254 - Sossegai!                                   Peace, be still! - 8.7.9.7.8.6.10.7.CoroMary Ann Baker, 1874            ...
2     Se a ca da mo men to nos ve           mos    Já pres tes a sub         mer      gir?     Não tar des, não tar des, b...
3Pois   to    dos ou vem o      meu man dar:     Sos   se gai!        Sos      se gai!Con    vos   co es tou pa ra   vos  ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

254

82 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
82
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

254

  1. 1. 254 - Sossegai! Peace, be still! - 8.7.9.7.8.6.10.7.CoroMary Ann Baker, 1874 Horatio Richmond Palmer, 1874William Edwin Entzminger, 1903 6 8 1. Mes tre, o mar se re vol ta E as on das nos dão pa vor! 2. Mes tre, tão gran de tris te za Me quer ho je con su mir! 3. Mes tre, che gou a bo nan ça; Em paz ve jo o céu eo mar! 6 8 O céu se re ves te de tre vas, Não te mos um Sal va dor! Na dor que per tur ba mi nha al ma Te im plo ro: “Vem me a cu dir!” O meu co ra ção go za cal ma Que não po de rá fin dar. Não se te dá que mor ra mos? Po des as sim dor mir? De on das do mal que me en co brem, Quem me vi rá va ler? Fir me, ao teu la do, ó Mes tre, Do no da ter ra e céu, www.novocantico.com.br
  2. 2. 2 Se a ca da mo men to nos ve mos Já pres tes a sub mer gir? Não tar des, não tar des, bom Mes tre, Es tou qua se a pe re cer! Eu hei de che gar, bem se gu ro, Ao por to, des ti no meu. Sos se gai! “As on das a ten dem ao meu man dar: Sos se gai! Sos se gai! Se ja o en ca pe la do mar, A i ra dos, ho mens o gê nio do mal; Tais á guas não po dem a nau tra gar, Que le va o Se nhor, Rei dos céus e mar!
  3. 3. 3Pois to dos ou vem o meu man dar: Sos se gai! Sos se gai!Con vos co es tou pa ra vos sal var; Sos se gai!”

×