Audiovisual Digital
Interativo de Alta Definição
            IPTV

      Diólia de Carvalho
A televisão no Brasil 1950.
A TV Digital no Brasil dezembro de 2007.

O Brasil adotou para seu padrão o modelo japonês. O
...
Paralelamente ao desenvolvimento da tecnologia
da TV Digital transmitida via satélite,
radiofrequência ou cabo ocorre o
de...
IPTV - definição
a entrega, com segurança de alta qualidade, de televisão
aberta e / ou vídeo on-demand, de áudio e conteú...
IPTV - características
.Suporte para TV interativa - As capacidades bidirecionais dos
sistemas de IPTV permitem aos presta...
Diferenças entre WEBTV e IPTV

.Diferentes plataformas - Como o nome Internet TV sugere, a Internet TV utiliza a
Internet ...
A consultoria ABI Research estima que o
mercado global de IPTV crescerá,
anualmente, cerca de 32% nos próximos
seis anos. ...
A implantação de serviços de IPTV apresenta
uma série de desafios operacionais
para as prestadoras de serviços de
telecomu...
Em segundo lugar,
um sistema
comercialmente
viável de IPTV
precisa ser
projetado e
eficazmente
apoiado no dia-a-
dia.
Em terceiro lugar, hoje os sistemas
de IPTV exigem tecnologias que
fornecem conteúdo para
consumidores finais de vídeo de ...
A tecnologia de IPTV vem crescendo em
importância e começa a ter efeito perturbador no
modelo de negócio das tradicionais ...
25/05/09 - 00:00 > TELECOMUNICAÇÕES
Parecer do PL 29 gera atrito com entidade
SÃO PAULO - O impasse sobre o Projeto de Lei...
Faturamento das Telcom em 2008:
100 bilhões de reais

Faturamento TVs em 2008:
10 bilhões de reais
fonte: Meio & Mensagem
IPTV And Home Television Offerings Are Telcos Best
   Stealth Solution To Bypass Any Net Neutrality
               Resista...
Net Neutrality
Um debate muito (muito mesmo!) importante anda tomando conta da
Net, ou ao menos daquela parte mais conscie...
“ Permitir que as empresas fornecedoras de banda-larga controlem o que as pessoas
vêem e fazem online solaparia fundamenta...
PC World »Tech Industry
FTC Chairman: Agency May Enforce Net
Neutrality

May 11, 2009 1:40 pm

The U.S. Federal Trade Comm...
Democratização da Informação
 na era do audiovisual digital
  interativo de alta definição
Audiovisual Digital Interativo De Alta Definic
Audiovisual Digital Interativo De Alta Definic
Audiovisual Digital Interativo De Alta Definic
Audiovisual Digital Interativo De Alta Definic
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Audiovisual Digital Interativo De Alta Definic

312 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
312
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Audiovisual Digital Interativo De Alta Definic

