Letras de Amor nº14

389 visualizações

Publicada em

Informativo da Associação Espírita Teresa d'Ávila Porto Alegre/RS

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
389
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Letras de Amor nº14

  1. 1. LETRAS DE AMOR I N FORMAT IV O DA ASSO C IAÇ ÃO E SP ÍR ITA TE RE SA D ’ÁV ILA O Anjo da Limpeza ANO 04 — N° 14 Adélia ouvira falar em Jesus e tomara-se de tamanhaOutubro, Novembro paixão pelo Céu que nutria um desejo único: ser anjo para servir ao Divino Mestre. Para isso, a boa menina fez-se humilde ee Dezembro de 2011 crente, e, quando não se achava na escola em contacto com os livros, mantinha-se na câmara de dormir em preces fervorosas. Cercava-se de lindas gravuras, em que os artistas do pincel lembram a passa-gem do Cristo entre os homens, e, em lágrimas, repetia: Ó, Senhor, quero ser tua! Que-ro servir-te!... A Mãezinha, em franca luta doméstica, debalde convidava-a aos serviços dacasa. Adélia sorria, abraçava-se a ela e reafirmava o propósito de preparar-se para acompanhia do Divino Amigo. A bondosa senhora, observando que o ideal da filha sómerecia louvores, deixava-a em paz com os estudos e orações de cada dia. Meses cor-reram sobre meses e a jovem prosseguia inalterável. Orando sempre, suplicava ao Senhor a transformasse num anjo. Decorridosdois anos de rogativas, sonhou, certa noite, que era visitada pelo Mestre Amoroso. Je-sus envolvia-se em vasta auréola de claridade sublime. A túnica luminosa, a cair-lhe dosombros com graça e beleza, parecia de neve coroada de sol. Estendendo-lhe a destra compassiva, o Cristo observou-lhe: - Adélia, ouvi tuas súplicas e venho ao teu encontro. Desejas realmente servir-me?- Sim, Senhor! - respondeu a pequena, inflamada de comoção jubilosa, convencidade que o Salvador a conduziria naquele mesmo instante para o Céu. - Ouve! - tornou o Mestre, docemente. Ansiosa de pôr-se a caminho do paraíso, a jovem replicou reverente:-Dize, Senhor! Estou pronta!... Leva-me contigo, sinto-me aflita para comparecer entre os que retêm a glória de servir-teno plano celestial!... O Cristo sorriu bondoso, e considerou: Não, Adélia. Nosso Pai não te colocou inutilmente na Terra. Temos e-norme serviço neste mundo mesmo. Estimo tuas preces e teus pensamentos de amor, mas preciso de alguém que meajude a retirar o lixo e os detritos que se amontoam, não longe de tua casa. Meninos cruéis prejudicaram a rede de es-goto, a pequena distância do teu lar. Ao se concentrar perigoso foco de moléstias, ameaçando trabalhadores despreve-nidos, mães devotadas e crianças incautas. Vai, minha filha! Ajuda-me a salvá-los da morte. Estarei contigo, auxiliando-te nessa meritória tarefa. A menina preocupada quis fazer perguntas, mas o Mestre afastou-se, de leve... Acordou sobressaltada. Era dia. Vestiu-se à pressa e procurou a zona indicada. Corajosa muniu-se de desinfe-tantes, armou-se de enxada e vassoura pediu a contribuição materna, e o foco infeccioso foi extinto. A discípula obedi-ente, todavia, não parou mais. Diariamente, ao regressar da escola, punha-se a colaborar com a Mamãe, em casa, ze-lando também quanto lhe era possível pela higiene das vias públicas e ensinando outras crianças a serem tão cuidado-sas, quanto ela mesma. Tanto trabalhou e se esforçou que, certo dia, o diretor do grupo escolar lhe conferiu o título deAnjo da Limpeza. Professoras e colegas comemoraram festivamente o acontecimento. Chegada à noite, dormiu conten-te e sonhou que Jesus vinha encontrá-la, de novo. Nimbado de luz, abraçou-a com ternura, e disse-lhe brandamente: - Abençoada seja, filha minha! Agora, que os próprios homens te reconhecem por benfeitora, agradeço-te osserviços que me prestas diariamente. Anjo da Limpeza na Terra, serás Anjo de Luz no Paraíso. Em lágrimas de alegriaintensa, Adélia despertou feliz, compreendendo, cada vez mais, que a verdadeira ventura reside em colaborar com oSenhor, nos trabalhos do bem, em toda parte. (Francisco Cândido Xavier por Neio Lúcio. In: Alvorada Cristã) Nosso Endereço: Rua Gomes de Freitas, 340 — Porto Alegre — RS Email: aeteresadavila@gmail.com
