A rua que
produzhistória
Santa Maria, sexta-feira, 23 de outubro de 2015 - Ano XVII - Edição 1090 - R$ 1,50
ja@jornalacida...
2 De 23 a 29 de outubro de 2015
CONSUMO DE PEIXE: Esse tipo de alimen-
tação, sadio, mesmo com alto custo, faz bem para
sa...
A CidadeA Cidade 3De 23 a 29 de outubro 2015
A
rborização (plantar árvores): É importan
te para manter a natureza, e no li...
A CidadeA Cidade4 De 23 a 29 de outubro de 2015
Pe. Bertilo João Morsch –Pe. Bertilo João Morsch –Pe. Bertilo João Morsch ...
A CidadeA Cidade 5De 23 a 29 de outubro 2015
Valdemar Roveda, “Cidadão
Santa-mariense”, Ponto do Cafezi-
nho, desde março ...
A CidadeA Cidade6 De 23 a 29 de outubro de 2015
O intenso movimento de trânsito jamais no passado
poderia imaginar que, mu...
A CidadeA Cidade 7De 23 a 29 de outubro de 2015
Está entre as melhores empresas para você trabalhar.
Levantamento da revis...
A CidadeA Cidade8 De 23 a 29 de outubro de 2015
JornalAcidade em Comunidade
É o espaço que valorizamos seja qual for o seg...
9De 23 a 29 de outubro de 2015
10 De 23 a 29 de outubro de 2015
11De 23 a 29 de outubro de 2015
A Rua Coronel Niederauer
Éuma rua central co
nhecida, poi...
12 De 23 a 29 de outubro de 2015
São duas opções para você anunciar o que deseja vender, utilidades de um modo geral, pequ...
A CidadeA Cidade 13De 23 a 29 de outubro de 2015
LUZEÁGUA:foramumsustomuitogrande,os
temporais que por aqui passaram. Na ú...
A CidadeA Cidade14 De 23 a 29 de outubro de 2015
O Exame Nacional do Ensino Médio, fa-
mosoENEM,quetemcomo objetivo prin-
...
A CidadeA Cidade 15De 23 a 29 de outubro de 2015
SÃO LUÍS GUANELLA: Sacerdote católico italiano e fun-
dador da Congregaçã...
A CidadeA Cidade16 De 23 a 29 de outubro de 2015
No primeiro semestre deste ano foram reali-
zados 1,8 milhão de mamografi...
A CidadeA Cidade 17De 23 a 29 de outubro de 2015
A Delegacia de Policia de São Pe-
dro do Sul, abriu inquérito para in-
ve...
A CidadeA Cidade18 De 23 a 29 de outubro de 2015
23-10
FrancieleA. Campos
Sílvia Carvalho
Maira Saibt
Sandra L. Pinto
Sand...
19De 23 a 29 de outubro de 2015
Nasexta-feiracirculaojornal
A cidade, há mais de 17 anos e
no sábado das 10h às 12h o
noss...
Sexta-Feira, 23 de outubro de 2015
Ano XVII - Edição 1090 - R$ 1,50
Teresa e Albino Pozzo-
bom o casal que valoriza
os eve...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal A Cidade - Santa Maria/RS - Edição 1090 - 23.10.2015

164 visualizações

Publicada em

Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1090 que circula nos dias 23.10 ao dia 29.10.2015 do Jornal A Cidade de Santa Maria/RS. O Jornal A Cidade é um jornal semanal focado no empreendorismo local.

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
164
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal A Cidade - Santa Maria/RS - Edição 1090 - 23.10.2015

  1. 1. A rua que produzhistória Santa Maria, sexta-feira, 23 de outubro de 2015 - Ano XVII - Edição 1090 - R$ 1,50 ja@jornalacidade.com-circulaàssextas-feiras- www.jornalacidade.com Sicredi região centro Sicredi região centro Foi em 27 de outubro de 1914 que nasceu essa cooperativa a qual conquistou com trabalho e credibilidade, milhares de associados. E como resultado a foto e a premiação contempla esse empreendimento. A faixa nova Os inúmeros acessos que estão sendo construídos para beneficiar, em parte, o trânsito, mas o que faltou é a modificação na RS-287 para facilitar o ingresso na rodovia. A rua que produzhistória Na parte do patrimônio, com sede de entidades e instituições,praçaseocomércioemtodosossegmen- tos, além dos edifícios que gratificam a rua Coronel Niederauer. Prédios da Nonoai Um bairro nobre da cidade que tem como referência os conjuntos habitacionais, as praças, mas o cresci- mento na construção civil, principalmente os prédios vemembelezandoaregião. Um presente para quem estudou. Milha- res de pessoas, princi- palmente jovens no fi- nal de semana vão passar no papel os co- nhecimentos adquiri- dos ao longo do tem- po para ganhar a aprovação do ensino médio ou ingressar di- reto na universidade. Cautela, reflexão e planejamento para que nada de errado. O trânsito surpreende e vocêdevevenceroper- curso e o exame a prestar, busque no seu caminho de fé a sua proteção. PÁGINA 07PÁGINA 07PÁGINA 07PÁGINA 07PÁGINA 07 PÁGINA 06PÁGINA 06PÁGINA 06PÁGINA 06PÁGINA 06PÁGINA 06PÁGINA 06PÁGINA 06PÁGINA 06PÁGINA 06 PÁGINAS 10PÁGINAS 10PÁGINAS 10PÁGINAS 10PÁGINAS 10 EEEEE 1111111111 E N E ME N E ME N E M
  2. 2. 2 De 23 a 29 de outubro de 2015 CONSUMO DE PEIXE: Esse tipo de alimen- tação, sadio, mesmo com alto custo, faz bem para saúde, em nossa cidade não temos uma casa ex- clusiva de frutos do mar, mas em quase toda rede de restaurantes e bares, nos buffets ao meio dia e algunsemtodososdias,encontramospeixenocar- dápio, e outros o preparam em dias alternativos. É umaquestãodehábitoalimentar.Onosso municí- pioveminvestindonapiscicultura(criaçãodepei- xe). O foco maior sempre é na semana santa, mas isso deve ser permanente. O caminhão do peixe estará hoje naAvenida Borges de Medeiros, Sal- gado Filho. E amanhã naAvenida Roraima, Ca- mobi. E no dia 28 na rótula da Medianeira com ÂngeloBolson. OKTOBERFEST: Domingoúltimoencerroue mais uma vez sucesso total em Santa Cruz. COSTELÃO DOALEGRETE: Será amanhã a partir das 20h, no Sentinela da Querência, jan- tar baile, 9112-4913 em homenagem aos184anos da cidade. RISOTO E BUFFET DE SALADAS: Neste domingo, na comunidade Evangélica Luterana da Niederauer,esquinacomaBarãodoTriunfo.Apar- tir das 11h30m. Contato: 3221.4558. VINICOLAVELHOAMANCIO:oDr.Rober- toBeltrameconquistouamedalhadeouronacatego- riamoscatel,no9ºconcursodeespumantebrasileiro. SOBRA DE COMIDA: Dado alto custo que a rede gastronômica é forçada a cobrar pelos seus custos de toda ordem, são repassados ao consu- midor.Oaproveitamentomaiorénaquelesquevão para o almoço por quilo no Buffet. Já o sistemaA La carte, o desperdício é maior. E quando chegar ao restaurante depois das 13h, sentir falta de pro- dutossignificadizerqueorestauranteadministraa contento. Ele não sabe quantas pessoas vão almo- çar, e se sobrar, tudo vai para o lixo. Para fins de economia, seria muito agradável às pessoas avisa- rem que vão almoçar naquele local. TARBUSH: É a nova casa da culinária árabe em Santa Maria, na Dr. Bozano 925.
  3. 3. A CidadeA Cidade 3De 23 a 29 de outubro 2015 A rborização (plantar árvores): É importan te para manter a natureza, e no linguajar diário, produz agradáveis sombras, até mesmo para o ambiente familiar e co mercial só que é necessário o bom sen- so, e o setor público manter logística para permitir, como vem sendo feito, o plantio de árvores a vonta- de. Só que as pessoas não estão preparadas para o acompanhamento do crescimento das mesmas, para evitar que elas passem a danifi- car calçadas, mu- ros e até imóveis. E no recente ven- daval, deu para constatar que elas prejudica- ram a rede elétri- ca, também não existe uma ges- tão para discipli- nar os postes, que além da parte elé- trica eles aco- lhem a rede das operadoras, tam- bém lá está às lu- minárias da via pública, bem como em alguns transformadores. Somando a tudo isso, o perigo é constante e eminente. Com chuva e vento, sempre o risco é maior, além dis- so, quantos postes da rede elétrica em nossa ci- dade, ainda são de madeira, tortos, velhos e com muita carga. Que beleza em ver a Avenida Hel- vio Basso, o calçadão, a liberdade e outros locais públicos, em que a rede elétrica é subterrânea. Deveria o município, criar uma lei que sempre que for asfaltada alguma rua, seja canalizada a rede elétrica. Aos poucos nos teríamos uma cida- de limpa, sem postes e sem fios aéreos. Nesta edição, veiculamos em nosso arquivo de pes- quisa, os últimos nomes de personalidades do estado, e por vez, em algumas ruas de nossa cidade, foram lem- brados. Até aqueles que nunca aqui estiveram. Se al- guém quer nos indicar nomes, somos gratos pela genti- leza, e apenas para recordar, vamos dar continuidade na próxima edição, com personalidades brasileiras e que nossos municípios as homenageiam com nomes de praças, ruas e avenidas. 1- Francisco de Abreu Vale Machado: conhecido como Vale Machado, nasceu em Rio Pardo, em 1838, trabalhou em Santa Cruz do Sul, depois Julio de Casti- lhos e posteriormente Santa Maria, quando em 1892 foi eleito intendentemunicipal eposteriormentereeleito, um excelenteadministrador,investiuemiluminaçãopública, calçamento das primeiras ruas, participou da fundação do hospital de Caridade, e atuou na instalação do colégio Santa Maria. Mais tarde sentiu-se desgostoso com al- guns políticos e foi embora, mas em 1950 voltou para a cidade. Em 53, foi eleito o primeiro prefeito da cidade. Em sua homenagem, a RuaVale Machado, que inicia na André Marques e termina na Rua do Rosário. 2- Valentim Armengol Fernandes: nasceu em Bagé, estabeleceu-se aqui como médico em 1920, for- mado pela faculdade de medicina do Rio de Janeiro, foi um dos fundadores da faculdade de farmácia e consi- derado um dos fundadores da faculdade de medicina, colaborou na fundação da UFSM. Junto com amigos, fundou o Clube Comercial. A rua em sua homenagem localiza-se no Bairro Vila Belém. 3- Walter Jobim: nasceu em Porto alegre em 1892, com 17 anos já freqüentava à faculdade de direito, de- sempenhou as funções de promotor público por várias cidades do estado, casou-se com Ana Niederauer e teve 03 filhos, era defensor dos ideais do partido liber- tador, que se destacou na revolução de 1930. Foi eleito deputado federal e ocupou vários cargos no estado. Quando Vargas foi eleito presidente, ele foi Embaixa- dor do Brasil no Uruguai, e lá permaneceu até 1954, faleceu em Porto Alegre em 1974. A avenida que atra- vessa o Cadena trás seu nome. PersonalidadesGaúchasA rede elétrica
  4. 4. A CidadeA Cidade4 De 23 a 29 de outubro de 2015 Pe. Bertilo João Morsch –Pe. Bertilo João Morsch –Pe. Bertilo João Morsch –Pe. Bertilo João Morsch –Pe. Bertilo João Morsch – Pároco da Paróquia da Ressurreição e Reitor do SeminárioPároco da Paróquia da Ressurreição e Reitor do SeminárioPároco da Paróquia da Ressurreição e Reitor do SeminárioPároco da Paróquia da Ressurreição e Reitor do SeminárioPároco da Paróquia da Ressurreição e Reitor do Seminário Maior São João Maria VianeyMaior São João Maria VianeyMaior São João Maria VianeyMaior São João Maria VianeyMaior São João Maria Vianey..... O mês de outubro está quase chegando ao fi- nal e comemoramos com bons eventos, mas a tempestade e o vendaval abalaram a todos. Pri- meiro pelas preocupações e sustos somando-se aos prejuízos para cada pessoa atingida, graças a Deus não tivemos vítimas fatais constatamos a solidariedade total não faltou ajuda e cada uma das vítimas deve procurar por si ou pedir apoio para voltar a ter tranquilidade e viver feliz com sua família, pois a vida continua e a cidade deve ser recuperada principalmente pelo setor públi- co para que possa desfrutar e receber investi- dores, consumidores e todos aqueles que vem aqui para nos visitar. Lamentamos, pois na se- mana passada um pichador que já foi flagrado quatro vezes, pessoas deste nível não deveriam estar entre nós devemos denunciá-los e que au- toridades aplique a lei com rigor até como exem- plo para não danificar o patrimônio. Falamos isso porque logo ali temos a Romaria Medianeira de todas as formas e maneiras as pessoas devem unir esforços, poderes públicos, entidades e ins- tituições, mas a comunidade como um todo, que viajou até o presente na região central prestigi- ando