  1. 1. Audiovisual Digital Interativo de Alta Definição IPTV Diólia de Carvalho
  2. 2. A televisão no Brasil 1950. A TV Digital no Brasil dezembro de 2007. O Brasil adotou para seu padrão o modelo japonês. O formato ISDB-TB (utilizado tb Peru e em testes na Venezuela) - adotado permite, além da transmissão em alta definição, a multiprogramação -possibilidade de transmitir, no lugar de um único programa em alta definição, oito programas diferentes simultaneamente em definição padrão (720 × 480pixels(2), a mesma do DVD), sendo possível transmitir até 2 canais HD (1080i)(3), 4 Canais de 720p e/ou 8 SD (480p) pela mesma transmissora .
  3. 3. Paralelamente ao desenvolvimento da tecnologia da TV Digital transmitida via satélite, radiofrequência ou cabo ocorre o desenvolvimento de uma nova tecnologia de transmissão de dados e conteúdo audiovisual em alta definição via protocolo IP, a IPTV ( Internet Protocol TV ).
  4. 4. IPTV - definição a entrega, com segurança de alta qualidade, de televisão aberta e / ou vídeo on-demand, de áudio e conteúdos através de uma rede de banda larga. IPTV é um termo que geralmente aplica-se para a entrega dos tradicionais canais de TV, filmes e conteúdo de video-on-demand sobre uma rede privada. A partir de uma perspectiva do usuário final, IPTV opera como um serviço de televisão por assinatura padrão. A definição oficial aprovada pelo International Telecommunication Union sobre IPTV (ITU-T FG IPTV) é a seguinte: IPTV é definida como os serviços multimídia, tais como a televisão / vídeo / áudio / texto / gráficos / dados entregues por intermédio de redes baseadas em IP e que conseguem fornecer o nível necessário de qualidade de serviço e experiência, a
  5. 5. IPTV - características .Suporte para TV interativa - As capacidades bidirecionais dos sistemas de IPTV permitem aos prestadores do serviço a oferta de um conjunto de aplicações de televisão interativas.Os tipos de serviços fornecidos através de um serviço de IPTV podem incluir a TV padrão ao vivo em alta definição (HDTV), jogos interativos, e navegador de Internet de alta velocidade. .Ajuste de tempo - IPTV em combinação com um gravador de vídeo digital permite o deslocando do cronograma da programação - um mecanismo de registro e armazenagem de conteúdo para visualização posterior. .Personalização - O sistema de IPTV suporta comunicações bidirecionais permitindo que os usuários finais personalizem seus hábitos permitindo- lhes decidir o que querem ver e quando querem assistir. .Requisitos de largura de banda baixa - Em vez de entregar cada canal para cada usuário final, a tecnologia de IPTV permite aos prestadores de serviços disponibilizar na rede apenas o fluxo do canal que o usuário final tenha solicitado. Esta característica é atraente pois permite aos operadores de rede a conservação da banda em suas redes.
  6. 6. Diferenças entre WEBTV e IPTV .Diferentes plataformas - Como o nome Internet TV sugere, a Internet TV utiliza a Internet pública para entregar conteúdo audiovisual para usuários finais. IPTV, pelo contrário, usa redes privadas seguras dedicadas para entregar conteúdos audiovisuais de alta definição aos consumidores. Estas redes privadas são geridas e exploradas pelo prestador do serviço de IPTV. .Alcance geográfico - Redes controladas por empresas operadoras de telecom são inacessíveis aos usuários de internet e estão localizadas e áreas geográficas fixas. A internet, ao contrário, não tem limites geográficos e seus serviços de televisão podeem ser acessadas de qualquer parte do globo. .Propriedade da Infraestrutura de Rede - Quando vídeo é enviado através da Internet pública, alguns dos pacotes do protocolo Internet usados para transportar o vídeo podem chegar atrasados ou completamente perdidos, uma vez que atravessam as diversas redes que compõem a Internet pública. Em comparação com esta experiência, IPTV é fornecido através de redes de infra-estrutura, que normalmente são de propriedade do fornecedor de serviços. A posse da infra-estrutura de rede permite que os operadores das telecomunicações projetem seus sistemas de engenharia de modo a garantir a entrega final de alta qualidade de vídeo. .Mecanismo de acesso: Set Top Box X PC .Custo
