U
Criança e o adolescente Situação de Risco Crise ÉticaProfissional de Educação FísicaA Criança e o adolescente em o de Ri...
Criança e o adolescenteSituação de RiscoCrise ÉticaProfissional de Educação FísicaA Criança e o adolescente em o de Risc...
A Criança e o adolescente em o de Risco: A Crise tica daSociedade Brasileira e a o doProfissional de o sica.
A Criança e o adolescente em o de Risco: A Crise tica daSociedade Brasileira e a o doProfissional de o sica.Os olhares da...
A Criança e o adolescente em o de Risco: A Crise tica daSociedade Brasileira e a o doProfissional de o sica.Característic...
A Criança e o adolescente em o de Risco: A Crise tica daSociedade Brasileira e a o doProfissional de o sica.Papel do Prof...
A Criança e o adolescente em o de Risco: A Crise tica daSociedade Brasileira e a o doProfissional de o sica.Gestualidade ...
A Criança e o adolescente em o de Risco: A Crise tica daSociedade Brasileira e a o doProfissional de o sica.Gestualidade ...
A Criança e o adolescente em o de Risco: A Crise tica daSociedade Brasileira e a o doProfissional de o sica.Destarte, imp...
A Criança e o adolescente em o de Risco: A Crise tica daSociedade Brasileira e a o doProfissional de o sica.Esporte para ...
A Criança e o adolescente em o de Risco: A Crise tica daSociedade Brasileira e a o doProfissional de o sica.FIM
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A Criança e o adolescente em Situação de Risco: A Crise Ética da Sociedade Brasileira e a Intervenção do Profissional de Educação Física.

1.112 visualizações

Publicada em

A Criança e o adolescente em Situação de Risco: A Crise Ética da Sociedade Brasileira e a Intervenção do
Profissional de Educação Física.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.112
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
198
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Criança e o adolescente em Situação de Risco: A Crise Ética da Sociedade Brasileira e a Intervenção do Profissional de Educação Física.

  1. 1. U
  2. 2. Criança e o adolescente Situação de Risco Crise ÉticaProfissional de Educação FísicaA Criança e o adolescente em o de Risco: A Crise tica daSociedade Brasileira e a o doProfissional de o sica.
  3. 3. Criança e o adolescenteSituação de RiscoCrise ÉticaProfissional de Educação FísicaA Criança e o adolescente em o de Risco: A Crise tica daSociedade Brasileira e a o doProfissional de o sica.
  4. 4. A Criança e o adolescente em o de Risco: A Crise tica daSociedade Brasileira e a o doProfissional de o sica.
  5. 5. A Criança e o adolescente em o de Risco: A Crise tica daSociedade Brasileira e a o doProfissional de o sica.Os olhares da sociedade o anestesiados pela triste, mas comum, ode crianças e adolescentes esmolando, se drogando e comumente,carregam sobre os ombros outras crianças menores. Nos grandes centrosurbanos do Brasil, ja mais de duas cadas a infância parece terdeixado de existir para meninos e meninas das es pobres ao da violência infantil. (VARGAS, 2005)Desenvolvimento EconômicoDificuldades Operacionais do EstadoPreconceitos, o, EscravagismoCriminalidade
  6. 6. A Criança e o adolescente em o de Risco: A Crise tica daSociedade Brasileira e a o doProfissional de o sica.Características Sócio Antropológicas:Brasil o nico s da rica criado, desde o cio, pelo capitalismocomercial sob a forma de empresa cola.O fato que a empresa agro-mercantil se apoiou no trabalho escravo epermaneceu ligada o: primeiro do ndio, depois do negrodurante 350 anos.Crianças PobresAbandonoPoder de Família
  7. 7. A Criança e o adolescente em o de Risco: A Crise tica daSociedade Brasileira e a o doProfissional de o sica.Papel do Profissional de Educação Física:O professor assume importância capital no processo de o, jaque age diretamente como mediador entre a criança e a sociedade,promovendo es nos aspectos sociais, afetivos, motores ecognitivos.Aspectos SociaisAspectos AfetivosAspectos MotoresAspectos Cognitivos
  8. 8. A Criança e o adolescente em o de Risco: A Crise tica daSociedade Brasileira e a o doProfissional de o sica.Gestualidade e Exclusão Social:A gestualidade parece assumir importância fundamental na forma dees para o problema das crianças e adolescentes em o derisco. O estudo dos gestos dos marginalizados significaria o encontro dosentido profundo de tudo o que recalcado e reprimido pela sociedade.“Dadinho, um caralho, meu nome é Zé Pequeno Porra!”
  9. 9. A Criança e o adolescente em o de Risco: A Crise tica daSociedade Brasileira e a o doProfissional de o sica.Gestualidade e Exclusão Social:A gestualidade parece assumir importância fundamental na forma dees para o problema das crianças e adolescentes em o derisco. O estudo dos gestos dos marginalizados significaria o encontro dosentido profundo de tudo o que recalcado e reprimido pela sociedade.Eles manifestam-se através de um repertório gestual próprio.
  10. 10. A Criança e o adolescente em o de Risco: A Crise tica daSociedade Brasileira e a o doProfissional de o sica.Destarte, importa mais uma vez afirmar que tica esportiva comoum dos meios para a o integral, visando a o dequaisquer tipos de o e o ao duo podera sernorteada pelos pilares da moral consensual da sociedade. Assim, porcompetência cnica e pela observância da tica, o Profissional deo sica o agente que ne todas as habilidades riaspara em um projeto de o social, possibilitar que a criança e oadolescente vivam toda a magnitude de suas humanidades inseridos numcontexto que resguarda espaços e tempos sociais.
  11. 11. A Criança e o adolescente em o de Risco: A Crise tica daSociedade Brasileira e a o doProfissional de o sica.Esporte para desenvolver o Indivíduo.Esporte para competências sociais por parte das crianças e adolescentes.Investir no esporte como instrumento de reumanizaçao.um ato decisivo de fe e de esperança no esporte e dele depende asobrevivência da pria humanidade.(VARGAS, 2005)
  12. 12. A Criança e o adolescente em o de Risco: A Crise tica daSociedade Brasileira e a o doProfissional de o sica.FIM

×