as feiras, por isso deve ter constatado a organização e a beleza das cidades principalmen- te a coleta do lixo e sua colocação na via publi- ca. Somos tidos como a cidade culta pela for- mação que ela nos proporciona e neste ângulo que devemos seguir e aprimorar e dados tem- porais que passaram o momento é de buscar a proteção na fé e para quem puder nada melhor do que a proteção de Nossa Senhora Media- neira, padroeira do estado, e com isso embe- lezarmos as ruas com pintura e limpar as pi- chações e denunciar o vandalismo. Milhares de romeiros aqui estarão e o nosso dever é mos- trar a eles que somos uma cidade cultura, por tanto faça a sua parte e fiscalize os infratores, assim aos poucos os estragos serão recupera- dos e reconquistaremos a auto estima que tan- to almejamos. É bom lembrar sempre que o turismo econômico é importante. Nossa cida- de é uma referência turística classificada pelo governo federal, igualando-se no plano b a ou- tras cidades do estado como Canela, Capão da Canoa e outras. “Mantenham vivo o fogo do primeiro encontro e se- jam livres”(Papa Francisco). O encontro com Cristo que vem e nos convida. Tudo em nossa vida hoje, como no tempo de Jesus, tem início com um encontro; um encontro com esse Homem, o Carpinteiro de Nazaré. Um homem como todos, e ao mesmo tempo diferente. Nesse encontro, Jesus sempre nos precede. Quando chegamos, Ele já esta nos esperando. Ele é como a flor das amêndoas, que floresce primeiro e anuncia a pri- mavera. E não tem como entender esse encontro a não ser pela misericórdia. Só quem é tocado constantemen- te pela misericórdia conhece o Senhor. Como fez em outros momentos, o Papa afirmou que o lugar privilegiado para o encontro com Jesus é o próprio pecado, e acontece graças ao “abraço da mi- sericórdia”, responsável pelo desejo de viver a vida cristã. E prosseguiu: “A moral cristã é a resposta emo- cionada diante da misericórdia surpreendente de al- guém que me conhece, conhece minhas traições e, mesmo assim, me quer bem perto. A moral cristã não é não cair jamais, mas levantar-se sempre, graças a sua mão que nos sustenta”. De acordo com o Papa este também é o caminho que a Igreja deve percorrer, não condenando alguém eternamente, mas saindo de si e indo ao encontro às periferias existenciais, ado- tando à lógica de Deus, que é a misericórdia. Uma pequena ermida à beira da estrada estava sem- pre aberta e recebia muitos peregrinos. Diariamente um homem de Deus dirigia-se ao local e ficava horas diante de um grande crucifixo. Um dia externou um pedido estranho: Senhor, quero sofrer por vós, deixa- me ocupar o vosso lugar, substituir-vos na cruz. O Crucificado concordou, mas impôs uma condição: aconteça o que acontecer, veja o que vires, guardarás silêncio. No mesmo dia, sem que ninguém percebesse trocaram de lugar. A rotina não se alterou no dia se- guinte. Inicialmente entrou um rico, que ao sair es- queceu uma bolsa cheia de moedas de ouro. Logo depois entrou um pobre, que após rezar, saiu levando a bolsa. Porque ia viajar, um senhor entrou para uma rápida oração. Na saída encontrou o rico que o acu- sou de roubo e passou a agredi-lo. Neste momento, do alto da cruz, veio uma voz muito forte: Para! E com palavras duras censurou a atitude do rico pela injustiça. Foi a vez do Cristo pedir ao monge: desce da cruz, não soubeste guardar silencio. Nem sempre as coisas são como parecem. Por que Deus não fala, porque Ele mantém silêncio e não age diante das injus- tiças do mundo? O silencio divino é feito de amor, de perdão, de novas oportunidades e de sabedoria. Em certa oportunidade os apóstolos queriam que Ele man- dasse fogo dos céus sobre seus adversários. E mes- mo no julgamento, diante de muitas acusações, “Je- sus porem se calava”(Mt26,63). E no alto da cruz interrompeu seu silencio para justificar diante do Pai seus algozes: “Eles não sabem o que fazem”(Lc23,34). O desejo de instantaneidade e os diversos meios po- dem estar interferindo na naturalidade da vida. São poucos os que não sofrem com a pressa. Até o que poderia ser feito num tempo mais prolongado, acaba tendo um ritmo muito acelerado. Viver é muito mais do que imprimir um ritmo aos dias. De nada adianta viver com pressa. As solicitações e as ocupações se- rão em números cada vez maiores. O desafio é man- ter a paz, sem perder a oportunidade do crescimento. Quanto maior as exigências exteriores, maior deverá ser o equilíbrio e o desejo de viver intensamente os segundos que a vida oferece. Não estou incitando, mas apenas alertando, no meu ponto de vista, pelo que vem acontecendo nos úl- timos dias em Brasília dificilmente teremos mudan- ças tão esperada para trabalhar e investir com se- gurança. Lá do exterior a presidente Dilma disse que em seu governo não tem corrupção e aqueles que escolherem este caminho foram presos, só deixo uma indagação quem os indicou? Quem fis- calizou sua gestão? E na semana também a polê- mica do presidente da câmara, pois ele está com poder na mão, pode encaminhar o impitimam, imaginem as negociatas neste caminho. O senado concedeu um prazo de 45 dias para que a presi- dente explique as pedaladas, vem as férias, o re- cesso e ela vai levando e para fechar a semana a famosa CPI dos denunciados e condenados da lava- jato no relatório não foram apontados culpados, todos inocentes. É um desafio para polícia federal, poder público e ao judiciário que tanto condenam culpados e que estão presos, assim conseguiram o retorno ao país de bilhões. Só nesta introdução é o suficiente para meus amigos refletirem o quadro atual. E alguém acha que vamos reverter com tan- tos aliados? Presidente Dilma: Ela foi eleita pelo povo deve governar sem negociatas, não conceder favores em troca de votos por emendas parlamentares, não se deixar influenciar, viajar e apoiar menos os países do exterior, das respaldos ao seu governo por aqui mesmo e exercer o cargo com transparência e nun- ca negar para proteger os que já foram do seu go- verno. Cortar despesas, não contratar ninguém e tentar enxugar os ministérios. Mandar fiscalizar a mídia que vem sendo vinculada nos jornais diários em todo o Brasil para mostrar o que foi feito no plano habitacional, é bom que o ministério públi- co pergunte o custo, a forma e valores que serão pagos. Não precisa mostrar o que foi feito o povo enxerga. Congresso Nacional: Deve legislar, agilizar assun- tos de interesse nacional e não como vi na semana negando fatos trazidos a público por políticos men- cionados na lava-jato. Só o caso do presidente da câmara no patamar que se encontra e o resultado da CPI na lava-jato são o suficiente para refletir- mos porquê votamos. Judiciário: Ele é independente, deve fazer cum- prir a lei mesmo que ales que são nomeados pelo governo federal trabalhem com dignidade e nun- ca encontrar brechas para proteger alguém, quem praticou um ato criminoso deve ser punido. O povo acredita e a esperança nunca pagará as ações do judiciário vejam quantas criticas recebeu o TCU por não aprovar as contas da presidente, será que to- dos os ministros estavam errados? Por que alguns partidos estão temendo as investigações não só na Petrobrás mas também na mídia, nos transportes e outros setores públicos. Ao concluir só nos resta uma esperança pacífica em clima de ordem e respeito as autoridades, as instituições, ao setor empresarial para que o povo vá às ruas sem quebra-quebra, só marcando pre- sença e mostrar aos governantes que ele cansou de tanto pagar impostos só ter obrigações e não recebe os direitos constitucionais para seu dia a dia. Se não for assim uma fronteira aberta como temos é muito fácil forasteiros darem suporte, sustenta- ção para alguns que almejam permanecer nos car- gos. Esta é minha opinião chegou a hora de reagir apenas para alertar e que o novembro, que é o mês de Nossa Senhora Medianeira, nos traga paz e entendimento principalmente na conjuntura polí- tica nacional. OSenhornosPrecede O povo deve ir as ruas
  5. 5. A CidadeA Cidade 5De 23 a 29 de outubro 2015 Valdemar Roveda, “Cidadão Santa-mariense”, Ponto do Cafezi- nho, desde março 2004. Sugestões e/ou críticas para esta página: Tel.: (55) 3223.5192/8407.1000 site: www.jornalacidade.com E-mail.: ja@jornalacidade.com ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2016: Na semana a presidente Dilma em uma de suas entrevistas disse que poucos partidos querem o impitimam, agora com 32 ministérios e 35 partidos no Brasil não é fácil governar e para que se tenham aliados tem a compensação, cargos, verbas por votos e aqui em Santa Ma- ria têm os partidos do podium e os de baixo Clero. Os peque- nos conquistam participar das coligações em troca de cargos é assim que funciona ou alguém acha que é diferente o que eu sinto na cidade são os pré-candidatos ao executivo em busca de apoio. Eles estão em toda parte. AES SUL: Na nossa região ela é a operadora responsável, precisamos ser compreensivos pela tragédia recente e ficou constatada pouca agilidade. Será que ela tem estrutura sufici- ente para atender a demanda? E aquelas regiões que ainda tem poste de madeira e foi uma das principais causas dos prejuí- zos causados, será que o contato é bem feito? Como será os prejuízos agora das vitimas que não têm seguro? Por isso contrato bem feito, principalmente com órgão público, deve ser feito com profundidade. FALECIMENTO: Em Brasília, aos 83 anos, faleceu o Santa- mariense coronel Carlos Brilhante Ustra, irmão da Glaucia das farmácias Nova Derme. Seu pai foi exemplar advogado Santa- mariense. ALELUIA: O governador Sartori vai hastear a bandeira na privatização das rodovias, que beleza este projeto e a primeira será como experiência de Passo Fundo a Nova Prata, onde terá pedágio, mas os usuários pagarão com prazer, pois terão segurança nos seus percursos, é assim que deve ser. DEPUTADO JARDEL: No pacote do Piratini o seu voto foi decisivo favorecendo o governo e como prêmio foi viajar para a Europa à serviço. A previsão de gastos foram 37 mil até o presente e não apresentou nenhum projeto como deputado. BUROCRACIA: Dá para entender, neste Brasil os cartórios de registros de imóveis são públicos, você chega paga e pode pedir uma certidão de imóvel mesmo que não seja de sua pro- priedade, se levar o registro, alguns deles só podem retirar depois de pronto o titular ou com autorização do mesmo, não dá para entender é mais prático então pagar uma certidão do que retirar o processo ao invés de simplificar, algumas reparti- ções complicam. ECONOMIA: O corte dos orçamentos do país atingiu, até o exército foi cortado 40%, quer dizer que os comandantes vão economizar até na luz. STF:concederamliber- dade ao ex-diretor da ODREBECHE,entreal- gumas normas, que ele não contate com os de- mais envolvidos. Até parece piada com tantos meios de comunicações hojeemdia.Agentevive e não vê tudo. ESPORTE:Osclubesquenão enxugarem as despesas, ou seja, pagarem menores salários e os jogadores exigirem menos ejogarem mais,arealidadeéou- tra, é necessário mudanças. E o Brasil de Pelotas está mostran- do, que com humildade e ges- tão é possível chegar lá. MINISTRO DO STF: Pelo bem do país, sugeriu a renúncia coletiva dos mencionados nas operações dos judiciários. DROGAS: Que assola o país, é lamentável o crescimento do consumo e envolvimento da juventude. Quantos jovens per- deram a vida pelo envolvimento e o ganho fácil. Lá em Santia- go, um policial cumpriu sua missão e atuou em flagrante o próprio filho. Para onde caminhamos? BONDADESDALEI:UmmarginalnaCapital,com44anos, foi