Será que é possível ser um bom pai ou mãe

989 visualizações

Publicada em

Simone Helen Drumond

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
989
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Será que é possível ser um bom pai ou mãe

  1. 1. Será que é possível ser um bom pai ou mãe? Precisamos, na verdade, de conhecer o pai perfeito que nos ama muito mais do que imaginamos. O seu nome é Deus. Na medida que começamos a conhecê-Lo, e a deixá- lo tomar conta das nossas vidas, Ele irá ensinar-nos como ser bons pais.Autora da Apostila: Simone Helen Drumond http://simonehelendrumond.blogspot.com simone_drumond@hotmail.com (92) 8808-2372 / 8813-9525
  2. 2. Será que é possível ser um bom pai ou mãe? Precisamos, na verdade, de conhecer o pai perfeitoque nos ama muito mais do que imaginamos. O seu nome é Deus. Na medida que começamos aconhecê-lo, e a deixá-lo tomar conta das nossas vidas, Ele irá ensinar-nos como ser bons pais. Comunique! Hoje em dia cada um tem a sua vida - uma vida corrida, atarefada... enfim, não há muito tempo para falar aos filhos sobre o seu dia, tanto as dificuldades como também os momentos bons. Se quisermos ter um bom relacionamento com os nossos filhos, temos de arranjar tempo suficiente para falar com eles e para nos interessar por eles. Se você não faz isso, outras pessoas de má índole farão por você. Autora da Apostila: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com
  3. 3. Será que é possível ser um bom pai ou mãe? Precisamos, na verdade, de conhecer o pai perfeitoque nos ama muito mais do que imaginamos. O seu nome é Deus. Na medida que começamos aconhecê-lo, e a deixá-lo tomar conta das nossas vidas, Ele irá ensinar-nos como ser bons pais. Encoraje! Queremos tanto que os nossos filhos tenham sucesso nas suas vidas que é fácil criticá-los sempre que as suas notas não são tão altas como esperávamos, ou quando têm dificuldades na escola. A nossa atitude de crítica não os ajuda - é melhor antes mostrar o nosso amor e apoio, e comunicar-lhes que eles são filhos preciosos para nós, quer tenham sucesso ou não. Nem todos são estudiosas e intelectuais - Deus criou todos nós com capacidades diferentes e não devemos ficar desapontados se os nossos filhos não têm aptidão na escola. Autora da Apostila: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com
  4. 4. Será que é possível ser um bom pai ou mãe? Precisamos, na verdade, de conhecer o pai perfeitoque nos ama muito mais do que imaginamos. O seu nome é Deus. Na medida que começamos aconhecê-lo, e a deixá-lo tomar conta das nossas vidas, Ele irá ensinar-nos como ser bons pais. Não minta! Sempre que mentimos, estamos a dar um exemplo mau aos nossos filhos, e é claro que eles irão copiar-nos e começar a mentir também. Que bom quando os filhos confiem em nós e sabem que a nossa palavra é verdadeira. Por isso, convêm pensar duas vezes antes de mentir e desta forma: "faça o que eu digo e não faças o que eu faço" pode tornar-se "faça o que eu digo e o que eu faço" Autora da Apostila: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com
  5. 5. Será que é possível ser um bom pai ou mãe? Precisamos, na verdade, de conhecer o pai perfeitoque nos ama muito mais do que imaginamos. O seu nome é Deus. Na medida que começamos aconhecê-lo, e a deixá-lo tomar conta das nossas vidas, Ele irá ensinar-nos como ser bons pais. Perdoe sempre que o filho estiver arrependido! Se o filho fizer uma asneira e se estiver arrependido, nós como pais devemos sempre perdoá-lo e confirmar o nosso amor por ele. Autora da Apostila: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com
  6. 6. Será que é possível ser um bom pai ou mãe? Precisamos, na verdade, de conhecer o pai perfeitoque nos ama muito mais do que imaginamos. O seu nome é Deus. Na medida que começamos aconhecê-lo, e a deixá-lo tomar conta das nossas vidas, Ele irá ensinar-nos como ser bons pais. Peça perdão! Se o pai ou mãe fizer uma coisa errada, ou se um deles estiver zangado sem razão, deve procurar um tempo oportuno para pedir perdão ao filho. Custa um pouco, mas vale a pena! Os filhos respeitam os pais que admitem as suas falhas e é bom para eles verem que os pais não são perfeitos! Autora da Apostila: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com
