Minha Eira izildinha
Batida do meu coração Que denota o lado bom Infringindo faz certo Mundo calmo e esperto Lado carente e saciado Prudente e ...
Regresso das alegrias Noites claras, escuros dias Mesma história, cor nova O regresso da prova E prova-se o mesmo sabor Re...
Lado bom e maneiro Terno de brilho faceiro Andança na luz do querer Aliança e o mais belo ser Todas as horas,um minuto Exp...
Coração  tão displicente Norteia a vida da gente Emoção feito domingueira Coração na algibeira... E toda canção se repete ...
A vontade de viver mais A saudade e seus ais... Corpo que sempre seduz Jeito novo, defronte a luz Inspiração que não vem D...
O encanto de quem se vê Perante a felicidade e você Tantas coisas em  nada Travesseiro, boa pousada Sonho mais que real......
Que despenca rumo ao céu E mostra ,a brisa, o véu... Na eloqüência de se dar E permanência desse amar Dimensão e profundez...
Anjo desse espaço... Ternura desse abraço Contentamento certinho Anseio e seu caminho Uma verdade sem jeito A bondade que ...
Tantas palavra e eu Persigo o mundo teu A me fundir de esmero E repetir o que quero Então,se  és tudo enfim Te toco,e enco...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

M I N H A E I R A

284 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
284
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
35
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

M I N H A E I R A

  1. 1. Minha Eira izildinha
  2. 2. Batida do meu coração Que denota o lado bom Infringindo faz certo Mundo calmo e esperto Lado carente e saciado Prudente e desajuizado Ajeitado e sem jeito... Que traz dentro do peito.
  3. 3. Regresso das alegrias Noites claras, escuros dias Mesma história, cor nova O regresso da prova E prova-se o mesmo sabor Repinta-se o mundo de cor Coração, emoção latente Olhar de criança inocente.
  4. 4. Lado bom e maneiro Terno de brilho faceiro Andança na luz do querer Aliança e o mais belo ser Todas as horas,um minuto Expansivo e diminuto... A cereja e sua taça Certeza sem ameaça...
  5. 5. Coração tão displicente Norteia a vida da gente Emoção feito domingueira Coração na algibeira... E toda canção se repete A doçura desse confete Doravante, porém, perto Ao chegar no lugar certo.
  6. 6. A vontade de viver mais A saudade e seus ais... Corpo que sempre seduz Jeito novo, defronte a luz Inspiração que não vem Devoção a tua que tem... Capricho que se esvai Tristeza que logo sai...
  7. 7. O encanto de quem se vê Perante a felicidade e você Tantas coisas em nada Travesseiro, boa pousada Sonho mais que real... Exagero que não faz mal Amizade bem diferente... Sossego e alma cadente.
  8. 8. Que despenca rumo ao céu E mostra ,a brisa, o véu... Na eloqüência de se dar E permanência desse amar Dimensão e profundeza Afeição e sua beleza Ritmo da doce canção Perfume e feliz sedução...
  9. 9. Anjo desse espaço... Ternura desse abraço Contentamento certinho Anseio e seu caminho Uma verdade sem jeito A bondade que espreito Uma criança no olhar A esperança a se dar...
  10. 10. Tantas palavra e eu Persigo o mundo teu A me fundir de esmero E repetir o que quero Então,se és tudo enfim Te toco,e encontro a mim. E numa manhã ligeira Ser o sol de minha eira... [email_address]

×