detido 82 vezes, até quando ficará recolhido?Aqui é preci- so o bom senso do magistrado. OPERIGODANOITE:Énecessárioumamudançaeacostu- mar a juventude para ir às festas mais cedo, como eram antiga- mente. Começavam às 19h, inclusive boates, pois à noite pes- soas de bem, conscientes, não estão saindo, são aqueles que querem a prevenção dos assaltos. É possível sim, lá por volta de 70, as boates funcionavam das 19h às 24h. Tudo é uma questão de hábito. EX-PRESIDENTELULA:Paramimestágovernando,convi- dado a depor, negou sua influência em ter apresentado a em- preiteira no exterior, onde ela trabalhou com os financiamen- tos do BNDS, e quem achava que ele ia depor contra si? PEDÁGIOS: É uma receita extra, em Gramado os hotéis, há muito tempo, cobram uma taxa para o turismo. Em Pom- binhas/SC, o turista paga o pedágio para desfrutar da bele- za da praia. E agora, Florianópolis, pretende implantar, ima- gina que faturamento, se a verba é bem administrada, ela é bem vinda sempre. AUTORIDADESDAPESCA:OexemplovemdeBrasília,e quem pode, nos cargos que ocupam, acabam se beneficiando. Foi detido o secretário executivo da pesca, o presidente do IBAMA de Santa Catarina e o presidente do sindicato dos amadores de Itajaí e outros envolvidos. Nem o peixe tem sos- sego, tudo vai virar igual, a denúncia e detenção da secretaria de agricultura do estado, estão lembrados o desvio que aconteceu? CONCURSOS PÚBLICOS: Está andando no governo federal, serão abertas quase nove mil vagas, e depois falam em economia. HOMENAGEM: Associação Nacional de Jornais ho- menageou a ministra do STF, Carmen Lucia, por ser uma autoridade que defende a liberdade de imprensa, e que setores do governo federal querem de toda forma regula- mentar a mídia. Os autores denominavam no passado como censura à imprensa, eles querem só trocar de nome, assim ninguém fica sabendo o que se passa na capital federal. CPI DAPETROBRÁS:(ALava-Jato)Apolíciafederal, ministérios públicos e a justiça federal investigaram e constataram corrupção. Condenaram e prenderam impor- tantes empresários e os políticos criaram um jeitinho para ir para o supremo e o congresso nacional que nós elege- mos. Também abriu uma CPI, quantos indiciados lá com- pareceram transportados de avião de Curitiba, parlamen- tares vieram até a capital Paranaense para ouvir os suspeitos, viajou para o interior, você tem ideia do custo desta CPI? É lamentavelmente, na segunda-feira foram lidos os relatórios, as conclusões e agora vai para vota- ção no plenário sem indiciar ninguém me parece que men- cionaram alguns nomes, mas foram isentados os políti- cos do indiciamento, sabem o porquê? Vários partidos com seus representantes são denunciados, deram um jei- tinho e o povo vota, acompanhe a maior pizza do con- gresso de 2015. CRUZADACONTRAACORRUPÇÃO: Um belo traba- lho a força tarefa da operação lava-jato deu origem a essa caminhada pelo Brasil. O ministério público através da liderança do procurador da república Dallagnol vem realizando palestras em todo o Brasil, principalmente uma cruzada contra os crimes do colarinho Branco estão co- letando assinaturas para que chegue ao congresso um belo trabalho. HORÁRIO DE VERÃO: O povo está se adaptando, uma economia fantástica para o Brasil. Ele começou ainda em 1931 e a partir de 1985 sempre foi adotado. Os técnicos e especialis- tas dizem que tem suas vantagens. FGTS: Toda a pessoa atingida pelo vendaval se comprovar os prejuízos poderá sacar até 6mil, para tanto a prefeitura e caixa federal estão agilizando uma central que deverá ser no CDM e aqui também chegou a burocracia, a vítima precisa do dinheiro mas poderá demorar até 90 dias. MÍDIA NACIONAL: Jornais do estado diários estão vincu- lando os investimentos da Minha casa minha vida, para que gastar se é um dever do governo dar casa e moradia para quem precisa. É bom investigar o quanto custa esta campanha. ECONOMIA DO ENEM: Os candidatos não receberam em casa o cartão, tudo é eletrônico, bom para a economia, prejuí- zo para os correios, 8 milhões de concorrentes era uma receita considerável. BICICLETAS: É o futuro meio de transporte. AUFSM e o Banco do Brasil vão colocar a disposição para comunidade universitária. Parabéns pela iniciativa que se espalhe para outros segmentos. ELEIÇÕESDAVENEZUELA:Paraqueogovernopreparou uma delegação para ir aquele país acompanhar as mesmas e para dar apoio ao governo atual? Quem paga os custos, todos nós. E para chefiar a delegação o governo indicou Nelson Jobim. Ele é aposentado ou faz parte do governo? E a Vene- zuela não aceitou o seu nome para comandar a viajem. Tem muito mais o que fazer por aqui. DEPUTADOS NÃO TEM O QUE FAZER: Apolêmica do extintor que é facultativo para vincular o seu uso, os parla- mentares estão estudando meios para revogar a medida do DENATRAN. Meus amigos políticos o povo não vai gostar, pois o tiro vai sair pela culatra contra vocês. CALAMIDADE:Asolidariedade e deixar a política de lado. O empresário que pediu emprestado o gerador da prefeitura, foi pelo bem social de São Martinho da Serra, ali estavam os alimentos necessários para abastecer a cidade. E agora estão tirando proveito político, o que é lamentável. TRANSITO: Da sede do jornal, acompanhamos o movimen- to da acampamento, mas também pelo acesso à Presidente Vargas e José Bonifacio. Nos últimos 15 dias constatei a redu- ção de movimento de veículos, até o meio dia até o final da tarde. É a crise, conscientização para economizar ou é a pre- venção prevendo o que vem pela frente? Pessoas caminhan- do mais e usando outros meios de transportes. COMANDANTE DO EXERCITO: Dois gaúchos de Cruz Alta destacam-se General Sergio e General Villas Bôas, que é o comandante, sobre sua responsabilidade estão mais de 200 mil homens. É da nova geração 63 anos, aqui esteve visitando as unidades militares. BRASÍLIA: Fique atento a capital federal, a presidente se defende como pode e Eduardo Cunha também. E o senado concedeu prazo para ela explicar as pedaladas e a comissão paralela vai criar problemas na CPI do congresso que não indiciou nenhum político da lava jato. Solução: o povo deve se manifestar. TUBIASESTÁENSAIANDO:Estoubrincando.Emummomentode preocupações com os estragos do vendaval, mas ele conversou bem com o governador. Devo destacar todo o empenho da prefeitura, se- cretários, que abraçaram a causa e prestaram ajuda a quem precisava. FÓRUM DAS ENTIDADES: Na segunda-feira, esteve almoçando com os empresários o deputado Pozzobon que relatou sobre a RS-509, o Hospital Regional e está preocupado com as dívidas do estado.
  6. 6. A CidadeA Cidade6 De 23 a 29 de outubro de 2015 O intenso movimento de trânsito jamais no passado poderia imaginar que, muito rapidamente na RSC-287 de Camobi até a BR-158 o trânsito crescesse neste pa- tamar. Os condutores enfrentam engarrafamentos per- manentes e a tendência é o crescimento. Quan- do foi implantada a sede campestre das Dores com acesso pela BR-392 aos poucos e na cons- trução parte da avenida que dá acesso ao clu- be pela RSC-287 somando-se a isso, Minha casa Minha vida que hoje é uma verdadeira ci- dade mais adiante ao cesso para o bairro Ma- ringá e o bairro São José, posteriormente a en- trada dos Pains que vai dar acesso também a UFSM e ali em frente à universidade do Insti- tuto Farroupilha que, inteligentemente foi colo- cado uma lombada eletrônica e modificado o trânsito para quem vai centro bairro dobrar a esquerda, dada a necessidade e o crescimento comercial para conseguirem verba, assim está sendo construindo acessos para os bairros men- cionados. Conhecemos a região que começa na av. Medianeira, Duque de Caxias, rua Paraí- ba e Arroio Cancela, da para imaginar o quanto cresceu esta parte da cidade em ter- mos de construção civil. En- contramos aqui o residencial João Rolim onde ainda lá es- tão casas construídas há mais de 40 anos pelo sistema naci- onal de habitação. Ali encon- tramos o parque residencial Tamanday onde foram cons- truídos mais de 400 aparta- mentos pelo BNH e o desta- que sem dúvida é o parque residencial Panorama que oportunizaaosmoradoresuma vista sem igual para a cidade eavilaNonoaitotalmentedita. Vila Nonoai: Ali estão as ruas José de Anchieta, Barão do Nonoai, Três de Maio, Acesso à Faixa Nova Prédios no bairro Nonoai Marques do Herval, Rua Acre, Fernando Mussoi, 24 de Fevereiro,Acadêmico Rigoberto Duarte e a famosa Pra- ça Nonoai. Apenas para sinteti- zar visite esta região e passe a refletir o espaço que a constru- ção civil ocupou, pois são deze- nas de prédios uns concluídos e outros em obras, é uma parte ca- rentedelogísticamunicipalapró- pria Praça Nonoai conclama se- gurança e melhorias. Recentemente a prefeitura as- faltou a rua Três de Maio que começa na tamanday e termina no portão de acesso ao nacio- nal. Esta rua veio contribuir para carga e descarga do mercado e por isso facilitando o trânsito, com as obras e com o empreen- dedorismo a região foi valoriza- da e hoje encontramos poucos terrenos baldios. A) Logo após a BR-158 à direita rumo as Dores é Minha casa Minha vida, do jeito que foi construído pouco vai resol- ver, pois quem vem para ingressar na rodovia terá que contar com a gentile- za de quem está na RSC-287 e nem sempre é possível. Imagina quando es- tiver na temporada, também deverá ser construída uma rótula para facilitar a o acesso. B) O acesso opcional para as Dores e Minha casa Minha vida, da mesma for- ma a boa vontade de quem está na ro- dovia parar e deixar o companheiro pas- sar. C) O acesso ao bairro Maringá, o pro- jeto é uma solução, mas requer cautela e muita tensão de quem vem pela RSC- 287.Ali comportaria uma sinaleira. D) Em frente ao instituto Farroupilha além de ter a lombada eletrônica existe o acesso para dobrar a es- querda, ficou convidativo. No mês do Idoso aproveite para agitar o cor- po e sair do sedentarismo. Especialistas afirmam que iniciar a prática de exercícios físicos, mesmo após os 60, garante mais saú- de e qualidade de vida, além de combater doenças como hipertensão, osteoporose, Alzheimer e problemas cardíacos. “Exercí- cio não tem hora para começar. É como uma poupança que você faz para ter uma velhice mais saudável”, afirma a geriatra do Comple- xo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Ros- sana Russo Funari. Os tipos de exercícios mais recomendados para quem quer começar a malhação nessa faixa etária são caminhada e musculação de intensidade leve. É possível começar cami- nhando pelo menos 30 minutos por dia. De início, em qualquer velocidade, mas, após adquirir prática, num passo rápido, como uma marcha. A corrida esportiva não costuma ser recomendada, à exceção daqueles que já pra- ticam a atividade, por causa de seu impacto nas articulações. Os exercícios de musculação devem ser feitos com menos peso e mais repetições e sempre acompanhados por um instrutor experiente em atender idosos, para evitar lesões nas articulações e na coluna. “É re- comendado uma musculação de baixo im- pacto, porque com o envelhecimento a pes- soa perde massa muscular”, afirma a geriatra. A hidroginástica pode ser uma alternativa à musculação de baixo impacto. Porém, é re- comendado conciliá-la com outra atividade, para conseguir os benefícios da prevenção contra a osteoporose. “O que previne a oste- oporose é a formação e reformulação do osso conseguida na caminhada e na muscu- lação, por exemplo. E a hidroginástica é uma atividade de baixo impacto”, explica a médi- ca. A prática de atividades físicas melhora o de- sempenho cardiovascular do organismo, con- tribuindo para manter a pressão arterial so- bre controle, além de trazer outros benefícios à saúde. “Alguns estudos mostram que a ati- vidade aeróbica é benéfica a futuros quadros de Alzheimer ao melhorar a circulação san- guínea no cérebro, o que ajuda a proteger o paciente”, afirma a especialista. A geriatra ressalta a importância de que to- dos os idosos que pretendem iniciar a práti- ca de atividades físicas procurem antes um médico para se certificar de suas condições de saúde e qual o melhor exercício recomen- dado. Informações para a imprensa: TREE COMU- NICAÇÃO; (11) 3093-3604 / 3093-3636 Isabel Lopes - isabel.lopes@tree.inf.br Exercícionão temidade
