UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA “ JÚLIO DE MESQUITA FILHO” Faculdade de Filosofia e Ciências, Campus de Marília - SP Ana Ma...
Arquitetura da Informação Parte III
Arquitetura da Informação Arte e a ciência de dar forma a produtos de  informa ç ão e a experiências de apoio  à  USABILID...
Necessidades e comportamentos  do usuário <ul><li>Distinção entre necessidades e comportamentos determinam quais são as pr...
Necessidades de informação comum <ul><li>1- Busca de informação direta  </li></ul><ul><li>2- Busca exploratória </li></ul>...
Comportamento de busca da informação   PESQUISAR, NAVEGAR, PERGUNTAR <ul><li>Integração: integrar pesquisa, navegação e pe...
Modelo de conduta de busca “Muito simples” Usuário solicita questão Mágica Usuário recebe questão Neste modo, o usuário qu...
Necessidades de informação
Aprendendo sobre as necessidades do usuário <ul><li>Análise de pesquisa e  investigação contextual . </li></ul>Uma melhor ...
Um Projeto <ul><li>Deve possuir três categorias: </li></ul><ul><li>Representação da informação e aparência; </li></ul><ul>...
Lei da navegabilidade
Acessibilidade na web <ul><li>“ Considerando a natureza colaborativa da web e sua importância em facilitar a comunicação é...
Usabilidade e Acessibilidade <ul><li>(Morville e Rosenfeld) </li></ul>Ciência da Informação Arquitetura da Informação sist...
Usabilidade  Termo utilizado para medir a  qualidade das interfaces.  Relaciona-se com a facilidade de aprendizado, eficiê...
Usabilidade – Erros na criação de websites
Usabilidade - Recomendações
Na prática ...
<ul><li>Usuários mais participativos </li></ul><ul><li>Interação </li></ul><ul><li>Troca de informações e experiências </l...
Para isso… <ul><li>Modelo  Everyday Life Information Seeking  (ELIS) Denise Agosto e Sandra Hughes-Hassell </li></ul><ul><...
e observou-se <ul><li>Ao procurar a informação  </li></ul><ul><li>na internet </li></ul>Ao procurar a informação na biblio...
Discutiu-se Trata-se de uma geração que tem muito acesso ao computador e desde cedo aprende a lidar com as novas tecnologi...
Considerações <ul><li>Devemos utilizar os meios digitais para a divulgação de conteúdos da biblioteca, já que eles são a p...
Outras considerações Biblioteca tradicional deve ser reformulada para que os conceitos que os adolescentes fazem dela seja...
Estudo de caso
Referências <ul><li>NIELSEN, JAKOB. Projetando Websites. Editora CAMPUS, 2000. </li></ul><ul><li>NIELSEN, JAKOB e TAHIR, M...
Referências <ul><li>Slide .... Fotos de Leonelponce  http://www.flickr.com/photos/leonizzy/2292729751/sizes/l/in/set-72157...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Arquitetura da Informação (LUCIRENE)

500 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
500
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Arquitetura da Informação (LUCIRENE)

  1. 1. UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA “ JÚLIO DE MESQUITA FILHO” Faculdade de Filosofia e Ciências, Campus de Marília - SP Ana Maria J. F. C. Ferreira Elizabeth R. Mass Araya Lucirene Catini Lanzi Arquitetura da Informação
  2. 2. Arquitetura da Informação Parte III
  3. 3. Arquitetura da Informação Arte e a ciência de dar forma a produtos de informa ç ão e a experiências de apoio à USABILIDADE e à ENCONTRABILIDADE carreiradeti.com.br unisinos.com.br Google find
  4. 4. Necessidades e comportamentos do usuário <ul><li>Distinção entre necessidades e comportamentos determinam quais são as prioridades mais elevadas e onde serão investidos maiores esforços. </li></ul><ul><li>Uma melhor compreensão do que os usuários querem, ajudam a determinar quais os componentes arquitetônicos para a construção do ambiente informacional </li></ul>
  5. 5. Necessidades de informação comum <ul><li>1- Busca de informação direta </li></ul><ul><li>2- Busca exploratória </li></ul><ul><li>3- Busca exaustiva </li></ul><ul><li>4- Reencontrar uma busca informacional útil </li></ul>
  6. 6. Comportamento de busca da informação PESQUISAR, NAVEGAR, PERGUNTAR <ul><li>Integração: integrar pesquisa, navegação e pergunta em uma única sessão de pesquisa. </li></ul>Interação: as necessidades de informação podem mudar ao longo da pesquisa, fazendo o usuário tentar novas abordagens a cada nova interação.
