Páscoa

147 visualizações

Publicada em

Festa religiosa e histórica.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
147
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Páscoa

  1. 1.  A origem mais remota do termo está entre os hebreus, onde aparece o termo Pesach, cujo significado é Passagem. Hebreus: Os hebreus são conhecidos como israelitas ou judeus. Antepassados do povo judeu, os hebreus têm uma historia marcada por migrações e pelo monoteísmo. 
  2. 2. Entre os judeus, esta data assume um significado muito importante, pois marca o êxodo deste povo do Egito, por volta de 1250 a.C, onde foram aprisionados e escravizados pelos faraós durantes vários anos. Nesta data, os judeus fazem e comem o matzá (pão sem fermento) para lembrar a rápida fuga do Egito, quando não sobrou tempo para fermentar o pão.  Êxodo: Grande migração de pessoas.  Faraó: Líder, rei dos egípcios considerado deus.
  3. 3. Após anos de escravidão, o líder dos judeus, Moisés - que também era irmão adotivo do faraó Hamsés, lidera seu povo em uma migração rumo à terra prometida de Canaã.
  4. 4. Segundo relatos bíblicos, Moisés teria sido mensageiro de Deus e durante o período de conflito com Faraó, Moisés teria liberado sobre o Egito maldições ou pragas. Estas atingiram um total de 10.
  5. 5. Essas “pragas” , em sua maioria, tinham relações com fatores climáticos e atingiram as plantações, a água, os pastos, os animais e etc. Mas, só após a 10ª praga, quando faraó perde seu único filho, é que os hebreus são libertados.
  6. 6. Após libertar os hebreus, faraó arrepende-se e vai atrás do povo hebreu para capturá-lo. Neste momento ocorre o ponto mais alto do êxodo: Encurralados entre o exército de faraó e o mar vermelho, Deus divide o mar ao meio para a travessia de seu povo. Ao finalizar a travessia dos hebreus, Deus fecha o mar e todo o exército de faraó, inclusive ele, morrem afogados.
  7. 7. A Páscoa Judaica é comemorada uma vez por ano entre os 15º e 23º dias de Nissan, equivalente a março ou abril no calendário tradicional.. Para comemorar a Páscoa, a casa precisa estar limpa e bem arrumada, além do que os familiares devem jejuar para relembrar as maldições do Egito que salvaram os hebreus.
  8. 8. O SEPULCRO VAZIO...
  9. 9. Entre os primeiros cristãos, esta data celebrava a ressurreição de Jesus Cristo (quando, após a morte, sua alma voltou a se unir ao seu corpo). O festejo era realizado no domingo seguinte a lua cheia posterior ao equinócio da Primavera (21 de março). A semana anterior à Páscoa é considerada como Semana Santa. Esta semana tem início no Domingo de Ramos que marca a entrada de Jesus na cidade de Jerusalém.
  10. 10. Praticamente todos os acadêmicos contemporâneos concordam que Jesus existiu realmente. A maior parte dos acadêmicos concorda que Jesus foi um pregador judeu da Galileia; que foi batizado por João Batista e crucificado por ordem do governador romano Pôncio Pilatos. Os acadêmicos construíram vários perfis do Jesus histórico, que geralmente o retratam em um ou mais dos seguintes papéis: o líder de um movimento apocalíptico, o Messias, um curandeiro carismático, um sábio e filósofo, ou um reformista igualitário.
  11. 11. “Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por Mim.” João 14:6
  12. 12. Os judeus há muito aguardavam a vinda do Messias, aquele que libertaria esse povo de toda opressão. Cumprindo com todas as profecias bíblicas nasce Jesus. Somente aos 30 anos de idade Jesus inicia sua missão evangelística curando, restaurando e modificando o modelo religioso judaico. Nasce então, o CRISTIANISMO: Religião dos seguidores de Cristo. Cristianismo: Basicamente – Católicos e Protestantes (evangélicos)
  13. 13. Evidências bíblicas de que Jesus era o Messias:  Linhagem de Davi – José, pai de Jesus, descendia do Rei Davi. Nasceria de uma virgem – José jamais teria se casado com Maria, caso o anjo não o tivesse avisado. A cultura judaica era precisa para o caso de mulheres terem relações sexuais fora do casamento. Nada obrigaria José a aceitar tal fato, nem mesmo amor à Maria, já que eles mal se conheciam.  Peregrinação exata – Nasceria em Belém, passaria pelo Egito, viveria na Galiléia e em Nazaré.  João Batista – Sua vinda seria anunciada por um profeta qual Elias, a voz do que clama no deserto. Massacre de meninos – Herodes manda matar meninos nascidos nos 2 últimos anos. José foge com a família para o Egito. Ensinaria através de parábolas – Jesus falava ao povo através de parábolas, pois assim o entendriam melhor.
  14. 14.  Ministério de Cura – Jesus curou doentes, ressuscitou mortos e operou muitos milagres.  Domingo de ramos – Entrou em Jerusalém montado num jumentinho e foi recebido com júbilo.  Judas Iscariotes – Jesus foi traído por um amigo por exatamente, 30 moedas de prata.  A crucificação – Jesus foi morto em uma cruz, fora da cidade, por fariseus, seu próprio povo o matou.  Ossos intactos – Nenhum osso do corpo dele foi quebrado.  Corpo transpassado – Uma lança transpassou o seu corpo.  Vinagre e fel – Os soldados deram vinagre e fel a Jesus quando Ele, na cruz, pediu água.  Sorteio – Os soldados jogaram e o vencedor ficou com as roupas de Jesus.  Ressurreição – Ao terceiro dia o corpo de Jesus não foi encontrado no sepulcro. Havia apenas o lençol dobrado, indicando, segundo a cultura judaica, que Ele voltaria.
  15. 15. COELHO DA PÁSCOA: SIMBOLIZA A FERTILIDADE E A ESPERANÇA DE VIDA NOVA. O coelho se reproduz rapidamente e em grandes quantidades. Mas o que a reprodução tem a ver com os significados religiosos da Páscoa? Tanto no significado judeu quanto no cristão, esta data relaciona-se com a esperança de uma vida nova. Já os ovos de Páscoa (de chocolate, enfeites, joias), também estão neste contexto da fertilidade e da vida. A figura do coelho da Páscoa foi trazido para a América pelos imigrantes alemães, entre o final do século XVII e início do XVIII.
  16. 16. OVOS DE PÁSCOA: Assim como o coelho, o simbolismo dos ovos está relacionado com uma nova vida e com a fertilidade. SINOS: São eles que anunciam, nas igrejas católicas, a ressurreição de Cristo no domingo de páscoa.
  17. 17. CÍRIO PASCAL: É uma vela acessa com as letras gregas "alfa" e "ômega" (início e fim). A luz da vela representa a ressurreição de cristo. PÃO E VINHO: Simbolizam o corpo e o sangue de cristo. Jesus repartiu o pão e o vinho com seus discípulos na última ceia (santa ceia).
  18. 18. Moisés sacrificou um cordeiro em homenagem e agradecimento à Deus pela libertação dos hebreus da escravidão no Egito. Também simboliza, do ponto de vista cristão, Jesus Cristo, que foi crucificado para libertar os homens de seus pecados. O último sacrifício foi feito: Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo!
  19. 19. Atualmente a páscoa ganhou significado comercial. A data é comemorada pela maioria das pessoas como um dia de presentear com joias, bombons, chocolates e ovo de páscoa. A partilha e a vida em Cristo tem sido cada vez mais esquecida.

×