LIXÃO DE CONCEIÇÃO DO COITÉ.

2.559 visualizações

Publicada em

Este trabalho mostra a "triste" realidade do LIXÃO a CÉU ABERTO de Coité. Apresenta também, as ALTERNATIVAS/SOLUÇÕES adequadas para o TRATAMENTO e a DISPOSIÇÃO CORRETA . Faço a ressalva do GRANDE TRABALHO dos "Catadadore", aqui chamados de "Coletores Seletivos" pois os mesmo coletam material reciclável, reduzindo a quantidade de resíduos que vão para o lixo.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.559
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
60
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

LIXÃO DE CONCEIÇÃO DO COITÉ.

  1. 1. LIXÃO DO MUNICÍPIO DE CONCEIÇÃO DO COITÉ • Profissional: Juliana Santana Boaventura. • Graduação: Engenharia Ambiental - UNIT. • Pós-Graduação: Sistema de Gestão da Qualidade - Saúde e Meio Ambiente - UNIFACS.
  2. 2. QUAL É A PROBLEMÁTICA?o A quantidade de materiais que vai para o lixo a céu aberto e que poderiam ser reciclados ou reutilizados a fim de diminuir a exploração dos recursos naturais e gerar emprego e renda através da COLETA SELETIVA.
  3. 3. OBJETIVO Melhorar a qualidade de vida dos “catadores” articulando problemas ambientais com a saúde e cidadania. OUTRAS DENOMINAÇÕES AOS “CATADORES” Coletores seletivos Trabalhadores da coleta seletiva Associados a cooperativa.
  4. 4. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Desenvolver Palestras Lixo / Poluição Riscos à saúde/ Meio Ambiente Importância da Coleta Seletiva Otimizar Recursos Utilização de EPI’S Conscientizar a importância da atividade do Coletor Seletivo para o aspecto da cidade e qualidade ambiental.
  5. 5. QUAIS SÃO OS RESÍDUOSEXISTENTES NO LIXÃO DE C. DO COITÉ? Papel, papelão, plásticos, latas de alumínio, pneus, móveis, madeira; eletrodomésticos, baterias, pilhas... Etc. Lixo orgânico proveniente das casas. Lixo hospitalar (algodão, seringas, embalagens de remédios, utensílios contaminados... etc.). Lixo Industrial (sisal, borrachas... etc.). Lixo Comercial (lojas, escritórios, supermercados... etc.).
  6. 6. QUAIS SÃO OS RESÍDUOSEXISTENTES NO LIXÃO DE C. DO COITÉ? Restosde animais provenientes de açougues e matadouros. Restos de tecidos. Materiais de ferro. Materiais de couro. Vidros em geral (garrafas de cerveja, refrigerantes... Etc.); Restos de plantas proveniente de podagens, plantações, jardins... Etc.) Entulhos e etc.
  7. 7. FOTOS DO LIXÃODE CONCEIÇÃO DO COITÉ
  8. 8. PROBLEMAS AMBIENAIS CAUSADOS PELO LIXO. Geração do CHORUME: (líquido de cor preta, mau cheiroso e de elevado potencial poluidor produzido pela decomposição da matéria orgânica contida no lixo). Contaminação do solo.
  9. 9. CHORUME DO LIXÃO DE C. COITÉ
  10. 10. CHORUME DO LIXÃO DE C. COITÉ
  11. 11. PROBLEMAS AMBIENTAIS CAUSADOS PELO LIXO. Assoreamento e Contaminação Hídrica (rios, lençóis freáticos, lagos, lagoas, córregos e etc). Poluição do ar (queima do lixo, produção do Gás metano, responsável por 18% do efeito estufa e dioxinas).
  12. 12. QUEIMA DE PNEUS NO LIXÃO DE C. COITÉ.
  13. 13. EFEITOS DAS DIOXINASTERATOGENIA CLOROACNE
  14. 14. PROBLEMAS AMBIENTAIS CAUSADOS PELO LIXO. Poluição das áreas circunvizinhas por plásticos e papéis que são conduzidos pelo vento por uma longa distância. Degradação da paisagem e aspecto horrível da área e a próxima ao lixão.
  15. 15. PROBLEMAS AMBIENTAIS CAUSADOS PELO LIXO. Presença de animais.
  16. 16. PRESENÇA DEANIMAIS NO LIXÃO DE C. COITÉ.
  17. 17.  Proliferação de vetores de doenças (moscas, mosquitos, pulgas, baratas e ratos, etc.) Geração de maus odores. Desenvolvimento de surtos endêmicos e epidêmicos. Presença dos Catadores
  18. 18. CATADORES DO LIXÃO DE C. COITÉ, MAS DENOMINO-OS DE COLETORES SELETIVOS.
  19. 19. SOLUCÕES: TRATAMENTO DO LIXO Aterro Sanitário/Aterro Controlado Incineração Compostagem Reciclagem Cooperativas Reduzir/Reaproveitar/Reutilizar Coleta Seletiva
  20. 20. ATERRO SANITÁRIO OU CONTROLADO
  21. 21. INCINERAÇÃO
  22. 22. COSPOSTAGEM
  23. 23. RECICLAGEM
  24. 24. COOPERATIVAS