  7. 7. Modelo de conduta de busca “Muito simples” Usuário solicita questão Mágica Usuário recebe questão Neste modo, o usuário quer a resposta correta para sua pergunta. Questão é direta e sem ambiguidades. Pressupõe usuário ignorante sem conhecimento prévio. Gettyimages Gettyimages
  8. 8. Necessidades de informação
  9. 9. Aprendendo sobre as necessidades do usuário <ul><li>Análise de pesquisa e  investigação contextual . </li></ul>Uma melhor compreensão do que os usuários querem, a partir do seu site, ajudam a determinar quais os componentes arquitetônicos para a construção. (Morville e Rosenfeld) Pesquisa analítica
  10. 10. Um Projeto <ul><li>Deve possuir três categorias: </li></ul><ul><li>Representação da informação e aparência; </li></ul><ul><li>Acesso, navegação e organização; </li></ul><ul><li>Arquitetura do conteúdo informacional. </li></ul>www.terra.com.br
  11. 11. Lei da navegabilidade
  12. 12. Acessibilidade na web <ul><li>“ Considerando a natureza colaborativa da web e sua importância em facilitar a comunicação é importante pensar, aperfeiçoar e expandir as questões técnicas e realçar a necessidade de considerar a acessibilidade do ponto de vista do desenvolvedor web e do usuário. Uma web tecnicamente inacessível é pouco provável que perdure ao longo do tempo.” </li></ul>(Vidotti; Cusin, 2009).
  13. 13. Usabilidade e Acessibilidade <ul><li>(Morville e Rosenfeld) </li></ul>Ciência da Informação Arquitetura da Informação sistema de interação no qual o usuário deve interagir facilmente Usabilidade Acessibilidade Ambiente hipermidia informacional digital
  14. 14. Usabilidade Termo utilizado para medir a qualidade das interfaces. Relaciona-se com a facilidade de aprendizado, eficiência, memorização, tolerância a erros e a satisfação do usuário (Nielsen, 1993). Assegura que algo funcione bem: que uma pessoa com habilidade e experiência médias (ou mesmo abaixo da média) consiga usar este “algo” – seja um site, um avião de caça ou uma porta giratória – de acordo com o propósito dela, sem ficar desesperadamente frustrado. (Krug, 2001).
  15. 15. Usabilidade – Erros na criação de websites
  16. 16. Usabilidade - Recomendações
  17. 17. Na prática ...
  18. 18. <ul><li>Usuários mais participativos </li></ul><ul><li>Interação </li></ul><ul><li>Troca de informações e experiências </li></ul><ul><li>Biblioteca expandindo os limites físicos </li></ul><ul><li>Rede de relacionamento </li></ul><ul><li>Porta para demais conteúdos e conhecimentos </li></ul>Eu quero ... Blogspot
  19. 19. Para isso… <ul><li>Modelo Everyday Life Information Seeking (ELIS) Denise Agosto e Sandra Hughes-Hassell </li></ul><ul><li>Pesquisa foi baseada em 3 questões principais: </li></ul><ul><li>1- Quais são os tipos de informações que os jovens </li></ul><ul><li>buscam em suas vidas diárias? </li></ul><ul><li>2- Que meios informacionais favorecem os adolescentes urbanos? </li></ul><ul><li>3- Quais as fontes os adolescentes usam quando </li></ul><ul><li>procuram informação do cotidiano? </li></ul>
  20. 20. e observou-se <ul><li>Ao procurar a informação </li></ul><ul><li>na internet </li></ul>Ao procurar a informação na biblioteca Blogspot Soprando.net Ciels Gettyimages
  21. 21. Discutiu-se Trata-se de uma geração que tem muito acesso ao computador e desde cedo aprende a lidar com as novas tecnologias. Os adolescentes estão dependentes dos meios digitais para a busca de informação. Acreditam que a internet fornece informações mais atualizadas e resumidas. Adolescentes não se preocupam com a qualidade das fontes de informação. Os meios tradicionais estão em descrédito, devido a imagem de seriedade, estagnação e burocracia que transmitem. Para os adolescentes, os livros pressupõem informações muito complexas e extensas que demandam muito tempo de pesquisa. A competência de pesquisa dos adolescentes fica prejudicada pela “facilidade” do acesso às informações , principalmente com a utilização do Google.