  7. 7. Será que é possível ser um bom pai ou mãe? Precisamos, na verdade, de conhecer o pai perfeitoque nos ama muito mais do que imaginamos. O seu nome é Deus. Na medida que começamos aconhecê-lo, e a deixá-lo tomar conta das nossas vidas, Ele irá ensinar-nos como ser bons pais. Tenha algumas regras! As crianças sentem-se mais seguras com algumas regras, mas com certeza vão testar se as regras realmente funcionam e qual é o castigo de não as cumprir. Tenha cuidado que as regras não são duras demais ou senão o seu filho vai sentir ressentimento e vai rebelar-se. É melhor explicar a razão das regras existirem - que são para o melhor do filho e não para impedir que se divirta. Autora da Apostila: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com
  8. 8. Será que é possível ser um bom pai ou mãe? Precisamos, na verdade, de conhecer o pai perfeitoque nos ama muito mais do que imaginamos. O seu nome é Deus. Na medida que começamos aconhecê-lo, e a deixá-lo tomar conta das nossas vidas, Ele irá ensinar-nos como ser bons pais. Há um versículo na Bíblia que diz: "Pais, não irritem seus filhos, antes criem-nos segundo a instrução e o conselho do Senhor." (Efésios 6.4) Irritamos os nossos filhos com regras que não fazem sentido, ou quando somos hipócritas é um fator negativo para educação familiar. Autora da Apostila: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com
  9. 9. Será que é possível ser um bom pai ou mãe? Precisamos, na verdade, de conhecer o pai perfeitoque nos ama muito mais do que imaginamos. O seu nome é Deus. Na medida que começamos aconhecê-lo, e a deixá-lo tomar conta das nossas vidas, Ele irá ensinar-nos como ser bons pais. Tenha um castigo apropriado quando a regra é desobedecida! Pense bem no castigo e comunique-o ao seu filho. O castigo deve ser suficientemente duro para ele não volte a desobedecer a regra, mas não deve causar dano físico ou emocional. O castigo deve depender da idade do filho - por exemplo, podia dar uma palmada a uma criança pequena mas para um jovem isto já não é apropriado. Autora da Apostila: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com
  10. 10. Será que é possível ser um bom pai ou mãe? Precisamos, na verdade, de conhecer o pai perfeitoque nos ama muito mais do que imaginamos. O seu nome é Deus. Na medida que começamos aconhecê-lo, e a deixá-lo tomar conta das nossas vidas, Ele irá ensinar-nos como ser bons pais. Não mime os filhos! Não dê tudo que os filhos querem, nem todo o dinheiro que pedem. Antes é melhor que eles aprendam a esperar pelas coisas que querem, porque assim ao as receberem passam a valorizá-las mais. Autora da Apostila: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com
  11. 11. Será que é possível ser um bom pai ou mãe? Precisamos, na verdade, de conhecer o pai perfeitoque nos ama muito mais do que imaginamos. O seu nome é Deus. Na medida que começamos aconhecê-lo, e a deixá-lo tomar conta das nossas vidas, Ele irá ensinar-nos como ser bons pais. Cuide da auto-estima do seu filho! Todos nós somos sensíveis às palavras dos outros, e em particular as crianças. Se o filho tem uma baixa auto-estima por causa de sua aparência ou personalidade, nós como pais devemos fazer tudo para lhe comunicar palavras de aceitação e amor. Autora da Apostila: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com
  12. 12. Será que é possível ser um bom pai ou mãe? Precisamos, na verdade, de conhecer o pai perfeitoque nos ama muito mais do que imaginamos. O seu nome é Deus. Na medida que começamos aconhecê-lo, e a deixá-lo tomar conta das nossas vidas, Ele irá ensinar-nos como ser bons pais. Não tenha favoritos! Do passado até ao presente têm sucedido problemas terríveis por causa de rivalidades e ciúmes resultantes de situações em que pais têm amado um filho mais do que outro. Cuidado! Faça um esforço para amar todos os filhos igualmente e ser justo com cada um. Autora da Apostila: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com
  13. 13. Agradeço aos meus queridos sobrinhos PAULO HENRIQUE CARVALHO, MARCOS VINICIUS CARVALHO e GABRIEL CARVALHO, por todos esses ensinamentos. Outras dicas para ajudar seusfilhos em diversos aspectos doseu cotidiano social e escolar, você pode encontrar em...http://simonehelendrumond.blogspot.comAutora da Apostila: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com

×