Gênero discursivo: Crônicas
<ul><li>A crônica é um gênero literário que, a princípio, era um &quot;relato cronológico dos fatos sucedidos em qualquer ...
<ul><li>No Brasil, a crônica se consolidou por volta de 1930 e atualmente vem adquirindo uma importância maior em nossa li...
Isso dá Crônica <ul><li>Evolução? </li></ul>
Isso dá Crônica
 
Características da Crônica <ul><li>Ligada à vida cotidiana;  </li></ul><ul><li>Narrativa informal, familiar, intimista;  <...
<ul><li>Natureza ensaística;  </li></ul><ul><li>Leveza;  </li></ul><ul><li>Diz coisas sérias por meio de uma aparente conv...
<ul><li>É um gênero literário produzido essencialmente para ser veiculado em revistas ou jornais.  </li></ul><ul><li>É fei...
<ul><li>A crônica, na maioria dos casos, é um texto curto e narrado em primeira pessoa, ou seja, o próprio escritor está &...
<ul><li>É muito importante que o  seu ponto de vista , a sua forma de ver aquele fato fique evidente. Esse é um dos elemen...
TIPOS DE CRÔNICA <ul><li>Crônica Descritiva </li></ul><ul><li>Crônica Narrativa </li></ul><ul><li>Crônica Dissertativa </l...
TIPOS DE CRÔNICA <ul><li>Crônica Descritiva </li></ul><ul><li>Ocorre quando uma crônica explora a caracterização de seres ...
TIPOS DE CRÔNICA <ul><li>Crônica Narrativa </li></ul><ul><li>Tem por eixo uma história, o que a aproxima do conto.  </li><...
TIPOS DE CRÔNICA <ul><li>Crônica Dissertativa </li></ul><ul><li>Opinião explícita, com argumentos mais “sentimentalistas” ...
TIPOS DE CRÔNICA <ul><li>Crônica Narrativo-Descritiva </li></ul><ul><li>É quando uma crônica explora a caracterização de s...
TIPOS DE CRÔNICA <ul><li>Crônica Humorística </li></ul><ul><li>Apresenta uma visão irônica ou cômica dos fatos. </li></ul>...
TIPOS DE CRÔNICA <ul><li>Crônica Jornalística </li></ul><ul><li>Apresentação de aspectos particulares de notícias ou fatos...
Provérbios e ditos populares <ul><li>1. A união faz a força. </li></ul><ul><li>2.  Água mole em pedra dura, tanto bate até...
Provérbios e ditos populares <ul><li>11.  Quem espera sempre alcança. </li></ul><ul><li>12.  Aqui se faz, aqui se paga. </...
Provérbios e ditos populares <ul><li>Escolha um dos provérbios acima e, a partir dele, escreva uma crônica narrativa. O pr...
Enem 2000 <ul><li>É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta priorida...
Sugestões de sites <ul><li>www.dejovu.com/mensagens/ver   </li></ul><ul><li>www.paralerepensar.com.br/ drummond _ cronicas...
Critérios de correção
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Crônicas

36.576 visualizações

Publicada em

2 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
36.576
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
42
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
697
Comentários
2
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Crônicas