  7. 7. A CidadeA Cidade 7De 23 a 29 de outubro de 2015 Está entre as melhores empresas para você trabalhar. Levantamento da revista Você S/A aponta crescimento no Índice de Felicidade no Trabalho O Sicredi, institui- ção financeira cooperativa com mais de 18,7 mil cola- boradores, figura, pelo quinto ano consecutivo, entre as “Melhores Empresas para Você Trabalhar”. O guia é elaborado pela revista Você S/Aem parceria com a Fun- dação Instituto de Administração (FIA). O evento de divulgação do ranking foi realizado na noite do dia 19 de outubro, em São Paulo. Em 2015, o Sicredi obteve 81,2 pontos no Índice de Felicidade no Trabalho (IFT), 1,7 pontos acima da nota final registrada no ano passa- do (79,5). O levantamento mostra crescimento também no percentual de colaboradores que se identificam com a instituição, 91,2%, 1,2 ponto acima do ranking anteri- or. Além disso, 82,5% dos colaboradores estão satisfei- tos e motivados, 81,9% acreditam ter desenvolvimento e 84% aprovam os seus líderes. A nota do colaborador, que aponta o Índice de Qualidade no Ambiente do Tra- balho (IQAT) foi 84. Segundo Edson Georges Nassar, CEO do Banco Cooperativo, da Confederação e da Fun- dação Sicredi, as pessoas são a essência e o verdadeiro valor das cooperativas. “Valorizamos os nossos colabo- radores e investimos no seu desenvolvimento, alinhado com a nossa missão, visão e valores, ou seja, destacan- do o conceito da causa cooperativa. Isso gera engaja- mento, estimula o trabalho em equipe e o crescimento dos colaboradores dentro dos programas de oportuni- dades internas e da própria instituição. Quem atribui elevados graus de satisfação por fazer parte desse ambi- Práticas sustentáveis, fontes de energia, tratamento das águas e separação e reciclagem de resíduos. Estes fo- ram os assuntos abordados na mesa-redonda, realizada na sede da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria (Apusm), na tarde desta quarta-feira (21). A atividade fez parte da Mostra de Práticas Sustentá- veis - O que se faz AQUI para cuidar do PLANETA? O evento, promovido pela Fundação MO’Ã, reúne expo- sitores de todo o Estado até esta quinta-feira (22), na Apusm. O secretário de Município de Meio Ambiente, Antonio Carlos Freitas Vale de Lemos, participou do debate, e sustentou a reagrupação de idéias e iniciativas de sustentabilidade, para o desenvolvimento do muni- cípio. “O governo do prefeito Cezar Schirmer sempre teve uma preocupação com o desenvolvimento da cida- de. Com isso, movimentamos ações com catadores e recicladores de Santa Maria, com o objetivo de propici- ar a geração de empregos”, disse Lemos. O secretário também lembrou o trabalho fundamental daAssociação dos Selecionadores de Materiais Recicláveis de Santa Maria (Asmar). “Santa Maria conta hoje com a Asmar, uma associação terceirizada, que nos possibilita condu- zir um processo muito importante para o desenvolvi- mento da cidade”, pondera. Para o mediador da mesa, o coordenador da Fundação MO’Ã, Rainer Oscar Müller, práticas sustentáveis, não se restringem apenas em por a mão na massa, reciclar ou consumir energias limpas, é preciso discutir, trocar e expor idéias, além de consci- entizar as pessoas de que os problemas ambientais são responsabilidade de todos.Também compuseram a mesa, o secretário de Meio Ambiente de Santiago, Tadeu Ma- Sicredi pelo quinto ano consecutivo ente são os próprios colaboradores”, complementa Nas- sar. O Índice de Qualidade na Gestão de Pessoas (IQGP) do Sicredi foi 74,7, 6,1 acima do registrado no ano ante- rior. O quesito Estratégia e Gestão ficaram com 85,1 pontos e Liderança com 87,3. Entre as Políticas e Práti- cas, destaque para Desenvolvimento, 78,2 pontos, e Re- muneração e Benefícios com 86,5. Entre as 358 empre- sas inscritas para participar do levantamento, que avaliou, entre outros quesitos, o índice de confiança dos funcio- nários com o ambiente de trabalho e as melhores práticas de gestão de pessoas das empresas, a organização do ranking apontou as 150 melhores, como integrantes de um time especial. Segundo a publicação, elas são exem- plos de lugares onde a boa gestão prevalece. O resultado do anuário está disponível no site e na edição especial da Você S/Ade outubro, com informações complementares sobre as eleitas e detalhes do levantamento. Sobre o Sicredi: O Sicredi é uma instituição financei- ra cooperativa com mais de 3 milhões de associados e 1.366 pontos de atendimentos, em 11 Estados do País*. Organizado em um sistema com padrão operacional único, conta com 95 cooperativas de crédito filiadas, distribuídas em quatro Centrais regionais, acionistas da Sicredi Participações S.A., uma Confederação, uma Fundação e um Banco Cooperativo que controla uma Corretora de Seguros, uma Administradora de Cartões e uma Administradora de Consórcios. * Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Tocantins, Pará, Rondônia e Goiás. Sustentabilidade e Meio Ambiente chado; a representante da Cooperativa de Catadores e Recicladores de Santa Cruz do Sul (Coomcat), Vera Lúcia Flores da Rosa; a representante da Associação dos Selecionadores de Material Recicláveis de Santa Maria (Asmar), Margarete Vidal, e o representante da Associação Caminho das águas, de Porto Alegre. A Mostra de Práticas Sustentáveis – O que se faz AQUI para cuidar do PLANETA? Integra o Projeto Saúde da Água, patrocinado pela Petrobras, por meio do Progra- ma Petrobras Socioambiental. O evento é aberto ao pú- blico em geral e a entrada é gratuita. Confira a lista dos expositores: - Associação dos Selecionadores de Material de Santa Maria (Asmar) - Associação Caminho das Águas -Projeto EcoProfe- tas (Petrobras) - Porto Alegre - Benetti Paisagismo e Ecologia - Canela - Casa Círculo - Santa Maria - Comissão de Planejamento Ambiental (Complana) - UFSM - Santa Maria - CooperBio - Projeto Alimergia (Petrobras) - Seberi - Cooperativa dos Catadores e Recicladores de Santa Cruz do Sul - Cozinha Pedaço da Natureza - Silveira Martins - Centro Marista de inclusão Digital - Santa Maria - Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) - Porto Alegre - Energia Natural - Canela - Lange Termoplásticos - Panambi - Nação Tutumbaiê - Itaara - Projeto RElona - UFSM - Santa Maria - Projeto de Pesquisa e Extensão “Casa Popular Eficiente” - UFSM - San- ta Maria -Projeto Biodiesel Reci- clado - Colégio Politéc- nico - UFSM - Santa Maria - Projeto de Redestila- ção de Bebidas, destina- das pela Receita Federal para produção do etanol - UFSM - Santa Maria - Recóleo - Santa Ma- ria - Secretaria Municipal de MeioAmbiente - Pre- feitura de Santiago - Sicredi Santa Maria - Sonnem Energia - San- ta Maria - Tendelas - Santa Ma- ria
  8. 8. A CidadeA Cidade8 De 23 a 29 de outubro de 2015 JornalAcidade em Comunidade É o espaço que valorizamos seja qual for o segmento, basta mandar fotos e dados queÉ o espaço que valorizamos seja qual for o segmento, basta mandar fotos e dados queÉ o espaço que valorizamos seja qual for o segmento, basta mandar fotos e dados queÉ o espaço que valorizamos seja qual for o segmento, basta mandar fotos e dados queÉ o espaço que valorizamos seja qual for o segmento, basta mandar fotos e dados que vinculamos dentro do possível.vinculamos dentro do possível.vinculamos dentro do possível.vinculamos dentro do possível.vinculamos dentro do possível. Aniversário de Carla Kowalishi,comemora dia 25. Professora da UNIFRA no curso de enfermagem, ela com os alunos de enfer- magem prestam relevantes serviços sociais na comunidade. Antonio Carlos Freitas e sua namorada Renata que festeja aniversá- rio hoje, os pombinhos vão comemorar o dia festivo. João Guilherme comemora 1 aninho neste sábado e os pais GuilhermeeAnaraynaelegeramaVinícolaQuintadoGamanaBR- 158 para receber os convidados com decoração temática de fazenda. Haverá degustação de vinhos e sucos, sem contar com o buffet também temático. Sugestões de presentes estão na Loja Superlegal,localizadanoMonetPlazaShopping. Terezinha Saccol Comemora aniversário dia 27 e no dia 26, seu filho Luciano comemorou. Na foto de arquivo junto com seu marido Lauri Saccol e familiares. Tereza Marleni M. Figueiredo comemorou seu aniversário na ultima terça-feira com toda família reunida, ela que é um das voluntarias que prepara os risoto no Santuário da Medianeira, agora se prepara para a Romaria. Na foto, a aniversariante com o seu marido Ronaldo e a filha Mariani. As crianças são destaque sempre nas missas da 3ª segunda-feira do mês no Santuário. Na última segunda, o coral do colégio DivinaProvidencia. ENCONTRO: no dia 07 de novembro, na es- tância do Minuano, os ex integrantes da 3º DE vão confraternizar, reservas 3222-5250. CIRCUITO JÚNIOR ENY: É domingo a par- tir das 9h. O inicio será na Rua Appel junto ao CDM, em sua 4ª edição uma multidão inscreveu- se para participar deste passeio. PROFº CLAUDIO A. MALGARIM: No dia 28 receberá da UNIFRA o titulo doutor honoris causa, as 19 horas.
  9. 9. 9De 23 a 29 de outubro de 2015
  10. 10. 10 De 23 a 29 de outubro de 2015 11De 23 a 29 de outubro de 2015 A Rua Coronel Niederauer Éuma rua central co nhecida, pois trás o nome do Coronel João Niederauer Sobrinho, que nasceu em Três For- quilhas, hoje Itati e que na época perten- cia ao muni- cípio de Tor- res. Ele foi a maior glória militar de Santa Maria. Sua persona- lidade ligada as forças ar- madas. A rua inicia na Ma- rechal Floriano Peixoto e termina na Samuel Kruchin. No seu percurso, ela é atravessada por importantes ruas da cidade, como a Barão da Tri- unfo, Visconde de Pelotas, Conde de Porto Alegre e outras, que elas quase atravessam a cidade. A HISTÓRIA: Após a Borges de Medeiros, encontramos o conjunto residencial Coronel Niederauer e também os limites com a sede do In- ternacional de um lado e do outro lado onde se encontra hoje a 6ª Bri- gada de Infantaria, e na esquina da Borges com a Niederauer está o quar- tel da 3ª DE. Também encontramos ali, a sede e o comando regional do corpo de bombeiros, a sede da Cor- san, o prédio que hoje acolhe o Ban- co do Brasil, mas foi ali que se iniciou os cursos superiores do Colégio Santa Maria, inclusive a UFSM. Temos ali também a garagem Rio Negro, uma das primeiras de Santa Maria. O colé- gio Olavo Bilac e a Igreja da Comunida- de Evangélica, onde está o primeiro sino do Brasil que para ser acionado foi necessá- rio a autorização do Dom Pedro I, e as praças dos bom- beiros é uma referencia no que aco- lhe todos os dias e finais de sema- na, bem como a famosa praça Saturnino de Brito que tem dado muitos problemas nos últimos tem- pos. Nessa pequena síntese da para se ter uma ideia do potencial e vir- tudes desta rua. COMÉRCIO: Nos mais diferentes segmentos encontramos nesse percur- so, inclusive lazer, gastronomia e o potencial comercial que a Niederau- er oferece aos consumidores.
