Your SlideShare is downloading. ×
  • Curtir
Poema alegria de viver
Próximos SlideShare
Carregando em...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Poema alegria de viver

  • 491 visualizações
Published

Poema escrito pelo psicólogo Wagner Luiz Garcia Teodoro, abordando as bases da alegria de viver, bem como a restauração da autoestima

Poema escrito pelo psicólogo Wagner Luiz Garcia Teodoro, abordando as bases da alegria de viver, bem como a restauração da autoestima

Published in Educação
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Tem certeza que quer?
    Sua mensagem vai aqui
    Seja o primeiro a comentar
    Be the first to like this
Sem downloads

Visualizações

Visualizações totais
491
On SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1

Ações

Compartilhamentos
Downloads
3
Comentários
0
Curtidas
0

Incorporar 0

No embeds

Conteúdo do relatório

Sinalizado como impróprio Sinalizar como impróprio
Sinalizar como impróprio

Selecione a razão para sinalizar essa apresentação como imprópria.

Cancelar
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Alegria de Viver (Automático c/ som)
  • 2. Sol que ilumina, Deus que anima O sentido do existir Ser vista é o que de fato ensina Uma pessoa a gostar de si
  • 3. Os olhos da criança Que aprende a se aceitar Se enchem de esperança Ganha força o caminhar
  • 4. Num gesto de gratidão E intensa felicidade Irradia o coração A luz da fraternidade
  • 5. O dia que chega é bem-vindo Com música, cor e esplendor E apesar de cada espinho Triunfa o perfume da flor
  • 6. Mas se o colo que encontrastes Trazia nos olhos a dor Encontrarás resgate Num abraço reparador
  • 7. Supera a tua clausura Levanta, trabalha e anda Pois não existe noite escura Que resista à menor chama
  • 8. Sorria, abrace e sinta No crescer do teu labor Que a vida só é VIDA Se amparada pelo AMOR. (Wagner Lugate)