ATUALIDADES - REVISÃO• Neopopulismo na América• Guerra Civil na Síria• Rio 92• Rio + 20• Novo código florestal
NEOPOPULISMO NA AMÉRICAOs rumos polítimos da América Latina no séc XXI
GUERRA CIVIL NA SÍRIA As motivações para o conflito
RIO 92 A Conferência das Nações Unidas sobre oMeio Ambiente e o Desenvolvimento, conhecida também como ECO-92, Rio-92, re...
O PAPEL DOS PAÍSES DESENVOLVIDOS A Conferência do Rio consagrou o conceitode desenvolvimento sustentável e contribuiupara...
 Duas importantes convenções foramaprovadas durante a ECO-92: uma sobrebiodiversidade e outra sobre mudançasclimáticas. O...
AGENDA 21 A Agenda 21 consiste em um acordo estabelecidoentre 179 países para a elaboração de estratégiasque objetivem o ...
PROTOCOLO DE KYOTOConstitui-se no protocolo de um tratado internacional comcompromissos mais rígidos para a redução da emi...
OBJETIVO Propõe um calendário pelo qual os países-membros (principalmente os desenvolvidos)têm a obrigação de reduzir a e...
QUESTIONAMENTOS Se o Protocolo de Kyoto for implementadocom sucesso, estima-se que a temperaturaglobal reduza entre 1,4°C...
O PROTOCOLO E OS ESTADOS UNIDOS
 Os Estados Unidos negaram-se a ratificar oProtocolo de Quioto, de acordo com aalegação do ex-presidente George W. Bushde...
UMA DAS CONSEQUÊNCIAS DO PROTOCOLO DEKYOTO
 Os créditos de carbono são certificaçõesdadas a empresas e indústrias queconseguem reduzir a emissão de gasespoluentes n...
QUESTIONAMENTOS AOS CRÉDITOS DECARBONO
 A partir da Conferência de Joanesburgoesta proposta tornou-se inconsistente emrelação aos objetivos do Tratado, qualseja...
CONFERÊNCIA DA ONU- RIO + 20
MUITA DISCUSSÃO E POUCAS DEFINIÇÕES Rio+20 aprova texto sem definir objetivos desustentabilidade Conferência adotou docu...
PARA REFLETIR
QUADRO COMPARATIVONEGOCIADO APROVADO CBDR – sigla em inglêspara ResponsabilidadesComuns MasDiferenciadas, princípioque no...
NEGOCIADO APROVADO Fortalecimento do Pnuma– cogitava-se transformar oPrograma das NaçõesUnidas para o MeioAmbiente em uma...
NEGOCIADO APROVADO ODS – Os Objetivos deDesenvolvimentoSustentável, metas a seremperseguidas pelos paísespara avançarambi...
VISÕES ANTAGÔNICASPaíses ricosPressionam por leisambientais rigorosasPaíses pobresdestroem paraalcançar o“desenvolvimento”
CRÍTICAS AO TEXTO FINAL Não especifica quais são os objetivos dedesenvolvimento sustentável que omundo deve perseguir, ne...
OPINIÃO DAS ONGSA sociedade civil não ratifica o texto da Rio+20.“Por tudo isso, registramos nossa profundadecepção com os...
E O TEXTO FINAL....
 Prof.º Luiz Fernando Wisniewskilfw.geografia@gmail.com
O QUE É O CÓDIGO?O Código Florestal é a legislação que estipula regras para apreservação ambiental em propriedades rurais...
ANDAMENTO DO TEXTO DILMASANCIONADILMAVETA
RESERVA LEGAL COMO É:É uma parcela de cada propriedade que deve ser preservadacom a vegetação nativa. Atualmente, é de 20...
RESERVA LEGAL COMO É:Novo Código: Proprietário até 4 módulos fiscais não precisamrecompor a mata nativa já degradada.Poré...
ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE (APP) COMO É:Locais frágeis, como beiras de rios, topos de morros eencostas, não podem ser...
ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE (APP):As matas ciliares são importantes para evitar erosão(assoreamento) e proteger as nas...
ANISTIA:A presidente Dilma Rousseff suspendeu até junho as multasaplicadas a quem desmatou até 2008. O projeto do Novo Có...
ANISTIA:Cerca de 90% das áreas de produção no país estãoirregulares, ou seja, com APPs degradadas.Os ambientalistas criti...
POR QUE O PROJETO É POLÊMICO?RURALISTASDefende que a lei atual engessa aprodução e o texto precisa aceitar quehá áreas qu...