  11. 11. 12 De 23 a 29 de outubro de 2015 São duas opções para você anunciar o que deseja vender, utilidades de um modo geral, pequenos custos. Para os imóveis, o anúncio é gratuito, no jornal e na rádio. Se Roveda Imóveis intermediar a venda, o proprietário pagará somente a comissão de corretagem prevista em lei.Traga as escrituras e, dentro de valores de mercado, nós estaremos divulgando. APARTAMENTO:Conj.Res.Acampamento,c/02dorm.,R$ 150.000,00.Fone:8407-1000. ITAARA/TERRENO:naAvenida principal, frente a praça e próximoaoSicredi514m².(55)3223.5192 TERRENO: Rua Davi Ribeiro, esquina Catarina Parcianello, 2 medindo 26x37, c/ chalé e poço artesiano. (55) 3223.5192. TERRENO: 2ha, frente para a 287 e P. Santini. Próximo a 158.Tratar:8407.1000. APARTAMENTO:EdifícioCentenário, com03dormitórios de frente para aAcampamento. Ótimo! R$ 280.000,00. Con- tato:8407-1000. CASA: Dr.Turi 2060, de alvenaria, com 280m de área, terre- no 12x30, de fronte ao Centenário. Aceita-se apartamento bom no negócio. Contato: 8407-1000. CONDOMÍNIOPARQUEDASOLIVEIRAS:dapartesul, próximo a sede das Dores, é o mais moderno da cidade. Tecnologia, espaço para todas as idades. As oliveiras já estão produzindo os primeiros frutos, mas de 30 casas em construção. Terreno com 350m², bem na entrada. CASA: em construção, com 250m² + casa de fundos, com terreno 10x40, na Vila Bela União, frente para rodovia que vai a São Martinho da Serra. 3223.5192. CASADEALVENARIA:c/380m²,terreno15x30,doispisos, próximo ao ATC, Bairro Residencial e aceita-se imóvel em Capão ou PortoAlegre. Bom negócio. 8407.1000. EMPRESA: focada na construção civil, bom terreno, 500m² de área construída, toda estrutura de funcionamento, futuro promissor, vendida como está, em pleno funcionamento. In- formações, apenas pessoalmente na Imobiliária Roveda. APARTAMENTO: em Capão da Canoa de 2 e 3 dorm., no- vos, prox.Av. Ruda.Tr. (55) 8407.1000. Acampamento - R$ 359.000,00 A P A R T A - MENTO: na esquina com José Bonifácio, 03 dormitóri- os, banheiro social e privati- vo, dependên- cia empregada completa, ga- ragem, três sa- cadas. Valor: R$359.000,00. Tratar pelo fone: 3223- 5192 ou 8407- 1000. Vendas Roveda Imóveis Aluga PAVILHÃO P/DEPÓSITO: C/ toda a estrutura, incl. escritó- rio. Área construída 1500m², estacionamento 1200m. Poço artesiano. Próx. trevo Uglione. T.: 8407.1000. APTO: Borges de Medeiros, 1930,Ap. 405, 2 dormitório, R$ 580,00. DIVIDE-SEALUGUEL: Mulheres, informações neste jor- nal.Tr.3223.5192. LOJA: Gal Neto, próx. da Rede Vivo, c/170m². R$3.500,00 (55)8407.1000. APTO: Ed. Centenário, 02 dorm, dependência, 6º andar, R$ 900,00.Informações:3223-5192. LOJA: Na Floriano Peixoto 938, loja com 170 m², onde a varanda ali esteve 26 anos. Condomínio em media R$280,00. Valor: R$ 6.000,00 com bonificação. Contato: 8407-1000. Capão da Canoa:Aluga-se mínimo 10 dias na temporada, 1 dormitório, bem mobiliado, sacada de frente na Sepe, Ed Ilha de Capri, com garagem opcional e no feriadão de novembro, mínimo6dias.3223-5192 8307-1000. Aluga-se: naAcampamento, 590, apartamento de 2 dormitó- rios, banheiro, dep. de empregada, terraço, churrasqueira, garagem opcional. Na acampamento 590. 3223-5192. CREMATÓRIO DOM JOSÉ: em Santa Rosa – planeje sua vida após a morte! Deseja ser cremado? Consulte o Rui. 3222.5362 | 9602.7736. Plano pagável em até 20 meses. ATELIER SCHULTZ: Dona Maria procura profissional p/ ser parceira ou deseja vender equipamento com a clientela fiel. É só trabalhar. 8448.6657. DIRETOR COMERCIAL: buscamos um profissional com conhecimentos e liderança, agendar entrevista. 3223.5192 CIRCULAÇÃO EASSINATURAS: Vaga para trabalho na circulação do jornal e no comercio de assinaturas. Agendar 3223.5192. BICICLETA: P/ criança, até 10 anos, boas condições, R$ 200,00.3223-5192. VENDE-SEGELADEIRABRASTEMPDUPLEX440: óti- mas condições. R$ 490,00.Tr.: 3223-5192. CORREÇÃODETEXTOS:Serviçoeventual,segunda,quar- ta e quinta, meio expediente. Tratar neste jornal.Acadêmica de letras português. CONSULTORDEVENDASDEPUBLICIDADE:obtenha informações, venha conversar conosco, tenha um fixo e a receita em vendas sem limites, seja inovador e ambicioso para viver feliz. Tratar neste jornal. INVISTAEMIMÓVEIS:Escolhaacidade,CapãodaCanoa: (51) 9102.1496 – Aldo; EM Florianópolis: (48) 9648.0600- Marcelo|(48)9143.1213–Andreia|(48)9914.5332-Regina(48) 9983.2254 Loreni; Para facilitar, ligue para (55) 8407.1000- Imobiliária Roveda. REBOQUEFECHADO.Vende-se.Tr:8120.7110. SERVIÇO: trabalho com refrigeração, dou atenção especial amáquinasdelavarroupadomiciliar.3222.93280|9971.8952. VOYAGE: 1.6 completo, branco, ano 2014. Único dono. R$ 36.5000,00.Tr:8402.2616. VENDE-SE: Geladeira Brastemp duplex, boas condições, só falta o motor, vende-se carcaça, R$ 180,00 8407.1000. Utilidades e Serviços Se você tem para vender terrenos com cha- lés nos bairros e vilas, com escrituras legali- zadas, sempre temos comprador. Temos 39 anos de conquistas amizades e clientes, atra- vés de uma imparcialidade nos negócios. 3223.5192. I M Ó V E I S CONSULTOR IMOBILIÁRIO São 39 anos na atividade de advogado e corretor de imóveis, a faculdade de vida muito nos ensinou, agora queremosretribuirasoportunidades,aocomprar,vender , alugar imóveis, consulte e tenha certeza que tudo está correto. Depois de pegar o dinheiro para voltar é uma longa jornada. E sempre temos um bom negócio para você,credibilidade,confiançaeamizadenãosecompra, seconquistaaolongodotempo.Acampamento590,jun- to ao Jornal A Cidade. VALDEMAR ROVEDA
  12. 12. A CidadeA Cidade 13De 23 a 29 de outubro de 2015 LUZEÁGUA:foramumsustomuitogrande,os temporais que por aqui passaram. Na última edi- ção,falamossobreprevençãoecontinuamoshoje. É bom todo imóvel fazer uma revisão na parte elé- trica e hidráulica, e verificar se a rede de esgoto não está entupida com papel, folhas, algo que im- peçaacirculaçãodaágua.Prédiosantigoscomtan- tos equipamentos e temporais ocorrendo o bom é examinarosdisjuntores,verificarseacargaeafia- ção comportam fios e aparelhagem, e quando o disjuntorcomeçaacairautomaticamente,algoestá errado, geralmente na instalação do chuveiro ou cargademaisdentrodoimóvel.Avelhahistóriavai comprandoaparelhoselétricosevailigandotoma- daportomada,enãosesabeláinternamentecomo foi feita a sua instalação e qual a capacidade da rede elétrica. Nessa semana que passou, constata- se o quanto a operadora de energia e a Corsan trabalharam para restabelecer o serviço normal. E a gente sabe também, a dificuldade que tem a em- presa para podar uma árvore, onde passa no seu interior a rede elétrica, e com chuva e vento, inevi- tável os galhos tocarem na parte elétrica, e conse- quentemente o disjuntor desliga automático. Nos apartamentos, nas áreas de serviço, sempre é bom limpar a rede de esgoto e a caixa de gordura prin- cipalmente, pois quem costuma utilizar a pia para lavar a louça, toda gordura fica ali, ela forma um queijo, a água força e vai acabar estourando a tu- bulação da água, o mesmo caso dos chuveiros, mulheresqueperdemmuitocabelo,vai probanho, ela nem enxerga, vai entrando e criando ali uma cascaecomotempoovisinhodebaixoreclamada infiltração. São pequenos cuidados que a preven- ção, limpeza e manutenção são bem vindas sem- pre. Mas o principal, sim, é na rede elétrica. Em condomínios, fale conosco que poderemos cola- borar de alguma forma. Lembre-se, se você não cuidaondemora,mesmosendoinquilino,ninguém o fará para sua tranquilidade. Na semana uma audiência pública promovi- da pelos vereadores que a comissão incumbi- da de encontrar formas para agilizar a obten- ção deste documento indispensável para funcionamento de qualquer atividade, deba- tes vem sendo realizados sugestões acolhidas, mas sempre tem burocracia, inclusive o de- putado Valdeci comentou na audiência que é necessário criar leis com base na lei estadual aprovada, tendo em vista o acidente da boate Kiss. Presentes na audiência estavam verea- dores, secretários do município, comandantes,bombeiros e a CACISM repre- sentando as entidades, mas não se comentou a situação dos prédios antigos que não tem como se adequar à lei atual, pois ela é bem acolhida pela sociedade e empresários, mas deveria ser aplicada a partir deste ano em obras novas. A prefeitura deve promover seminários convidando arquitetos e engenheiros e ou- tros profissionais para traçar normas e regras que ve- nham facilitar o andamento dos projetos, inclusive o cor- O valor e a representatividade motivaram a escolha de 23 de outubro como o Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira (FAB), em alusão ao legado do inventor Alber- to Santos Dumont, que nessa data, em 1906 realizou o primeiro voo bem-sucedido do inventor Santos Dumont, a bordo de seu 14-Bis, em Paris, bem como a criação da FAB, no contexto da Segunda Guerra Mundial. A FAB foi criada em 20 de janeiro de 1941, juntamente ao Minis- tério da Aeronáutica. No contexto atual, a comemoração se presta a exaltar aqueles que, movidos pelo mesmo ím- peto do inventor do avião, aprenderam a dominar a arte de voar e souberam transformá-la em um ofício que apro- xima pessoas e distâncias, transporta recursos e esperan- ça, conduz progresso e leva integração, promove a paz e a segurança, além de alimentar a eterna aspiração de li- berdade dos homens.No município: A Base Aérea de A data poderia ser mais conhecida, contudo vale lem- brar que nesse 29 de outubro rememora-se o Dia Nacio- nal do Livro. O livro é uma das invenções mais enrique- cedoras da humanidade, o qual, pode ser uma fonte inesgotável de conhecimento, transportando adultos e cri- anças aos lugares mais espetaculares da imaginação hu- mana, além de informar e ajudar a diversificar o vocabu- lário das pessoas. Em plena era da informática, um livro faz toda a diferença na formação, especialmente das cri- anças. Origem: A data surgiu em homenagem à funda- ção da Biblioteca Nacional do Livro, em 1810, pela Coroa Portuguesa. Na época, D. João VI trouxe para o Brasil milhares de peças da Real Biblioteca Portuguesa, for- mando o princípio da Biblioteca Nacional do Brasil.No município:Dentre as ações se destaca o “Projeto Leitu- ra do Coração”, lançado em 2014, pela Prefeitura, que E os Alvarás? po de bombeiros que faça os mesmos procedimentos e os leitores a de convir conosco que os prédios antigos não têm como se adaptar as leis atuais. O público prestigiou a audiência. E agora que as sugestões pelos vereadores e pelos depoimentos que sejam analisadas pelos poderes públicos para que os alvarás tenham maior agilidade. Tributo aoAviador e a ForçaAéreaSanta Maria (BASM) – o Quinto Comando Aéreo Regi- onal - é uma base da FAB, localiza no bairro Camobi. Foi inaugurada em 15 de outubro de 1971. A BASM ostenta a denominação de “Sentinela Alada do Pampa”, devido ao seu entrosamento junto à comunidade, a qual também promove ações sociais e eventos, como a Expoaer, quan- do abre os portões ao público. Enquanto aguarda suas instalações próprias – ainda sem previsão de construção – o Aeroporto de Santa Maria utiliza o Terminal de Pas- sageiros da BASM. Estão sediados nesta unidade, os es- quadrões: Poker, Centauro, Pantera e o Mangrulho. O atual comandante é o Tenente Coronel Aviador Clauco Fernando Vieira Rossetto. Fonte:http://www.brasilescola.com/datas-comemorati- vas/dia-da-forca-aerea-brasileira.htm/https:// sites.google.com/site/invacivil/Wikipedia Fonte do saberbusca despertar, o hábito pela leitura. A iniciativa da Se- cretaria de Município da Educação (Smed) promove di- versas ações que visam incentivar as crianças e os ado- lescentes a adquirirem o gosto pela literatura, sendo uma destas atividades, a Hora do Conto. Mascote: O Projeto já tem seu mascote, escolhido por meio de um concurso. O vencedor foi o desenho de um coração vermelho com um livro e o nome do projeto (Foto), de autoria do estu- dante Érik Comin Pereira, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Altina Teixeira. A mascote será apresenta- da na II Semana Municipal da Leitura e da Literatura, que acontece de 9 a 13 de novembro. Já a premiação será dia 13 de novembro, quando é celebrado o Dia Mu- nicipal do Livro. Fonte:http://www.calendarr.com/brasil/dia-nacional-do- livro/release Prefeitura É conhecida ONU uma organização internacional com sede nos EUA contando hoje, com mais de 50 países onde são tratados assuntos internacionais em vários segmentos, ela foi criada em 24 de outubro de 1948 e para festejar a Organização dasAções Unidas data no final de outubro sempre é comemorado a semana da ONU. O motivo principal da sua criação foi motivado pela segunda guerra mundial com o objetivo principal de evitar a violência e tirar a vida de milhões de pessoas, pois a carta foi assinada em 25 deabrilde1945,maselaco- meçou oficialmente somen- te em 1948. Na Suíça, em Genebra,existeumasedecri- ada também em 1947, em vistadasegundaguerramun- dialondesãotratadosassun- tosinternacionais.
