REFLEXÕES ESPÍRITAS SOBRE   O  CAR NA VAL
CONTÉM O RELATO DE SOCORRO ESPIRITUAL A TRABALHADORES DO EVANGELHO, ENCARNADOS, QUE PASSAVAM POR GRANDES PERIGOS. ATIVIDAD...
AS ORIGENS DO CARNAVAL: <ul><li>NAS FESTAS POPULARES DOS POVOS ANTIGOS, QUE SE ENTREGAVAM AOS  PRAZERES COLETIVOS ; </li><...
COMPOSIÇÃO DA PALAVRA CARNAVAL: CAR NA VAL A  CAR NE  NA DA VAL E
(TENTATIVA DE) JUSTIFICATIVA DO EVENTO: “ NECESSIDADE DE DESCARREGAREM-SE  AS TENSÕES E RECALQUES,  SEGUNDO ALGUNS ESTUDIO...
A VERDADEIRA RAZÃO DO CARNAVAL <ul><li>EXPRESSIVA FAIXA DE HUMANIDADE TERRENA TRANSITA  ENTRE OS LIMITES DO INSTINTO E OS ...
“ ATRÁS DO TRIO ELÉTRICO  SÓ NÃO VAI QUEM JÁ MORREU...”. “ ATRÁS DO TRIO ELÉTRICO  TAMBÉM VAI QUEM JÁ “MORREU”...”.
<ul><li>1. A POPULAÇÃO INVISÍVEL AO OLHAR HUMANO ERA ACENTUADAMENTE  MAIOR QUE A DOS ENCARNADOS ; </li></ul><ul><li>2. DIS...
<ul><li>5. SE INTERLIGAVAM A DESMANDOS E ORGIAS LAMENTÁVEIS; </li></ul><ul><li>6. UNS MAGOTES DESENFREADOS ATACAVAM OS BUR...
POR QUE ISSO ACONTECE ?  <ul><ul><li>“ PORQUE O PENSAMENTO  ALTERA O MEIO  </li></ul></ul><ul><ul><li>E  ATRAI PENSAMENTOS...
OBSESSÕES COLETIVAS “ NESSE PERÍODO,  INSTALAM-SE LAMENTÁVEIS OBSESSÕES COLETIVAS  QUE ENTORPECEM MULTIDÕES, DIZIMAM EXIST...
<ul><li>UM GRUPO DE PSICÓLOGOS QUE ANALISOU O CARNAVAL, </li></ul><ul><li>SEGUNDO MATÉRIA PUBLICADA JÁ HÁ ALGUM TEMPO NO C...
<ul><li>“ DE CADA DEZ CASAIS QUE CAEM JUNTOS NA FOLIA, SETE TERMINAM A NOITE BRIGADOS; </li></ul><ul><li>QUE, DESSES MESMO...
A FESTA TERÁ FIM UM DIA ? “ A FESTA É VESTÍGIO DA BARBÁRIE E DO PRIMITIVISMO AINDA REINANTES,  E QUE UM DIA DESAPARECERÃO ...
<ul><li>NENHUM ESPÍRITO EQUILIBRADO EM FACE DO BOM SENSO, QUE DEVE PRESIDIR A EXISTÊNCIA DAS CRIATURAS, PODE FAZER APOLOGI...
<ul><li>O ESPIRITISMO  </li></ul><ul><li>ESCLARECE QUAIS  </li></ul><ul><li>SÃO AS CONSEQÜÊNCIAS  </li></ul><ul><li>DOS AT...
EDUCAÇÃO COMO BASE PRIMORDIAL <ul><li>“ SÓ A EDUCAÇÃO , EM OUTRAS BASES, QUANDO A ÉTICA E A MORAL RENASCEREM NO ORGANISMO ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Carnaval Na VisãO EspíRita (Palestra De Outros)

9.257 visualizações

Publicada em

PALESTRA SOBRE O CARNAVAL DO PONTO DE VISTA ESPIRITUAL.