  25. 25. REDUZIR - REAPROVEITAR - REUTILIZAR
  26. 26. COLETA SELETIVA
  27. 27. O QUE É A COLETA SELETIVA? É a separação dos materiais que podem ser reciclados, na sua fonte geradora.
  28. 28. A COLETA SELETIVA a solução mais eficiente na separação dosmateriais recicláveis para o reaproveitamento,transformando o problema do lixo em soluçãoeconômica e social.ara que isto seja possível é preciso que todosparticipem colaborando com o programa deColeta Seletiva.
  29. 29. BENEFÍCIOS DA COLETA SELETIVA Reduza quantidade de resíduos sólidos encaminhados ao lixão. Reduz a exploração de recursos naturais. Incentiva a participação da comunidade na solução de problemas. Reduz as alterações ambientais durante a produção de novas matérias primas. Reduz o consumo de energia elétrica. Reduz a poluição ambiental.
  30. 30. BENEFÍCIOS DA COLETA SELETIVA A reciclagem de uma única lata de refrigerante, representa uma economia de energia equivalente a três horas com a televisão ligada. O reaproveitamento de lata rende US$ 30 milhões por ano. Uma lata pode resistir cem anos à ação do tempo. Uma tonelada de alumínio usado reciclado representa cinco de minério extraído poupado.
  31. 31. BENEFÍCIOS DA COLETA SELETIVA Uma tonelada de papel reciclado poupa 22 árvores do corte, consome 71% menos energia elétrica e representa uma poluição 74% menos do que na mesma quantidade. Para cada garrafa de vidro reciclada é economizado energia elétrica suficiente para acender uma lâmpada de 100 Watts durante quatro horas.A reciclagem de 10.853 toneladas de vidro preserva 12 mil toneladas de areia.
  32. 32. A reciclagem de 18.679 toneladas de papel, preserva 637 mil árvores; No Brasil, cada habitante descarta 25 quilos de plástico por ano, cinco vezes menos que os americanos, um dos maiores consumidores do mundo; A reciclagem de 6.405 toneladas de metal, preserva 987 toneladas de carvão.
  33. 33. CURIOSIDADES Cadapessoa consome 2 árvores por ano em papéis (para escrever, guardanapos, embrulhos, etc. Cada pessoa gera 10 vezes seu próprio peso em refugos domésticos por ano. No Brasil são produzidas 250.000 toneladas de lixo diariamente. Cada pessoa descarta 45 kg de plástico por ano.
  34. 34. CURIOSIDADES Somente 1% da água doce do planeta pode ser usada para consumo humano. O vidro jogado no solo nunca mais se decompõe.O plástico leva 450 anos para se decompor. O Brasil recicla 78% de alumínio, e na natureza levaria de 200 a 500 anos para se decompor. A garrafa PET pode ser transformada em fibras para roupas.
  35. 35. QUAL O PRIMEIRO PASSO PARA IMPLANTAR A COLETA SELETIVA? SEPARAR O LIXO RECICLÁVEL DO NÃO RECICLÁVEL. LIXO RECICLÁVEL ≠ LIXO NÃO RECICLÁVEL
  36. 36. MATERIAIS RECICLÁVEIS - QUAIS SÃO? PAPÉIS PAPELÃO PLÁSTICOS VIDROS METAIS.
  37. 37. MATERIAIS NÃO RECICLÁVEIS - QUAIS SÃO? LixoOrgânico ou Úmido: são restos de comidas, cascas de frutas e legumes, etc. Rejeitos: absorvente e papel higiênico, fraldas, papéis sujos, acrílico, espelhos, cerâmicas, porcelanas, lenços e guardanapos de papel, etc Resíduos Especiais: pilhas e baterias.
  38. 38. MATERIAIS NÃO-RECICLÁVEIS - QUAIS SÃO? Resíduos Hospitalar: curativos, gazes, algodão, seringas, etc. LixoQuímico ou Tóxico: embalagens de agrotóxico, resíduos de indústrias contaminados por substâncias químicas.
  39. 39. GUIA DE MATERIAIS:RECICLÁVEL E NÃO RECICLÁVEL PLÁSTICO - COR PADRÃO VERMELHO METAL - COR PADRÃO AMARELO PAPEL - COR PADRÃO AZUL VIDRO - COR PADRÃO VERDE
  40. 40. PLÁSTICO - COR PADRÃO VERMELHO RECICLÁVEL: copos, garrafas, sacos, sacolas, frascos de produtos, tampas, potes, canos e tubos de PVC, embalagens Pet (refrigerantes, suco, óleo, vinagre, iogurte, desinfetantes, detergentes e etc.) NÃO RECICLÁVEL: adesivos, espumas embalagens metalizadas (biscoitos, salgadinhos) tomadas, cabos de panelas, acrílico.
  41. 41. METAL - COR PADRÃO AMARELO RECICLÁVEL: tampinhas de garrafas, latas, enlatados, panelas sem cabo, ferragens, arames, chapas, canos, pregos, cobre. NÃO RECICLÁVEL: clipes, grampos, aerossóis, esponja de aço, latas de tinta, latas de verniz, solventes químicos, inseticidas.
