CompetêNc..[1]

250 visualizações

Publicada em

adriana

Publicada em: Espiritual, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
250
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

CompetêNc..[1]

  1. 1. Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas Universidade de São Paulo 2009 Adriana de Almeida Barreiros Apresentação ao Curso de capacitação de bibliotecários como agentes de promoção à Competência em Informação biblioteca viva
  2. 2. Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas Universidade de São Paulo  Adriana Almeida Barreiros 2009 Para ser competente em informação, uma pessoa deve ser capaz de reconhecer quando uma informação é necessária e deve ter a habilidade de localizar, avaliar e usar efetivamente a informação (...) Resumindo, as pessoas competentes em informação são aquelas que aprenderam a aprender. Elas sabem como aprender, pois sabem como o conhecimento é organizado, como encontrar a informação e como usá-la de modo que outras aprendam a partir dela. (Americam Library Association – Presential Committee on Information Literacy, 1989, p.1). DEFINIÇÃO ALA
  3. 3. Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas Universidade de São Paulo  Adriana Almeida Barreiros 2009 A Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas (DBDCQ) focando na competência em informação, tem como objetivo, para os próximos três anos, mudar a área de referência, transformando-a em espaço multiuso e cultural. OBJETIVO
  4. 4. Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas Universidade de São Paulo <ul><li>Espaço cyber café </li></ul><ul><li>Criado para integrar os usuários à Biblioteca, assim como oferecer um espaço de descanso, lazer e cultura. </li></ul><ul><li>● Primeira ação foi levar aos Diretores das unidades </li></ul><ul><li>a idéia, e apresentar um esboço do que seria o Cyber Café; </li></ul><ul><li>● Depois de aceito contatamos arquitetos para desenvolver o projeto; </li></ul>AÇÕES  Adriana Almeida Barreiros 2009
  5. 5. Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas Universidade de São Paulo  Adriana Almeida Barreiros 2009 ● Com o projeto aprovado o Diretor da Faculdade de Ciências Farmacêuticas “abraçou” o projeto, e determinou que a assistência administrativa da unidade assumi-se a reforma do espaço para implantação do Cyber Café. ● As obras foram iniciadas em março de 2009. ● Neste interim foram contatadas empresas fornecedoras de máquinas de café, refrigerantes e salgados/doces. ● Outra providência tomada neste período foram a aquisição dos moveis. ● Assinaturas de jornais diário foram outra providência realizada, enquanto o espaço era reformado. ● O projeto foi concluído em julho de 2009.
  6. 6. Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas Universidade de São Paulo  Adriana Almeida Barreiros 2009 2) Criar sala multimidia Para atender uma reivindicação da comunidade IQ/FCF, a qual almejavam espaço, para aulas à distância, workshop com instituições internacionais, assim como contato com especialistas de universidades estrangeiras, treinamentos e aulas locais com recursos de tecnologia avançada e até reuniões internas, todas atividades contando com tecnologia de ponta, videoconferência e outras atividades possíveis com tais recursos, foi a razão de tal projeto.
  7. 7. Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas Universidade de São Paulo  Adriana Almeida Barreiros 2009 ● A idéia deste espaço multiuso foi imediatamente aprovada pelas as diretorias das unidades, e o primeiro passo foi a visita a sala multímidia da Biblioteca da FEA. ● Com o “feedback” partimos para contatos com empresas especializadas. ● Devido ao alto custo dos projetos de tais empresas recorremos ao CCE. ● Uma visita ao CCE foi necessária para acertar o que se desejava. ● Um ofício solicitando o projeto foi encaminhado pelo diretor da FCF. ● O projeto está em andamento, e deve ser concluído em fevereiro de 2010.
  8. 8. Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas Universidade de São Paulo 3) Criar espaço cultural O espaço cultural vem atender a vontade da DBDCQ em integrar a atividade acadêmica com atividades culturais diversas, como: exposição de artes, ciência, profissionais de diversas áreas, trazendo experiências que possam agregar conhecimento nas atividades de nossos usuários, livreiros e outros eventos de interesse da comunidade. ● P rojeto em elaboração, com estimativa de conclusão para segundo semestre de 2010.  Adriana Almeida Barreiros 2009
  9. 9. Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas Universidade de São Paulo 4) Projeto de nova portaria, empréstimo e salas de atendimento ao usuário Este projeto faz parte da transformação da área de referência, dando continuidade na criação de espaços para integração e uso da comunidade IQ/FCF. ● Levantamentos de dados para realizar este projeto estão em andamento. ● Esta área será reformulada, para melhor atender os usuários nos serviços gerais de atendimento da Biblioteca . ● A conclusão desta área deve acontecer em meados de 2011.  Adriana Almeida Barreiros 2009
  10. 10. Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas Universidade de São Paulo  Adriana Almeida Barreiros 2009 EQUIPE Os profissionais envolvidos, diretamente, nos projetos são dos setores administrativo, informática, bibliotecários de referência, e mais a equipe da Biblioteca.
  11. 11. Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas Universidade de São Paulo  Adriana Almeida Barreiros 2009 CONCLUSÃO O projeto BIBLIOTECA VIVA tem o intuito de trazer o usuário novamente para Biblioteca, mesmo com todo acesso “online”, reintegrá-lo ao ambiente é poder mostrar todo potencial que temos para atendê-lo, tornando-o capacitado na busca e acesso à informação, oferecendo a oportunidade de ser um profissional diferenciado, por poder formar opinião e conhecimento próprio, diante a todos os recursos e material oferecido.
  12. 12. Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas Universidade de São Paulo  Adriana Almeida Barreiros 2009 FIM Esta postura profissional, Nunca Mais !

×