  7. 7. A consultoria ABI Research estima que o mercado global de IPTV crescerá, anualmente, cerca de 32% nos próximos seis anos. No fim de 2014, haverá aproximadamente 79 milhões de assinantes deste tipo de serviço em todo o mundo. De acordo com a consultoria, as taxas de crescimento de plataformas convencionais de TV por assinatura, como satélite e cabo, desacelerarão nos próximos anos, à medida que a IPTV avançar.
  8. 8. A implantação de serviços de IPTV apresenta uma série de desafios operacionais para as prestadoras de serviços de telecomunicações via cabo e satélite. Em primeiro lugar, os prestadores de serviços têm de tomar decisões difíceis quando escolher entre a miríade de codificação, Digital Rights Management (DRM), set-top box, a ligação em rede das infra-estruturas, e as soluções de segurança.
  9. 9. Em segundo lugar, um sistema comercialmente viável de IPTV precisa ser projetado e eficazmente apoiado no dia-a- dia.
  10. 10. Em terceiro lugar, hoje os sistemas de IPTV exigem tecnologias que fornecem conteúdo para consumidores finais de vídeo de uma forma que proporciona alta qualidade da experiência adquirida durante os níveis consumo de serviços de televisão.
  11. 11. A tecnologia de IPTV vem crescendo em importância e começa a ter efeito perturbador no modelo de negócio das tradicionais operadoras de TV paga e broadcasters. No Brasil, discute-se no Congresso Nacional os limites e autonomia entre as TELECOMs e as tradicionais emissoras de televisão. Nota-se, com o crescimento da tecnologia IPTV, a estagnação, pelo menos momentânea da TV Digital no Brasil e uma disputa regulatória em Brasília, por proteção de mercados de um lado e desbravamento do mesmo por outro. Trata-se no fundo do confronto entre tecnologias que se desenvolveram em ritmos diversos e, além disso, suas conseqüências nos negócios das tradicionais corporações que de algum modo, não valorizaram o desenvolvimento das
  12. 12. 25/05/09 - 00:00 > TELECOMUNICAÇÕES Parecer do PL 29 gera atrito com entidade SÃO PAULO - O impasse sobre o Projeto de Lei número 29 (PL 29), que sugere a criação de cotas de programação e a entrada das empresas de telefonia e telecomunicações no setor de televisão por assinatura via cabo, parece ter dado o primeiro passo ao ter sido apresentado na Comissão de Defesa do Consumidor (CDC) pelo deputado Vital do Rêgo Filho (PMDB-PB), na semana passada, em Brasília (DF). Apesar do suposto progresso do desenrolar do processo, a decisão de Rêgo Filho incomodou o presidente da Associação Brasileira de TV por Assinatura (ABTA), Alexandre Annemberg. Para Annemberg, a proposta do deputado peca "pelo fato de trazer à discussão inúmeras questões secundárias, acessórias". Ele defende que o projeto deveria se concentrar em corrigir e unificar as atuais regras da TV por assinatura, que tem hoje critérios diferentes de participação de capital para os sistemas de distribuição: TV a cabo, via satélite (DTH) e micro-ondas terrestres (MMDS). "A introdução de todos esses temas provoca muito ruído na discussão", disse Annemberg, lembrando que a questão das cotas dominou as discussões durante todo o ano passado, inviabilizando a votação do projeto. Além das mudanças direcionadas aos programas transmitidos pela televisão, Rêgo estendeu a medida a outros meios de transmissão de conteúdo, como a internet. Essa medida pode criar problemas para provedores controlados por empresas de telefonia, como o IG (da Oi) e o Terra (da Telefônica), pois, se aprovada a medida, esses provedores teriam de se enquadrar no limite máximo de 30% de controle por empresas de telecomunicações.
  13. 13. Faturamento das Telcom em 2008: 100 bilhões de reais Faturamento TVs em 2008: 10 bilhões de reais fonte: Meio & Mensagem
  14. 14. IPTV And Home Television Offerings Are Telcos Best Stealth Solution To Bypass Any Net Neutrality Resistance: Wake Up IPTV – Conclusions IPTV is nothing else but the ability of your provider to have you buy into a mix of Internet access and private DRMed content for which it installs dedicated reception/decoding equipment at your end. By doing this you basically give up into a partnership into which your Internet provider is basically serving itself a reserved channel and abundant bandwidth to have you see and pay for this premium content. Further, the telco locks you into having to use its own equipment (as mentioned my old standard ADSL modem does not work anymore - as