  13. 13. A CidadeA Cidade14 De 23 a 29 de outubro de 2015 O Exame Nacional do Ensino Médio, fa- mosoENEM,quetemcomo objetivo prin- cipalmente abrir o caminho para a juven- tude em ter mais uma oportunidade para ingressar nos cursos superiores pretendi- dos, nas provas que acontecem amanhã e domingo prestar atenção nos horários, pla- nejar o deslocamento que nesse momento o trânsito sempre congestiona e as pesso- as que não participam do processo das 11h as 12:30 deve evitar de circular na Fx Ve- lhaeFxNovadeixandootrânsitolivrepara que todos cheguem no horário previsto. É necessário planejar, acreditamos que jo- vens responsáveis não tem frequentado a noite na quinta e sexta feira, mas sempre é bom a família dar apoio e orientar aquele que prestar o exame, nós falamos tanto em juventude, mas também pessoas de todas as idades, mas além de ser uma oportuni- dade do ingresso direto também ele opor- tuniza ao estudante a conclusão do segun- do grau. Para os santa-mariense é um fim de semana gratificante pelo movimento que teremos, geralmente a família, os pais que vem de outras cidades acompanhar osfilhosnestanobremissãodebuscarapro- vação no exame. Para os setores da eco- nomialocaléummomentoagradável,pois na certa hospedagem, alimentação são meios necessários para os visitantes e o Emtempode‘estresse’econômico,oramo imobiliárioemSantaMariasepreparapara achegadadofinaldeano,comboasexpec- tativas. A venda de empreendimentos é o focoprincipaldaImobiliáriaJairBehr(Jair Behr Assessoria Imobiliária). Para o dire- tor-proprietário Jair Behr, esse mercado hoje,estápraticamente,“concluindoasven- das dos que já tinham e sem definição de novoslançamentos”,porquedependemba- sicamente, de verbas do FGTS e da Cader- neta de Poupança. Para o empresário, tra- ta-se de uma fase de transição e a expectativa para a metade do ano que vem é de novos lançamentos, caso a política do governo se estabilize. Tudo depende da li- beração do governo, reafirma. Locações: Há 37 anos no ramo, Jair Behr acredita que o fato de ter tido muitos imóveis à venda, no período que passou, a locação ficou “meio de lado”, mas para o final do ano, espera-se uma reação. Mercado ativo: O mercado continua “ati- vo”afirmaodiretorLuizFernandoFloresda ImobiliáriaFernandoFlores.Segundoele,as negociações estão acontecendo, porém de No anonimato, mas a comunida- de sempre quan- do é chamada ou espontaneamente marca presença. Isso foi constata- do enloco a partir da tragédia da Kiss, são gestos de grandeza por todos e agora no vendaval confir- mou-se o quanto as pessoas prati- cam o bem. Nós temos aqui, por exemplo, os clu- bes Lions Rotary, Casa da Amizade, Liga de combate ao câncer e tantos outros prestadores de serviços que quando precisam estão prontos. Compete destacar também o trabalho grandioso que vem sendo rea- O sapateiro: Nesse domingo, 25, a sociedade presta homenagem a uma no- bre e das mais antigas categorias de tra- balhadores, os sapateiros, apadrinhados por São Crispim e Crispiniano, irmãos de origem romana. Eles ganhavam a vida neste ofício, durante a noite e de dia pre- gavam pelas ruas de Soissons (França). Converteram muitas pessoas por isso foram degolados a mando do imperador Diocleciano. Inicialmente, essa profissão era muito discriminada, por estar sem- pre associada ao trabalho dos curtidores e carniceiros. Mas o cristianismo mudou a visão e ela foi resgatada graças ao sur- gimento dos dois santos sapateiros.Atri- bui-se aos egípcios a arte de fabricar sapatos, contudo, segundo a lenda, o re- conhecimento dessa profissão se conso- lidou com o ofício exercido pelos ‘irmãos sapateiros’ e pregadores, Crispim e Cris- piniano, por volta de do ano 280. Evolução: As novas tecnologias e a massificação da produção e, principal- mente a escassez de mão de obra impri- miu significativas mudanças nessa pro- fissão. Há quem pense que as sapatarias desapareceram, mas não é verdade, os sapateiros resistem e diversificam a ati- Facilidade para quem estudou comércio deve também ter alternativas para que o visitante seja um consumidor, assim é o turismo de compra e de estudos e conhecimentos. Vamos explorar o turis- mo, mas nunca o turista os que aqui com- parecerem deve regressar para suas cida- descomimagempositivadacidadecultura como é conhecida e as provas serão muito fácil para aqueles que estudaram e se pre- param ao longo do ano. Acabou o espaço para aventureiros, milhares devem refletir se não tiverem êxito nos exames sobre as noitadas,otempoperdidonaconversabota fora e o uso permanente dos eletrônicos que desviam a atenção e aquele estudante que escreveu faz muita leitura e vai para a prova com tranquilidade. Em todo o país a previsão é de quase 8 milhões que farão o exame. Que Nossa Senhora Medianeira, a padroeira do RS, acolha em sua cidade a todos os visitantes e familiares e que tenha aqui um final de semana de alegria e cada um consiga atingir seus objetivos, a con- clusão do ensino médio ou o ingresso au- tomático na universidade. E todos nós te- mos o dever de ser prestativos quando encontrarmosalguémprocurandoinforma- ções, à solidariedade, os conhecimentos, a humildade faz muito bem a todos e princi- palmente o bem viver. MercadoImobiliárioumaforma“diferente”,oclientevalorizando seu dinheiro, negociação com bons descon- tos, com dinheiro à vista. Existe certa “aco- modação” de preço em alguns tipos de imó- veis. Mas, os negócios estão saindo, comemora.Já,aslocações,dissequeestasflu- em,masnesseperíodo,maisbaixa.Poroutro lado,oclienteéexigente.E,aimobiliária,por suavez,hoje,temquesermais criativaebuscarumaformade atender melhor o cliente.Um atendimento fidelizado que oportunize ao cliente uma ex- periênciaúnica.Comisso,aem- presatornaomercadoimobili- ário de Santa Maria, de credibilidadeetransparêncianas relações,avaliaodiretor. Entressafra: Para presi- dente do Secovi SM, Antô- nio Odil de Castro, “o perío- do é de “entressafra” para a locação”. O mercado é mo- vimentado pelo ano letivo - estudantes, professores, funcionários públicos - e até novembro permanece mais calmo, desta- ca. Após o dia 15 de novembro, há uma reação, pessoas começam a vir para os cursinhos e aquece o turismo de eventos. Vendas:Paraquemquerparausohámuita ofertaebastanteimóveisusados.“Estábom para negociar e os preços tendem a se aco- modar”, afirma. De acordo com o dirigen- te, tivemos uma boa safra na região, por issoháumaestabilidade,apesardainflação e dos juros altos que preocupam. Cliente:Aquele que tem o poder aquisitivo se torna cada vez mais exigente, especula mais.Eoramosequalificacomprofissionais enasofertas.Quantoaospreços,acreditaque, com mais oferta, tendem a se ajustar. Só osAntigos vidade, entre o fazer e consertar calça- dos, além de outros utensílios em couro e até sintéticos, tais como, bolsas, jaque- tas, e bolas. Observa-se que os profissi- onais estão reduzidos, mas cresce a de- manda pelo serviço. Experiência: Milton Guasreshi, hoje proprietário da Rápida Grande Gala – Rua dos Andradas, 1841 - aprendeu o ofício de sapateiro com o pai. Segundo ele, trata-se de uma profissão para toda a vida. Também confirma que a mão de obra está escassa, mas não falta servi- ço. “Temos sempre muito serviço”, dis- se. No estabelecimento, ele faz e con- serta tudo que há em couro. Dentre os serviços, destacam-se a fabricação sob medida de botas, guaiacas, alpargatas, além de diminuir bicos de sapatos, entre outros. A Rápida Grande Gala que por mais de 50 anos funcionou na Rua Flori- ano Peixoto existe a 66 anos, na cidade. F o n t e : h t t p : / / umbandadepretovelho.blogspot.com.br/ 2 0 1 1 / 1 0 / s a o - c r i s p i m - e - s a o crispiniano.html/http://eco123.info/portu- gal/http://www.jambo.com.br/datas-co- m e m o r a t i v a s / 1 2 4 / h t t p : / / www.radiocapinzal.com.br/web/noticias/ O Santa-marienseésolidário lizado pela prefeitura municipal a partir do prefeito até os trabalhadores comuns que arregaçaram as mangas e como resultados comprovaram o quanto foi arrecado em roupas e produtos alimen- tares. São gestos des- ta grandeza que de- vemos sempre destacar e valorizar, pois quem passou dias sem voltar para casa encontrar tudo destruído com medo e problemas elétricos, danos causados pelo vento e pela água e muitas vezes as pes- soas não tem como aumentar a receita e com isso a ajuda é sempre bem vinda. Produtos alimentaresProdutos alimentaresProdutos alimentaresProdutos alimentaresProdutos alimentares
  14. 14. A CidadeA Cidade 15De 23 a 29 de outubro de 2015 SÃO LUÍS GUANELLA: Sacerdote católico italiano e fun- dador da Congregação dos Servos da Caridade e do Instituto das Filhas de Santa Maria da Providência, conhecido como “Santo da Caridade”. Canonizado em 23 de outubro de 2011, pelo Papa Bento XVI, mas sua festa litúrgica ocorre em 24 de outubro, data de seu falecimento em 1915. Em Santa Maria sua devoção se estabelece junto a Paróquia José do Patrocínio, que em sua honra promove missas, de 22 a 24 às 19h e no domingo, 25, a Missa festiva às 9h.Ao meio-dia o almoço comemorativo, no salão paroquial. SÃO LUÍS GALVÃO: FreiAntônio de Sant’Anna Galvão ou São Galvão: É o primeiro santo brasileiro, canonizado pelo Papa Bento XVI em 11 de maio de 2007.Festejado em 25 de outubro. SeusantuárioselocalizaemGuaratinguetá(SP).Aqui,suadevoção se concentra na Paróquia do Rosário, onde acontece a missa espe- cial às quartas-feiras, 18h, com a distribuição das ‘pílulas de São FreiGalvão”. E N Q U E T E É difícil não encontrar alguém que seja portador de algum tipo de vício, são inúmeros. Na últimaÉ difícil não encontrar alguém que seja portador de algum tipo de vício, são inúmeros. Na últimaÉ difícil não encontrar alguém que seja portador de algum tipo de vício, são inúmeros. Na últimaÉ difícil não encontrar alguém que seja portador de algum tipo de vício, são inúmeros. Na últimaÉ difícil não encontrar alguém que seja portador de algum tipo de vício, são inúmeros. Na última edição mencionamos, o fumante, o que bebe, o que joga todos os tipos de jogos, o viciado emedição mencionamos, o fumante, o que bebe, o que joga todos os tipos de jogos, o viciado emedição mencionamos, o fumante, o que bebe, o que joga todos os tipos de jogos, o viciado emedição mencionamos, o fumante, o que bebe, o que joga todos os tipos de jogos, o viciado emedição mencionamos, o fumante, o que bebe, o que joga todos os tipos de jogos, o viciado em drogas, o viciado em trabalhardrogas, o viciado em trabalhardrogas, o viciado em trabalhardrogas, o viciado em trabalhardrogas, o viciado em trabalhar, o viciado econômico e outros viciados... dá pra entender?, o viciado econômico e outros viciados... dá pra entender?, o viciado econômico e outros viciados... dá pra entender?, o viciado econômico e outros viciados... dá pra entender?, o viciado econômico e outros viciados... dá pra entender? AlineCoelhoMachado–estudan- te–20anos.Meuvícioécomer. Adoro comer e estou sempre comendo. Me faz mal por que engordo mais do que deveria. Amanda Cardoso – estu- dante – 16 anos. O meu vício é escutar música. Es- tousemprecomosfones. Não existe nada que eu goste mais de fazer. Andressa Quevedo – estudante – 16 anos. O meu vício é dormir. Sou muito preguiçosa. Durmo odiainteiro. DiegoAndreiBatistella–ven- dedor – 24 anos. Assistir os jogosdomeutimeetambém jogar futebol são os meus maioresvícios,sóanamora- da que não gosta muito... Francisco Conrado Neto – professordedança-20anos. Saircomosmeusamigospara comeréoqueeumaisgosto defazernessavida.Essecom certeza é o meu vício. Kelly Lima – fisioterapeuta – 25 anos. O meu vício é aquele,sabe,...euadoro. Façodemanhã,detarde e de noite. Nunca canso. Marisa Silva Dias – dona de casa – 50 anos. Meu vício é fumar. Me faz muita mal, mas não consigo parar. Michele Dias – dona de casa – 21 anos. O meu vício é o facebook. Nunca saio da internet, só para cuidar do meu filho. Nadine Carvalho – vendedora 20 anos. O meu vício é dormir, com certeza. Não tem nada que eu goste mais de fazer. Durmo a qualquerhoraeemqualquerlugar. Nataliane Carvalho – vendedora – 18 anos. Estar comosmeusamigoséomeumaiorvício.Nãohá nadaqueeugosteouqueeufaçamaisdoqueisso. Shaiana de Souza Caldas – massoterapeuta – 25 anos. Meu maior vício é viajar. Nunca estou parada, viajo sempre que posso. Vania Mello – 43 anos – artesã. O que eu considero vício é fazer o meu artesanato. Faço sempre que posso, onde eu puder.