CLIQUE NA IMAGEM PARA VER O VÍDEO ILUSTRANDO AS APPS E ARESERVA LEGAL







Aldo Rebelo - Redator do Novo Código Florestal Brasileiro“Já que grande númerode fazendeiros não oobedece".
“A natureza é o único livro que oferece umconteúdo valioso em todas as suas folhas.”Johann Goethe
E-Mail:lfw.geografia@gmail.comSite:http://www.linguagemgeografica.blogspot.com/
Atualidades   revisão
Atualidades   revisão
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Atualidades revisão

826 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
826
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atualidades revisão

  1. 1. ATUALIDADES - REVISÃO• Neopopulismo na América• Guerra Civil na Síria• Rio 92• Rio + 20• Novo código florestal
  2. 2. NEOPOPULISMO NA AMÉRICAOs rumos polítimos da América Latina no séc XXI
  3. 3. GUERRA CIVIL NA SÍRIA As motivações para o conflito
  4. 4. RIO 92 A Conferência das Nações Unidas sobre oMeio Ambiente e o Desenvolvimento, conhecida também como ECO-92, Rio-92, realizada entre 3 e 14 de junho de 1992no Rio de Janeiro, reuniu mais de cemchefes de Estado que buscavam meios deconciliar o desenvolvimento socioeconômicocom a conservação e proteção dosecossistemas da Terra
  5. 5. O PAPEL DOS PAÍSES DESENVOLVIDOS A Conferência do Rio consagrou o conceitode desenvolvimento sustentável e contribuiupara a mais ampla conscientização de queos danos ao meio ambiente erammajoritariamente de responsabilidade dospaíses desenvolvidos. Reconheceu-se, aomesmo tempo, a necessidade de os paísesem desenvolvimento receberem apoiofinanceiro e tecnológico para avançarem nadireção do desenvolvimento sustentável.
  6. 6.  Duas importantes convenções foramaprovadas durante a ECO-92: uma sobrebiodiversidade e outra sobre mudançasclimáticas. Outro resultado defundamental importância foi a assinaturada Agenda 21, um plano de ações commetas para a melhoria das condiçõesambientais do planeta.
  7. 7. AGENDA 21 A Agenda 21 consiste em um acordo estabelecidoentre 179 países para a elaboração de estratégiasque objetivem o alcance do desenvolvimentosustentável.Esse documento está estruturado em quatro seções:- Dimensões sociais e econômicas;- Conservação e gestão dos recursos para odesenvolvimento;- Fortalecimento do papel dos principais grupossociais;- Meios de implementação.
  8. 8. PROTOCOLO DE KYOTOConstitui-se no protocolo de um tratado internacional comcompromissos mais rígidos para a redução da emissãodos gases que agravam o efeito estufa, considerados, deacordo com a maioria das investigações científicas, comocausa antropogênicas do aquecimento global.
  9. 9. OBJETIVO Propõe um calendário pelo qual os países-membros (principalmente os desenvolvidos)têm a obrigação de reduzir a emissão degases do efeito estufa em, pelo menos, 5,2%em relação aos níveis de 1990 no períodoentre 2008 e 2012, também chamado deprimeiro período de compromisso (paramuitos países, como os membros da UE,isso corresponde a 15% abaixo dasemissões esperadas para 2008).
  10. 10. QUESTIONAMENTOS Se o Protocolo de Kyoto for implementadocom sucesso, estima-se que a temperaturaglobal reduza entre 1,4°C e 5,8 °C até2100, entretanto, isto dependerá muito dasnegociações pós período 2008/2012, pois hácomunidades científicas que afirmamcategoricamente que a meta de redução de5,2% em relação aos níveis de 1990 éinsuficiente para a mitigação do aquecimentoglobal.
  11. 11. O PROTOCOLO E OS ESTADOS UNIDOS
  12. 12.  Os Estados Unidos negaram-se a ratificar oProtocolo de Quioto, de acordo com aalegação do ex-presidente George W. Bushde que os compromissos acarretados por talprotocolo interfeririam negativamente naeconomia norte-americana. Mesmo o governo dos Estados Unidos nãoassinando o Protocolo de Quioto, algunsmunicípios, Estados (Califórnia) e donos deindústrias do nordeste dos Estados Unidos jácomeçaram a pesquisar maneiras parareduzir a emissão de gases promotores doefeito estufa — tentando, por sua vez, nãodiminuir sua margem de lucro com essaatitude.