  22. 22. Considerações <ul><li>Devemos utilizar os meios digitais para a divulgação de conteúdos da biblioteca, já que eles são a preferência dos adolescentes. </li></ul><ul><li>Ferramentas colaborativas como Wikipedia, Twitter, Facebook, YouTube podem ser úteis para o envolvimento dos adolescentes. </li></ul><ul><li>Agregar as mídias como TV, Música, Jornais e revistas especalizadas na biblioteca para cativar os adolescentes. </li></ul>
  23. 23. Outras considerações Biblioteca tradicional deve ser reformulada para que os conceitos que os adolescentes fazem dela sejam reformulados. A organização e estrutura da informação devem ser planejadas para que a pesquisa seja mais objetiva, prática e rápida, visto que estes são os anseios dos adolescentes. Simplificar os meios de busca para desburocratizar o processo de pesquisa na biblioteca e atrair a confiança dos adolescentes Elisaker
  24. 24. Estudo de caso
  25. 25. Referências <ul><li>NIELSEN, JAKOB. Projetando Websites. Editora CAMPUS, 2000. </li></ul><ul><li>NIELSEN, JAKOB e TAHIR, MARIE. Homepage Usabilidade - 50 Websites desconstruídos. Editora CAMPUS, 2002. </li></ul><ul><li>ROSENFELD, L.; MORVILLE, P. Information Architecture for the World Wide Web . Sebastopol, CA: O´Reilly, 1998. 2002p. </li></ul><ul><li>VIDOTTI, S. A. B. G; CUSIN, C. A.; CORRADI, J. A. M. Acessibilidade digital sob o prisma da Arquitetura da Informação. In: GUIMARÃES, J. A. C.; FUJITA, M. S. L. Ensino e pesquisa em Biblioteconomia no Brasil: a emergência de um novo olhar. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2008. </li></ul><ul><li>KRUG, STEVE. Não me faça pensar abordagem do bom senso a navegabilidade da Web Editora. MARKET BOOKS, 2001. </li></ul>
  26. 26. Referências <ul><li>Slide .... Fotos de Leonelponce http://www.flickr.com/photos/leonizzy/2292729751/sizes/l/in/set-72157603987167748/ </li></ul><ul><li>http://www.flickr.com/photos/leonizzy/2293519210/ </li></ul><ul><li>Foto de seier_seierhttp://www.flickr.com/photos/seier/2780704352/sizes/l/in/set-72157603843053592/ </li></ul><ul><li>LEÓN, Rodrigo Ronda. http://www.flickr.com/photos/rodricoco/2781895476/sizes/l/ </li></ul><ul><li>http://www.flickr.com/photos/bacteriano/212910703/sizes/l/ </li></ul><ul><li>http://www.flickr.com/photos/maionese_paty/3995040035/sizes/l/ </li></ul><ul><li>Robredo, J.Revista Ibero-americana de Ciência da Informação (RICI), v.1 n.2, p. 115-137, jul./dez. 2008 </li></ul><ul><li>http://www.ischool.utexas.edu/~l38613dw/website_fall_01/readings/InfoArchitecture.html </li></ul><ul><li>http://www1.folha.uol.com.br/poder/740301-87-aprovam-mudanca-grafica-e-editorial-da-folha.shtml </li></ul><ul><li>http://www.flickr.com/photos/happy-batatinha/4175711666/sizes/l/ </li></ul><ul><li>http://www.flickr.com/photos/9154668@N02/2308013231/sizes/m/ patrizia ferri </li></ul><ul><li>por guillermogg - http://www.flickr.com/photos/homohominilupus/3815844785/sizes/l/in/photostream/ </li></ul>

×