  15. 15. A CidadeA Cidade16 De 23 a 29 de outubro de 2015 No primeiro semestre deste ano foram reali- zados 1,8 milhão de mamografias, sendo 1,1 milhãonafaixaetáriademaiorincidência(50a 69 anos) do câncer de mama. Desde a década 90, o mês de outubro tem sido dedicado ao trabalho de conscientização sobre o câncer de mama, tipo mais letal entre as mulheres e que afeta, por ano, mais de 57 mil brasileiras. Este ano, a campanha do Ministério da Saúde e o Instituto Nacional de Câncer JoséAlencar Gomes da Silva (INCA), “Câncer de mama: vamos falar sobre isso?”, tem como objetivo desconstruir os mitos associados à doença. Entre os alertas, a importância da detecção precoce, a partir da orientação do médico e da realização da mamografia. Nos últimos anos, o acesso a exames no Sis- tema Único de Saúde, assim como tratamento da doença tem sido ampliado gradativamen- te. De janeiro a junho de 2015 foram realiza- dos 1,8 milhão de mamografias no país, 31% a mais que no mesmo período de 2010 (1,4 mi- lhão de exames). O crescimento é ainda maior, de 51%, quando comparados os exames reali- zados entre mulheres de 50 a 69 anos (faixa etária prioritária) nos primeiros semestres de 2010(724.409)com2015(1.092.577). As Regiões Norte e Nordeste foram as que mais registraram crescimento, quando com- parado o primeiro semestre deste ano com o mesmo período dos últimos cinco anos. Na Região Norte o aumento foi de mais de 100%, tanto no geral quanto na faixa prioritária, pas- sando de 29.114 para 63.745, no geral, e de 14.376 para 33.963, na faixa prioritária. No Nordeste, o principal aumento foi na faixa pri- oritária, ampliando em cinco vezes o número de mamografias realizadas, passando de 124 mil para 629.517. No geral, o número de exa- mes saltou de 261.341 para 401.421. Na comparação com anos fechados, o total de mamografias realizadas na faixa etária prio- ritáriaaumentou61,9%entre2010(1.547.411) O Centro de Novos Tratamen- tos Itajaí disponibiliza tratamen- to gratuito com novos medica- mentos para pacientes de todo o país. Quase 600 mil novos ca- sos de câncer são previstos no Brasil. Uma doença que avan- ça, mas que a medicina tenta combater com novos medica- mentos que buscam dar quali- dade de vida para quem foi di- agnosticado com algum tipo de tumor cancerígeno. No Centro de Novos Tratamentos Itajaí, uma equipe médica busca aper- feiçoamento em congressos de oncologia no Brasil e no exteri- or e participa de pesquisas que possibilitam testes com novos medicamentos. As novas fór- mulas desenvolvidas por espe- cialistas buscam melhorar a qualidade de vida, a diminuição dos efeitos colaterais do trata- mento e esperança para os pa- cientes. Neste momento, estão Prevenção do câncer de mama e2014(2.506.339).Jáemnúme- ros totais desses exames, o au- mento foi de 41,8% entre 2010 (3.035.421)e2014(4.304.619). O Sistema Único de Saúde (SUS) garante a oferta gratuita deexamedemamografiaparaas mulheres brasileiras em todas as faixas etárias.Afaixa dos 50 aos 69 anos é definida como público prioritário para a realização do examepreventivopelaOrganiza- ção Mundial de Saúde (OMS) e seguida pelo Ministério da Saúde baseado em estudos que comprovam maior incidência da doença e mai- or eficiência do exame. O rastreamento é uma estratégia de detecção precoce utilizada em políticas públicas para populações-alvo espe- cíficas a fim de reduzir a mortalidade por uma determinada doença. Essas diretrizes visam aprimorar a política de atenção ao câncer, ga- rantindo também que todas as mulheres, inde- pendente da idade, com pedido médico, façam o exame. Desta forma, o Ministério da Saúde tem garantido investimento crescente na as- sistência oncológica, com ampliação de 45% dos recursos nos últimos quatro anos, totali- zandoR$3,3bilhõesem2014. MOBILIZAÇÃO – Neste Outubro Rosa, a campanha vai enfatizar para as mulheres que buscar informações confiáveis constituem importante estratégia para a detecção preco- ce e o controle do câncer de mama. Há con- senso científico atualmente sobre a influên- cia de fatores comportamentais no desenvolvimento de diversas doenças, inclu- sive o câncer de mama. Manter uma alimenta- ção saudável, praticar atividade física regu- larmente e evitar o consumo de bebidas alcoólicas podem contribuir para a redução do risco de desenvolver câncer de mama. OmovimentopopularOutubroRosaéinterna- cional. Em qualquer lugar do mundo, a ilumina- ção rosa é compreendida como a união dos po- vos pela saúde feminina. Em Brasília, o prédio CentraldoMinistériodaSaúde,oCongressoNa- cional e outros monumentos públicos estão ilu- minados com luzes cor-de-rosa. O movimento também está presente em várias partes do país. INCA-Paraestabelecerefomentaracomuni- cação com as mulheres e a população sobre o câncer de mama, a campanha do INCA deste ano vai contar com cartaz, filipeta, e hotsite (www.inca.gov.br/outubro-rosa),alémdeinser- ções nas mídias sociais do Ministério da Saúde (facebook, twitter e Blog da Saúde). Outra ação de comunicação promovida pelo Institutoéaexposição“AMulhereoCâncerde Mama no Brasil”, que aborda aspectos históri- cos, médicos e culturais das mamas, com aten- ção especial ao câncer e à evolução das ações paraoseucontrolenoBrasil.IniciativadoINCA e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a mos- tra é composta por 22 painéis que serão dispos- tosnoTerminalAlvorada,naBarradaTijuca,no RiodeJaneiroemparceriacomoConsórcioBRT. A exposição também conta com uma versão digital que pode ser exibida em eventos e ini- ciativas de mobilização. Os interessados de- vem entrar em contato com o INCA pelo e- mail atencao_oncologica@inca.gov.br e fazer a solicitação do material. Amanda Mendes, (61) 3315-3580 e 3315- 2577 Tratamentodecâncer abertos em Itajaí testes para o HER2 positivo, o tipo mais severo de câncer de mama; para o câncer de pulmão; lúpus e câncer de cabeça e pescoço. Um estudo clínico demonstra oti- mismo em relação ao lúpus, uma doença auto- imune que pode afetar principalmente pele, articulações, rins, cérebro, mas também todos os demais órgãos.A reumatologista Luciana Fornari, da equipe do Centro de Novos Trata- mentos Itajaí explica que a incidência da do- ença ocorre mais em mulheres com idade en- tre 20 e 45 anos. Os testes em pacientes com lúpus vêm apresentando bons resultados com os protocolos aplicados e remédios que dimi- nuem o efeito colateral. Isso é importante por- que proporciona melhor qualidade de vida para enfrentar a doença. Os testes feitos gra- tuitamente ajudam também medicina a encon- trar novas fórmulas que possam ser eficazes e quem sabe, levar à cura.Os protocolos aber- tos no Centro de Novos Tratamentos Itajaí também se aplicam ao câncer de cabeça e pes- coço.Atentativa é amenizar os efeitos colate- rais da quimioterapia com os novos medica- mentos. O médico Gustavo Nunes Bento explica que esse tipo de câncer atinge princi- palmente a faringe e a laringe e pode ser pro- vocado pelo fator genético ou de meio ambi- ente como o cigarro, o álcool e o HPV - uma doença sexualmente transmissível. “Esse es- tudo tem o intuito de introduzir o quimioterá- pico na tentativa de controlar uma doença, quando não há mais perspectiva que se pos- sa fazer nem cirurgia, nem radioterapia para esses pacientes. A quimioterapia isolada en- tra no tratamento com intuito de controlar a doença, fazendo com que a pessoa tenha a vida mais próxima ao normal”, explica o médi- co Gustavo Nunes Bento.Os avanços na me- dicina são grandes nos últimos anos e isso fortalece a esperança, a superação e a solu- ção na luta contra o câncer. “ Quando os paci- entes participam de protocolos como estes, a ciência ganha, porque é durante a pesquisa que novos tratamentos surgem. É importante que quem recebeu o diagnóstico positivo para câncer, consulte o seu médico para ver se exis- tem estudos abertos”, explicou o médico on- cologista Giuliano Borges.Assessoria de Im- prensa Juliana Soares 47 9648 7664, Luana Lemke|4791778259 Margareth Santos | 47 8421 6727
  16. 16. A CidadeA Cidade 17De 23 a 29 de outubro de 2015 A Delegacia de Policia de São Pe- dro do Sul, abriu inquérito para in- vestigar um caso de briga generaliza- da que ocorreu durante este final de semana e resultou na morte de Reni P O L I C IA Durante esta semana o Delegado Re- gional de Polícia, Sandro Meinerz, se manifestou sobre a legalização de dro- ga,poiséumtemapolêmico.Enquanto muitos defendem a legalização, a des- criminalização,quemjáfezissohámui- totempo,portantotemumaexperiência Jovem de 26 anos é morto a tiros Por volta das 02h37min da madru- gada do dia 15 ocorreu mais um cri- medehomicídioqueresultounamor- te de Diogo Oliveira de Almeida, atingido na cabeça por três disparos de arma de fogo. A vítima estava com uma bicicle- ta, um celular e dinheiro no bolso. Nada foi levado. Autor do crime negociou com a Polícia sua apre- sentação no dia 19, segunda-feira, a 2 Delegacia de Polícia pediu a prisão preventiva de Adilson José Simão,23 anos, que confessou o crime, tendo declarado que estava com o revólver da vítima,e matou Diogo. Foi preso pelo crime de cár- cere privado e homicídio qualifica- do. Adilson Simão, ao ser preso também havia sido ouvido na De- legacia de Pronto Atendimento, ao Delegado de Plantão, como não ti- nha dinheiro para pagar a fiança, foi recolhido ao presídio. Garotadeprogramaémortaafacadas A Delegacia da Mulher, através da Delegada Débora Dias, abriu inquérito para investigar a morte de uma garota de programa e viciada em crack. Estava internada desde dia 29 de setembro e terminou fa- lecendo no dia 15, quinta-feira. Segundo informações da delega- da, Ana Paulo, 39 anos, disputa- va um ponto de prostituição ou dí- vida com drogas. Diversas pesso- as já prestaram depoimentos e um suspeito já existe, provavelmente um homossexual, também há sus- peita de que um adolescente tenha participado do crime. Encontrodecadáver ADelegacia de ProntoAtendimen- to, através do Delegado de plantão compareceu em Arroio Grande em via pública, onde foi localizado o corpo de um homem em estado de decomposição e completamente des- pido. Devido as chuvas o IGP foi dis- pensado e também por falta de iso- lamento do local. O corpo ainda não foi identificado. Homem morre afogado enquanto pescava Resultou como vítimaValdemar de Menezes Grigolo, uma rede d’água em umaAreiera, no Passo doArenal. Briga generalizada mata jovem de 24 anos da Silva, que não resistindo aos feri- mentos entrou em óbito no dia 19, segunda-feira.Algumaspessoajápas- saram a prestar depoimentos sobre o crimedehomicídio. Legalização de droga prática séria e importante sobre o as- sunto, caminha no sentido contrário, porque os efeitos colaterais são nefas- tos, aumentam os índices de criminali- dadeenãoacabamcomotráficodedro- gas. Se na Holanda, que é um país desenvolvido, a medida não deu certo, imagina no Brasil, onde faltaseriedade,faltampo- líticas públicas (saúde, educação e segurança), faltam investimentos e existecorrupçãoemtodos osníveis.Alémdisso,ali- beração ou legalização de drogas, com autorização paracomercialização,será uma atividade tributada, como ocorre com o cigar- ro,oque,indubitavelmen- te, tornará a droga muita cara, conseqüentemente, não acabará com o tráfico de drogas. O assunto ne- cessita de profunda e sé- riareflexão. Faltandopoucomaisdeumasemanapara oDiadeFinadosseintensificaatempora- dadelimpezanoscemitérios.Equipesda prefeitura estão desdobradas para aten- derademanda.Apóstantosdiasdechu- vaseventosficammaisvisíveisostradici- onais problemas de conservação dos cemitérios,sempremotivodereclamações, quaseoanotodo,de familiaresdosmor- tos,quecomparecemaoslocaisafimde prepararoambienteparaodia dehomenagemaosseusentes queridos.APrefeituraadminis- tracincocemitériospúblicose, recentemente,passouacuidar também do Parque Jardim SantaRita.OCemitérioEcu- mênico Municipal, no bairro Patronato,omaiordacidadeé o que exige mais cuidados e ondeseconcentraomaiornú- merodefuncionários.Asrecla- mações surgem de ambos os Faxina nos cemitérios lados,dosproprietáriosedasequipesde limpeza,asquaisacusamosvisitantesde deixarementulhosdepoisdafaxinanostú- mulos.ASecretariadeInfraestruturaeSer- viçosinformouquenasegunda-feira,19, umaequipedefuncionáriosrealizava lim- pezanoCemitérioJardimdaSaudade,na Caturrita,especialmente,naretiradadeár- voresderrubadasduranteotemporalda quarta-feira,15.