mentioned, I have basically upgraded myself into a "proprietary network" without realizing it - and the telco has created a "de facto " proprietary dedicated IPTV infrastructure and delivery channel to my home/office). The moment you realize this, you should also realize how you yourself have now sold your line to the very enemy of net neutrality. You have sold and paid for a telco that will devote the greatest and better part of the bandwidth you have supposedly leased, to serve to you its own very content. (A little slower internet surfing will not be noticeable when most of you have already been long spoiled by bad and inconsistent service from these very companies.) The telco can therefore boast the delivery of a bandwidth it is in fact reserving for the greatest part for its commercial interests while serving you with just the same bandwidth (or less) you were getting before.
  15. 15. Net Neutrality Um debate muito (muito mesmo!) importante anda tomando conta da Net, ou ao menos daquela parte mais consciente dos assuntos técnicos, econômicos, políticos e culturais que a envolvem. Trata-se da tentativa, por parte das grandes empresas de telecomunicações, de criar uma “Internet de dois andares”. A idéia maligna é dividir o tráfego em uma categoria preferencial (o “andar de cima”) e uma grande vala comum (o “andar de baixo”). A categoria preferencial seria definida pelas empresas de telecomunicações, carregando o tráfego delas próprias e de quem mais se dispusesse a pagar tarifas mais elevadas. Estas teriam seus “pacotes de informação” entregues rapidamente, ganhando prioridade e “ultrapassando” os pobres coitados dos pacotes do “andar de baixo”, que ficariam esperando o tráfego preferencial passar antes de chegarem a seus destinos. Dependendo de como estas categorias fossem hierarquizadas, o conceito de “tempo real” para os usuários comuns teria de ser revisto – talvez para “tempo realmente lento”. As tarifas para o “andar de cima” seriam arbitradas, naturalmente, pelas próprias telecoms e provavelmente permitiriam que apenas as grandes empresas o habitassem. As pequenas empresas, blogs, sites pessoais, grupos, sites de compartilhamento de conteúdo e tudo o mais que faz a Internet o instrumento democrático e revolucionário que é hoje ficariam de fora. Seria o fim de mais um sonho...
  16. 16. “ Permitir que as empresas fornecedoras de banda-larga controlem o que as pessoas vêem e fazem online solaparia fundamentalmente os princípios que têm feito da Internet um tal sucesso...Muitas justificativas têm sido criadas para defender o controle destas empresas sobre as escolhas feitas online pelos consumidores; nenhuma delas resiste a escrutínio.” Vint Cerf Co-criador do IP (protocolo de Internet) “O meio de comunicações neutro é essencial para nossa sociedade. É a base justa de uma economia de mercado competitiva. É a base da democracia, através da qual a comunidade decide o que fazer. É a base da ciência, através da qual a humanidade decide o que é verdadeiro. Vamos proteger a neutralidade da rede.” Tim Berners-Lee Criador da World Wide Web “Hoje a Internet é uma supervia de informação onde todos – não interessa se grande ou pequeno, se tradicional ou não-convencional – têm acesso igual. Mas os monopólios da telefonia e da TV a cabo, que controlam quase todo acesso à Internet, querem o poder de escolher quem tem acesso à pista de alta velocidade e qual conteúdo deve ser visto antes e mais rapidamente. Eles querem construir um sistema de dois andares e bloquear o acesso rápido àqueles que não podem pagar. Criatividade, inovação e um mercado aberto e livre estão em jogo...” Eric Schidt
  17. 17. PC World »Tech Industry FTC Chairman: Agency May Enforce Net Neutrality May 11, 2009 1:40 pm The U.S. Federal Trade Commission may start enforcing net-neutrality rules and take action against bad network management practices when broadband providers don't live up to the promises they make to consumers, the agency's chairman said. Broadband providers need to inform consumers about the download speeds they're delivering and the types of network management practices they're deploying, FTC Chairman Jon Leibowitz said on the C-SPAN network's program, The Communicators,
  18. 18. Democratização da Informação na era do audiovisual digital interativo de alta definição

×