  13. 13. UMA DAS CONSEQUÊNCIAS DO PROTOCOLO DEKYOTO
  14. 14.  Os créditos de carbono são certificaçõesdadas a empresas e indústrias queconseguem reduzir a emissão de gasespoluentes na atmosfera. É um tipo demoeda trocada por diversos setores daeconomia através da adoção de medidasalternativas como reflorestamento, trocade energias fósseis por energiasrenováveis, controle de poluição, projetosde produção sustentável entre outros.
  15. 15. QUESTIONAMENTOS AOS CRÉDITOS DECARBONO
  16. 16.  A partir da Conferência de Joanesburgoesta proposta tornou-se inconsistente emrelação aos objetivos do Tratado, qualseja, a redução da emissão de gases queagravam o efeito estufa. Deste modo, apolítica deve ser deixar de poluir, e nãopoluir onde há florestas, pois o saldodesta forma continuaria negativo para como planeta.
  17. 17. CONFERÊNCIA DA ONU- RIO + 20
  18. 18. MUITA DISCUSSÃO E POUCAS DEFINIÇÕES Rio+20 aprova texto sem definir objetivos desustentabilidade Conferência adotou documento que prevêdefinição futura de metas.Texto cita erradicação da pobreza comomaior desafio do mundo atual. Por atender restrições de países com visõesmuito diferentes, o texto da Rio+20 foi muitocriticado por avançar pouco.
  19. 19. PARA REFLETIR
  20. 20. QUADRO COMPARATIVONEGOCIADO APROVADO CBDR – sigla em inglêspara ResponsabilidadesComuns MasDiferenciadas, princípioque norteia as negociaçõesde desenvolvimentosustentável. O princípiooficializa que se esperados países ricos maiorempenho financeiro paraimplementação de ações. Havia rumores de que ospaíses ricos queriam tiraresse princípio do texto,mas ele permaneceu.
  21. 21. NEGOCIADO APROVADO Fortalecimento do Pnuma– cogitava-se transformar oPrograma das NaçõesUnidas para o MeioAmbiente em umainstituição com status deagência da ONU como aFAO. Oceanos – Era uma dasáreas em que se esperavamais avanço nasnegociações, porque aságuas internacionaiscarecem deregulamentação entre os O texto prevêfortalecimento doPnuma, mas nãoespecifica exatamentecomo. A negociação avançou eo texto adota um novoinstrumento internacionalsob a Convenção daONU sobre os Direitos doMar (Unclos), para usosustentável dabiodiversidade econservação em alto mar.
  22. 22. NEGOCIADO APROVADO ODS – Os Objetivos deDesenvolvimentoSustentável, metas a seremperseguidas pelos paísespara avançarambiental, política esocialmente, eram uma dasgrandes cartadas para aRio+20. Meios de Implementação– questão-chave para ospaíses com menosrecursos, significa naprática o dinheiro paraações de desenvolvimentosustentável. Os paísespobres propuseram acriação de um fundo deUS$ 30 bilhões/ano a serfinanciado pelos ricos. Os objetivos não foramdefinidos. Inicia-se apenasum processo pararascunhar quais devem seras metas até 2013. Elasentão devem ser definidaspara entrarem em vigor em2015, quando terminam osObjetivos do Milênio. Avançou pouco. O fundo deUS$ 30 bilhões não virourealidade. “A criseinfluenciou aRio+20”, admitiu oembaixador brasileiro AndréCorrêa do Lago.
  23. 23. VISÕES ANTAGÔNICASPaíses ricosPressionam por leisambientais rigorosasPaíses pobresdestroem paraalcançar o“desenvolvimento”
  24. 24. CRÍTICAS AO TEXTO FINAL Não especifica quais são os objetivos dedesenvolvimento sustentável que omundo deve perseguir, nem quanto deve serinvestido para alcançá-los, e muito menosquem coloca a mão no bolso para financiarações de sustentabilidade. Para as Ongs; “simplesmente lança uma frágile genérica agenda de futuras negociações enão assegura resultados concretos.” Os negociadores da União Europeiaclassificaram a redação de “pouco ambiciosa”e disseram que faltam “ações concretas”
  25. 25. OPINIÃO DAS ONGSA sociedade civil não ratifica o texto da Rio+20.“Por tudo isso, registramos nossa profundadecepção com os chefes de Estado, pois foi sobsuas ordens e orientações que trabalharam osnegociadores, e esclarecemos que a sociedadecivil não compactua nem subscreve esse
  26. 26. E O TEXTO FINAL....
