MÚSICA I 
Música é a arte de combinar os sons e silêncios com parâmetros fundamentais de harmonia, ritmo e melodia. Os son...
2. Intensidade – é a força do som. Pode ser fraca, mediana ou forte: 
3. Altura – é a distinção do som agudo e do som grav...
Para escrevermos estes sons, os nomeamos em 7 notas: Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá e Si. 
Estas notas são escritas em um Pentagr...
Conhecendo as notas e qual clave estamos usando, podemos assim escrever uma escala musical, a qual é composta por 8 sons. ...
Pelo exemplo acima, percebemos que entre: 
Dó – Ré – intervalo de 2ª 
Dó – Mi – intervalo de 3ª 
Dó – Fá – intervalo de 4ª...
2. Entre Si e Dó acontece o mesmo, portanto de Si a Dó, temos um Semitom. 
As demais todas buscam os semitons nas teclas p...
PERCUSSÃO (8 instrumentos) 
3 tímpanos, 1 triângulo, 1 bombo, 1 reco-reco, 1 prato e 1 teclado. 
Distribuição dos instrume...
Vamos ver as divisões dos instrumentos em uma orquestra: 
Vermelho – cordas 
Verde – metais 
Azul- madeira 
Marrom – percu...
História de um hino do Hinário Adventista 
Deus Sabe, Deus ouve, Deus Vê 
O Hino nº 500 do Hinário Adventista é muito lind...
Escrito por: Suzie Helena Mignoni – Professora de piano – Formada pelo Conservatório Musical Osvaldo Engel – Erechim/RS e ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Música 1

1.877 visualizações

Publicada em

Especialidade de Música I - Para Desbravadores

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.877
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.336
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Música 1

