Tv 2.0

1.399 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre tv 2.0 parte integrante do trabalho para a disciplina de novas midias, primeiro semestre de 2008, turma do 2º período de Cinema e Vídeo do Centro Universitário Una.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.399
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
21
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
65
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tv 2.0

  1. 1. <ul><li>Guilherme Brassargo </li></ul><ul><li>Matheus Rufino </li></ul><ul><li>Jefferson Assunção </li></ul>
  2. 2. Televisão <ul><li>A televisão cresceu muito em audiência nos últimos tempos; </li></ul><ul><li>e o seu conceito como mídia mudou pouco nos últimos tempos; </li></ul><ul><li>iniciou sua mudança mais profunda com a televisão a cores e a transmissão global via satélites; </li></ul><ul><li>o fenômeno da digitalização da informação fez com que explodissem inovações que abalaram conceitos que pareciam sólidos há décadas. </li></ul>
  3. 3. O futuro da televisão <ul><li>A relação de simbiose entre conteúdos e serviços digitais será chave para uma diferenciação competitiva, substituindo modelos tradicionais de negócio por novas fontes de receita, como e-commerce, jogos, GPS, comunicação via texto, imagem e voz; </li></ul><ul><li>temos agora múltiplos canais de distribuição de conteúdos e serviços digitais, seja através de uma rede fechada ou aberta, o aparelho de televisão não é mais único perante o consumidor (Celular, PC e a evolução do próprio aparelho de TV vão dividir os interesses do consumidor). </li></ul>
  4. 4. O começo da mudança <ul><li>Os conceitos para TV 2.0 não são todos iguais aos da WEB 2.0 mas se aproxima muito; </li></ul><ul><li>na TV 2.0 o usuário escolhe o que quer ver na hora que quer ver, ou seja, ele faz sua programação; </li></ul><ul><li>a proposta da TV 2.0 é mudar radicalmente nossa vida profissional e nossa relação com o mercado de trabalho, abordando temas de interesses recíprocos a partir da digitalização das comunicações; </li></ul><ul><li>para tal, a TV 2.0 pretende mudar a forma como as pessoas irão se apropriar dela, não somente como consumidores, mas como produtores de comunicação; </li></ul>
  5. 5. <ul><li>a TV 2.0 é um espaço para entrevistas, matérias e experimentações relacionadas a esse tempo de mudança, que afetam áreas e processos distintos como a publicidade, o jornalismo, a música, a produção e a distribuição de vídeos e áudios, dentre outras; </li></ul><ul><li>vai ganhar competitividade quem conquistar coração e mente do consumidor, sendo vencedoras as empresas que dominarem o desejo de consumo. </li></ul>
  6. 6. Exemplos de TV 2.0 <ul><li>Joost </li></ul><ul><li>O Joost, feito pelos mesmos criadores do Kazaa e do Skype, tem como objetivo ser uma televisão na internet, onde você pode ver o que quiser, quando quiser, interagir com outros que estejam assistindo o mesmo programa, classificar o que gosta ou não gosta e tudo o mais que você está esperando que um dia chegue na sua TV de casa, tudo de graça; </li></ul><ul><li>a grande diferença entre o YouTube e o Joost é que a qualidade de som e imagem do Joost são muito melhores e todo o conteúdo respeita direitos autorais; </li></ul><ul><li>à primeira vista pode parecer um fator muito limitante, mas navegando pelos canais se descobre que, mesmo em versão Beta e embrionária, o programa tem um vasto conteúdo, que vai desde seriados de ficção científica até shows de MPB. </li></ul>
  7. 9. <ul><li>Blog TV </li></ul><ul><li>Este site permite que os usuários criem seus próprios canais de TV, 24 horas por dia, totalmente de graça, bastando apenas ter uma webcam; </li></ul><ul><li>extremamente intuitivo e fácil de usar, em 1 clique você começa seu “Live Broadcasting” ou assiste a outros, que estão divididos por categorias; </li></ul><ul><li>além disso, pode deixar gravados suas últimas transmissões para que os usuários vejam a qualquer hora; </li></ul><ul><li>as possibilidades para quem tem uma banda ou um grupo de teatro, por exemplo, são incríveis, além de empresas fazerem ações de marketing inéditas; </li></ul><ul><li>o único defeito é que ainda não é possível apagar os vídeos que você cria. </li></ul>
  8. 11. <ul><li>Current TV </li></ul><ul><li>Menos invasiva devido ao relacionamento das marcas por meio de patrocínios à programação; Current TV é um canal de televisão independente dirigido pelo ex-vice-presidente norte-americano Al Gore e pelo executivo Joel Hyatt. </li></ul><ul><li>possui um site 2.0 e um canal de Broadcast acessado por meio de assinatura nos Estados Unidos ou Reino Unido, estando em processo de expansão mundial; </li></ul><ul><li>seu público são pessoas com idades entre 18 e 34 anos, se tornando por isso um produto raro no mercado de comunicação; </li></ul><ul><li>há nela uma estratégia de obtenção de publicidade </li></ul><ul><li>tem 30% de seu conteúdo criado por usuários, que mandam os vídeos para o site sendo também os internautas que escolhem quais vídeos irão para o canal comum da Current TV, sendo noticiadas de hora em hora, no programa Google Current, notícias dos assuntos mais comentados na internet. </li></ul>
  9. 13. <ul><li>Jalipo </li></ul><ul><li>A Jalipo, uma nova rede de distribuição de vídeos e programas de televisão de alta qualidade, tem apoio de sócios que incluem a BBC World e a Al Jazeera English; </li></ul><ul><li>este site tem direitos autorais protegidos, tem veiculação restrita e gera receita; </li></ul><ul><li>a Jalipo assinou acordos de conteúdo com BBC World, Al Jazeera English, o canal de notícias France 24 e Bloomberg, entre outros e planeja acertar mais acordos para exibição de eventos esportivos, concertos e filmes independentes; </li></ul><ul><li>os donos de conteúdo tem mais controle sobre seus materiais ao poderem determinar preço e onde eles estarão disponíveis. </li></ul>
  10. 19. <ul><li>FizTV </li></ul><ul><li>O FizTV é um canal onde o público faz a programação, por meio de vídeo; </li></ul><ul><li>os usuários fazem parte de uma hierarquia que é definida de acordo com o nível de participação, pontos no site e a quantidade de vídeos em minutos que foram para o canal; </li></ul><ul><li>os usuários ganham dinheiro pelos vídeos que vão para TV; </li></ul><ul><li>o canal faz parte da Abril Radiodifusão, junto com a MTV Brasil; </li></ul><ul><li>o &quot;Fiz&quot;, como é apelidado, tem programas como o FizNotícias, FizCurta, FizemCasa, entre outros; </li></ul><ul><li>está no Canal 20 da TVA, que também é de propriedade da Abril. </li></ul>

×