Gerenciamento de Risco em Projetos     Integração do Gerenciamento de Risco no Sistema da QualidadeGerenciamento de Risco ...
Ciclo Vicioso - Controle de ProjetoEntusiasmo total                                Pânico                        Cair na r...
Sistema da Qualidade – Controle de Projeto                    O que (equipamento,                         Quem realiza as ...
Gerenciamento de Risco – ISO 14971:2009                                                                  Ciclo de Vida    ...
Análise de risco                                                                         Análise preliminar               ...
 Fase de Transferência   Identificar os “pontos” / características de   segurança dos    processos e avaliar seus efeito...
Análise de probabilidades Quando o produto é utilizado? Qual o tempo de vida útil do produto? Quem são os usuários (ope...
Comparativo entre FTA e FMEA                                   FTA                               FMEA                     ...
Gerenciamento de Risco em ProjetosIniciar                   Planejar (P)   Monitorar (A)                  Executar (D)   C...
A                                    Definir Meta                                                                         ...
RE                    CU   ( T)                      RS                       OS    O  AZ                        /CPR     ...
Custo da ineficiência em projetos  Perda   em projetos TI: US$ 55b/ano  34% dos projetos terminam no prazo, dentro do or...
GR                 Controle                    de                 ProjetosQualidade
Como o cliente       Como o líder de       Como o analista      Como o programador     Como o Consultorexplicou...        ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Gerenciamento de risco em projetos

796 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
796
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
23
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Controle de projeto inicia-se na pesquisa.
  • Dados de saída = Dados de entrada Alteração de processo ou componente: verificar o impacto no produto envolvido e em todos os outros que utilizam o mesmo componente ou processo. Verificação ≠ Validação Verificação: checa relação dos in&out puts Validação: checa o atendimento dos requisitos do uso pretendido
  • Dados de saída = Dados de entrada Alteração de processo ou componente: verificar o impacto no produto envolvido e em todos os outros que utilizam o mesmo componente ou processo. Verificação ≠ Validação Verificação: checa relação dos in&out puts Validação: checa o atendimento dos requisitos do uso pretendido
  • Dados de saída = Dados de entrada Alteração de processo ou componente: verificar o impacto no produto envolvido e em todos os outros que utilizam o mesmo componente ou processo. Verificação ≠ Validação Verificação: checa relação dos in&out puts Validação: checa o atendimento dos requisitos do uso pretendido
  • Gerenciamento de risco em projetos

    1. 1. Gerenciamento de Risco em Projetos Integração do Gerenciamento de Risco no Sistema da QualidadeGerenciamento de Risco Elaine Koda
    2. 2. Ciclo Vicioso - Controle de ProjetoEntusiasmo total Pânico Cair na real Promoção dos Punição dos inocentes Busca aos culpados“não-envolvidos”
    3. 3. Sistema da Qualidade – Controle de Projeto O que (equipamento, Quem realiza as atividades ? ferramentas, etc.) é Como suas qualificações necessário para completar foram verificadas? as atividades PROCESSO Cliente tem uma A necessidade do ENTRADA uma série de SAÍDA CLIENTE foi necessidade passos ou atingida atividades Que medições foram utilizadas Quais documentos (procedimentos, para avaliar a eficácia e a registros) são necessários para garantir que as atividades são completadas efetividade do processo? como planejado?1. Medições devem ser baseadas em Objetivos para o Processo2. Análise deve ser baseada no risco de se atingir uma Saída que está de acordo com a necessidade de Entrada identificada
    4. 4. Gerenciamento de Risco – ISO 14971:2009 Ciclo de Vida Ciclo de Vida1 2 Decisão baseada no risco Determinação Determinação Controle Avaliação do Avaliação do Produção eePós- Produção Pós- Análise Controle do produto / do Risco do Risco do Risco Risco Residual Risco Residual Produção Produção do Risco processo Refletir o “estado da arte” Associações especializadas Pesquisa de produto similar O produto está sendo desenvolvido O produto está sendo desenvolvido O produto éé O produto para ser seguro? para ser seguro? realmente seguro? realmente seguro? Revisão anual Revisão anual 3 Política rdo Decisã o de aco ític a co m a Pol Investigar para Investigar para definida Aceitável Aceitável Inaceitável Inaceitável reduzir reduzir
    5. 5. Análise de risco Análise preliminar de perigos • Identificação da utilização destinada “Fator Humano” • Identificação de perigos FTA • Estimativa de risco Análise funcional Determinação de risco Avaliação de risco Tolerância do risco Análise custo-benefício • Decisão da aceitabilidade de risco Análise sócio-éticaGerenciamento de risco Controle de risco FMEA / FMECA • Análise de opções HACCP • Implementação HAZOP • Avaliação do risco residual PAT • Aceitação do risco geral Informação pós-produção Seis Sigma • Experiência pós-produção SPC • Identificação de novos perigos CAPA • Controle de mudanças e loop de Gestão de reclamação • realimentação
    6. 6.  Fase de Transferência  Identificar os “pontos” / características de segurança dos processos e avaliar seus efeitos no produto final. – Definir controles no processo – Garantir que as especificações de produção não introduzam riscos residuais adicionais ao produto
    7. 7. Análise de probabilidades Quando o produto é utilizado? Qual o tempo de vida útil do produto? Quem são os usuários (operadores e pacientes)? Quantos usuários? Por quanto tempo e sob quais circunstâncias os usuários são expostos ao produto?
    8. 8. Comparativo entre FTA e FMEA  FTA FMEA Identificação das causas Identificação das falhas primárias das falhas críticas em cada componente, suas causas e conseqüênciasObjetivo Elaboração de uma relação Hierarquizar as falhas lógica entre falhas primárias e falha final do produto Identificação da falha que é Análise dos falhas em detectada pelo usuário do potencial de todos os produto elementos do sistema, e previsão das conseqüênciasProcedimento Relacionar essa falha com Relação de ações corretivas falhas intermediárias e (ou preventivas) a serem eventos mais básicos por tomadas meio de símbolos lógicos Melhor método para análise Pode ser utilizado na análise individual de uma falha de falhas simultâneas ou específica correlacionadasAplicação O enfoque é dado à falha Todos os componentes do final do sistema sistema são passíveis de análise
    9. 9. Gerenciamento de Risco em ProjetosIniciar Planejar (P) Monitorar (A) Executar (D) Controlar (C) ≠ Movimentar Encerrar
    10. 10. A Definir Meta P Ação: Corretiva Preventiva Melhoria Definir Método Educar e Treinar Controle Metas x Resultados Executar Coletar C D Dados Do Risco à Qualidade. A Vigilância Sanitária no Serviço de Saúde. Ed. ANVISA, 2008.Gerência de Risco
    11. 11. RE CU ( T) RS OS O AZ /CPR RESULTADOS QUALIDADE US TO S ESCOPO
    12. 12. Custo da ineficiência em projetos Perda em projetos TI: US$ 55b/ano 34% dos projetos terminam no prazo, dentro do orçamento e atendendo aos requisitos do cliente. 15% dos projetos são cancelados antes do término. 51% dos projetos chegam ao final, mas acima do custo, atrasados e com qualidade menor do que a esperada. Em média, 163% acima do custo e 183% do prazo. Fonte: Standish Group
    13. 13. GR Controle de ProjetosQualidade
    14. 14. Como o cliente Como o líder de Como o analista Como o programador Como o Consultorexplicou... projeto entendeu... projetou... construiu... descreveu...Como o projeto foi Que funcionalidades Como o cliente foi O que o cliente Como foi mantido....documentado... foram instaladas... Cobrado... realmente queria....

    ×