0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.257
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
890
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
385
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Carnaval Na VisãO EspíRita (Palestra De Outros)

  1. 1. REFLEXÕES ESPÍRITAS SOBRE O CAR NA VAL
  2. 2. CONTÉM O RELATO DE SOCORRO ESPIRITUAL A TRABALHADORES DO EVANGELHO, ENCARNADOS, QUE PASSAVAM POR GRANDES PERIGOS. ATIVIDADES DE SOCORRO A ENCARNADOS E DESENCARNADOS, DESENVOLVIDAS POR UMA GRANDE EQUIPE ESPIRITUAL, SOB O COMANDO DE DR. BEZERRA DE MENEZES, NOS DIAS DE CARNAVAL DE 1982, NO RIO DE JANEIRO. FONTES PRINCIPAIS GRUPO ESPÍRITA ALLAN KARDEC
  3. 3. AS ORIGENS DO CARNAVAL: <ul><li>NAS FESTAS POPULARES DOS POVOS ANTIGOS, QUE SE ENTREGAVAM AOS PRAZERES COLETIVOS ; </li></ul>2. NAS FESTAS ROMANAS, CHAMADAS SATURNÁLIA, QUANDO SE IMOLAVA UMA VÍTIMA HUMANA , PREVIAMENTE ESCOLHIDA; 3. NAS BACANÁLIAS, DA GRÉCIA, QUANDO ERA HOMENAGEADO O DEUS DIONÍSIO. Dr. Bezerra de Menezes
  4. 4. COMPOSIÇÃO DA PALAVRA CARNAVAL: CAR NA VAL A CAR NE NA DA VAL E
  5. 5. (TENTATIVA DE) JUSTIFICATIVA DO EVENTO: “ NECESSIDADE DE DESCARREGAREM-SE AS TENSÕES E RECALQUES, SEGUNDO ALGUNS ESTUDIOSOS DO COMPORTAMENTO E DA PSIQUÊ.” Dr. Bezerra de Menezes
  6. 6. A VERDADEIRA RAZÃO DO CARNAVAL <ul><li>EXPRESSIVA FAIXA DE HUMANIDADE TERRENA TRANSITA ENTRE OS LIMITES DO INSTINTO E OS PRÓDOMOS DA RAZÃO , </li></ul><ul><li>MAIS SEQUIOSOS DE SENSAÇÕES DO QUE ANSIOSOS PELAS EMOÇÕES SUPERIORES , </li></ul><ul><li>NATURAL QUE SE PERMITAM, NESTES DIAS, OS EXCESSOS QUE REPRIMEM POR TODO O ANO, SINTONIZADOS COM AS ENTIDADES QUE LHES SÃO AFINS , </li></ul><ul><li>É DE LAMENTAR, PORÉM, QUE MUITOS SE APRESENTAM, NOS DIAS NORMAIS, COMO DISCÍPULOS DE JESUS. </li></ul>
  7. 7. “ ATRÁS DO TRIO ELÉTRICO SÓ NÃO VAI QUEM JÁ MORREU...”. “ ATRÁS DO TRIO ELÉTRICO TAMBÉM VAI QUEM JÁ “MORREU”...”.
  8. 8. <ul><li>1. A POPULAÇÃO INVISÍVEL AO OLHAR HUMANO ERA ACENTUADAMENTE MAIOR QUE A DOS ENCARNADOS ; </li></ul><ul><li>2. DISPUTAVAM ENTRE SI A VAMPIRIZAÇÃO DAS VÍTIMAS ENCARNADAS, QUE ERAM TELECOMANDADAS; </li></ul><ul><li>3. ESTIMULAVAM A SENSIBILIDADE E AS LIBAÇÕES ALCÓOLICAS DE QUE PARTICIPAVAM; </li></ul><ul><li>4. INGERIAM DROGAS , UTILIZANDO-SE DOS COMPARSAS NO CORPO FÍSICO; </li></ul>A POPULAÇÃO INVISÍVEL
  9. 9. <ul><li>5. SE INTERLIGAVAM A DESMANDOS E ORGIAS LAMENTÁVEIS; </li></ul><ul><li>6. UNS MAGOTES DESENFREADOS ATACAVAM OS BURLESCOS TRANSEUNTES, TRANSMITINDO-LHES INDUÇÕES NEFASTAS; </li></ul><ul><li>7. DAVAM INÍCIO, ASSIM, A PROCESSOS NEFANDOS DE OBSESSÕES DEMORADAS; </li></ul>A POPULAÇÃO INVISÍVEL
