ComunicaçãO Mc

452 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
452
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ComunicaçãO Mc

  1. 1. Alexandra Ferreira Ana Rita Dias Ana Rita Ribeiro Catarina Peixoto Marta Marques
  2. 2. “ A comunicação corre nas veias do ser humano: tal como precisamos de água e alimento para sobreviver, precisamos igualmente de comunicar, de dizer, de dar a conhecer!  Se comunicar fosse algo dispensável então os poetas não escreveriam poemas, os cantores não cantariam e os pintores poderiam guardar as suas telas.”
  3. 3. <ul><li>Primeiros serviços de correios </li></ul><ul><li>Eram utilizados os viajantes para levar as mensagens destinadas a pessoas que poderiam encontrar nos seus destinos. </li></ul><ul><li>O Rei e a nobreza detinham o controlo total de um serviço regular de comunicações. </li></ul><ul><li>A Igreja possuía um serviço secreto baseado nos membros das ordens religiosas. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Invenção do Correio-Mor </li></ul><ul><li>A época dos descobrimentos obrigava a contactos intensos entre o Reino, a nobreza e a burguesia com outros estados e mercados – era necessária a existência de um serviço postal eficiente e seguro. </li></ul><ul><li>1520 - D. Manuel I cria o ofício do Correio-Mor, uma pessoa que, a pé ou a cavalo, se deslocava às localidades para distribuir a correspondência. </li></ul><ul><li>Apesar da grande evolução e chegada do serviço a qualquer cidadão, estava dependente das condições climatéricas e do caminho, sendo moroso e incerto. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>A Mala-Posta </li></ul><ul><li>1797 - primeira tentativa do Serviço da Mala-Posta. </li></ul><ul><li>Eram conduzidas pelo cocheiro ou postilhão e puxadas por cavalos, substituídos nas paragens em Estações de Muda criadas para o efeito. </li></ul><ul><li>O Serviço da Mala Posta regia-se por um regulamento próprio que continha os percursos a realizar e as regras básicas, sendo um serviço regular. </li></ul><ul><li>O tempo da viagem dependia das condições das estradas, geralmente degradadas. </li></ul><ul><li>1864 - extinção do Serviço da Mala Posta. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Ambulância-Postal </li></ul><ul><li>Com a necessidade de tornar o serviço mais rentável, foi instituído o selo – imposto pago pelo remetente: considerado uma das maiores inovações. </li></ul><ul><li>O serviço postal acompanhou a evolução tecnológica, aproveitando os novos meios como o carro e o comboio para realizar a distribuição – criação da Ambulância Postal. </li></ul><ul><li>A partir dos anos 60, deu-se um aumento significativo do uso dos Correios. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Marco do Correio e Caixa Postal </li></ul><ul><li>O Estado promoveu as pequenas redes de correio, criando a distribuição domiciliária. </li></ul><ul><li>1800 - Diogo de Mascarenhas Neto aprova o diploma de distribuição pública de correio em Lisboa, criando 17 distritos postais. </li></ul><ul><li>Levou à criação de caixas públicas que deram origem aos marcos de correio. </li></ul><ul><li>Devido a todas as condicionantes da toponímia, só começou a funcionar em 1821. </li></ul>
  8. 9. <ul><li>CTT – Correios: 500 anos de existência </li></ul><ul><li>Serviço que acompanhou e ainda acompanha a evolução da tecnologia, inovando. </li></ul><ul><li>1970 - os serviços de correio passam a empresa pública - Correios e Telecomunicações de Portugal. </li></ul><ul><li>Fim dos anos 70 - a administração aprova a existência de código-postal. </li></ul><ul><li>Anos 80 - a rodovia substitui a ferrovia na distribuição; </li></ul><ul><li>Em 1992, cria-se uma nova empresa separada das telecomunicações – CTT- Correios de Portugal SA. </li></ul>
  9. 11. <ul><li>Resumo prático de todas as palavras essenciais. </li></ul><ul><li>Índice alfabético para uma consulta fácil e imediata. </li></ul><ul><li>Imagens alusivas. </li></ul><ul><li>Cronologia com todas as datas e personalidades importantes. </li></ul><ul><li>Provérbios e Anedotas. </li></ul><ul><li>Pensamentos e Parábolas. </li></ul><ul><li>Poemas. </li></ul>
  10. 12. <ul><li>Abordagem clara à Linguagem corporal e à sua utilidade nas relações pessoais do dia-a-dia. </li></ul><ul><li>Indicadores de mentira: não se deixe enganar e entenda os sinais corporais. </li></ul><ul><li>“ Comunicar em público”: inclui as principais regras que o leitor deve seguir para ter uma apresentação de sucesso. </li></ul>

×