Texto sobre a saude

288 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
288
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Texto sobre a saude

  1. 1. Introdução No contexto do projeto “Como na Vida” neste 2.º desafio problema foi nos lançada a questão “O que é a Segurança? A segurança é um tema bastante amplo e, por isso, foi dividido em temas e em questões para cada um dos grupos de trabalho. Ao nosso grupo coube-nos responder à questão “O que é a segurança na Saúde?” A nossa pesquisa centrou-se nas questões da segurança na saúde dos jovens e dos problemas que os podem afetar durante a adolescência e comprometer o seu futuro como as IST‟s, as gravidezes na adolescência e as drogas. Iremos apresentar uma breve reflexão sobre estes problemas e, através deste trabalho, responder à questão: “Como assegurar a segurança para a saúde dos jovens, no momento atual e no futuro?” Desenvolvimento A opção de centrar a resposta ao desafio nas IST‟s, gravidezes na adolescência e nas drogas está relacionada com o facto de podermos mobilizar o que aprendemos em Ciências Naturais e, por outro lado, porque são questões que afetam diretamente os jovens. Iremos então abordar: Morfofisiologia dos aparelhos reprodutores masculino e feminino; Infecções sexualmente transmissíveis (IST) Métodos contraceptivos naturais e não naturais; Percentagem de gravidezes na adolescência e de grávidas não vigiadas Drogas legais e ilegais Infeções Sexualmente Transmissíveis As Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) são doenças infeciosas transmitidas, essencialmente, por contacto sexual. Como inicialmente são apenas infeções, alguns especialistas consideram que é mais correto a atribuição da designação Infeções Sexualmente Transmissíveis. Alguns exemplos de IST‟s: Herpes Genital Hepatite B Sida Clamídia Gonorreia Sífilis Iremos abordar os perigos de 3 das prinicpais IST‟s. VIH (Vírus da Imunodefeciência Humana) é responsável pelo desenvolvimento de complicações no sistema imunitário e aparecimento da SIDA, último estágio da doença.
  2. 2. A SIDA é responsável pela destruição do sistema imunitário do portador o que o deixa vulnerável há mais pequena infeção deixando o organismo sem defesas para certos vírus, bactérias e outros microorganismos. Indivíduos Seropositivos são as pessoas que possuem o vírus da SIDA, embora não apresentem sintomas e ainda não tenham desenvolvido a doença. São, no entanto, potenciais transmissores desta doença para as outras pessoas. Não há cura. Herpes Genital caracteriza-se por uma erupção de pequenas vesículas e bolhas dolorosas na área genital. Na atualidade, não se conhece cura para o herpes genital, mas quanto mais cedo for feita o tratamento mais probabilidades existem de reduzir a gravidade da doença. Hepatite B é a mais perigosa das hepatites e uma das doenças mais frequentes do mundo. Portadores deste virus podem desenvolver doenças hepáticas graves, como a cirrose e o cancro no fígado. Contudo a prevenção contra este vírus está ao nosso alcance através da vacina da hepatite B. O Preservativo é o único método de prevenção contra as IST‟s embora não seja 100% eficaz. A gravidez na adolescência: Gravidezes indesejadas: Uma gravidez indesejada na adolescência ocorre por várias razões: Método contraceptivo falhou ou houve uma má utilização do mesmo; Não se utilizou qualquer protecção durante as relações sexuais; Existência do pensamento de que “ só acontece aos outros “; Acreditam em mitos que giram à volta das relações sexuais como: “ na primeira vez não há risco de se ficar grávida”; Educação sexual ausente ou inadequada. Gravidezes desejadas por padrões culturais ou por questões mais complexas como, por exemplo: Sentir que estando grávida se consegue o amor do namorado; A fantasia de que a gravidez lhe trará mais afeto ou atenção por parte dos outros; Uma forma de sair de casa dos pais mais cedo; Idealização de que o bebé lhe trará o “ papel da sua vida “. Consequências para os jovens pais (adolescentes): Campo psicológico- os adolescentes não estão preparados para assumir as responsabilidades da paternidade/ maternidade; Mudança de rotina de vida; Abandono escolar; Impossibilidade de realizar alguns sonhos;
