudinal por alta• OsTubos de condução freqüência “ERW”) • Aço de Baixo Teor de Carbono. • ABNT 1008/1010. • Atendem, rigorosamente, aos padrões de qualidade, em conformidade com API 5CT Tipos de Aço usados em tubulações de Poços
  12. 12. Tubos de condução com costura (solda longitudinal por alta freqüência “ERW”) Processo de Solda ERW • A partir de bobinas laminadas, este processo inclui: • • Operações de desbobinamento do aço • • Formação dos tubos através de rolos • • Soldagem automática por resistência elétrica em alta freqüência • • Normalização da solda • • Calibragem • • Corte e testes hidrostáticos, dimensionais e de laboratório • • Ensaios não-destrutivos Processo de Fabricação ERW Longitudinal - Linha Contínua
  13. 13. Formação e soldagem Inspeção por ultra-som Teste hidrostático Inspeção por ultra-som Processo de produção de Tubos API 5CT por Solda elétrica ERW de Alta Freqüência Desbobinadeira Pré-formadores
  14. 14. Classificação – Aço Inox • Formação - A família de aço inoxidável contém no mínimo 11% de Cromo, elemento o qual concede ao inox a resistência à corrosão. • Resistência – Alta resistência a corrosão, alta resistência a temperaturas elevadas. Mantém suas propriedades mesmo quando submetidas a elevadas ou baixas temperaturas e situações corrosivas. • Conformidade Ambiental – O reaproveitamento não interfere na qualidade,o que ajuda a preservar o meio ambiente, pois é 100% reciclável.
  15. 15. Solda  Soldagem é um processo que visa a união localizada de materiais, baseada na ação de forças em escala atômica semelhantes às existentes no interior do material e é a forma mais importante de união permanente de peças usada industrialmente.  Os Processos de soldagem se baseia no uso de calor, aquecimento e fusão parcial das partes a serem unidas, denominado "processos de soldagem por fusão".
  16. 16. Solda • Os Processos de soldagem se baseia no uso de calor, aquecimento e fusão parcial das partes a serem unidas, denominado "processos de soldagem por fusão".
  17. 17. Soldagem com eletrodo revestido • Consiste em um arco elétrico que é formado com o contato do eletrodo (revestido) na peça a ser soldada. O eletrodo é consumido à medida que vai se formando o cordão de solda, cuja proteção contra contaminações do ar atmosférico é feita por atmosfera gasosa e escória, proveniente da fusão do seu revestimento. • Eletrodo: alma metálica + revestimento. • Funções do revestimento • Estabilizar o arco elétrico • Gerar gases de proteção da poça de fusão • Produzir escória que evita contaminação pelo ar atmosférico da poça de fusão e do cordão de solda: • Adicionar elementos de liga na poça de fusão • Facilitar a soldagem fora de posição • Facilitar a fabricação dos eletrodos revestidos
  18. 18. Soldagem com eletrodo revestido • Vantagens • Baixo custo do equipamento • Versatilidade • Soldagem em locais de difícil acesso • Disponibilidade de consumíveis no mercado • Limitações • Baixa produtividade devido à taxa de deposição • Necessidade de remoção de escória • Dependente da habilidade do soldador • Produção de fumos e respingos • Qualidade do cordão inferior aos processos TIG, Plasma e MIG • Posição de soldagem restrita • Não automatizável
  19. 19. Soldagem com eletrodo revestido Material do núcleo do eletrodo(metal a ser fundido)
  20. 20. Material do revestimento do eletrodo (casca em volta)
  21. 21. Soldagem com eletrodo revestido O revestimento protege o eletrodo (alma) do oxigênio durante a solda. O revestimento solta gases que protegem a solda do oxigênio que a estragariam
  22. 22. Soldagem com eletrodo revestido O revestimento é bem visível . Uma camada cinza sobre o metal que será derretido para fazer o cordão de solda
  23. 23. Soldagem com eletrodo revestido O cordão é bem visivel . Uma camada vermelha de metal derretido sob a a ação do calor gerado pelo arco voltaico(arco eletrico)
  24. 24. Soldagem TIG • O processo de soldagem TIG (Tungsten Inert Gas) é definido como o processo de soldagem a arco elétrico estabelecido entre um eletrodo não consumível a base de tungstênio e a peça a ser soldada. A poça de fusão é protegida por um fluxo de gás inerte. Soldagem TIG num Gasoduto
  25. 25. Soldagem TIG Vantagens  Soldas de excelente qualidade  Acabamento do cordão de solda  Menor aquecimento da peça soldada  Baixa sensibilização à corrosão intergranular .  Ausência de respingos  Pode ser automatizado  Limitações  Dificuldade de utilização em presença de corrente de ar  Inadequado para soldagem de chapas de mais de 6 mm.  Produtividade baixa devido à taxa de deposição  Custo do equipamento  Processo depende da habilidade do soldador, quando não automatizado
  26. 26. Soldagem MIG • No processo de soldagem MIG (Metal Inert Gas) o arco elétrico é aberto entre um arame alimentado continuamente e o metal de base. A região fundida é protegida por um gás inerte ou mistura de gases (argônio, CO2, Hélio ou O2).