  2. 2. Página 2 LETRAS DE AMOREDITORIALO Despertar da Consciência Ambiental Em O Livro dos Espíritos na questão ma, a imperícia e a imprevidência humana cau- 705 lemos: “Por que nem sempre a terra pro- sam os transtornos que hoje sentimos e, que, duz o bastante para fornecer ao homem o as gerações porvindouras sentirão ainda mais. necessário? É que, ingrato, o homem a des- Os Espíritas possuem responsabilida- preza! Ela, no entanto, é excelente mãe. Mui- de ampliada pelo conhecimento das leis divi- tas vezes, também, ele acusa a Natureza do nas, onde compreendemos que a lei de ação e que só é resultado da sua imperícia ou da sua reação se aplica a todos nossos atos, inclusive imprevidência.” atitudes ligadas aos cuidados com a natureza e Já faz algumas décadas que o ser o meio ambiente em que vivemos. humano vem contabilizando os estragos cau- Nosso comportamento deve zelar pelo sados por sua atuação negativa em relação meio ambiente natural e pelo meio ambiente ao meio ambiente em que vive. Toda vez que artificial, que é aquele construído pelo homem, falamos de preservação ambiental lembramo- como nossas cidades, pois sabemos que o nos de salvar as matas, as florestas, os ocea- descuido com um gera impacto direto no outro. nos, e lembramos também das indústrias com as grandes chaminés despejando fumaça. Pequenas ações individuais, como a economia de água potável, geram grande re- Na natureza, É primordial que nosso comporta- percussão coletiva. pequenas ações mento se altere, e que cada um faça sua par- te, deixando de lado estes clichês, e preocu- E se nossa consciência ambiental ain- individuais, geram pando-se com o lixo que produz em seu lar, da esta dormindo, que desperte logo, nem que grande repercussão em seu trabalho e em seu lazer. seja por egoísmo. Não entendeu? Todos nós para o coletivo. vamos reencarnar em algum tempo, e seremos Como já alertavam os Espíritos Reve- herdeiros do planeta que deixarmos para nós ladores em 1857, no texto em destaque aci- próprios.DEDO - Depto. DoutrinárioA Natureza é Sempre o Livro Divino Encontramos no livro “O Consolador”, pelo Espírito Emmanuel, psicografado por Francisco Cândido Xavier,as questões de número 27 e 121, em que se lê: “Como devemos compreender a Natureza?” e a resposta de Emmanuel foi a seguinte: “A Natureza é sempreo livro divino, onde a mão de Deus escreveu a história de sua sabedoria, livro da vida que constitui a escola de pro-gresso espiritual do homem evoluindo constantemente com o esforço e a dedicação de seus discípulos”. A pergunta 121 é a seguinte: “O meio Ambiente influi no Espírito?” e Emmanuel responde: “O meio ambienteem que a alma renasceu, muitas vezes constitui a prova expiatória; com poderosas influências sobre a personalida-de, faz-se indispensável que o coração esclarecido coopere na sua transformação para o bem, melhorando e elevan-do as condições materiais e morais de todos os que vivem na sua zona de influência”. Mahatma Gandhi disse certa vez: “Nós precisamos ser a mudança que nós queremos ver no mundo”. Decerta forma é a constatação do que foi dito por Emanuel, sobre tudo no que tange a própria transformação do Ho-mem para o bem, melhorando e elevando as condições materiais e morais de todos. A essência do que Gandhi quisdizer foi que, antes que o homem deseje modificar o mundo, ele deve começar por modificar-se a si próprio. Essa modificação se realiza em dois sentidos: de dentro para fora, isto é, em seus próprios pensamentos,em suas palavras e em suas ações, em relação a ele mesmo e projetando isso para o seu mundo exterior, e, por suavez, recebendo dele todas as informações necessárias para se engrandecer em conhecimentos, em experiências,sobretudo se modificar para melhor e, por conseguinte, SER aquilo que queremos para o nosso mundo, mas admi-tindo que não é a sua vontade pessoal que deve imperar, mas sim o bem estar da humanidade. Al Gore disse em seu livro “O Equilíbrio da Terra”, de 1992, que não surpreende que tenhamos nos tornadotão desconcertados com o mundo natural - e é incrível que ainda sintamos alguma conexão com nós mesmos. Acos-tumamo-nos com a ideia de um mundo sem futuro. As engenhocas de distração estão gradualmente destruindo aecologia interior da experiência humana. O essencial para esta ecologia é o equilíbrio entre o respeito pelo passadoe a fé no futuro, entre a crença no indivíduo e um compromisso com a comunidade, entre o nosso amor pelo mundoe o nosso medo de perdê-lo... Pensemos nisso e façamos a nossa parte.
