Design de Relacionamento: Serviços que geram melhores relações

573 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
573
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Design de Relacionamento: Serviços que geram melhores relações

  1. 1. Design de Relacionamento: Serviços que geram melhores relações Cezar Cavalcanti (PE)
  2. 2. Quem sou eu? Cezar Cavalcanti Sócio, Estrategista de Marca e Design da com foco em Inovação da Orbe Consultoria. Designer de Formação com um MBA Branding nas Faculdades Rio Branco - SP Experiência com diversos projetos de Construção de Marcas, com passagem pela consultoria GAD’Lippincott. 2
  3. 3. Cumprir a promessa Estratégia Experiência Cultura Marca Promessa Fazer uma promessa Imagem Comunicação Reconhecimento
  4. 4. Serviços Estratégia Experiência Cultura Pontos de Contato Marca Imagem Comunicação
  5. 5. 5
  6. 6. Telefonia Varejo Online 6
  7. 7. Indíce de Satisfação 7
  8. 8. $$ $$$ Modelos Desequilibrados 8
  9. 9. O que é isso? 9
  10. 10. Para que serve isso? 10
  11. 11. Para que serve isso? Dar Conforto e Segurança 10
  12. 12. Para que serve isso? Conferir Status Dar Conforto e Segurança 10
  13. 13. Para que serve isso? Conferir Status Viajar Dar Conforto e Segurança 10
  14. 14. Para que serve isso? Conferir Status Viajar Se Aventurar Dar Conforto e Segurança 10
  15. 15. Para que serve isso? Conferir Status Viajar Se Aventurar Dar Conforto e Segurança Representar Personalidade 10
  16. 16. Para que serve isso? Conferir Status Viajar Locomoção Se Aventurar Dar Conforto e Segurança Representar Personalidade 10
  17. 17. O que parece ser um produto
  18. 18. 12
  19. 19. É um rede de valor e colaboração 12
  20. 20. http://eiselab.com.br/ 13
  21. 21. O propósito de Servir 14
  22. 22. O propósito de Servir Para que serve isso? 14
  23. 23. O propósito de Servir Para que serve isso? Vender Café? 14
  24. 24. O propósito de Servir Para que serve isso? Vender Café? 14
  25. 25. O propósito de Servir Para que serve isso? Vender Café? Ser o terceiro ponto entre sua casa e seu trabalho :) 14
  26. 26. O propósito de Servir Para que serve isso? Vender Café? Ser o terceiro ponto entre sua casa e seu trabalho :) Vender Experiência 14
  27. 27. O propósito de Servir Para que serve isso? Vender Café? Ser o terceiro ponto entre sua casa e seu trabalho :) Vender Experiência 14
  28. 28. O propósito de Servir Para que serve isso? Vender Café? Ser o terceiro ponto entre sua casa e seu trabalho :) Vender Experiência 14
  29. 29. Serviço - É uma performance - Imaterial - Intangível - Depende de Cada Interação - É imprevisível - Podem e vão ocorrer erros ao longo da jornada 15
  30. 30. Design Serviço Construir ou melhorar a interação das pessoas com os Serviços buscando inovação através do pensamento do Design
  31. 31. Mais o que é Design? Artesanato Produtos com muito Significado Revolução Industrial Produtos mais eficientes e com menos significado
  32. 32. A Forma deve seguir a Função As coisas devem ser Simplicidade
  33. 33. Designer como Engenheiro + Artesão
  34. 34. Designer como Engenheiro + Artesão
  35. 35. O projetista que Designer como Engenheiro + Artesão entende de Pessoas
  36. 36. O designer se torna embelezador de ídeias Marketing + P&D (Negócio) Design Mercado (Produtos ruins e bonitos)
  37. 37. O mundo complica e modelo de pensamento não responde Pensamento Analítico Pensamento Intuitivo Confiabilidade Validez DT Pensamento Abdutivo Lógica do que poderia ser
  38. 38. O design aparece como uma nova forma de pensar
  39. 39. Empatia Colaboração Inovação Experimentação 24
  40. 40. Rentável para o Negócio Tecnologicamente possível Inovação Relevante para as Pessoas 25
  41. 41. O designer participa desde o começo Design + Marketing + P&D Mercado Produtos funcionais, relevantes e desejáveis (Negócio)
  42. 42. Abordagem do Design Thinking Implantação
  43. 43. Abordagem do Design Thinking Implantação
  44. 44. Ideação: Serviço Ecologia de Serviço Um mapa contendo tudo que participa ou interfere no serviço, contendo: Quem, Como, Onde, Porque, O que usam o serviço. 30
  45. 45. Ideação: Serviço Jornadas de Usuário Representar as interações dos usuários com os pontos de contato em ordem de decorrência. Afim de observar dificuldades e oportunidade. - Motorista, Executivo, Assessor 31
  46. 46. 32
  47. 47. 33
  48. 48. Serviços são Interações Projetar melhores interações com pontos de contato, melhores experiências. 35
  49. 49. Serviço Marca Interação Experiência Relação Relacionamento
  50. 50. Do Serviço para o Relacionamento Conhecer Experimentar Prometer Errar Perdoar Superar Construir
  51. 51. Mais que Sapato, vender Superação 38
  52. 52. Servir é Atuar Atores / Improvisação Interações Palco Linha de Visibilidade BackStage Roteiro / Processos
  53. 53. Atuar é é Atuar Servir dar vida aos roteiros Atores / Improvisação Interações Palco Linha de Visibilidade BackStage Roteiro / Processos
  54. 54. Produtos 40
  55. 55. Podem ser serviços 41
  56. 56. Serviços podem se tornar Relações 42
  57. 57. Serviços podem se tornar Relações 42
  58. 58. Cada relação é a construção de uma história com a marca
  59. 59. Justin Gignac Gostamos de Histórias
  60. 60. Histórias podem ser roterizadas 1. Mensagem 2. Conflito 3. Personagens 4. Plot
  61. 61. Histórias podem ser roterizadas 1. Mensagem 2. Conflito 3. Personagens 4. Plot - Estratégia da Marca - Que Problema isso Resolve? - Quem são os Atores do Processo? - O funcionando do Serviço
  62. 62. BrandStory De uma estratégia para uma história
  63. 63. Design de Relacionamento Além de desenhar a interação, desenhar a evolução da relação.
  64. 64. O que? Entender a relação entre as pessoas e os serviços, visando desenhar junto com os usuários melhores relações, novos caminhos, criando soluções centradas nas pessoas e orientadas pela marca. 48
  65. 65. Como? Design de Serviços + BrandStory + Big Data
  66. 66. Interações mais adaptadas Oportunidades de gerar contatos mais relevantes
  67. 67. BrandStory Estágios, Acontecimentos
  68. 68. BrandStory Estágios, Acontecimentos
  69. 69. BrandStory Estágios, Acontecimentos
  70. 70. Prever a situação e Improvisar
  71. 71. Prever a situação e Improvisar Se adaptar a como as pessoas usam!
  72. 72. Design de Relacionamento Pensar além de cada interação, desenhando a funcionalidade e estética do tipo de relação que uma marca tem com seus diferentes públicos e como isso pode evoluir.
  73. 73. Obrigado! #seenvolvamais Cezar Cavalcanti ccavalcanti@orbeplan.com.br @cezarcavalcanti

×