  27. 27. Soldagem MIG • Vantagens • Facilidade de operação • Alta produtividade • Processo automatizável • Baixo custo • Não forma escória • Cordão de solda com bom acabamento • Soldas de excelente qualidade • Limitações • Regulagem do processo bastante complexa • Não deve ser utilizado em presença de corrente de ar • Posição de soldagem limitada • Probabilidade elevada de gerar porosidade no cordão de solda • Manutenção mais trabalhosa
  28. 28. Falhas de Soldagem • Porosidade
  29. 29. Falhas de Soldagem • Inclusão de escória – Resto do revestimento
  30. 30. Falhas de Soldagem • Trincas
  31. 31. Falhas de Soldagem • Excesso de Respingos
  32. 32. Mangueiras de alta Pressão • São usadas para transporte de óleo cru a altas pressões, acima de 5000 PSI. • São feitas de varias camadas desde borracha, tiras de metal e borracha sintética e na cobertura geralmente Poliuretano, plástico resistente e impermeável a óleos. • São ligadas por engates e conexões umas as outras.
  33. 33. Mangueiras de alta Pressão • São mangueiras flutuantes e submersas, criadas para a transferência de petróleo bruto e derivados a partir de plataformas. • As mangueiras são equipadas com sensores que detectam vazamentos antes que o material possa chegar ao mar. • Têm duas carcaças, o que permite que caso ocorra algum vazamento, a transferência de hidrocarbonetos continue sem perigo de contaminação do mar.
  34. 34. Mangueiras de alta Pressão • Os sensores detectam a migração do petróleo, em caso de vazamento na mangueira interna primária que carrega o material. • A mangueira externa fornece uma contenção secundária do petróleo vazado, para que o operador continue com o carregamento ou descarregamento em um terminal e depois mude a mangueira durante uma etapa mais conveniente da operação, evitando paradas. • Tem diâmetros de 6 a 24 polegadas, para uma pressão de até 300 PSI.
  35. 35. Mangueiras de Super Pressão GH506 Fabricação: 3/4" até 2" Diametro Interno. Aplicação: Sistemas hidráulicos com petróleo e fluídos a base de água glicol, uso industrial. Temperatura: De -40ºC a + 100ºC. Pressão: 3625 até 6090 P.S.I. Fabricação: 3/4" até 2" Diametro Interno. Aplicação: Sistemas hidráulicos com petróleo e fluídos a base de água glicol, uso industrial. Temperatura: De -40ºC a + 121ºC.
  36. 36. Materiais da Mangueira Aplicação: Recomendada para circuitos hidráulicos de super pressão, com alta resistência a pulso de pressão. Atende aos requisitos da norma SAE 100R12, com a vantagem da alta durabilidade e de ser altamente flexível com o raio mínimo de curvatura a metade do especificado pela norma SAE. Tubo Interno: Borracha sintética resistente a óleo (CR) Reforço: Quatro espirais de fios de aço de alta resistência. Cobertura: Borracha sintética preta resistente a óleos, abrasão e intempéries (CR). Temperatura de operação: -40 ºC até + 121 ºC.
  37. 37. Engates Engate rápido completo São chamados de engates rápido pois num simples encaixe as partes não se soltam mais. A não ser com uma manobra de desencaixe . Pois eles tem dentro um sistema de argolas que se prendem.
  38. 38. Engates Engate rápido completo Macho do engate Fêmea do engate
  39. 39. Conexão Mangueira - Rosca Rosca Mangueira fixada no pino através de Espiga
  40. 40. Conexão Mangueira – Ponta rosca NPT Ponta com rosca NPT
  41. 41. Questionário 1 – Qual a pressão máxima que uma mangueira pode suportar ? 2 – Em que principio se baseia a solda elétrica? 3 – O que é um tubo com costura? 4 – Que especificação deve ter a tubulação da parede de um poço? 5 – Qual a diferença entre solda TIG e solda MIG? 6 – O que é aço carbono? 7 – O que é aço inox? Para que serve?
  42. 42. FIM

×