Rotinas internas samu parte 1

2.928 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Diversão e humor
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.928
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
183
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
59
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Rotinas internas samu parte 1

  1. 1. Enfº Eduardo Gomes da Silva Padronização de Rotinas Internas do SAMU
  2. 2. Padronização de Rotinas Internas <ul><li>Horário dos plantões </li></ul><ul><li>Assumindo plantão </li></ul><ul><li>Fardamento e materiais de uso pessoal </li></ul><ul><li>Objetos pessoais </li></ul><ul><li>Perfil ético e profissional </li></ul><ul><li>Checagem de VTR </li></ul><ul><li>Materiais de consumo </li></ul><ul><li>Equipamentos </li></ul>
  3. 3. Padronização de Rotinas Internas <ul><li>Limpeza concorrente da VTR </li></ul><ul><li>Limpeza Terminal </li></ul><ul><li>Descarte de insumos </li></ul><ul><li>Manutenção preventiva </li></ul><ul><li>Modelos de Viaturas </li></ul>
  4. 4. Horário de Plantões <ul><li>Escala 12x36 </li></ul><ul><li>Plantão diurno </li></ul><ul><li>Plantão noturno </li></ul><ul><li>Eventos </li></ul><ul><li>Extras </li></ul>
  5. 5. Fardamento <ul><li>Cuidados gerais </li></ul><ul><li>Identificação e tarja refletiva </li></ul>
  6. 6. Perfil Ético e Profissional <ul><li>Ética </li></ul><ul><li>Compromisso profissional </li></ul><ul><li>Trabalho sob pressão </li></ul><ul><li>Aptidão física </li></ul><ul><li>Equilíbrio emocional </li></ul><ul><li>Senso crítico </li></ul><ul><li>Criatividade </li></ul>
  7. 7. Checagem da VTR <ul><li>Equipamentos </li></ul><ul><li>Rede de oxigênio </li></ul><ul><li>Oxigênio reserva </li></ul><ul><li>Oxigênio portátil </li></ul><ul><li>Troca de torpedos </li></ul><ul><li>Mochilas de procedimento </li></ul><ul><li>Teste dos equipamentos </li></ul><ul><li>Oxímetro de pulso </li></ul><ul><li>Desfibrilador </li></ul><ul><li>Responsabilidades da equipe </li></ul>
  8. 8. Materiais <ul><li>Materiais de consumo </li></ul><ul><li>Materiais de imobilização </li></ul><ul><li>Insumos </li></ul><ul><li>Descarte de materiais </li></ul><ul><li>Desinfecção de materiais </li></ul><ul><li>Troca de materiais </li></ul>
  9. 9. Limpeza <ul><li>Limpeza concorrente </li></ul><ul><li>Limpeza terminal </li></ul><ul><li>Higienização externa </li></ul><ul><li>Materiais utilizados </li></ul><ul><li>Comunicação com Central </li></ul><ul><li>Manutenção preventiva </li></ul>
  10. 10. Modelos de Viaturas
  11. 11. Classificação das Viaturas <ul><li>TIPO B – Ambulância de Suporte Básico: veículo destinado ao transporte inter-hospitalar de pacientes com risco de vida conhecido e ao atendimento pré-hospitalar de pacientes com risco de vida desconhecido, não classificado com potencial de necessitar de intervenção médica no local e/ou durante transporte até o serviço de destino. </li></ul><ul><li>Quando utilizado no atendimento pré-hospitalar de vítimas de acidentes, deverá conter todos os materiais e equipamentos necessários a imobilização de pacientes. </li></ul>
  12. 13. Classificação das Viaturas <ul><li>TIPO C - Ambulância de Resgate: veículo de atendimento de emergências pré-hospitalares de pacientes vítimas de acidentes ou pacientes em locais de difícil acesso, com equipamentos específicos de imobilização e suporte básico, além de equipamentos de salvamento (terrestre, aquático e em alturas). Essas ambulâncias mistas deverão ter uma configuração que garanta um salão de atendimento às vítimas de no mínimo 8m cúbicos, além do compartimento isolado para a guarda de equipamentos de salvamento. </li></ul>
  13. 14. Classificação das Viaturas <ul><li>TIPO C - Ambulância de Resgate: </li></ul><ul><li>OBS.: Os serviços de atendimento pré-hospitalar que utilizarem somente veículos do tipo B para atendimento de acidentados ou de pacientes em local de difícil acesso, deverão possuir um outro veículo contendo todo material mínimo necessário para a realização de resgate terrestre, aquático e em altura. </li></ul>
  14. 16. Tipo D – Suporte Avançado
  15. 17. Classificação das Viaturas <ul><li>TRIPULAÇÃO: todos os profissionais deverão ter capacitação específica para a função com certificação emitida pelo Núcleo de Educação em Urgências. </li></ul>
  16. 18. Classificação das Viaturas <ul><li>Ambulância do tipo A: 2 profissionais, sendo um o motorista e o outro um Técnico ou Auxiliar de enfermagem. </li></ul><ul><li>Ambulância do tipo B: 2 profissionais, sendo um o motorista e um técnico ou auxiliar de enfermagem. </li></ul><ul><li>Ambulância do tipo C: 3 profissionais militares, policiais rodoviários, bombeiros militares, e outros profissionais reconhecidos pelo gestor público, sendo um motorista e os outros dois profissionais com capacitação e certificação em suporte básico de vida e salvamento </li></ul><ul><li>Ambulância do tipo D: 3 profissionais, sendo um condutor, um enfermeiro e um médico </li></ul>
  17. 19. Obrigado...

×