ESCOLA LIVRE DE JORNALISMO PROJETO JORNALISMO PARA QUEM PRECISA
NARRATIVA NA REPORTAGEM        OLÍMPIO CRUZ NETO
A arte de contar histórias• Da pré-história ao século 21.• Personagens, cenários, conflitos e cenas.• A história é o conte...
Reviver histórias• Vida como sujeito e objeto de acontecimentos.• Linguagem verbal.• Da Grécia até hoje: ser humano imita....
Gêneros• Romance, novela, conto, balada, poema épico.• Texto jornalístico, documentário e relatório.• Platão: relatos dos ...
Aristóteles• Poemas épicos. Discurso do poeta narrador que se converte em “outro”. Acontecimentos e ações narrados pelos p...
Foco narrativo• Ângulo do narrador para contar a história: primeira pessoa ou terceira pessoa.• Primeira pessoa: história ...
Modelos• Onisciente. Sabe tudo e a tudo vê.• Personagem. Contexto do narrador. Proximidade. Narrativa carregada de subjeti...
Questões• Quem conta a história? Narrador em primeira ou terceira pessoa? Não há ninguém narrando?• Posição do narrador: P...
BEM X MAL
Notícia• Registro dos fatos, sem opinião.• Divulgação de acontecimento por meios jornalísticos.• Noblat: “É tudo o que os ...
Características de notícia• Exatidão, elemento-chave.• Qualidade essencial do jornalismo.• Linguagem clara, direta, impess...
Estrutura de notícia• Hierarquização das informações.• Fórmula da pirâmide invertida:         ‣ Mais importante no início ...
Básico• Ao fato• Ordem direta• Concisão• Clareza
Esqueça• Termos técnicos• Modismos e gírias• Lugares-comuns• Vícios: “Não obstante”, “a nível de”, “por outro lado”, “no s...
Reportagem• Mais nobre gênero jornalístico e também o mais importante.• Notícia mais importante está registrada como repor...
Reportagem especial• Informação quente.• Mais tempo para apuração.• Levantamento minucioso.• Documentação. Riqueza de deta...
NEM TODA NOTÍCIA É REPORTAGEM
• Na reportagem, notícia não muda de natureza, mas muda de caráter quando evolui para a categoria de reportagem.• Regras p...
• Notícia se esgota no assunto.• Reportagem só se esgota no relato dos fatos.• Reportagem é a soma das diferentes versões ...
• Reportagem impõe: multiplicidade de versões, de ângulos, de indagações sobre o fato narrado.• Exposição das circunstânci...
No jornalismo    são as versões que contam.Reunião de indícios e consistências  que permitam conhecimento       adequado d...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Narrativa na reportagem

3.561 visualizações

Publicada em

Apresentação do jornalista Olímpio Cruz Neto sobre a narrativa no mais nobre gênero jornalístico: a reportagem.

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.561
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
59
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
138
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • Narrativa na reportagem

    1. 1. ESCOLA LIVRE DE JORNALISMO PROJETO JORNALISMO PARA QUEM PRECISA
    2. 2. NARRATIVA NA REPORTAGEM OLÍMPIO CRUZ NETO
    3. 3. A arte de contar histórias• Da pré-história ao século 21.• Personagens, cenários, conflitos e cenas.• A história é o conteúdo do ato narrativo.• Narrativa - Simbiose entre história e discurso.
    4. 4. Reviver histórias• Vida como sujeito e objeto de acontecimentos.• Linguagem verbal.• Da Grécia até hoje: ser humano imita.• Mitos, lendas, fábulas, tragédias e História.
    5. 5. Gêneros• Romance, novela, conto, balada, poema épico.• Texto jornalístico, documentário e relatório.• Platão: relatos dos acontecimentos.• Produção de prosadores e poetas.
    6. 6. Aristóteles• Poemas épicos. Discurso do poeta narrador que se converte em “outro”. Acontecimentos e ações narrados pelos próprios personagens.• Três tipos: épico, lírico e dramático.• Recriação da natureza.• “Imitar” uma arte e conseguir criar outra.
    7. 7. Foco narrativo• Ângulo do narrador para contar a história: primeira pessoa ou terceira pessoa.• Primeira pessoa: história narrada por personagem que participa dos acontecimentos.• Na terceira pessoa: ângulo de um narrador que não participa dos acontecimentos.
    8. 8. Modelos• Onisciente. Sabe tudo e a tudo vê.• Personagem. Contexto do narrador. Proximidade. Narrativa carregada de subjetivismo e parcialidade.• Observador. História vista de longe (câmera). Distanciamento. Neutralidade. Visão de fora do "cérebro" ou "coração" dos personagens.
    9. 9. Questões• Quem conta a história? Narrador em primeira ou terceira pessoa? Não há ninguém narrando?• Posição do narrador: Por cima? Na periferia? No centro? De frente? Mudando?• Palavras? Pensamentos? Sentimentos? Do autor? Da personagem? Ações? Falas do autor? Da personagem? Combinação de tudo?
    10. 10. BEM X MAL
    11. 11. Notícia• Registro dos fatos, sem opinião.• Divulgação de acontecimento por meios jornalísticos.• Noblat: “É tudo o que os jornalistas escolhem para oferecer ao público” .
    12. 12. Características de notícia• Exatidão, elemento-chave.• Qualidade essencial do jornalismo.• Linguagem clara, direta, impessoal, concisa e adequada ao veículo.• Discurso em terceira pessoa.
    13. 13. Estrutura de notícia• Hierarquização das informações.• Fórmula da pirâmide invertida: ‣ Mais importante no início ‣ Menos relevante no fim
    14. 14. Básico• Ao fato• Ordem direta• Concisão• Clareza
    15. 15. Esqueça• Termos técnicos• Modismos e gírias• Lugares-comuns• Vícios: “Não obstante”, “a nível de”, “por outro lado”, “no sentido de”, “enquanto ser político”, “ele que é...” ou “enquanto isso...”
    16. 16. Reportagem• Mais nobre gênero jornalístico e também o mais importante.• Notícia mais importante está registrada como reportagem.• Primeiro lugar na cobertura jornalística.• Presença do repórter. Registro apurado.
    17. 17. Reportagem especial• Informação quente.• Mais tempo para apuração.• Levantamento minucioso.• Documentação. Riqueza de detalhes.
    18. 18. NEM TODA NOTÍCIA É REPORTAGEM
    19. 19. • Na reportagem, notícia não muda de natureza, mas muda de caráter quando evolui para a categoria de reportagem.• Regras próprias, dá valor especial à notícia.• Notícia aponta se acontecimento entrou para a história.• Reportagem mostra como isso se deu.
    20. 20. • Notícia se esgota no assunto.• Reportagem só se esgota no relato dos fatos.• Reportagem é a soma das diferentes versões de um mesmo acontecimento.• O jornalismo se revitaliza com a reportagem e projeta em importância a notícia.
    21. 21. • Reportagem impõe: multiplicidade de versões, de ângulos, de indagações sobre o fato narrado.• Exposição das circunstâncias do fato. Sem tomar partido, sem opinião.• Na reportagem, o repórter é o agente autodelegado da sociedade para questionar todas as dúvidas possíveis.
    22. 22. No jornalismo são as versões que contam.Reunião de indícios e consistências que permitam conhecimento adequado dos fatos.

    ×