Termorregulação

2.986 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.986
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.295
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
57
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Termorregulação

  1. 1. TERMORREGULAÇÃO
  2. 2. Termorregulação Conjunto de mecanismos fisiológicos, estruturais e comportamentais que permitem a um organismo manter a temperatura corporal dentro de certos limites, independentemente das variações exteriores de temperatura. Mecanismos fisiológicos: sudação, tremores Mecanismos estruturais: espessa camada de gordura Mecanismos comportamentais: abrigar-se do Sol
  3. 3. Temperatura corporal baixa Reduz o metabolismo, porque este depende da ação de enzimas, cuja atividade é condicionada pela temperatura. Temperatura corporal elevada A dificuldade em dissipar o excesso de calor produz efeitos fisiológicos indesejáveis, podendo, em casos extremos, conduzir à morte.
  4. 4. Condução - a transmissão de calor é direta, decorrente do contato molécula com molécula. Convecção - transferência de calor ocorre quando as moléculas se movem de uma área mais quente para uma área mais fria. Radiação - a transmissão de calor se dá por meio de ondas eletromagnéticas que agitam as moléculas.
  5. 5. • No ambiente aquático, a temperatura da água não apresenta grandes oscilações ao longo do dia. • Por esse motivo, os organismos aquáticos não desenvolveram, em regra, importantes mecanismos especializados de regulação da temperatura corporal. Peixe de água quente (Ocellaris) Peixe de água fria (Carassius arautus)
  6. 6. O ambiente terrestre apresenta grandes oscilações de temperatura. A sobrevivência depende de mecanismos homeotérmicos.
  7. 7. Exotérmicos / Ectotérmicos Organismos que dependem do calor do ambiente para obter a energia necessária à manutenção das suas funções metabólicas. Répteis Endotérmicos Organismos que dependem da produção metabólica de calor para manter a sua temperatura corporal. Aves e Mamíferos
  8. 8. Heterotérmicos/ Poiquilotérmicos Organismos que mantêm a sua temperatura corporal constante, independentemente das variações da temperatura ambiente. Répteis Homeotérmicos Organismos cuja temperatura corporal varia em função da temperatura do ambiente. Aves e Mamíferos
  9. 9. Termorregulação nos Répteis Lagartos - em determinadas horas do dia, expõem-se diretamente ao Sol, atingindo temperaturas internas próximas dos 40ºC; na sombra, ficam com temperaturas mais baixas e, à noite, ainda mais baixas, entre 10 a 15ªC. Fatores importantes: a cor e o tamanho do corpo, a postura, o ritmo cardíaco.
  10. 10. Termorregulação no Homem
  11. 11. Médicos induzem hipotermia e “congelam” paciente https://newspressrelease.wordpress.com/ Técnica desenvolvido em hospital da Universidade de Yale é usada em pacientes com problemas cardíacos complicados. “O corpo está essencialmente em real estado de animação suspensa, sem pulso, sem pressão, sem sinais de atividade cerebral”, explica o médico John Elefteriades. A baixa temperatura do corpo permite que os cirurgiões tenham tempo para realizar a operação reduzindo o risco de danos ao cérebro e outros órgãos e diminuindo a necessidade do uso de anestésicos e máquinas. Depois da operação, o corpo do paciente é lentamente aquecido e seu coração, estimulado com um desfibrilhador. 9/9/2010

×