  10. 10. POR QUE ISSO ACONTECE ? <ul><ul><li>“ PORQUE O PENSAMENTO ALTERA O MEIO </li></ul></ul><ul><ul><li>E ATRAI PENSAMENTOS SEMELHANTES.” </li></ul></ul>LIVRO SOBRE O CARNAVAL - PEDRO HERBERT C. ONOFRE DE RIBEIRÃO PRETO, SP
  11. 11. OBSESSÕES COLETIVAS “ NESSE PERÍODO, INSTALAM-SE LAMENTÁVEIS OBSESSÕES COLETIVAS QUE ENTORPECEM MULTIDÕES, DIZIMAM EXISTÊNCIAS, ALUCINAM VALIOSOS INDIVÍDUOS QUE SE VINCULAM A FORMOSOS PROJETOS DIGNIFICADORES”
  12. 12. <ul><li>UM GRUPO DE PSICÓLOGOS QUE ANALISOU O CARNAVAL, </li></ul><ul><li>SEGUNDO MATÉRIA PUBLICADA JÁ HÁ ALGUM TEMPO NO CORREIO BRASILIENSE, </li></ul><ul><li>IMPORTANTE JORNAL DA CAPITAL DA REPÚBLICA: </li></ul>O ESPÍRITA E O CARNAVAL - PEDRO FEGUNDES AZEVEDO CONCLUSÕES APÓS CARNAVAL
  13. 13. <ul><li>“ DE CADA DEZ CASAIS QUE CAEM JUNTOS NA FOLIA, SETE TERMINAM A NOITE BRIGADOS; </li></ul><ul><li>QUE, DESSES MESMOS DEZ CASAIS, POSTERIORMENTE, TRÊS SE TRANSFORMAM EM ADULTÉRIO; </li></ul><ul><li>QUE DE CADA DEZ PESSOAS NO CARNAVAL, PELO MENOS SETE SE SUBMETEM A COISAS QUE ABOMINAM NO SEU DIA-A-DIA, COMO O ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS. </li></ul>CONCLUSÕES APÓS CARNAVAL
  14. 14. A FESTA TERÁ FIM UM DIA ? “ A FESTA É VESTÍGIO DA BARBÁRIE E DO PRIMITIVISMO AINDA REINANTES, E QUE UM DIA DESAPARECERÃO DA TERRA, QUANDO A ALEGRIA PURA, A JOVIALIDADE, A SATISFAÇÃO, O JÚBILO REAL SUBSTITUÍREM AS PAIXÕES DO PRAZER VIOLENTO E O HOMEM HOUVER DESPERTADO PARA A BELEZA, A ARTE , SEM AGRESSÃO NEM PROMISCUIDADE.”
  15. 15. <ul><li>NENHUM ESPÍRITO EQUILIBRADO EM FACE DO BOM SENSO, QUE DEVE PRESIDIR A EXISTÊNCIA DAS CRIATURAS, PODE FAZER APOLOGIA DA LOUCURA GENERALIZADA QUE ADORMECE AS CONSCIÊNCIAS NAS FESTAS CARNAVALESCAS. </li></ul>O ESPÍRITA E O CARNAVAL: OPINI ÃO DE EMMANUEL/CHICO XAVIER: OPINI ÃO DE ANDRÉ LUIZ/CHICO XAVIER: O ESPÍRITA DEVE AFASTAR-SE DE FESTAS LAMENTÁVEIS, COMO AQUELAS QUE ASSINALAM A PASSAGEM DO CARNAVAL, INCLUSIVE AS QUE SE DESTAQUEM PELOS EXCESSOS DE GULA, DESREGRAMENTO OU MANIFESTAÇÕES EXTERIORES ESPETACULARES .
  16. 16. <ul><li>O ESPIRITISMO </li></ul><ul><li>ESCLARECE QUAIS </li></ul><ul><li>SÃO AS CONSEQÜÊNCIAS </li></ul><ul><li>DOS ATOS, DEIXANDO </li></ul><ul><li>PARA NÓS ESCOLHERMOS OS CAMINHOS. </li></ul>“ O QUE O ESPIRITISMO ACHA DESTA FESTA POPULAR?” SOBRE O CARNAVAL - PEDRO HERBERT C. ONOFRE DE RIBEIRÃO PRETO, SP
  17. 17. EDUCAÇÃO COMO BASE PRIMORDIAL <ul><li>“ SÓ A EDUCAÇÃO , EM OUTRAS BASES, QUANDO A ÉTICA E A MORAL RENASCEREM NO ORGANISMO SOCIAL, IRÁ DEMONSTRAR QUE PARA SER FELIZ E PARA RECREAR-SE, NÃO SE TORNA IMPERIOSO O VILIPÊNDIO DO SER , NEM A SUA DESINTEGRAÇÃO NUM DIA, ESQUECENDO-SE DE SUA ETERNIDADE ”. </li></ul>DIVALDO FRANCO/ESPÍRITO MANOEL PHILOMENO DE MIRANDA, NA OBRA ENTRE OS DOIS MUNDO

×