Concentração

407 visualizações

Publicada em

Sugestões para ajudam aqueles que querem entrar em contato com a espiritualidade possa iniciar seu exercício prático.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
407
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Concentração

  1. 3. Treinar a mente para a concentração inicialmente requer disciplina porque os pensamentos são desregrados como crianças.
  2. 4. A mente habituou-se a ser mãe descuidada e não disciplinou seus filhos (nossos pensamentos ).
  3. 5. A falta de hábito de ficarem quietos faz com que se revoltem e, como de costume dão no pé !!!
  4. 6. Você sabe que a melhor forma de estabelecer disciplina é com amor e assim pensando, um por um, com todo carinho pela mão vai trazendo-os. Nem mesmo as crianças escapam dessa fuga interior e até os animais parecem (eu tenho certeza) que pensam.
  5. 7. FATORES QUE DIFICULTAM A CONCENTRAÇÃO. 1 - Ruídos e sons em tome elevado ou que perturbem quem se concentra; 2- iluminação inadequada; 3- envolvimento espiritual perturbador. Etc.
  6. 8. Posturas para Concentração As costas retas, relaxadas e os pés apoiados no chão. O maxilar, boca e lábios devem ser relaxados e dentes ligeiramente afastados. A ponta da língua deve tocar o céu da boca, atrás dos dentes superiores. (Isso reduz o fluxo de saliva e dessa forma a necessidade de engolir, pois esses são obstáculos a medida que a concentração aumenta.) Mãos espalmadas para cima e olhos fechados
  7. 9. RESPIRAÇÃO: Uma das melhores técnicas para prender a atenção é ouvir o pulmão trabalhando (encher e esvaziar) Preste atenção no entrar e sair do ar das narinas, ou no movimento do abdômen durante a respiração.
  8. 10. RESPIRAÇÃO DIAFRAGMÁTICA 1 - Inspire pelo nariz suavemente e profundamente. Sinta o movimento de sua barriga expandir, aumentar. Sinta o movimento de sua barriga como se fosse um balão expandindo. 2 -Conte de 4 a 6 enquanto inspira. Enquanto inspira sinta o movimento de suas mãos sobre a barriga.
  9. 11. 3 - No fim da inspiração dê uma pequena pausa, sem se tencionar.   4 - Expire pela boca suavemente e profundamente. Quando expira, sua barriga entra suavemente para dentro, se contrai. Conte de 4 a 6 enquanto expira. 5 - No fim da expiração dê uma pequena pausa, sem se tencionar.   6 - Continue respirando com muita calma, de maneira regular e suave.
  10. 12. 7- Inspire pelo nariz suavemente, com calma, sentindo sua barriga expandir como se fosse um balão. 8 -Expire pela boca suavemente e profundamente sentindo sua barriga ir se contraindo suavemente. Observe para que o movimento de sua caixa torácica seja o menor possível, o movimento de expansão e recolhimento da barriga deve ser maior que o do peito.
  11. 13. Sinta o movimento da sua barriga: - Quando inspira, a barriga vai para fora - Quando expira, a barriga vai para dentro. Para facilitar ainda mais a concentração faça com que expiração seja mais lenta e suave que a inspiração. E quando expira diga para si mesmo: Relaxe, solte toda a tensão.
  12. 14. MEDIUNIDADE E CONCENTRAÇÃO A fim de auxiliar os médiuns na prática da concentração mediúnica, são relacionadas abaixo as fases descritas por Edgar Armond sobre este tema. 1) Percepção dos Fluidos Identificação da natureza da entidade espiritual.
  13. 15. 2) Aproximação Percepção da presença da entidade espiritual. 3) Contato Identificação dos centros de força e das partes do organismo que estão sendo atuadas pela entidade comunicante. 4) Envolvimento Recepção da mensagem espiritual que está sendo transmitida ao médium. 5) Manifestação A comunicação propriamente dita do Espírito, através do médium.
  14. 16. CONCLUSÕES     De todos os ensinamentos contidos nestas instruções, depreende-se claramente que a concentração em ação é a maior força de que o homem dispõe para a conquista de seus ideais. A concentração é a flor, a ação é o fruto; em nada concentrar seria como florescer sem frutificar.

×