  1. 1. Gênero discursivo: Crônicas
  2. 2. <ul><li>A crônica é um gênero literário que, a princípio, era um &quot;relato cronológico dos fatos sucedidos em qualquer lugar&quot;1, isto é, uma narração de episódios históricos. Era a chamada &quot;crônica histórica&quot; (como a medieval). Essa relação de tempo e memória está relacionada com a própria origem grega da palavra, Chronos , que significa tempo. Portanto, a crônica, desde sua origem, é um &quot;relato em permanente relação com o tempo, de onde tira, como memória escrita, sua matéria principal, o que fica do vivido&quot; </li></ul>Crônica
  3. 3. <ul><li>No Brasil, a crônica se consolidou por volta de 1930 e atualmente vem adquirindo uma importância maior em nossa literatura graças aos excelentes escritores que resolveram se dedicar exclusivamente a ela, como Rubem Braga e Luís Fernando Veríssimo, além dos grandes autores brasileiros, como Machado de Assis, José de Alencar e Carlos Drummond de Andrade, que também resolveram dedicar seus talentos a esse gênero. Tudo isso fez com que a crônica se desenvolvesse no Brasil de forma extremamente significativa. </li></ul>Crônica
  4. 4. Isso dá Crônica <ul><li>Evolução? </li></ul>
  5. 5. Isso dá Crônica
  6. 7. Características da Crônica <ul><li>Ligada à vida cotidiana; </li></ul><ul><li>Narrativa informal, familiar, intimista; </li></ul><ul><li>Uso da oralidade na escrita: linguagem coloquial; </li></ul><ul><li>Sensibilidade no contato com a realidade; </li></ul><ul><li>Síntese; </li></ul><ul><li>Uso do fato como meio ou pretexto para o artista exercer seu estilo e criatividade; </li></ul><ul><li>Dose de lirismo; </li></ul>
  7. 8. <ul><li>Natureza ensaística; </li></ul><ul><li>Leveza; </li></ul><ul><li>Diz coisas sérias por meio de uma aparente conversa fiada; </li></ul><ul><li>Uso do humor; </li></ul><ul><li>Brevidade; </li></ul><ul><li>É um fato moderno: está sujeita à rápida transformação e à fugacidade da vida moderna. </li></ul>Características da Crônica
  8. 9. <ul><li>É um gênero literário produzido essencialmente para ser veiculado em revistas ou jornais. </li></ul><ul><li>É feita com uma finalidade utilitária e pré-determinada: agradar aos leitores dentro de um espaço sempre igual e com a mesma localização, criando-se assim, no transcurso dos dias ou das semanas, uma familiaridade entre o escritor e aqueles que o leem. </li></ul>Crônica
  9. 10. <ul><li>A crônica, na maioria dos casos, é um texto curto e narrado em primeira pessoa, ou seja, o próprio escritor está &quot;dialogando&quot; com o leitor. Isso faz com que a crônica apresente uma visão totalmente pessoal de um determinado assunto: a visão do cronista. </li></ul>Crônica
  10. 11. <ul><li>É muito importante que o seu ponto de vista , a sua forma de ver aquele fato fique evidente. Esse é um dos elementos que caracterizam a crônica: uma visão pessoal de um evento. </li></ul>Crônica
  11. 12. TIPOS DE CRÔNICA <ul><li>Crônica Descritiva </li></ul><ul><li>Crônica Narrativa </li></ul><ul><li>Crônica Dissertativa </li></ul><ul><li>Crônica Narrativo-Descritiva </li></ul><ul><li>Crônica Humorística </li></ul><ul><li>Crônica Lírica </li></ul><ul><li>Crônica Poética </li></ul><ul><li>Crônica Jornalística </li></ul><ul><li>Crônica Histórica </li></ul>
  12. 13. TIPOS DE CRÔNICA <ul><li>Crônica Descritiva </li></ul><ul><li>Ocorre quando uma crônica explora a caracterização de seres animados e inanimados num espaço. Preciso como uma fotografia ou dinâmico como um filme. </li></ul>
  13. 14. TIPOS DE CRÔNICA <ul><li>Crônica Narrativa </li></ul><ul><li>Tem por eixo uma história, o que a aproxima do conto. </li></ul><ul><li>Pode ser narrada tanto na 1ª quanto na 3ª pessoa do singular. Texto lírico (poético, mesmo em prosa). </li></ul><ul><li>Comprometida com fatos cotidianos (“banais”, comuns). </li></ul>