  27. 27.  Prof.º Luiz Fernando Wisniewskilfw.geografia@gmail.com
  28. 28. O QUE É O CÓDIGO?O Código Florestal é a legislação que estipula regras para apreservação ambiental em propriedades rurais, ou seja, regulamenta a formacom que a terra pode ser explorada, estabelecendo onde a vegetação nativatem de ser mantida e onde pode haver diferentes tipos de produção rural.O código florestal que está em vigor atualmente é de 1965, commodificações. Por isso, houve a proposta de elaborar nova lei, mais adequada àrealidade atual do Brasil.
  29. 29. ANDAMENTO DO TEXTO DILMASANCIONADILMAVETA
  30. 30. RESERVA LEGAL COMO É:É uma parcela de cada propriedade que deve ser preservadacom a vegetação nativa. Atualmente, é de 20%, exceto na AmazôniaLegal, onde chega a 80% em áreas de floresta, e nas zonas de cerradona Amazônia Legal é de 35%.
  31. 31. RESERVA LEGAL COMO É:Novo Código: Proprietário até 4 módulos fiscais não precisamrecompor a mata nativa já degradada.Porém ambientalistas acreditam que os grandes proprietáriospodem dividir suas terras e colocar em nome de familiares assim nãoprecisam recompor a mata nativa.Uma das propostas é recompor a mata nativa em outro local,porém no mesmo bioma, se desmatou a Mata Atlântica deve compensarem uma área de Mata Atlântica.
  32. 32. ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE (APP) COMO É:Locais frágeis, como beiras de rios, topos de morros eencostas, não podem ser desmatados para evitarerosão, deslizamentos, destruição de nascentes, entre outros.
  33. 33. ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE (APP):As matas ciliares são importantes para evitar erosão(assoreamento) e proteger as nascentes dos rios.Código Antigo: Deve-se deixar 30 metros de mata ciliar.Novo Código: Para rios de até 5 metros diminui-se para 15metros de faixa de mata de galeria que deve ser conservada.Ruralistas alegam que deixar 30 metros afeta o pequenoprodutor pois vai perder área para produção, gerando a perda deprodutividade.Código Antigo: Proibido o cultivo em encostas de morros.Novo Código: Permitir o cultivo em encostas de morros.
  34. 34. ANISTIA:A presidente Dilma Rousseff suspendeu até junho as multasaplicadas a quem desmatou até 2008. O projeto do Novo CódigoFlorestal estabelece que, após sanção e posterior definição das regraspara APPs, os produtores assinem termo para a recomposição. Caso nãoreponham a vegetação num determinado prazo, deverão pagar multa.As multas ficam suspensas a partir do momento da sanção do Código.
  35. 35. ANISTIA:Cerca de 90% das áreas de produção no país estãoirregulares, ou seja, com APPs degradadas.Os ambientalistas criticam pois os produtores conheciam as leisque são de 1965, eles também dizem que se você der uma anistiaagora os proprietários vão ficar esperando uma próxima anistia, nãoobedecendo as leis.Segundo ambientalistas você acaba prejudicando aqueleprodutor que obedece a lei e acaba auxiliando aquele que lucrou com odesmatamento.
  36. 36. POR QUE O PROJETO É POLÊMICO?RURALISTASDefende que a lei atual engessa aprodução e o texto precisa aceitar quehá áreas que, mesmo protegidas pelaantiga lei, já estão consolidadas comoprodutivas.AMBIENTALISTAS E CIENTISTASSustentam que o projeto anistia odesmatamento e abre espaço paramais derrubadas desnecessárias, jáque haveria suficiente terraagricultável no país. Pedem maistempo para a discussão.
  37. 37. CLIQUE NA IMAGEM PARA VER O VÍDEO ILUSTRANDO AS APPS E ARESERVA LEGAL
  38. 38.
  39. 39.
  40. 40.
  41. 41.
  42. 42.
  43. 43.
  44. 44.
  45. 45. Aldo Rebelo - Redator do Novo Código Florestal Brasileiro“Já que grande númerode fazendeiros não oobedece".
  46. 46. “A natureza é o único livro que oferece umconteúdo valioso em todas as suas folhas.”Johann Goethe
  47. 47. E-Mail:lfw.geografia@gmail.comSite:http://www.linguagemgeografica.blogspot.com/

×