Instituto federal de_educa_o_ciencia_e_tecnologia_do

359 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
359
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Instituto federal de_educa_o_ciencia_e_tecnologia_do

  1. 1. TECNOLOGIA:UMA NOVA PERSPECTIVA SOBRE A PRÁTICA DOCENTE JOSEFA MEDEIROS DE SOUTO SILVA
  2. 2. TECNOLOGIA: UMA NOVA PERSPECTINA SOBRE APRÁTICA DOCENTEAPRESENTAÇÃO DO PROJETOSALA DE RECURSOS MULTIFUNCIONAL
  3. 3. OBJETIVOS: ENGAJAR O ALUNO EM PROCESSO PARTICULAR DE DESCOBERTA; OPORTUNIZAR O ACESSO AO COMPUTADOR DE FORMA PRAZEROSA; FAVORECER MEIOS QUE ESTIMULE O ALUNO A LIDAR COM FERRAMENTAS TECNOLÓGICAS; PERMITIR QUE A PARTICIPAÇÃO DO ALUNO, SEU ACESSO A COMUNICAÇÃO SEJA GARANTIDA DE MODO QUE POSSA ATUAR EM TODAS AS ATIVIDADES ESCOLARES; DESENVOLVER COMPETÊNCIAS AO ALUNO COMO: AUTONOMIA, ORGANIZAÇÃO, CONTROLE EMOCIONAL, COLABORAÇÃO, COOPERAÇÃO E CAPACIDADE PARA SE COMUNICAR.
  4. 4. PERÍODO DE APLICAÇÃO DO PROJETOCONTEÚDOS Ninguém conseguirá passar todo o conteúdo na escola, porque o conteúdo não é estático, está em constante mutação, novas questões se apresentam, novos problemas, novas hipóteses(Chalita, 2001).
  5. 5. METODOLOGIA REALIZAR ATIVIDADES QUE ESTIMULEM O DESENVOLVIMENTO DOS PROCESSOS MENTAIS: ATENÇÃO, PERCEPÇÃO, MEMÓRIA,RACIOCÍNIO, IMAGINAÇÃO, CRIA TIVIDADE, LINGUAGEM, ENTRE OUTROS; UTILIZAR AS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PARA A APRENDIZAGEM DA LIBRAS E DA LÍNGUA PORTUGUESA; PROMOVER A UTILIZAÇÃO DE RECURSOS ÓPTICOS E NÃO ÓPTICOS; ACESSAR INFORMAÇÕES EM SITES E BIBLIOTECAS DIGITAIS, FAZER PESQUISAS INDIVIDUALMENTE OU EM GRUPOS, DESENVOLVER HABILIDADES DE COMUNICAÇÃO COM AUXÍLIO DE UMA VARIEDADE DE FERRAMENTAS(EX.:E- MAILS, MENSAGENS, FÓRUNS, BLOGS); IDENTIFICAR O MELHOR RECURSO DE TECNOLOGIA ASSISTIVA QUE ATENDE AS NECESSIDADES DOS ALUNOS DE ACORDO COM SUA HABILIDADE FÍSICA E SENSORIAL E PROMOVA SUA APRENDIZAGEM POR MEIO DA INFORMÁTICA ACESSÍVEL.
  6. 6. AVALIAÇÃO A avaliação terá necessariamente de ser dinâmica, contínua, mapeando o processo de aprendizagem dos alunos em seus avanços,retrocessos, dificuldades e progressos.
  7. 7. REFERÊNCIASBrasil, Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais. Introdução. Brasília: MEC/SEF,1997.Chalita, Gabriel. Educação: a solução está no afeto – São Paulo, Editora Gente, 2001, 13ª edição. Revista e Atualizada.Souza, Ana Santana. O uso das novas tecnologias da informação e comunicação na educação / Ana Santana Souza, Breno Sielly Jales Costa e Roberto Douglas da Costa. Natal: Editora IFRN, 2011.Sartoreto, Mara Lúcia. A educação especial na perspectiva da inclusão escolar: recursos pedagógicos acessíveis e comunicação aumentativa e alternativa. Brasília: Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial, Universidade Federal do Ceará, 2010.

×