  14. 15. TIPOS DE CRÔNICA <ul><li>Crônica Dissertativa </li></ul><ul><li>Opinião explícita, com argumentos mais “sentimentalistas” do que “racionais” (em vez de “segundo o IBGE a mortalidade infantil aumenta no Brasil”, seria “vejo mais uma vez esses pequenos seres não alimentarem sequer o corpo”). </li></ul><ul><li>Exposto tanto na 1ª pessoa do singular quanto na do plural. </li></ul>
  15. 16. TIPOS DE CRÔNICA <ul><li>Crônica Narrativo-Descritiva </li></ul><ul><li>É quando uma crônica explora a caracterização de seres, descrevendo-os. E, ao mesmo tempo mostra fatos cotidianos (&quot;banais&quot;, comuns) no qual pode ser narrado em 1ª ou na 3ª pessoa do singular. </li></ul>
  16. 17. TIPOS DE CRÔNICA <ul><li>Crônica Humorística </li></ul><ul><li>Apresenta uma visão irônica ou cômica dos fatos. </li></ul><ul><li>Crônica Lírica </li></ul><ul><li>Linguagem poética e metafórica. Expressa o estado do espírito, as emoções do cronista diante de um fato de uma pessoa ou fenômeno.No geral as emoções do escritor. </li></ul><ul><li>Crônica Poética </li></ul><ul><li>Apresenta versos poéticos em forma de crônica. </li></ul>
  17. 18. TIPOS DE CRÔNICA <ul><li>Crônica Jornalística </li></ul><ul><li>Apresentação de aspectos particulares de notícias ou fatos. Pode ser policial, esportiva ou política. </li></ul><ul><li>Crônica Histórica </li></ul><ul><li>Baseada em fatos reais, ou fatos históricos. </li></ul>
  18. 19. Provérbios e ditos populares <ul><li>1. A união faz a força. </li></ul><ul><li>2. Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura. </li></ul><ul><li>3. Em terra de cego, quem tem um olho é rei. </li></ul><ul><li>4. Quem tudo quer, tudo perde. </li></ul><ul><li>5. Quem desdenha quer comprar. </li></ul><ul><li>6. Papagaio come milho, periquito leva fama. </li></ul><ul><li>7. Em casa de ferreiro, espeto de pau. </li></ul><ul><li>8. Em boca fechada não entra mosca. </li></ul><ul><li>9. Não adianta chorar sobre o leite derramado. </li></ul><ul><li>10. Falar é prata, calar é ouro. </li></ul>
  19. 20. Provérbios e ditos populares <ul><li>11. Quem espera sempre alcança. </li></ul><ul><li>12. Aqui se faz, aqui se paga. </li></ul><ul><li>13. Quem tem telhado de vidro não atira pedra ao vizinho. </li></ul><ul><li>14. Gato escaldado tem medo de água fria. </li></ul><ul><li>15. Um é pouco, dois é bom, três é demais. </li></ul><ul><li>16. Quem ri por último ri melhor. </li></ul><ul><li>17. As aparências enganam. </li></ul><ul><li>18. Quem semeia ventos, colhe tempestades. </li></ul><ul><li>19. Nem tudo que reluz é ouro. </li></ul><ul><li>20. Mais vale um pássaro na mão do que dois voando. </li></ul>
  20. 21. Provérbios e ditos populares <ul><li>Escolha um dos provérbios acima e, a partir dele, escreva uma crônica narrativa. O provérbio escolhido deve ter relação com a história e aparecer mencionado ou transcrito no desfecho. </li></ul>
  21. 22. Enem 2000 <ul><li>É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, o direito à saúde, à alimentação, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, crueldade e opressão”. Artigo 227, Constituição da República Federativa do Brasil. (Angeli, Folha de S. Paulo , 14.05.2000) </li></ul>
  22. 23. Sugestões de sites <ul><li>www.dejovu.com/mensagens/ver </li></ul><ul><li>www.paralerepensar.com.br/ drummond _ cronicas .htm </li></ul><ul><li>www.pensador.info/ cronicas _de_luiz_fernando_ verissimo </li></ul><ul><li>recantodasletras.uol.com.br/ cronicas / </li></ul><ul><li>www. almacarioca .com.br/ </li></ul>
  23. 24. Critérios de correção

×