  42. 42. PAPEL - COR PADRÃO AZUL RECICLÁVEL: jornais e revistas, listas telefônicas, papel Sulfite, rascunho, papel de fax, folhas de Caderno, formulários de computador, caixas em geral (ondulado), aparas de papel, fotocópias, envelope, rascunhos, cartazes velhos.
  43. 43. PAPEL - COR PADRÃO AZUL NÃO RECICLÁVEL: etiquetas adesivas, papel carbono, papel celofane, fita crepe, papéis sanitários, papéis metalizados, papéis parafinados, papéis plastificados, guardanapos, bitucas de cigarros e fotografias.
  44. 44. VIDRO - COR PADRÃO VERDE RECICLÁVEL: garrafas, potes de conservas, embalagens, frascos de remédios, copos, sacos dos produtos citados, pára- brisas. NÃO RECICLÁVEL: portas de vidro, espelhos, boxes temperados, louças, cerâmicas, óculos, pirex, porcelanas, vidros especiais (tampa de forno e microondas), tubo de TV.
  45. 45. SACOS DE LIXO PARA A COLETASELETIVA No saco vermelho deposite plásticos limpos e sem resíduos: garrafas, peças e embalagens plásticas em geral. No saco amarelo deposite somente metais limpos e sem resíduos: latas de alumínio e de aço, tampas de embalagens e etc.
  46. 46. SACOS DE LIXO PARA A COLETASELETIVA No saco azul deposite papéis ou papelão limpos, exceto os de higiênico, fotográficos, os com adesivos e etc. No saco verde deposite somente vidros limpos e sem resíduos. Os vidros quebrados devem ser embalados em jornais.
  47. 47.  A COLETA SELETIVAÉ ECOLOGICAMENTE SAUDÁVEL!
  48. 48. EPI’S SÃO OS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL, QUE CADA COLETOR SELETIVO DEVE USAR:2) FARDAMENTOS3) BOTAS4) LUVAS DE PVC5) BONÉS
  49. 49. EPI’S
  50. 50. IMPORTÂNCIA DOS EPI’S OsEPI’s são destinado a proteger a saúde e a integridade física do trabalhador contra os riscos e acidentes. Na ausência do uso de EPI’s o risco de contaminação e de contrair doenças é enorme. Manipular esses resíduos sem nenhuma proteção poderá acabar em conseqüências maiores, como a MORTE!
  51. 51. FATORES DE RISCOS Doenças Infecto-Contagiosas Intoxicações Materiais Pérfuro-cortantes RECOMENDAÇÃO: TOMAR VACINA CONTRA A HEPATITE E O TÉTANO.
  52. 52. FATORES DE RISCOS Ao revirar o lixo o Coletor Seletivo pode sofrer cortes leves ou profundos, infeccionando. Se tiver a pele lesionada, micróbios podem chegar facilmente à circulação, contraindo doenças perigosas. Se um coletor seletivo for furado com seringa utilizada por pessoas com hepatite ou HIV irá adquirir em imediato. Se um coletor ingerir alimentos contaminados por bactérias, vírus podem sofrer uma intoxicação alimentar.
  53. 53. OBRIGAÇÕES DO COLETOR SELETIVO Usar os EPI’s apenas para a finalidade a que se destina. Responsabilizar-se por sua guarda e conservação, ou seja, não perder e m danificar. Comunicar qualquer alteração que o torne impróprio para uso. TENHA O MÁXIMO DE CUIDADO COM OS SEUS EQUIPAMENTOS DE PROTECÃO INDIVIDUAL!
  54. 54. E TRANSFORMA-SE AQUALIDADE DE VIDA!
  55. 55. RESULTADOS ESPERADOSCOLETORES SELETIVOS TREINADOS E CAPACITADOS PARA:
  56. 56. RESULTADOS ESPERADOSo Reconhecer a importância dos uso dos EPI’s individuais e coletivos na prevenção de doenças pessoais e ambientais.o Saber que o aterro não contaminado fornece melhores condições de trabalho e saúde pessoal e ao meio ambiente.o Transmitir os conhecimentos adquiridos para os familiares, comunidade e principalmente às crianças.
  57. 57. INDICADORES QUANTITATIVOS NÚMERO DE 100%COLETORES SELETIVOS USANDO EPI’S NÚMERO DECOLETORES SELETIVOS 70 ENVOLVIDOS NO PROJETO.
  58. 58. INDICADORES QUALITATIVOSo Aquisição de conhecimentos co-relacionados com lixo, saúde e meio ambiente.o Diminuição de doenças devido à poluição.o Uso correto de EPI’S.o Melhoria na qualidade de vida dos catadores e familiares.
  59. 59. A EDUCAÇÃO O COOPERATIVISMOSão práticas que todos nós devemos ter!
  60. 60. OBRIGADA PELA ATENÇÃO!Contatos: juliana_boaventura@hotmail.com (75) 9175-9943 / 3262-1548

×