  17. 17. A CidadeA Cidade18 De 23 a 29 de outubro de 2015 23-10 FrancieleA. Campos Sílvia Carvalho Maira Saibt Sandra L. Pinto Sandra Denardin 24-10 Tiago G. Rocha Carmen J.A.Vares Heron C. C.Agne Carlos E.da Cás Maria S. Cechella Seila Maria S. Rosa João Percharki 25-10 VivianeB.Corrêa VivianeBorelli Giovanna D. Corte Cristina Barin CarlaKowalski 26-10 Mari Ângela R. dos Santos MárciaGehm Luciano Saccol JamesPizzarro Felipe Denardin ValdirKöhler Lea Regina M. Xavier 27-10 Onira B. Soares Muriel DallaVechia Juliana Mostardeiro Sabrina Moraes IrconVey Terezinha Saccol 28-10 AlexFerrão Bibiana Crosseti Marco Antonio Neves Daniel Jornada Braga Carlos Londero Vanessa Percharki Carolina Ilha LeomyrGirondi Carolina Ilha Ricardo Barros 29-10 Natacha F. da Rosa Algenor S. da cruz James F. Gressler JoséA. M. Félix Juarez F. Polino GracielaB.Aita EmíliaGiffoni Gilson da Cás SANTOS DA SEMANA: João de Capistrano (23); AntônioMariaClaret,LuisGuanella(23);Antôniode Sant’AnnaGalvão,Gaudêncio,CrispimeCrispiniano (25); Evaristo Papa (26); Frumêncio, Elesbão (27); JudasTadeu, SimãoApóstolos (28); Narciso e Bem- Aventurado Caetano Errico (29). SÃO JUDASTADEU: Também chamado deJudas Tadeu, Judas Lebeus e Judas.O Padroeiro das causas difíceis, desesperadas e até perdidas é bastante vene- rado em todo o mundo devido as inúmeras graças al- cançadaspelosdevotos.EssadevoçãosurgiunaFrança e naAlemanha no fim do século XVIII. No Brasil, é umsantomuitopopulareseucultosurgiunoiníciodo século XX. Suas relíquias atualmente são veneradas na Basílica de São Pedro, em Roma.Festejado em 28 e outubro, data provável de sua morte. Ele foi um dos 12 apóstolos de Cristo. Irmão de Thiago, José, Simão e Maria Salomé. Era primo irmão de Jesus. Sua mãe MariaCleofasseriaprimadeMariaSantíssimaeopai Alfeu irmão de São José. Nasceu em Caná de Gali- leia, na Palestina. Na cidade sua imagem se encontra na Paróquia do Rosário, da qual é um dos padroeiros, à pedido de Dom Antônio Reis – idealizador dessa igreja – e que aniversariava no dia do santo. Sincretismo:Na Umbanda com o Orixá Xangô (Ori- ente), em algumas regiões ao Obaluaê ouAbaluaiê e com Ossanha, no Candomblé. NaAstrologia é o pro- tetor do signo de Áries.Oração para casos desesperados:GloriosoApóstolo.Fiel servo e amigo de Jesus!A Igreja vos honra e invoca por todo o mun- do como Patrono dos casos desesperados e dos ne- gócios sem remédio.Rogai por mim que estou desolado.Eu vos imploro, fazei uso do privilégio.Que tendes de trazer socorro imediato.Onde o socorro desapareceuquasequeporcompleto.Assiste-menesta grande necessidade.Para que eu possa receber as con- solações e auxílio.Do céu em todas as minhas preci- sões,tribulaçõesesofrimentos.SãoJudasTadeu,lem- brar-me-ei sempre deste grande favor... E nunca deixar de vos louvar e honrar com meu especial.E poderoso patrono.E fazer tudo que estiver ao meu alcance.Para espalhar a Vossa devoção por toda parte.Amém...São JudasTadeu rogai por nós. Rezar um Pai Nosso, umaAve Maria e Glória ao Pai THEATROTREZEDEMAIO(3028-0909):Hoje, FacesdeNayara,às20h,amanhãIIAlShamsemDan- ça,às20h,Terça-feiraUmplanoe4mãos,às20h30min. CAVALGADA SANTO EXPEDITO: Dia 22 de novembro pela estrada do Perau até o santuário em Itaara, 3223-1212. ADCE: Homens na cozinha, é dia 31 no salão paroquial das Dores, já confirmaram oito cozinhas com gastronomia diferenciada são em- presários, políticos e entre eles o prefeito Cesar Schirmer, Tubias e Passini.Todaareceitaserádistribuídaaentidadesassistenciais.Ocusto por pessoa é 80 reais incluindo a bebida a vontade. O presidenteAde- mar Pozzatti e o empresário Fernando Frizzo coordenando este gran- dioso evento. Convites 9971-9409. UNESCO: Nova Iorque, Londres e Paris marcaram dia 02 de no- vembrocoordenadopelaONUodiamundialdecombateàimpunida- de no mundo nos últimos anos já foram vítimas de 700 jornalistas. POLITÉCNICO:ÉocolégiotécnicoindustrialdaUFSM,são1220 vagas em cursos gratuitos de espanhol e inglês na modalidade educa- ção à distância, inscrições até dia 09 de novembro. SESC IDOSO: Dentro da programação do mês, hoje às 14h na sede técnica de relaxamento, domingo às 19h na Praça Saldanha Ma- rinho,RockdeGalpãoedia27às14haçãosocialmaturidadeativano AsiloVila Itagiba, 3223-2288 ARROIO DO SÓ: Aescola Estadual de Ensino Fundamental Prin- cesa Isabel começou como grupo escolar em 23 de outubro de 1940 e em1977 virou Escola Estadual de 1º Grau. A FESTA PARA O F U S C A : Será de 30 à 1º de No- vembro no centro de eventos da UFSM. De todo estado aqui estarão aqueles que possuemesta r e l í q u i a . Aberturados portões no sábado às 10heoingresso1kgdealimento.Destacamoshojeofuscadapoliciarodoviáriaesta- dualpelasuaconservaçãoequeestavaexpostonaOktoberfestemSantaCruzdoSul. CENTRALDEMATRÍCULAS:Éumaparceriaentreestadoemunicípioparame- lhorcolocarosalunosnoscolégiosnaredeescolarelafoicriadanodia23deoutubrode 2009,suasedeénaSerafimValandroanexoaocolégioCíceroBarreto,3220-1064. SESC:Hojeàs14h,técnicaderelaxamentonasededoParqueItaimbé,domingo às 19h, rock de galpão na Saldanha Marinho e dia 27 às 14h, MaturidadeAtiva no AsiloVilaItagiba. LAR DAJOAQUINA:Amanhã as 20 horas, palestra com Jerri Roberto Santos deAlmeida. PresidenteVargas 1920. 32213197 ADCESUSTENTABILIDADE:Seráofórumqueainstituiçãopromovedia10 e 11 de novembro em Porto Alegre. Importantes palestras, inscrições (51) 33320811.ACDE do estado. FEIRA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA: será hoje a partir das 10h no CDM. Uma realização da secretaria da educação em com parceria com os colégios. Maria passa na frente e vai abrindo estradas e caminhos. Abrindo portas e por- tões. Abrindo casas e corações. A mãe indo na frente, os filhos estão protegidos e seguem seus passos. Maria passa na frente e resolve tudo aquilo que somos incapa- zes de resolver. Mãe cuida de tudo que não está ao nosso alcance. Tu tens poderes para isso! Mãe, vai acalmando, serenando e amansando corações. Termina com o ódio, os rancores, as mágoas e as maldições! Termina com as dificuldades, tristezas e tenta- ções. Tira teus filhos da perdição! Maria, tu és Mãe e também Porteira. Maria passa na frente e cuida de todos os detalhes, cuida, ajuda e protege a todos Teus filhos. Maria, eu te peço: passa à frente! Vai conduzindo, ajudando e curando os filhos que necessitam de ti. Ninguém foi decepcionado, depois de ter invocado a tua proteção. Só a Senhora, com o poder de teu Filho, Jesus, pode resolver as coisas difíceis e impossíveis. Nossa Senhora, faço esta oração pedindo a tua proteção! Amém! Maria Passa na Frente
  18. 18. 19De 23 a 29 de outubro de 2015 Nasexta-feiracirculaojornal A cidade, há mais de 17 anos e no sábado das 10h às 12h o nosso espaço na rádio Imem- buí.Somosgratosaosapoiado- resquenosacompanhamneste É o espaço do empreendedor trabalhocomunitário.Podemos transmitir da sua empresa va- mos agendar? 3223-5192 CORRETOR DE IMÓ- VEIS: Delso da Rosa conheci- do por DR Imóveis no merca- do,comcredibilidadeconfiança no que transmite. Estabelecido na Niederauer próximo ao cor- po de bombeiros com uma his- tóriaconstruídacomtrabalhoe dedicação é conhecedor do mercadoimobiliárioecontabi- liza os milhares de comprado- resevendedoresqueutilizaram seuserviço.
  19. 19. Sexta-Feira, 23 de outubro de 2015 Ano XVII - Edição 1090 - R$ 1,50 Teresa e Albino Pozzo- bom o casal que valoriza os eventos da cidade, mas felizes pelos três filhos, o Ademar vereador, o Jorge destaca-se na assembleia como deputado, pois ele é um estudioso de direito e como se sabe no parla- mento poucos tem esse privilegio alguns são bons de votos, mas ruim em cul- tura e o Carlos o homem das palestras dos cursos, da motivação, requisitado neste Brasil a fora. Pare- ce-me que agora por aqui empresas, entidades, pro- motores estão valorizando mais os nossos talentos, é um bom sinal. No passado comentava-se asilo onde as pessoas sem recurso eram acolhidas pelos administradores e para quem mantinha este tipo de serviço, com o passar do tempo com a mudança comportamental um novo con- ceito pela qualidade, pela estrutura e pelo serviço prestado somando-se a tudo isso o surgimentodeinúmerasenfermidades.Quan- do a idade avança tudo aparece e em um tempo distante as famílias eram numerosas ficava fácil cuidar de um doente ou idoso. Na missa às 9h, no santuário da padroei- ra do estado com a presença e a celebra- ção por Dom Hélio, grande número de sa- cerdotes e o destaque foi para o colégio Divina Providência. A missa tinha como tema principal a homenagem para as cri- anças e o arcebispo com muita proprieda- de tocou no assunto destacando os peque- nos que serão o futuro promissor do nosso país. Abordou também a caminhada para a Romaria de Nossa Senhora Medianeira no dia 08 de novembro no qual conclamou aos devotos, a comunidade para que se integre mais no projeto evangelizar, bem como para que a cidade possa acolher os visitantes com fé e muita humildade. De nossa par- te mais uma vez concla- mamos o que abordamos constantemente limpar as pichações da cidade prin- cipalmente na Rua Acam- pamento, e Av. Medianei- ra por onde vai passar a procissão. É o mínimo que podemos fazer aos visitan- tes e que Nossa Senhora proteja os pichadores para que formem uma consci- ência sadia e que aprendam que danifican- doopatrimônioemnadavaicontribuircom nossa Santa Maria. A Romaria deste ano marca quarenta anos, que na 32ª Romaria, em1975inaugurouoatualmonumentopor DomAlbino Luciane, Cardeal Patriarca de Veneza que em 1978 tornou-se Papa João Paulo I. TREZENA MÓVEL: inicia nesse do- mingo, 25, na Catedral Metropolitana , a Trezena Móvel em preparação à 72ª Ro- maria da Mãe Medianeira, marcada para 8 de novembro. Nesse ano, fiéis serão Romaria A MedianeiraRomaria A Medianeira motivados pelo Tema: “Com Maria, vía- mos nossa vocação e missão” e pelo Lema: “Maria do Sim, ensina-me a viver meu sim. Ó roga por mim, que eu seja fiel até o fim”. A Trezena se estende até o dia 6 de novembro sempre às 20h. Nessa edição, além de temas específicos nas pregações, durante a trezena será abor- dada a oração da Ave Maria. Roteiro da fé:Segunda-feira, 26 – Paróquia da Glória; Terça-feira,27 – São João Evan- gelista; Quarta-feira, 28 – Nossa Senho- ra Aparecida (Tancredo Neves); Quinta- feira, 29 – Santuário Nossa Senhora de Lourdes – Paróquia da Ressurreição. Fotos fazem Arquivo Solar e vida saúde Comavelocidadedatecnologiaedoconsu- mismoasfamíliassãomenoresenãoconse- guemestruturaparamanteremdomiciliopara recebercuidadosadequadamenteecomisso surge as casas geriátricas ou residencial ge- riátrico, em nossa cidade são quase duas dezenas e quem investiu no setor sente-se realizado,poisgeralmenteprofissionaisdeen- fermagem investem no segmento. É neces- sário gostar do que faz e saber entender o idoso e o doente, bem como proporcionar a eleumfinaldevidafeliz.Elescons- tituem uma nova família nessas ca- sas e lá é sua residência com apoio médico, enfermagem, fisioterapia, enfim tudo aquilo que faz bem para a mente e para a saúde. As enfer- meiras Márcia e Gessi conhecedo- ras de sua atividade são empresari- as do setor, administram três casas oResidencialGeriátrico,queémis- to na vila Formosa, há mais de 11 anos, lá a Márcia começou, posteri- ormente em parceria com a Gessi foi aberto o Solar casa de repouso para Idosos, na Fernando Ferrari e Dr. Turi. As três casas totalmente lotadas constata-se o quanto procuram este trabalhoetematendimentoadomicilioenas casas o atendimento é 24h, inclusive alguns planos de saúde, quando o idoso precisa da internação eles são colocados nessas casas comacompanhamentomédicogratuito,com oplanodesaúdequeoconveniadopagoeas empresárias focadas neste empreendimen- to,novosinvestimentosvirãoembreveese- gundo elas a tendência é um crescimento grandioso de casas geriátricas para cuidar deidosos.

×