  1. 1. MÚSICA I Música é a arte de combinar os sons e silêncios com parâmetros fundamentais de harmonia, ritmo e melodia. Os sons são representados por figuras de sons e o silêncio por pausas. Os sons são ondas sonoras produzidas pela vibração de um corpo qualquer que é transmitida por ondas de forma regular ou não. Para a produção destes sons em forma de música, há três elementos formais básicos: 1. Harmonia – é a combinação dos sons ouvidos simultaneamente (acordes): 2. Ritmo – estabelece-se de acordo com a duração dos sons/pausas no tempo: 3. Melodia – é a combinação de sons sucessivos: Há outros 5 elementos formadores da música: 1. Timbre – é o meio pelo qual se pode distinguir um som de outro, por exemplo o som de um piano do de um violino, ou o som da voz de seu pai com a voz de sua mãe. Cada instrumento possui seu timbre, único, assim como as pessoas são individuais, únicas.
  2. 2. 2. Intensidade – é a força do som. Pode ser fraca, mediana ou forte: 3. Altura – é a distinção do som agudo e do som grave, através do número de vibrações sonoras. As agudas com frequências mais rápidas enquanto as graves com frequências mais lentas. 4. Duração – pode ser curta ou longa, determinando o tempo de emissão de um som. Na música é representada pelas figuras e pausas.
  3. 3. Para escrevermos estes sons, os nomeamos em 7 notas: Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá e Si. Estas notas são escritas em um Pentagrama, que é o conjunto de 5 linhas horizontais paralelas e equidistantes que formam entre si quatro espaços chamando também de Pauta. As linhas e os espaços sempre são contados de baixo para cima, não importa a clave que se está usando. E para saber quais os nomes das notas que estão no pentagrama (ou pauta), coloca-se uma clave escrita logo no início da linha. Então dizemos que as claves servem para dar nome às notas.
  4. 4. Conhecendo as notas e qual clave estamos usando, podemos assim escrever uma escala musical, a qual é composta por 8 sons. Veja como fica a Escala de Dó Maior escrita nas 3 Claves: A escala é formada por intervalos entre os sons, ou seja, INTERVALO é a distância entre dois sons.
  5. 5. Pelo exemplo acima, percebemos que entre: Dó – Ré – intervalo de 2ª Dó – Mi – intervalo de 3ª Dó – Fá – intervalo de 4ª Dó – Sol – intervalo de 5ª Dó – Lá – intervalo de 6ª Dó – Si – intervalo de 7ª E de Dó –Dó, é um intervalo de 8ª. Vamos conceituar estas distâncias(intervalos): Semitom – é a menor distância entre 2 sons. Tom – é composto por 2 semitons, ou seja, T= ST+ST No teclado do piano fica bem fácil de observar onde é tom e semitom, pois semitom é a tecla mais próxima da tecla base. Veja a imagem: A tecla mais próxima de Dó é a tecla preta, ou seja, de dó a Dó# temos um semitom. De dó# a Ré tem um semitom. E assim encontramos os intervalos entre todos os sons. Há 2 particularidades: 1. Entre Mi e Fá – não há tecla preta entre elas, mas são próximas entre si, ou seja, entre MI e Fá é Semitom.
  6. 6. 2. Entre Si e Dó acontece o mesmo, portanto de Si a Dó, temos um Semitom. As demais todas buscam os semitons nas teclas pretas tanto na ascendente como na descendente. As escalas Maiores são formadas por intervalos de sons sempre seguindo a mesma ordem: Orquestra Segundo o dicionário Michaelis, orquestra é o conjunto de músicos que executam um concerto, uma peça ou acompanham uma pessoa que canta. As Orquestras podem ser Filarmônicas, Sinfônicas e de Câmara. Segundo o maestro Eduardo Ostergren, diretor artístico da Orquestra Sinfônica da UNICAMP: “Há alguns anos, dizia-se que uma orquestra sinfônica era integrada por músicos profissionais remunerados, enquanto uma filarmônica era composta só por músicos amadores, que se reuniam pelo prazer da música", hoje praticamente estas diferenças desapareceram. A diferença acontece se compararmos esses dois tipos de orquestras(Filarmônica e Sinfônica) com a orquestra de câmara, pois esta é bem menor e costuma ter entre 8 e 18 músicos e não possui todos os tipos de instrumentos como os de corda, sopro e percussão. Formação de orquestra Sinfônica ou Filarmônica: CORDAS (61 instrumentos) 28 violinos, 13 violoncelos, 11 violas, 8 contrabaixos e 1 harpa SOPRO / Madeiras (18 instrumentos) 4 flautas, 4 oboés, 5 clarinetes e 5 fagotes SOPRO / Metais (18 instrumentos) 7 trompas, 5 trompetes, 5 trombones e 1 tuba
  7. 7. PERCUSSÃO (8 instrumentos) 3 tímpanos, 1 triângulo, 1 bombo, 1 reco-reco, 1 prato e 1 teclado. Distribuição dos instrumentos em uma orquestra sinfônica(pode variar de acordo como maestro): A formação da Orquestra de Câmara pode variar: 1. Duetos (ou duos):Piano e outro instrumento (flauta, violino, cello, voz) ou dois instrumentos que não sejam o piano. 2. Trios: Piano, violino e cello. 3. Quartetos: Dois violinos, viola, cello. 4. Quintetos: Piano e quarteto 5. Sextetos: dois violinos, duas violas, dois cellos. Orquestra de Câmara Sesiminas da UFMG:
  8. 8. Vamos ver as divisões dos instrumentos em uma orquestra: Vermelho – cordas Verde – metais Azul- madeira Marrom – percussão
  9. 9. História de um hino do Hinário Adventista Deus Sabe, Deus ouve, Deus Vê O Hino nº 500 do Hinário Adventista é muito lindo, não só pela composição musical do Flávio Santos, mas pela letra, muito profunda e que revela um intimo contato com Deus em um momento de intensa dor. Alguns anos depois que conheci o hino, fui morar na casa da Dona Nair Lima. Senhora muito querida e simpática e mãe do Valdecir Lima. Logo conheci a história da família e de como o Valdecir havia escrito os versos deste hino. O Valdecir estava nos USA fazia algum tempo, e os pais estavam com saudades dele, mas ele disse que antes de voltar para o Brasil, gostaria de comprar algumas lembrancinhas para a família, mas eles responderam que não queriam nada, somente a presença dele em casa novamente, então ele voltou. Alguns dias depois que ele havia chegado em casa, o pai faleceu. Foi fulminante. Em meio à dor e a tristeza, apenas 45 dias depois, ele escreveu a letra deste hino, no mesmo escritório que havia sido do pai, na mesma escrivaninha, e em meio a imensurável tristeza, colocou-se nos braços do Pai, que o conhecia e sabia o que ia dentro de sua alma naqueles momentos. Prá mim, muito especial este hino, porque acabei por morar na mesma casa e compartilhei de muitos momentos bons de minha vida com aquela família. 1. Você que se sente pequeno, Dirija seus olhos a Deus; Não deixe que sombras o envolvam, Entregue sua vida a Deus. Deus sabe o que vai dentro d'alma, Deus ouve a oração suplicante, Deus vê sua angústia e o acalma, Deus faz de você um gigante. Deus sabe o que vai dentro d'alma, Deus ouve a oração suplicante, Deus vê sua angústia e o acalma; Deus sabe, Deus ouve, Deus vê. 2. Se a vida levou os castelos, Que em sonhos você construiu, Não dê por vencidos seus planos, Entregue seus planos a Deus.
  10. 10. Escrito por: Suzie Helena Mignoni – Professora de piano – Formada pelo Conservatório Musical Osvaldo Engel – Erechim/RS e pelo Conservatório de Música de Concórdia/SC. REFERÊNCIAS MICHAELIS, Dicionário. Acesso <http://michaelis.uol.com.br/moderno/portugues/index.php?lingua=portugues- portugues&palavra=orquestra> disponível em 25/08/2014. Qual a diferença entre orquestra sinfônica, filarmônica e de câmara? Acesso<http://mundoestranho.abril.com.br/materia/qual-a-diferenca-entre-orquestra- sinfonica-filarmonica-e-de-camara> disponível em 25/08/2014. Orquestra de câmara. Acesso<http://pt.wikipedia.org/wiki/Orquestra_de_c%C3%A2mara> disponível em 25/08/2014. Orquestra Filarmônica de Rio Claro < http://www.ofrc.com.br/paginas/instrumentos.htm > disponível em 25/08/2014.

×