Lugar Guardado izildinha
Nunca reclame ao abandonar o amor Se ele sumir e murchar a flor Que você plantou no maior descaso E esqueceu dentro de qua...
A vida se encarrega em fazer brotar Depois só nos resta chorar ou brindar Pelo jeito de amar que cultivamos Ou se no esque...
O sábio reconhece tudo que tem E cuidando. Se cuida também... E das flores, espinhos e aroma Porque a vida, abastece e tom...
Se no campo plantado sempre vingar A alegria atenta num jeito de velar Fuga é fuga. Fuga se faz necessário Depois, a chega...
Não entenda o amor como um nó Que liga e une duas pontes,dois pontos num só É verdadeiro , e sabe bater as portas Cuida, e...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

L U G A R G U A R D A D O

347 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
347
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
21
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

L U G A R G U A R D A D O

  1. 1. Lugar Guardado izildinha
  2. 2. Nunca reclame ao abandonar o amor Se ele sumir e murchar a flor Que você plantou no maior descaso E esqueceu dentro de qualquer vaso Amor é algo mesmo delicado! Na precisão. Precisa ser cultivado.
  3. 3. A vida se encarrega em fazer brotar Depois só nos resta chorar ou brindar Pelo jeito de amar que cultivamos Ou se no esquecimento o sufocamos Preferências ou sabedoria enfim Desse retorno.Somos o fim.
  4. 4. O sábio reconhece tudo que tem E cuidando. Se cuida também... E das flores, espinhos e aroma Porque a vida, abastece e toma Somar não é dividir.Só sabe quem Vive o momento e a vida também.
  5. 5. Se no campo plantado sempre vingar A alegria atenta num jeito de velar Fuga é fuga. Fuga se faz necessário Depois, a chegada e seu horário Virtudes regam o coração.Iluminam A vida que os amores ensinam...
  6. 6. Não entenda o amor como um nó Que liga e une duas pontes,dois pontos num só É verdadeiro , e sabe bater as portas Cuida, e revira os canteiro das flores mortas Porém, sai ao encontro de outras sementes E para ampará-las, melhores hastes e vertentes. [email_address]

×