  3. 3. A dependência financeira dos pais durante um maior período de tempo. Consequências da gravidez na adolescência para a criança: Problemas na ligação afectiva- os pais podem não estar dispostos ou serem capazes de dar a atenção necessária à criança; Descuido e maus tratos; Problemas de comportamento; Problemas escolares. Uma gravidez precoce não planeada implica sempre uma tomada de decisão. A decisão de ter um filho implica ponderação e diálogo sobre a responsabilidade de o ter, sobre a forma como um filho altera completamente a nossa vida e sobre as coisas de que é preciso dispensar depois da maternidade/paternidade. É possível continuar a sair com o grupo de amigos e namorar, mas de forma diferente. A gravidez não torna os adolescentes em adultos de uma hora para a outra, mas provoca grandes mudanças no seu ciclo de vida. Independentemente da decisão que se venha a tomar, é importante procurar o apoio de uma ou mais pessoas como os pais ou amigos mais chegados, para que esta possa ser uma reflexão ponderada e de forma a conseguir lidar melhor com a situação. Na nossa região, para ajudar os adolescentes a tomarem estas decisões temos a Casa da Juventude, os hospitais e os Centros de Saúde. Para evitar as gravidezes indesejadas devem ser usados métodos contracetivos. Métodos contracetivos Naturais: Métodos do calendário, método da temperatura e método do muco cervical. Não naturais: Preservativo, diafragma, espermicidas, dispositivo intra-uterino (DIU) (Barreiras); pílula combinada, minipílula, contracetivos injetáveis, adesivo, implante subcutâneo, anel vaginal (Hormonais); vasectomia e a laqueação das trompas de Falópio (Cirurgicos) Pílula do dia seguinte – dever-se-á evitar ao máximo o uso deste contracetivo pois poderá danificar o sistema reprodutor feminino permanentemente (contraceção de emergência) Taxa de falibilidade: Os métodos naturais em geral e o espermicida são os contracetivos com maior taxa de falibilidade (10 e 25% respetivamente). A esterilização é o contracetivo mais fiável com uma taxa de falibilidade de 0,05% ! Drogas Fatores que promovem o consumo de droga: -Influência de amigos- na adolescência a influência dos amigos é muito grande assim como querer demonstrar a superioridade entre eles. Outras vezes alguns adolescentes sentem-se obrigados a consumir drogas pelo o facto do seu grupo de amigos o fazer.
  4. 4. -A facilidade de acesso -Resolução de todos os problemas pessoais e sociais -Aliviar dores, angústias, depressões -Desejo de experimentar novas sensações Legais Cigarro Os efeitos à saúde causado pelo fumo de tabaco – tabagismo é classificado como uma importante causa de morte prematura em todo o mundo. A nicotina é a principal causadora de dependência, e o processo de viciação é semelhante às drogas proibidas. Esta é altamente tóxica podendo, quando ingerida isoladamente, conduzir à morte. -O tabagismo reduz a esperança média de vida em 7 anos e meio. -O fumo produzido pelo consumo de tabaco contém mais de 4000 compostos químicos com efeitos tóxicos e irritantes, dos quais mais 40 são reconhecidos como cancerígenos. Por isso, a melhor prevenção para evitar o hábito de fumar é nunca fumar. Alcoól O Alcoolismo é uma doença provocada pelo consumo excessivo e prolongado de álcool, que afecta a saúde física, o bem-estar emocional e o comportamento do indivíduo. Consequências: -sonolência -turvação da visão -descoordenação muscular -diminuição da capacidade de reacção A quantidade de álcool que um indivíduo pode consumir, sem perder os reflexos e a coordenação motora, depende da idade, do sexo e da constituição física. - As estatísticas demonstram que o elevado número de acidentes de viação, em Portugal, tem uma relação direta com o consumo excessivo de álcool. Ilegais: Cannabis ou Marijuana. Cocaína, Heroína, entre outros.
  5. 5. Efeitos a longo prazo do consumo destas drogas: Perda de memória Perda da capacidade de concentração mental Falta de ar permanente, trauma pulmonar, dores torácicas. Perda de peso até níveis de desnutrição Os efeitos imediatos destas drogas em geral são: êxtase, excitação, insónia, euforia, sensação de poder, entre outros… Efeitos de droga na sociedade: -Coloca em perigo a segurança dos outros -Provoca problemas financeiros -Absentismo no trabalho -Desagrada as relações sociais Efeitos de droga na família: -violência doméstica -abandono e irresponsabilidade -Destruição de relações familiares CONCLUSÃO: Concluimos que existem vários problemas na adolescência que podem comprometer o futuro dos jovens, tais como: as IST‟s, as gravidezes precoces e o consumo de drogas, um dos fatores mais recorrentes entre os jovens. Para que este tipo de problemas não aconteçam, é importante o uso do preservativo para prevenir as IST‟s, o uso de contracetivos e sexualidade responsável por por parte dos jovens para as gravidezes precoces e é importante que não nos deixemos ser influenciados por ninguém para o consumo de drogas (quer sejam legais ou ilegais) pois as consequências são muito graves e as pessoas podem tornar-se dependentes das mesmas. Para concluir o nosso trabalho vamos então responder à pergunta: „‟ O que é a segurança na saúde?‟‟ A segurança na saúde é o conjunto de fatores que levam à proteção do nosso organismo de maneira a evitar doenças, deficiências ou até mesmo a morte e é também ter segurança nas escolhas que fazemos de modo a não nos prejudicarmos a nível do nosso bem-estar físico, psicológico e na nossa qualidade de vida.

×