  3. 3. LETRAS DE AMOR Página 3DAPSE – Depto. Assistência e Promoção Social EspíritaEscola de Progresso Espiritual O meio Ambiente influi no mente e, muitas vezes, irresponsavelmente, abu- Espírito?”- “O meio ambiente sando do consumo, criando falsas necessidades em que a alma renasceu, que refletem basicamente o nosso imenso egoísmo, muitas vezes constitui a pro- que gera angústia, que, por sua vez, gera aflição, va expiatória. Com podero- que gera insegurança, que faz com que aumente- sas influências sobre a per- mos o consumo, na ilusão de aliviar os nossos con- sonalidade, faz-se indispen- flitos. E assim, continuadamente nos afastamos de sável que o coração esclare- Deus e de sua proposta de evolução e de felicidade. cido coopere na sua transfor- O consumo desenfreado faz aumentar a fa-mação para o bem, (...)”. Emmanuel responde a bricação de supérfluos, que por isso mesmo são ra-esta pergunta no livro O Consolador e, em respos- pidamente descartados produzindo montanhas deta à questão 27, afirma que “A Natureza é sempre lixo, contaminando o solo, a água, o ar, contaminan-o livro divino, onde as mãos de Deus escrevem a do as mentes egoístas que em função disso escravi-história de sua sabedoria, livro da vida que consti- zam seus irmãos, exploram a infância, e comprome-tui a escola de progresso espiritual do homem (...)” tem seu próprio futuro. As palavras de Emmanuel confirmam o pro- É este planeta contaminado que vamos dei-gresso da Humanidade como sendo o determinis- xar para as gerações que virão. Isso é bastante fácilmo de Deus para as suas criaturas. O meio ambi- de entender e até de aceitar, mas quantos de nós jáente, onde reencarnamos, é mais um dos recursos paramos para pensar que seremos nós, em novasque Deus oferece para facilitar o nosso progresso encarnações, parte daqueles que terão de recuperarmoral e material. O homem, no entanto, ainda não este planeta e esta Natureza que, “(...) muitas vezesconseguiu entender, em sua plenitude, a vontade constitui a prova expiatória”. Pensemos nisso, pen-do Pai e busca o progresso material incessante- semos na nossa responsabilidade e lembremosDAFA – Depto. de Assuntos da FamíliaO Meio Ambiente é a Nossa Casa Estudando a questão 705 de O Livro dos Espíritos, citada ao lado noeditorial, aprendemos que a Espiritualidade nos diz que “a Terra produziriasempre o necessário se o homem soubesse se contentar” e nos convida à re-flexão sobre o consumo exagerado, sobre a necessidade cada vez maior doser humano em “ter”, ao invés, de “ser”. No decorrer do processo evolutivo, o homem se deixou levar, influenci-ar, seduzir pelos bens de consumo, que a cada dia se apresentam mais sofis-ticados e encantadores. Os olhos brilham ao ver o lançamento de um novoproduto, principalmente, quando este vem envolvido numa promessa de felici-dade. Mas, já paramos para pensar nas conseqüências do consumismo de-senfreado para o meio ambiente? Na destruição dos recursos naturais nãorenováveis? Na poluição do nosso planeta, quando trocamos os aparelhoseletrônicos só porque surgiu um modelo novo com mais funções, e não pornecessidade? Somos responsáveis por tudo