Web 2[1][[1]..

452 visualizações

Publicada em

Trabalho apresentado a disciplina de Novas Midias, sobre o Impacto da Web 2.0 nas emissoras de TV

Publicada em: Tecnologia, Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
452
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Web 2[1][[1]..

  1. 1. O IMPACTO DA WEB 2.0 SOBRE AS EMISSORAS DE TV Bárbara Faria Henrique Perini Irene do Carmo
  2. 2. WEB 2.0 <ul><li>O termo Web 2.0 foi criado por Tim O’Reilly e tem o seguinte conceito na wikipédia: </li></ul><ul><li>“ Web 2.0 é a mudança para uma internet como plataforma, e um entendimento das regras para obter sucesso nesta nova plataforma. Entre outras, a regra mais importante é desenvolver aplicativos que aproveitem os efeitos de rede para se tornarem melhores quanto mais são usados pelas pessoas, aproveitando a inteligência coletiva.” </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Web 2.0 = sites colaborativos </li></ul>
  4. 4. IMPACTO DA WEB 2.0 NA TV <ul><li>ADAPTAÇÃO POR PARTE DAS EMISSORAS DE TV </li></ul><ul><li>BBC E OUTRAS NO YOUTUBE: a lógica do YouTube que dá base para a programação do canal de TV </li></ul>
  5. 5. Fantástico Programas antigos se adaptam a nova mídia, para acompanhar os interesses do público.
  6. 6. Urbano Alguns programas foram criados no formato da Web 2.0.
  7. 7. Fotolog de Mari Moon
  8. 8. Da Internet para a TV Mari Moon - MTV Da internet para a TV.
  9. 9. Lost - Podcast O programa de TV e a internet se complementam.
  10. 10. Circo do Edgard Os internautas podem fazer parte do programa, enviando vídeos.
  11. 11. Globo Jornalismo Programas de entretenimento Novelas Esportes
  12. 12. PROJEÇÃO DA TV DIGITAL <ul><li>A TV É PESSOAL: as novas tecnologias digitais, a fragmentação da audiência e a capacidade do público produzir novos conteúdos audiovisuais acaba com o modelo de comunicação e massas, com o broadcasting , para substituir pelo narrowcasting e o modelo de “muito para muitos” </li></ul>

×