que está acontecendo. O meio ambiente é a nossa Casa, o lugar ondevivemos. Cada um tem que fazer a sua parte. Cada família deve cuidar do seu mini mundo, separando olixo, economizando energia, não desperdiçando alimentos, água.... Precisamos nos reeducar e educar osnossos filhos para a verdadeira vida e os verdadeiros valores. Um dia vamos retornar e como iremos encon-trar o nosso planeta Terra? Quanto de fauna, flora, água, terra fértil encontraremos? Quanto de Amor en-contraremos nos corações? Ensinemos o amor aos nossos filhos amando-os. Que tudo na vida gire em torno do amor e da paze que a violência seja banida até na ficção. Que os jogos eletrônicos tenham sempre o desafio de promover
  4. 4. Página 4DECOM - Depto. Comunicação Social DROGAS – Está precisando de auxílio? Temos um grupo de Auto Ajuda para o Dependente Químico e para aqueles que os amam e se importam com eles e consigo mesmo. Venha conhecer, encontros todos os sábados das 8h50min até às 10h:30min, inclusive feriados. OUTROS GRUPOS APOIO FRATERNO: Sociedade União Espírita de POA Rua João Alfredo, 464B Cidade Baixa Fone (51) 3225-1988 – 5ª feira 20horas Sociedade Espírita Círculo da Luz Rua Alfredo Varela, 191 B, Teresópolis Fone (51) 3072-1909 – 6ª feira 20horasO FILME DOS ESPÍRITOS Sociedade Espírita NatanaelESTRÉIA NACIONAL EM Rua Vicente Celestino,449 Bairro Parque dos Maias Fone (51) 3347-4074 – Sábado da 9h às 10h30min 07/10/11 Após perder a esposa e a 5ª MOSTRA DE CURTAS ESPÍRITAScaminho do suicídio, um homem se depara com “O Livro dos A União Distrital Espírita Passo d’Areia promove aEspíritos” e começa uma jornada mostra de filmes de curta metragem, produzidos de transformação interior rumo por jovens espíritas de várias regiões do RS.aos mistérios da vida espiritual e suas influências no mundo QUANDO? 26 de Novembro de 2011 material. . HORÁRIO? 14 horas ONDE? Soc. Esp. Bezerra de Menezes na Av. O Livro dos Espíritos de Allan Kardec — sua resposta está nele ! PRÓXIMO BRECHÓ 11/12/2011 das 9:00 às 13:00 horas Programação de palestras ASSOCIE-SE A NOSSA SALA DE LEITURA OUTUBRO Tenha à sua disposição mais de 700 títulos de livros espíritas,03, 06– LEI DE CONSERVAÇÃO E DESTRUIÇÃO DVD’s de Congressos e Seminários espíritas, bem como de filmes10, 13– LEI DE IGUALDADE17, 20– LEI DE LIBERDADE Nossas Atividades24, 27– LEI DO PROGRESSO - Estudo para adultos: Terças-feiras às 20h - Grupo terceira idade: Quintas-feiras às 14h20min NOVEMBRO - Infância e Juventude: Sábados às 13h20min31, 03– LEI DE AMOR, JUSTIÇA E CARIDADE - Grupo de pais: Sábados às 13h20min - Apoio Fraterno aos dependentes químicos e seus fami-07, 10– O HOMEM DE BEM liares: Sábados às 8h50min14, 17– O SEMEADOR Palestras Públicas21, 24– O DEVER E A VIRTUDE Segundas-feiras às 15h Quintas-feiras às 20h30min DEZEMBRO28, 01– MUITOS OS CHAMADOS E POUCOS OS EXPEDIENTE05, 08– ANTES E DEPOIS DE CRISTO Boletim Informativo da Associação Espírita Teresa d’Ávila.12, 15– A FÉ TRANSPORTA MONTANHAS Departamento Comunicação Social – DECOM19, 22– SER ESPÍRITA Contato: aeteresadavila@gmail.com26, 29– NOVOS DESAFIOS DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

×